Science.gov

Sample records for atmosfera modificada produtos

  1. Modelo de atmosfera solar ajustado às observações do raio solar em 17GHz

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Selhorst, C. L.; Silva, A. V. R.; Costa, J. E. R.

    2003-08-01

    O estudo das variações do raio solar durante o ciclo de atividades do Sol e das diferenças em relação à sua distribuição angular nos fornece informações importantes sobre as mudanças na estrutura da atmosfera solar. Neste trabalho foram analisados mais de 3600 mapas do Sol em 17 GHz obtidos pelo Rádio Heliógrafo de Nobeyama (NoRH), durante 1 ciclo de atividade solar (1992-2003). O raio solar foi definido no ponto onde a temperatura de brilho do mapa era equivalente à metade da temperatura do Sol calmo (temperatura mais comum no mapa).Em relação à sua variação ao longo do ciclo solar, o estudo foi dividido em duas partes: a) ajuste de uma circunferência a pontos distribuídos ao redor do Sol todo. Este estudo mostrou uma variação correlacionada com o ciclo de atividade do Sol. b) ajuste da circunferência a pontos situados somente nas regiões polares. Neste caso os resultados mostraram que o raio polar sofre pouca variação durante o ciclo, com tendência à anticorrelação com este. Além disto, a média do raio polar, durante o período analisado, foi 1" menor que o raio medido no Sol todo. Para estudar a distribuição angular do raio solar, comparamos a média da distribuição de 10 mapas no período de mínima atividade solar com a média de 10 mapas no período de máximo, este estudo mostrou um grande aumento do raio na região equatorial no período de máxima atividade solar. As medidas do raio foram usadas como um dos parâmetros para a criação de um modelo atmosférico (além da temperatura de brilho do Sol e do abrilhantamento do limbo observado), onde mostramos que um modelo atmosférico com a região de transição situada a 3500 km fornece um raio 5" menor que as medidas observacionais. Esta incompatibilidade do modelo com os dados observacionais foi contornada com a inclusão de espículas, estas fazem com que o raio solar aumente proporcionalmente à altura que estas atingem na atmosfera solar. A anticorrelação do raio polar com ciclo de atividade pode ser interpretada como reflexo do aumento de abrilhantamento de limbo nos pólos, visto que este está anticorrelacionado com o ciclo solar. Porém, a presença de espículas, não é capaz de explicar os valores muito altos do raio solar medidos na região equatorial, que acreditamos ser devido às mudanças intrínsecas na estrutura local da atmosfera solar.

  2. Intermitência alfvênica gerada por caos na atmosfera solar e no vento solar

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rempel, E. L.; Chian, A. C.-L.; Macau, E. E. N.; Rosa, R. R.

    2003-08-01

    Dados medidos no vento solar rápido proveniente dos buracos coronais revelam que os plasmas no meio interplanetário são dominados por flutuações Alfvênicas, caracterizadas por uma alta correlação entre as variações do campo magnético e da velocidade do plasma. As flutuações exibem muitas características esperadas em turbulência magneto-hidrodinâmica totalmente desenvolvida, tais como intermitência e espectros contínuos. Contudo, os mecanismos responsáveis pela evolução de turbulência Alfvênica intermitente não são completamente compreendidos. Neste trabalho a teoria de caos é usada para explicar como sistemas Alfvênicos, modelados pela equação Schrödinger não-linear derivativa e pela equação Kuramoto-Sivashinsky, podem se tornar fortemente caóticos à medida em que parâmetros do plasma são variados. Pequenas perturbações no parâmetro de dissipação podem fazer com que o sistema mude bruscamente de um regime periódico, ou fracamente caótico, para um regime fortemente caótico. As séries temporais das flutuações do campo magnético nos regimes fortemente caóticos exibem comportamento intermitente, em que fases laminares ou fracamente caóticas são interrompidas por fortes estouros caóticos. É mostrado que o regime fortemente caótico é atingido quando as soluções periódicas ou fracamente caóticas globalmente estáveis interagem com soluções do sistema que são fortemente caóticas, mas globalmente instáveis. Estas soluções globalmente instáveis são conjuntos caóticos não-atrativos conhecidos como selas caóticas, e são responsáveis pelos fortes estouros nos regimes intermitentes. Selas caóticas têm sido detectadas experimentalmente em uma grande variedade de sistemas, sendo provável que elas desempenhem um papel importante na turbulência intermitente observada em plasmas espaciais.

  3. Invarianza de las ecuaciones de movimiento bajo transformaciones de escala espacio-temporales en la dinamica de Newton modificada (MOND)

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Acosta, R.; Tuiran, E.; Molina Redondo, U.

    2015-02-01

    The basic principles that originated the Modified Newtonian Dynamics MOND, are shown, as well as a description of the fundamentals aspects of the theory: modification of gravity and modification of inertia. Also, it is considered the behaviour of the movement equations under space-temporal scale transformations of the movement equations, that is, transformations that have the form (t, r) --> (lambda*t, r). It was observed in this way that the MOND regime comes from the requirement of the invariance of the movement equations with respect to this transformations.

  4. La Misteriosa Atmosfera de la Tierra. Atlas: Guia de Instruccion con Actividades. (The Mysterious Atmosphere of the Earth. Atlas: Teaching Guide with Activities).

    ERIC Educational Resources Information Center

    National Aeronautics and Space Administration, Washington, DC. Education Dept.

    This guide provides students with experiences similar to those found in a space laboratory such as the space shuttle. The activities are geared towards recycling, developing the perspective of a conservationist, taking action on a personal level that contributes to a healthy atmosphere, and preparing informed citizens that are capable of making…

  5. Producción masiva automatizada de la broca del café, Hypothenemus hampei (Coleoptera: Scolytidae) sobre la dieta artificial Cenibroca modificada.

    Technology Transfer Automated Retrieval System (TEKTRAN)

    An automated system for the mass rearing of coffee berry borer, CBB, Hypothenemus hampei (Ferrari) was developed at the National Biological Control Laboratory, USDA-ARS in the United States. A novel cell design of 32 cell trays (30 x 14.6 x 1.1 cm) and an automated diet dispenser were developed and ...

  6. NUEVAS TÉCNICAS DE PRODUCCIÓN MASIVA SISTEMATIZADA DE LA BROCA DEL CAFÉ, HYPOTHENEMUS HAMPEI (COLEOPTERA: SCOLYTIDAE) SOBRE LA DIETA ARTIFICIAL CENIBROCA MODIFICADA

    Technology Transfer Automated Retrieval System (TEKTRAN)

    An automated system for the mass rearing of coffee berry borer (CBB), Hypothenemus hampei (Ferrari) was developed at the National Biological Control Laboratory, USDA-ARS in the United States. A modified Cenibroca artificial diet consisting of coffee, agar, casein, yeast, inhibitors, vitamins and pre...

  7. Aspectos de biología y tablas de vida de Cephalonomia stephanoderis y Prorops nasuta (Himenoptera: Bethilidae) sobre su hospedero la broca del café criada en la dieta artificial Cenibroca modificada.

    Technology Transfer Automated Retrieval System (TEKTRAN)

    Biological aspects and demographic parameters of the African bethylid wasps Cephalonamia stephanoderis Betrem and Prorops nasuta Waterson (Hymenopterans: Bethylidae) were investigated using diet-reared hosts of Hypothenemus hampei Ferrari (Coleoptera: Scolytidae). The life cycle (28.40 ± SE 0.486 a...

  8. Estudo da utilizacao da biomassa florestal como fonte de produtos quimicos e energia atraves de processos quimicos e biotechnologicos (Utilization of forest biomass for chemicals and energy by chemical and biotechnological processes). Master's thesis

    SciTech Connect

    de Miranda, I.M.S.S.

    1989-04-01

    The chemical composition and the non-structural carbohydrate composition were determined for 1-year-old Eucalyptus globulus Labill trees, grown in an experimental plantation with different nutrient and water supplies (C-trees, where no treatment was made and IL-trees, which received a nutrient supply and irrigation). Leaf carbohydrates were determined for the same conditions. Pulping experiments were made using kraft cooks of eucalyptus wood. The results of the pretreatments are complemented with scanning electron microscopy observations. Average wood composition was: ash 1.6%, total extractives 5.2%, Klason lignin 21.0%, soluble lignin 3.1% (% of o.d. weight). The results did not show statistical significant differences between the two growth conditions. The average wood carbohydrate composition was: glucose 2.7%, frutose 4.1% sucrose 1.3% and starch 0.5%. The average carbohydrate composition of leaves was: glucose 1.0%, frutose 1.7%, sucrose 0.1% and starch 4.1%. The average yield for the kraft wood delinification was 49%. The saccharification of pretreated eucalyptus chips with a steam-explosion pretreatment was: For H2SO4 impregnation 26.6% and for H2O impregnation 44.2%.

  9. Observação do abrilhantamento de limbo solar e de estruturas filamentares em 48 ghz utilizando a técnica de regularização adaptativa

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Machado, W. R. S.; Mascarenhas, N.; Costa, J. E. R.; Silva, A. V. R.

    2003-08-01

    O radiotelescópio do Itapetinga tem sido utilizado em campanhas de observações de explosões solares gerando um grande número de mapas diários em 48 GHz como sub-produto destas observações. A resolução espacial do telescópio de 14m do Itapetinga nesta freqüência é de aproximadamente dois minutos de arco. Estruturas de interesse para análise da atmosfera solar quiescente tais como os filamentos e o anel de abrilhantamento do limbo são de dimensão angular moderada da ordem ou ligeiramente menores que a resolução do telescópio. É conhecido que a convolução da função de espalhamento do telescópio, PSF (padrão de ganho do feixe) borra as estruturas de dimensão angular abaixo do HPBW (largura a meia potência do feixe) e portanto é comum a busca por técnicas de restauração que eliminem pelo menos em parte este borramento. Estudamos a restauração destas radioimagens usando a técnica de regularização adaptativa e os resultados ressaltam estas estruturas espaciais de pequeno contraste. O algoritmo da regularização adaptativa faz uso de k imagens, chamadas protótipos, obtidas através da variação de parâmetros de um filtro de regularização. Para controle da qualidade da restauração utilizamos uma imagem de alta resolução espacial obtida na linha H-a e a PSF do Itapetinga para borrá-la. Pequenos desvios, entre a PSF utilizada para o borramento e a PSF utilizada na restauração, produziram alguns desvios notáveis na imagem restaurada porém a adição de ruído nas simulações de restauração foram mais influentes no cálculo da rugosidade da imagem e portanto mais limitante para a restauração. Apresentamos como nosso primeiro resultado uma imagem em 48 GHz com a presença clara do abrilhantamento de limbo que não estava evidente na imagem original e traços de estruturas filamentares, porém ainda sem grande evidência.

  10. Una visita en Sud America

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    1982-09-01

    Oisfrute de una estadfa en el Hotel La Silla, el mejor hotel de Sud America con su tan unica atmosfera extraterrestre! Los espera su calificado personal de experimentados hoteleros, jefes de cocina, etc., ansiosos todos de satisfacer sus deseos hasta el mas mfnimo detalle. Naturalmente nuestro espacioso restaurant de tres estrellas ofrece un completo surtido de exquisitas comidas y deliciosos tragos (conocedores usualmente eligen "Oelicia Orion" 0 "Centauro Especial"). EI servicio cempleto durante 24 horas incluye nuestra ya mundialmente famosa "Cena de medianoche para los miradores de estrellas", por eso - no olvide: No pierda la oportunidad de una estadfa en EL HOTEL LA SILLA - una experiencia maravillosa!

  11. Effects of pre-irradiation conditioning of Medfly pupae (Diptera: Tephritidae): Hypoxia and quality of sterile males

    SciTech Connect

    Nestel, D.; Nemny-Lavy, E.; Islam, S.M.; Wornoayporn, V.; Caceres, C.

    2007-03-15

    Irradiation of pupae in sterile insect technique (SIT) projects is usually undertaken in hypoxic atmospheres, which have been shown to lessen the deleterious effects of irradiation on the quality of adult sterile flies. Although this is the accepted technology in most mass-rearing and sterilization facilities, to date no information has been generated on the actual levels of oxygen (O{sub 2}) in pupae-packing containers during irradiation. The present study utilized recently-developed technology to investigate the O{sub 2} level inside bags in which pupae of Mediterranean fruit fly (medfly) Ceratitis capitata (Wiedemann) are packed prior to irradiation, the ability of pupae to create hypoxic environments in these bags, and the effect of O{sub 2} atmospheres on the quality of irradiated males. Pupae, 1 d before adult emergence, were shown to deplete the O{sub 2} level in sealed bags in approximately 1 h. The rate of O{sub 2} consumption was dependent upon pupal age and incubation temperature. Incubation temperature did not significantly affect the quality of pupae or mating capacity of resultant adult males if pupae were irradiated under maximal hypoxic conditions inside packing bags. In contrast, mating competitiveness drastically decreased when pupae were irradiated under ambient O{sub 2} conditions, with the packing bag open. There was no difference in the mating capacity of males when pupae were irradiated in sealed bags under either 10% or 2% O{sub 2} levels, or under maximal hypoxia. Normal doses of fluorescent dye, applied to pupae to mark sterile flies, did not affect the ability of pupae to create hypoxic conditions inside packing bags, nor the quality control parameters of either pupae or adults. Current practices in mass-rearing facilities are discussed in the light of these results. (author) [Spanish] La irradiacion de pupas en proyectos de mosca esteril usualmente se hace bajo condiciones de hipoxia. Esta condicion ha demostrado ser menos detrimente a la calidad de las moscas que la irradiacion en atmosferas con proporcion normal de oxigeno. Aunque esta ha sido por mucho tiempo parte del protocolo de irradiacion en plantas de produccion de mosca esteril, hasta ahora no se ha medido el contenido de oxigeno dentro de los recipientes de empaque de pupa durante la irradiacion. El presente estudio investigo los contenidos de O{sub 2} en los contenedores de pupas de la mosca de las frutas del Mediterraneo (Ceratitis capitata Wiedeman), la habilidad de pupas de crear hipoxia dentro de los contenedores, y los efectos del contenido de O{sub 2} durante la irradiacion del contenedor en la calidad y capacidad de apareamiento de moscas esteriles. Pupas de un dia antes de emerger como adultos crearon atmosferas de maxima hipoxia dentro del empaque en aproximadamente una hora. La proporcion de consumo de O{sub 2} en contenedores sellados es dependiente de la edad de la pupa, y de la temperatura de incubacion. La temperatura de incubacion no afecto significativamente la calidad ni la capacidad de apareamiento de machos derivados de pupas irradiadas bajo condiciones de hipoxia. Sin embargo, la capacidad de apareamiento de machos irradiados como pupas en contenedores abiertos y en condiciones oxigenadas fue drasticamente afectada. En comparacion a los resultados anteriores, atmosferas de 2% y 10% O{sub 2} durante la irradiacion no afectaron la capacidad de apareamiento de moscas esteriles. Polvo fluorescente, aplicado a pupas para marcar las moscas esteriles, no tuvo efectos sobre la capacidad de las pupas de crear hipoxia. Los resultados de este estudio se discuten en base a las practicas actuales de produccion e irradiacion. (author)

  12. Detecção da fase impulsiva de uma explosão solar gigante até 405 GHz

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Raulin, J.-P.; Makhmutov, V.; Kaufmann, P.; Pacini, A. A.; Luethi, T.; Hudson, H. S.; Gary, D. E.; Yoshimori, M.

    2003-08-01

    A explosão ocorrida no dia 25/08/2001 foi uma das mais intensas do presente ciclo solar em ondas de rádio de altas frequências. Foram medidas em ondas milimétricas e submilimétricas, aproximadamente, 105 e vários milhares de unidades de fluxo solar, respectivamente. Apresentamos um estudo deste evento em múltiplas frequências, desde microondas (1GHz), até ondas submilimétricas (405 GHz) detectadas pelo Telescópio Solar para ondas Submilimétricas (SST). Esta base de dados foi complementada utilizando-se o experimento Yohkoh, incluindo a emissão em raios-X duros e raios-g (até 100 MeV), e imagens em raios-X moles da região ativa envolvida. Enfocamos e discutimos principalmente os seguintes aspectos da fase impulsiva do evento: (i) as implicações deduzidas do espectro eletromagnético, obtido pela primeira vez até 405 GHz; (ii) a dinâmica da região ativa. Os resultados mostram que para explicar o espectro rádio observado, são necessários entre 3.5×1037 e 1.5×1039 elétrons acelerados acima de 20 keV em uma região de campo magnético entre 300 e 800 Gauss. A estimativa do fluxo de fótons que seria produzido por estes elétrons, mostra que grande parte deles não precipitou na baixa atmosfera. A evolução temporal da emissão em raios-X moles revela que a configuração magnética da região ativa foi muito dinâmica durante a fase impulsiva da explosão. Em particular, mostramos que a produção dos elétrons altamente energéticos foi iniciada junto com a aparição, na baixa coroa solar, de um novo sistema compacto de estruturas magnéticas. Este fato sugere que os locais de aceleração estão localizados na baixa atmosfera do Sol, como resultado da interação entre o novo sistema compacto e o campo magnético ambiente da região ativa.

  13. Reconstrução tridimensional de arcos magnéticos por tomografia

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Simões, P. J. A.; Costa, J. E. R.

    2003-08-01

    Uma explosão solar é uma variação súbita do brilho que ocorre nas regiões ativas da atmosfera solar. Estas regiões são constituídas por um plasma magnetizado com intensa indução magnética e em cenários bem complexos como visto recentemente através de experimentos embarcados em satélites operando instrumentos em raios X moles e ultra-violeta distante. A energia magnética, que pode ser armazenada por um período de horas até dias em configurações magnéticas estressadas, é subitamente lançada na atmosfera solar e transferida para partículas como elétrons, prótons e núcleos pesados, que são acelerados e/ou aquecidos, produzindo radiação eletromagnética. A proposta final deste projeto é determinar as características espaciais de alta resolução da emissão e polarização girossincrotrônica de explosões solares em ambientes complexos de campos magnéticos. Os recentes resultados da emissão difusa em EUV apresentado pelos satélites TRACE e SOHO dos arcos magnéticos conectando as diferentes polaridades magnéticas sobre as regiões ativas possibilitam novas abordagens sobre o papel do campo magnético na emissão em rádio. Nesta etapa apresentamos os resultados da reconstrução da geometria tridimensional das linhas de força destes arcos utilizando técnicas tomográficas, a partir de imagens de alta resolução espacial obtidas pelo instrumento EIT (Extreme ultraviolet Imaging Telescope), além da modelagem das induções magnéticas por um campo dipolar e as densidades de partículas aceleradas. Utilizamos para a reconstrução geométrica, imagens tomadas em vários ângulos dos arcos devido à rotacão solar. Com estes resultados, daremos continuidade ao projeto, com os cálculos da transferência radiativa nos modos ordinário e extraordinário de propagação da radiação girossincrotrônica de explosões solares.

  14. Vínculos observacionais para o processo-S em estrelas gigantes de Bário

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Smiljanic, R. H. S.; Porto de Mello, G. F.; da Silva, L.

    2003-08-01

    Estrelas de bário são gigantes vermelhas de tipo GK que apresentam excessos atmosféricos dos elementos do processo-s. Tais excessos são esperados em estrelas na fase de pulsos térmicos do AGB (TP-AGB). As estrelas de bário são, no entanto, menos massivas e menos luminosas que as estrelas do AGB, assim, não poderiam ter se auto-enriquecido. Seu enriquecimento teria origem em uma estrela companheira, inicialmente mais massiva, que evolui pelo TP-AGB, se auto-enriquece com os elementos do processo-s e transfere material contaminado para a atmosfera da atual estrela de bário. A companheira evolui então para anã branca deixando de ser observada diretamente. As estrelas de bário são, portanto, úteis como testes observacionais para teorias de nucleossíntese pelo processo-s, convecção e perda de massa. Análises detalhadas de abundância com dados de alta qualidade para estes objetos são ainda escassas na literatura. Neste trabalho construímos modelos de atmosferas e, procedendo a uma análise diferencial, determinamos parâmetros atmosféricos e evolutivos de uma amostra de dez gigantes de bário e quatro normais. Determinamos seus padrões de abundância para Na, Mg, Al, Si, Ca, Sc, Ti, V, Cr, Mn, Fe, Co, Ni, Cu, Zn, Sr, Y, Zr, Ba, La, Ce, Nd, Sm, Eu e Gd, concluindo que algumas estrelas classificadas na literatura como gigantes de bário são na verdade gigantes normais. Comparamos dois padrões médios de abundância, para estrelas com grandes excessos e estrelas com excessos moderados, com modelos teóricos de enriquecimento pelo processo-s. Os dois grupos de estrelas são ajustados pelos mesmos parâmetros de exposição de nêutrons. Tal resultado sugere que a ocorrência do fenômeno de bário com diferentes intensidades não se deve a diferentes exposições de nêutrons. Discutimos ainda efeitos nucleossintéticos, ligados ao processo-s, sugeridos na literatura para os elementos Cu, Mn, V e Sc.

  15. Stratospheric background aerosol and polar cloud observations by laser backscattersonde within the framework of the European project "Stratospheric Regular Sounding"

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Adriani, A.; Cairo, F.; Pulvirenti, L.; Cardillo, F.; Viterbini, M.; di Donfrancesco, G.; Pommereau, J. P.

    1999-10-01

    The Stratospheric Regular Sounding project was planned to measure regularly the vertical profiles of several tracers like ozone, water vapor, NOx, ClOx and BrOx radicals, aerosol, pressure and temperature, at three latitudes, to discriminate between the transport and photochemical terms which control their distribution. As part of this project, the Istituto di Fisica dell'Atmosfera launched nine laser backscattersondes (LABS) on board stratospheric balloons to make observations of background aerosol and PSCs. LABS was launched with an optical particle counter operated by the University of Wyoming. Observations have been performed in the arctic, mid-latitudes and tropical regions in different seasons. Polar stratospheric clouds have been observed in areas inside and outside the polar vortex edge. A background aerosol was observed both in mid-latitudes and in arctic regions with a backscattering ratio of 1.2 at 692 nm. Very stratified aerosol layers, possibly transported into the lower stratosphere by deep convective systems, have been observed in the lower stratosphere between 20 and 29 km in the tropics in the Southern Hemisphere.

  16. Compilação de dados atômicos e moleculares do UV ao IV próximo para uso em síntese espectral

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Coelho, P.; Barbuy, B.; Melendez, J.; Allen, D. M.; Castilho, B.

    2003-08-01

    Espectros sintéticos são utéis em uma grande variedade de aplicações, desde análise de abundâncias em espectros estelares de alta resolução ao estudo de populações estelares em espectros integrados. A confiabilidade de um espectro sintético depende do modelo de atmosfera adotado, do código de formação de linhas e da qualidade dos dados atômicos e moleculares que são determinantes no cálculo das opacidades da fotosfera. O nosso grupo no departamento de Astronomia no IAG tem utilizado espectros sintéticos há mais de 15 anos, em aplicações voltadas principalmente para a análise de abundâncias de estrelas G, K e M e populações estelares velhas. Ao longo desse tempo, as listas de linhas vieram sendo construídas e atualizadas continuamente, e alguns acréscimos recentes podem ser citados: Castilho (1999, átomos e moléculas no UV), Schiavon (1998, bandas moleculares de TiO) e Melendez (2001, átomos e moléculas no IV próximo). Com o intuito de calcular uma grade de espectros do UV ao IV próximo para uso no estudo de populações estelares velhas, se fazia necessário compilar e homogeneizar as diversas listas em apenas uma lista atômica e uma molecular. Nesse processo, a nova lista compilada foi correlacionada com outras bases de dados (NIST, Kurucz Database, O' Brian et al. 1991) para atualização dos parâmetros que caracterizam a transição atômica (comprimento de onda, log gf e potencial de excitação). Adicionalmente as constantes de interação C6 foram calculadas segundo a teoria de Anstee & O'Mara (1995) e artigos posteriores. As bandas moleculares de CH e CN foram recalculadas com o programa LIFBASE (Luque & Crosley 1999). Nesse poster estão detalhados os procedimentos citados acima, as comparações entre espectros calculados com as novas listas e espectros observados em alta resolução do Sol e de Arcturus, e uma análise do impacto decorrente da utilização de diferentes modelos de atmosfera no espectro sintético. Ao final, temos uma lista de linhas atômicas com mais de 24.000 linhas e uma lista molecular com as moléculas CN, CH, OH, NH, MgH, C2, TiO Gama, CO, FeH, adequadas ao estudo de estrelas G, K e M e populações estelares velhas.

  17. Real-Time Moment Tensor Inversion for Tsunami Warning in the Western Iberian Peninsula

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Convers, Jaime; Vales, Dina; Carrilho, Fernando; Custodio, Susana

    2015-04-01

    The recent increase in the number of broadband seismic stations and real-time data accessibility in Portugal, western Iberia, now allows the implementation of early moment tensor inversion for moderate to large earthquakes occurring in Portugal and offshore the western Iberian peninsula. In this presentation, we report on the implementation of real-time algorithms to infer earthquake source at IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera), the Portuguese institution responsible for seismic monitoring. These methods automatically take the information contained in full seismic waveforms to infer earthquake depth, centroid, moment magnitude and focal magnitude, amongst others. The results obtained will later be fed into a tsunami warning system under development. Given the long recurrence times of moderate to large earthquakes in Portugal, which results in a lack of data to properly calibrate algorithms, and given the challenging regional geographical setting (which results in a large azimuthal gap), we use a result-redundancy approach, in which three previously developed tools for moment tensor inversion are implemented (PYTDMT, KIWI, SCISOLA). The simultaneous use of the three codes allows us to test their performance for earthquakes in our dataset and region of interest, as well as to assess network reliability, station data quality, and result consistency. One of the main issues with real-time earthquake studies nowadays, where large amounts of data are available, is the automatic selection of high-quality data and exclusion of poor-quality data. Therefore, we develop automated quality control procedures for data selection, and assess their impact in the stability of the inversions as well as their contribution in the improvement of the latency in real-time results. Assessing the reliability of the network, available source inversion methods, and automatically selecting high-quality data for the inversions is of paramount importance, not only for our real-time monitoring system, but also for other regions with similar restricted regional station coverage aiming at the automatic computation of moment tensor inversions.

  18. Excitao e fotoabsoro de molculas interestelares no ultra violeta

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rodrigues, A. M. F.; Boechat-Roberty, H. M.; Souza, G. B.; Turci, C. C.

    2003-08-01

    O estudo dos processos de excitao, fotoabsoro e ionizao molecular nas nuvens interestelar, permite a anlise dos processos qumicos, como a formao e destruio de molculas, at mesmo daquelas que do origem vida. Acredita-se que as molculas como CS2, NH3, CO2 e N2O esto presentes nas nuvens onde so formadas as estrelas e seus sistemas planetrios. Estas molculas so congeladas na superfcie de objetos densos, como aqueles encontrados na Nuvem de Oort do nosso Sistema Solar. Quando esses objetos (cometas) desprendem-se dessa regio, aproximam-se do Sol, sofrem a interao da radio Ultra Violeta (UV), passam fase gasosa e so bombardeados por ons e eltrons presentes nos ventos solares. Obtivemos os espectros de fotoabsoro do CS2, NH3 e N2O na faixa do UV, convertendo espectros de Perda de Energia de Eltrons, medidos no menor ngulo de espalhamento e na energia de impacto de 1000 eV. Destes espectros determinamos os valores de fora de oscilador (f) e de seo de choque absolutas na faixa de 500 a 2000 . Para tal, estudamos e comparamos dois diferentes mtodos de converso. Neste trabalho tambm geramos muitos dados moleculares como, valores absolutos de seo de choque elstica em funo do ngulo de espalhamento e a distribuio de fora do oscilador generalizada (df/dE) em funo da energia de excitao para diversos ngulos de espalhamento. Comparando nossos espectros de fotoabsoro com o espectro da atmosfera de Jpiter, obtido pelo Telescpio Espacial Hubble, logo aps o impacto do cometa Shoemaker-Levy 9, confirmamos a presena do CS2 e da amnia.

  19. Discriminação de núcleos primários no Observatório Auger

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Tiba, A. K. O.; Medina Tanco, G. A.; Sciutto, S. J.

    2003-08-01

    A identidade das partículas, com energias E > 10EeV, que geram chuveiros atmosféricos extensivos (CAE) na atmosfera terrestre é um incógnita. Existem diferenças sutis, mas apreciáveis entre chuveiros gerados por fótons e por núcleos, como temos demonstrado em trabalho recente. Porém entre os núcleos, as diferenças são tão sutis, que a baixa estatística e incertezas experimentais têm limitado fortemente sua diferenciação até o presente. Tal discriminação precede qualquer aplicação astrofísica mas sofisticada de raios cósmicos de ultra-alta energia. Apresentamos aqui os resultados do desenvolvimento de novos métodos de diagnóstico para a análise de CAEs com aplicação específica ao Experimento Pierre Auger. Redes neurais, combinadas com simulações numéricas detalhadas de CAEs e dos dois tipos diferentes de detectores (Cherenkov em água e de fluorescência atmosférica) presentes no experimento são empregados na análise. Mostraremos a capacidade dos métodos de diagnóstico desenvolvidos, para a discriminação de diversas distribuições hipotéticas de massa-anergia.

  20. Análise da medição do raio solar em ultravioleta

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Saraiva, A. C. V.; Giménez de Castro, C. G.; Costa, J. E. R.; Selhorst, C. L.; Simões, P. J. A.

    2003-08-01

    A medição acurada do raio solar em qualquer banda do espectro eletromagnético é de relevância na formulação e calibração de modelos da estrutura e atmosfera solar. Esses modelos atribuem emissão do contínuo do Sol calmo em microondas à mesma região da linha Ha do Hell. Apresentamos a medição do raio solar em UV com imagens do EIT (Extreme Ultraviolet Image Telescope) entre 1996 e 2002, no comprimento de onda 30,9 nm (Ha do Hell), que se forma na região de transição/cromosfera solar. A técnica utilizada para o cálculo do raio UV foi baseada na transformada Wavelet B3spline. Fizemos um banco de dados com 1 imagem por dia durante o período citado. Obtivemos como resultado o raio médio da ordem de 975.61" e uma diminuição do mesmo para o período citado variando em média -0,45" /ano. Comparamos estes dados com os valores obtidos pelo ROI (Radio Observatório de Itapetinga) em 22/48 GHz e Nobeyama Radio Heliograph em 17 GHz mostrando que os raios médios são muito próximos o que indica que a região de formação nessas freqüências é a mesma conforme os modelos. Comparamos os resultados também com outros índices de atividade solar.

  1. Tacchini and Astrophysics at Catania.

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Blanco, C.

    The birth of astrophysics at Catania, as both observational research activity and university teaching, was due to Pietro Tacchini. Matured the idea that by a considerable reduction in the atmospheric absorption it would have been possible trarre vantaggio in tutte le ricerche fisiche che riguardano il Sole, la sua atmosfera e gli astri tutti dal nostro sistema alle piùremote stelle e nebulose, at the end of 1800, he proposed and brought to an end the construction of an astronomical observatory in the upper part of Mount Etna. Conscious that the hard travel connections would have made him act only during the summer, at the same time Tacchini exerted himself to realize a succursale cittadina having the dome over the circular antirefectory of the Benedettini Monastery and equipped it with a telescope analogous to the Etna one, in order to use the same 34-cm aperture Merz objective. The very good obervational results obtained in this last Station helped Tacchini to obtain the participation of Catania Astrophysical Observatory in the initiative promoted, in 1886, by the France Academy to realize the Carte du Ciel, the first photographic Catalogue and Atlas of the entire heaven vault. The undertaking was realized using an astrograph, installed in the garden near the Monastery and having a Steinheil 33-cm aperture objective and a Salmoiraghi mounting. Essendosi reso evidente che l'Osservatorio Etneo e quello di Catania, trovandosi in condizioni eccezionalmente favorevoli agli studi della fisica degli astri, dovevano essere destinati all'astronomia fisica, piuttosto che all'astronomia di posizione \\citep{fav23}, Tacchini promoted the institution, at Catania University, of an astrophysics chair, unica in Italia.\\

  2. Focal Mechanism determination of local M

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Vales, Dina; Custrio, Susana; Carrilho, Fernando

    2015-04-01

    We determine the focal mechanisms of local small (ML<3.9) earthquakes that occurred between 2013 and 2014 in mainland Portugal. These low magnitude events were recorded by several stations that provide first-motion polarity solutions. However, only few stations are located near the epicenter and record a waveform with a signal-to-noise ratio (SNR) high enough to allow full waveform modelling. To overcome this limitation, we used a new approach called cyclic scanning of the polarity solutions (CSPS) (Fojtkov and Zahradnik, 2014), which performs a joint inversion of full waveform and first motion polarities to retrieve the focal mechanism. This methodology has the advantage of yielding reliable focal mechanism solutions, even when high SNR waveforms are available from only a few near field stations (or in the limiting case, only with one single station). To apply the CSPS method one needs to: i) run the the FOCal MEChanism (FOCMEC) code (Snoke, 2003) to obtain a suite of the DC solutions corresponding to the first motion polarities, and then ii) perform the waveform modelling in order to decrease the uncertainty. The ISOLated Asperities (ISOLA) software (Sokos and Zahradnk, 2008, 2013) is used in this second step. We applied this method to weak events recorded by a network of 30 broadband seismic stations that transmit data in real-time to Instituto Portugus do Mar e da Atmosfera (IPMA), the institution responsible for seismic monitoring in Portugal. We interpret the obtained fault plane solutions in light of active faults and regional tectonics, and in comparison with focal mechanisms previously inferred for events in the region. The focal mechanisms obtained for small earthquakes allow us to significantly expand the database of available focal mechanisms in mainland Portugal, contributing to the understanding of active deformation in the region.

  3. Estudio de la fotoabsorción y fotoionización de la molécula de alta relevancia atmosférica no a través de los estados Rydberg con la metodología MQDO

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Bustos, E.; Velasco, A. M.; Martín, I.; Lavín, C.

    Los procesos de fotoionización son de una importancia fundamental [1] y encuentran aplicación en un gran número de contextos científicos: Astrofísica [2], química de las radiaciones, biología. Los investigadores de dichos campos, necesitan de valores de fiables de secciones eficaces para la fotoionización parcial, la Fotoabsorción, así como para los procesos de fotofragmentación en amplios intervalos espectrales, particularmente en estudios de modelización [3-5]. En este trabajo se ha centrado la atención sobre el oxido nítrico, que se ha considerado apropiado y relevante por varios motivos: por el trascendental papel que representa en la física y química de la alta atmosfera [6], aparte de por estar íntimamente relacionado con los problemas de contaminación. Los procesos de recombinación disociativa [7] del NO, donde los estados Rydberg se encuentran directamente implicados, son relevantes, por ejemplo, en las regiones E y F de la ionosfera [7]. En este trabajo se estudia la fotoionización del NO desde el estado fundamental con la versión molecular del método del orbital de defecto cuántico (MQDO). Para ello se calcula el diferencial de las fuerzas de oscilador parciales que constituyen los canales de fotoionización del NO desde el estado fundamental. La continuidad del diferencial de fuerza de oscilador calculada a través del umbral de fotoionización, esto es, en las regiones del espectro discreta y del continua, se adopta como criterio de calidad la escasez de datos comparativos [8].

  4. Estimativa de imagens solares soho através de redes neurais artificiais

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Andrade, M. C.; Fernandes, F. C. R.; Cecatto, J. R.; Rios Neto, A.; Rosa, R. R.; Sawant, H. S.

    2003-08-01

    A Rede Neural Artificial (RNA), no âmbito da teoria computacional, constitui uma teoria emergente que, por possuir habilidade em aprender a partir de dados de entrada, encontra diferentes aplicações em diferentes áreas. Um exemplo é a utilização de RNA na caracterização de padrões associados à dinâmica de processos espaço-temporais relacionados a fenômenos físicos não-lineares. Para obter informações sobre o comportamento destes fenômenos físicos utiliza-se, em diversos casos, seqüências de imagens digitalizadas, onde a caracterização de alguns fenômenos espaço-temporais é o procedimento mais viável para descrever a dinâmica das regiões ativas do Sol. Com base em imagens observadas por telescópios a bordo de satélites, estudos de previsão de eventos solares podem ser programados, permitindo prever possíveis efeitos posteriores nas regiões mais próximas da Terra (tempestades geomagnéticas e irregularidades ionosféricas). Neste trabalho avaliamos o desempenho da RNA para estimar padrões espaço-temporais, ou seja, imagens solares em ultravioleta, obtidas através do telescópio a bordo do satélite SOHO. Os resultados mostraram que as RNA conseguem generalizar os padrões de maneira satisfatória sem perder de forma significativa os principais aspectos da configuração global da atmosfera solar, comprovando a eficácia da RNA como ferramenta para esse tipo de aplicação. Portanto, este trabalho comprova a viabilidade de uso desta ferramenta em projetos voltados ao estudo do comportamento solar, em trabalhos do grupo de Física do Meio Interplanetário (FMI) na DAS e em programas desenvolvidos pelo Núcleo de Simulação e Análise de Sistemas Complexos (NUSASC) do Laboratório Associado de Computação e Matemática Aplicada (LAC) do INPE.

  5. A Simple But Comprehensive Methodology To Determine Gas-Phase Emissions Of Motor Vehicles With Extractive FTIR Spectrometry

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Reyes, F. M.; Jaczilevich, A.; Grutter, M. A.; Huerta, M. A.; Rincón, P.; Rincón, R.; González, R.

    2004-12-01

    In this contribution, a methodology to acquire valuable information on the chemical composition and evolution of vehicular emissions is presented. With this innovative experimental set-up, it is possible to obtain real-time emissions of the combustion products without the need of dilution or sample collection. Key pollutants such as CO, CO2, H2CO, CH4, NO, N2O, NH3, SO2, CH3OH, acetylene, ethylene, ethane and total hydrocarbons, most of which are not regulated nor measured by current emissions control programs, can be accurately monitored with a single instrument. An FTIR spectrometer is used for the analysis of a constant flow of sample gas from the tail-pipe into a stainless-steel cylindrical cell of constant volume.(1) The cell is heated to 185 °C to avoid condensation, the pressure is kept constant and a multi-pass optical arrangement(2)is used to transmit the modulated infrared beam several times to improve the sensitivity. The total flow from the exhaust used for calculating the emission can be continuously determined from the differential pressure measurements from a "Pitot" tube calibrated against a hot-wire devise. This simple methodology is proposed for performing state-of-the-art evaluations on the emission behavior of new technologies, reformulated fuels and emission control devices. The results presented here were performed on a dynamometer running FTP-75 and driving cycles typical for Mexico City.(3,4) References 1. Grutter M. "Multi-Gas Analysis using FTIR Spectroscopy over Mexico City." Atmosfera 16, 1-16 (2003). 2. White J.U. "Long optical paths of large aperture. J. Opt. Soc. Am., 32, 285-288 (1942). 3. Santiago Cruz L. and P.I. Rincón. "Instrumentation of the Emission Control Laboratory at the Engineering School of the National Autonomous University of Mexico." Instrumentation and Development 4, 19-24, (2000). 4. González Oropeza R. and A. Galván Zacarías. "Desarrollo de ciclos de manejo característicos de la Ciudad de México." Memorias del IX Congreso Anual, Soc. Mex. de Ing. Mec. 535-544 (2003).

  6. [In Process Citation].

    PubMed

    López-López, Laura; Torres-Sánchez, Irene; González-Jiménez, Emilio; Díaz-Pelegrina, Ana; Merlos-Navarro, Silvia; Valenza, Marie Carmen

    2016-01-01

    Introducción: las alteraciones en el estado nutricional en pacientes con enfermedad pulmonar obstructiva crónica (EPOC) son frecuentes. La sintomatología y la funcionalidad de estos enfermos pueden estar relacionadas con la nutrición, incrementando su gravedad en los sujetos con malnutrición. Objetivos: el objetivo de esta investigación fue profundizar sobre el perfil clínico del paciente con EPOC malnutrido y relacionar el estado nutricional con la funcionalidad y con los síntomas de estos pacientes. Métodos: se desarrolló un estudio observacional en pacientes con EPOC severo. Se valoró el estado de dependencia, la calidad de vida, las comorbilidades y la ansiedad y depresión. La función respiratoria se valoró con el volumen espiratorio forzado en el primer segundo y la escala de Borg modificada y el estado nutricional, con el Mini Nutritional Assessment. La sintomatología fue evaluada mediante el Leicester Cough Questionnaire y el London Chest Activity of Daily Living Scale. Resultados: 154 sujetos fueron incluidos en este estudio, 98 de ellos fueron varones. Un grupo de 71 sujetos mostraron malnutrición y un grupo de 83 sujetos un estado nutricional normal. La comparación entre los grupos mostró características clínicas significativamente diferen- tes (p < 0,05). El análisis mostró diferencias significativas en la disnea (p = 0,043), así como en las subescalas de funcionalidad relacionadas con sintomatología respiratoria autocuidado (p = 0,040), actividades de ocio (p = 0,019) y la puntuación total (p = 0,031), siendo peores en los sujetos malnutridos. Conclusión: los pacientes con EPOC malnutridos presentan más síntomas y peores niveles de funcionalidad que los pacientes con EPOC con estado nutricional normal. PMID:27238793

  7. [In Process Citation].

    PubMed

    Varela, N; Guillén Grima, F; Pérez Cajaraville, J J; Pérez Hernández, C; Monedero, P

    2016-01-01

                Fundamento. Los instrumentos de medida de salud son esenciales en la actividad clínica diaria. Sin embargo, es necesario un proceso de validación para poder certificar la validez y fiabilidad de los mismos. En la actualidad no existe ninguno que permita evaluar la repercusión del dolor en la productividad laboral de los pacientes. El objetivo de nuestro estudio es validar un cuestionario para evaluar las consecuencias del dolor en dicha productividad.             Método. En base al Work Productivity and Activity Impairment Questionnaire - General Health" hemos creado una versión modificada denominada WPAI:Pain con el fin obtener un cuestionario que pudiera medir las consecuencias del dolor en la productividad laboral. El estudio se realizó siguiendo las pautas habituales de validación de pruebas, omitiéndose las fases de redacción y validez de contenido ya que se modificaba un cuestionario existente.             Resultados. Se obtuvieron 577 cuestionarios en dos hospitales universitarios españoles. Se comprobó la capacidad discriminante del cuestionario mediante prueba de U de Mann-Whitney. Se realizaron los test de fiabilidad obteniéndose un alfa de Cronbach de 0,896 con un test de dos mitades de Guttman de 0,921. Se comprobó la estabilidad con un test-retest estadísticamente significativo. La validez de constructo se estableció mediante correlación de Pearson comparando los resultados del cuestionario con el dolor en escala visual analógica, que resultó estadísticamente significativa para todos los valores.             Conclusiones. El cuestionario WPAI:Pain es un instrumento de medida válido para determinar las consecuencias del dolor en la productividad laboral de los pacientes, siendo el único validado en español. Sin embargo, se requieren estudios de mayor envergadura para poder confirmar una validez universal.             Palabras clave. Dolor. Diseño de cuestionario. Validación. Fiabilidad. PMID:27125620

  8. Análise da aplicação e dos resultados do modelo OPM3® para a área da saúde

    PubMed Central

    Augusto dos Santos, Luis; de Fátima Marin, Heimar

    2015-01-01

    Esta pesquisa procurou analisar se um modelo de questionário criado por uma comunidade internacional de gerenciamento de projetos e se é aplicavél a organizações voltadas a área de saúde. O modelo OPM3® (Organizational Project Management Maturity Model) foi criado para que organizações de qualquer área ou porte pudessem identificar a presença, ou ausência, de boas práticas de gerenciamento. O objetivo da aplicação desse modelo é avaliar sempre a organização e não o entrevistado. No presente artigo, são apresentados os resultados da aplicação desse modelo em uma organização que possuía produtos e serviços de tecnologia da informação aplicados à área de saúde. Este estudo verificou que o modelo é aplicável de forma rápida e que a organização analisada possuía um número expressivo de boas práticas. PMID:26924862

  9. Estudo em microondas do aprisionamento e precipitação de elétrons em explosões solares

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rosal, A. C.; Costa, J. E. R.

    2003-08-01

    Uma explosão solar é uma variação rápida e intensa do brilho que ocorre nas chamadas regiões ativas da atmosfera, constituídas por um plasma magnetizado com intensa indução magnética. Os modelos de explosões solares atuais, discutidos na literatura, apresentam características de aprisionamento e precipitação de elétrons em ambientes magnéticos simplificados. Neste trabalho, nos propusemos a separar a emissão dos elétrons aprisionados da emissão dos elétrons em precipitação apenas a partir da emissão em microondas, melhorando portanto o controle sobre o conjunto de parâmetros inferidos. A emissão em microondas da população em precipitação é bastante fraca e portanto da nossa base de dados de 130 explosões observadas pelo Rádio Polarímetro de Nobeyama, em sete freqüências, apenas para 32 foi possível separar as duas componentes de emissão com uma boa razão sinal/ruído. A partir de estudos das escalas de tempo das emissões devidas à variação gradual da emissão no aprisionamento e da variação rápida da emissão dos elétrons em precipitação foi possível obter a separação utilizando um filtro temporal nas emissões resultantes. Em nossa análise destas explosões estudamos os espectros girossincrotrônicos da emissão gradual, a qual associamos provir do topo dos arcos magnéticos e da emissão de variação rápida associada aos elétrons em precipitação. Estes espectros foram calculados e dos quais inferimos que a indução magnética efetiva do topo e dos pés foi em média, Btopo = 236 G e Bpés = 577 G, inferidas das freqüências de pico dos espectros em ntopo = 11,8 GHz e npés = 14,6 GHz com leve anisotropia (pequeno alargamento espectral). O índice espectral da distribuição não-térmica de elétrons d, inferido do índice espectral de fótons da emissão em regime opticamente fino, foi de dtopo = 3,3 e dpés = 3,9. Estes parâmetros são típicos da maioria das análises realizadas em ambiente único de emissão e a relação dos índices espectrais, dpés > dtopo prioriza as interpretações com difusão em ângulo de passo devida a colisões Coulombianas. Nesta difusão o déficit de elétrons energéticos na precipitação seria uma conseqüência natural da dependência em e-3/2 das colisões elétron-próton (onde e é a energia dos elétrons).

  10. IN VITRO EVALUATION OF APICAL MICROLEAKAGE USING DIFFERENT ROOT-END FILLING MATERIALS

    PubMed Central

    Valera, Marcia Carneiro; Camargo, Carlos Henrique Ribeiro; Carvalho, Alessandra Sverberi; Gama, Eduardo Ramalho Pereira

    2006-01-01

    The objective of this study was to evaluate the apical leakage of retrograde cavities filled with Portland Cement (Concrebrás S/A-MG-Brazil), ProRoot MTA™ (Dentsply International, Johnson City, TN, USA) and Sealapex (Kerr Corporation, Orange, California, USA) with addition of zinc oxide (Odahcam Herpo Produtos Dentários Ltda, Rio de Janeiro, RJ, Brazil). Forty-two extracted single-rooted human teeth were decoronated and used for this study. The root canals were instrumented at 1.0mm short of the apical foramen using the step-back technique to an apical ISO size 60. The roots were obturated with gutta-percha points and sealer Sealapex (Kerr Corporation-USA) and then 3mm of each root apex was sectioned at a 90° angle. Ultrasonic retrograde preparation was performed with a diamond tip to 3mm depth and the roots were randomly divided into 3 groups according to the filling material: G1-Portland, G2-ProRoot MTA, G3- Sealapex zinc oxide-added cement. The root surfaces were covered with nail varnish up to 2mm from the apical foramen, immersed in simulated tissue fluid for 30 days, and then immersed in 0.2% Rhodamine B solution for 24 hours for evaluation of marginal leakage. The results showed mean leakage of 0.75, 0.35 and 0.35 for groups 1, 2 and 3, respectively; however, Kruskal-Wallis test revealed that there was no statistically significant difference among the results (p>0.05). PMID:19089030

  11. Calibrazioni a terra e prestazioni in volo di spettrometri ad immagine nel visibile e nel vicino infrarosso per l'esplorazione planetaria

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Filacchione, Gianrico

    2006-10-01

    Nel corso dell’ultimo decennio l’esplorazione planetaria ha potuto beneficiare dei dati prodotti dagli spettrometri ad immagine: grazie a questa nuova classe di strumenti, realizzati per l’osservazione in remoto di superfici ed atmosfere planetarie, è possibile acquisire dati iperspettrali con elevati poteri risolutivi spaziali e spettrali. Il principale vantaggio offerto dagli spettrometri ad immagine, rispetto alle camere ed agli spettrometri puntuali, è rappresentato dalla capacità di misurare, identificare e mappare le unità composizionali delle superfici planetarie; queste informazioni permettono di investigare sia l’evoluzione geochimica delle superfici sia la dinamica e la composizione delle atmosfere. Sebbene i primi spettrometri ad immagine siano stati francesi (Phobos/ISM, Imaging Spectrometer for Mars) e statunitensi (Galileo/NIMS, Near Infrared Mapping Spectrometer), il nostro paese nel corso degli ultimi anni è stato in grado di proporre alla com unità spaziale internazionale degli strumenti dalle elevate prestazioni che sono stati infatti accettati come payload scientifici su diverse missioni interplanetarie: dai canali visibili di VIMS (Visual and Infrared Mapping Spectrometer) su Cassini (Nasa, JPL, ESA, ASI) e di OMEGA (Observatoire pour la Minéralogie, l’Eau, les Glacies et l’Activitè de Mars) su MarsExpress (ESA) ai due VIRTIS (Visible and Infrared Thermal Imaging Spectrometer) su Rosetta (ESA) e VenusExpress (ESA) fino a VIR-MS (Visible and Infrared Mapping Spectrometer) su Dawn (Nasa). In questo momento inoltre altri due spettrometri sono in avanzata fase di studio: JIRAM (Jovian InfraRed Auroral Mapper) su Juno (missione New Discovery Nasa) e VIHI (Visible and Infrared Hyperspectral Imager) integrato nel payload italiano di remote sensing SIMBIO-SYS di BepiColombo (missione cornerstone ESA). La realizzazione di uno spettrometro ad immagini da utilizzare su una missione interplanetaria richiede un’accurata analisi in fase progettuale e realizzativa dei parametri e de lle prestazioni strumentali; in generale infatti non solo sarà necessario mantenere le dimensioni, il peso, i consumi elettrici ed il data-volume entro i requisiti disponibili del satellite ma anche ottimizzare i disegni ottici, meccanici ed elettronici al fine di ottenere le massime prestazioni possibili in funzione della natura del target osservato e dei parametri orbitali della missione. Questa tesi descrive i metodi utilizzati per caratterizzare il funzionamento di spettrometri ad immagine per l’esplorazione planetaria. L’attività svolta ha riguardato sia la misura in laboratorio dei parametri strumentali fondamentali sia l’analisi dei dati in volo su cui verificarne ed eventualmente correggerne la risposta. Il funzionamento degli strumenti e la metodologia di calibrazione vengono descritti nelle due parti principali e nelle appendici di questa tesi per gli esperimenti Cassini-VIMS-V e Rosetta-VIRTIS-M. La prima parte è dedicata all’esperimento VIMS-V sul satellite Cassini, il cui disegno ottico, originariamente proposto da Francis Reininger, verrà successivamente riutilizzato e perfezionato su VIRTIS-M (Reininger et al., 1994; Miller et al., 1996). Il capitolo 1 contiene una descrizione dei parametri ottici, strutturali, termici ed elettronici di VIMS-V mettendone in risalto gli aspetti più innovativi del progetto. Vengono inoltre descritti la collocazione dell’esperimento sul satellite Cassini, il coallineamento con gli altri strumenti di remote sensing, i possibili modi operativi ed il formato dei dati scientifici. Il capitolo 2 riguarda il processo di calibrazione ed analisi dei dati in volo di VIMS-V. La procedura eseguita per calibrare radiometricamente lo strumento utilizzando i dati della superficie della Luna e per stimare il flat-field mediante i dati dell’atmosfera di Venere viene dettagliatamente descritta assieme agli algoritmi utilizzati per la rimozione di diversi effetti strumentali (read-out noise e tilt spettrale); alcuni di questi effetti sono stati caratterizzati e dettagliamente misurati in laboratorio utilizzando il modello spare (flight) di VIMS-V. Parte del capitolo è dedicata alla verifica della procedura di calibrazione su diversi target aventi caratteristiche spettroradiometriche note. Questi algoritmi di processamento sono correntemente utilizzati dal team scientifico di VIMS per calibrare i dati del canale -VIS rilasciati ufficialmente alla comunità scientifica internazionale attraverso il Planetary Data System (PDS) della Nasa. La seconda parte riguarda l’esperimento VIRTIS-M sul satellite Rosetta. Il capitolo 3 contiene la descrizione dello strumento mettendo in risalto l’evoluzione dal precedente progetto VIMS-V ed i problemi tecnologici e costruttivi da questo derivanti. I diversi modi operativi, la sequenza di acquisizione e di processamento dei dati nell’elettronica principale sono ampiament e discussi. Viene inoltre evidenziata la collocazione dello spettrometro sul satellite Rosetta. Nel capitolo 4 viene descritta l’attività di calibrazione effettuata in Galileo Avionica (Campi Bisenzio, FI, Italia) ed allo IAS (Orsay, Francia) subito dopo l’integrazione di VIRTIS ed il conseguente processamento dei dati necessario per ricavare i principali parametri di funzionamento (calibrazioni spettrali e geometriche, flat-field, funzioni di trasferimento, lampade di calibrazione interne). Nel capitolo 5 l’accuratezza di queste grandezze è stata verificata su i primi dati in volo ottenuti da VIRTIS-M durante la fase di commissioning e di cruise del satellite (Terra, Luna e Saturno); queste osservazioni sono inoltre state utilizzate per migliorare e verificare alcuni aspetti della procedura di calibrazione che non erano stati sufficientemente definiti durante i test a terra. L’appendice A riguarda il formato PDS (Planetary Data System) utilizzato per l’archiviazione dei dati e degli housekeepings ingegnerisitici e scientifici delle osservazioni; nell’appendice B è contenuta la descrizione del modello radiometrico teorico di VIRTIS-M utilizzato per stimare il rapporto segnale/rumore; nelle appendici C e D sono infine contenute diverse Tabelle non incluse nel testo delle parti principali a causa della loro lunghezza.

  12. Ensino de astronomia e óptica: é possível fazê-lo de forma contextualizada no nível médio?

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Sobrinho, A. A.; Jafelice, L. C.

    2003-08-01

    Discutimos nossa participação em um curso de treinamento para professores de diversas disciplinas do ensino médio. Nossa preocupação básica foi desenvolver instrumentos educacionais adequados para levar à sala de aula, nesse nível de ensino, de forma contextualizada, questionamentos freqüentes dos alunos sobre astronomia e sua relação com tecnologia e sociedade. Encaminhamos questões como: a evolução da astronomia, suas relações com outros ramos do conhecimento humano e conseqüentes aplicações; avanços na tecnologia dos instrumentos ópticos versus a importância da observação do céu a olho nu; a relação entre olho humano, luneta e telescópio; e desenvolvimento da tecnologia espacial e sua influência em nosso cotidiano. Objetivamos com isto fazer um resgate histórico e pedagógico das aplicações e observações do céu no cenário escolar, destacando a relação entre eventos astronômicos, olho humano, instrumentos mediadores e suas contextualizações históricas e sociais. Produtos desta abordagem foram o desenvolvimento e a adaptação de práticas e materiais instrucionais diversos (e.g., "espelhos" de isopor e "raios luminosos" de bolinhas de gude; montagens envolvendo velas, lasers, lentes e espelhos; desmonte e análise de peças de um telescópio; etc.). Além disto, como outro resultado deste trabalho, elaboramos textos sobre história da astronomia e da óptica para atividades em classe. Com estas ações visamos facilitar a concretização de conceitos físicos envolvidos, exemplificar um ensino contextualizado e interdisciplinar motivado por temas astronômicos e favorecer que práticas e discussões feitas com os treinandos possam ser transpostas para a sala de aula. A reação dos professores às práticas propostas foi bastante positiva. Todos esses aspectos são discutidos em detalhe neste trabalho. (PPGECNM/UFRN; PRONEX/FINEP; NUPA/USP; Temáticos/FAPESP)

  13. Cometa Hyakutake (C/1996 B2): análise do gás e características físicas das partículas de poeira

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Sanzovo, G. C.; de Almeida, A. A.; Boczko, R.

    2003-08-01

    A completa caracterização e compreensão do núcleo de um cometa novo é de fundamental importância para a elucidação dos processos físicos e químicos atuantes na época da formação do Sistema Solar. O Cometa Hyakutake, conjuntamente com o Cometa Hale-Bopp representam os objetos mais brilhantes que visitaram o Sistema Solar Interno nos últimos 20 anos. Neste Trabalho, nós aplicamos o Método Semi-Empírico das Magnitudes Visuais (MSEMV) à aproximadamente 4000 dados observacionais que correlacionam a magnitude visual absoluta com a distância heliocêntrica para o Cometa Hyakutake nas fases pré- e pós-periélicas. Como produto da aplicação desse método, conseguimos caracterizar dimensionalmente seu núcleo e área ativa efetiva. As taxas de produção dos radicais CN, C2 e C3, obtidos a partir de dados disponíveis na literatura, revelam que, além de muito brilhante, o Hyakutake é um cometa "normal" no sentido de Cochran (1986). Desse modo, deduzimos as taxas de perdas de água (em moléculas/s) a partir da análise de sua magnitude visual aparente, e as convertemos em taxas de perdas de gás (em g/s), despreendido pelo nucleo cometário. Com o auxílio do modelo fotométrico clássico da poeira, realizamos uma análise sistemática e uniforme dessa componente cometária, a partir dos fluxos observacionais no contínuo, para os comprimentos de onda 365,0 e 484,5 nm, assumindo que esses fluxos são o resultado da radiação solar espalhada por grãos de partículas micrométricos presentes na coma. Com isso, pudemos obter as taxas de produção (em g/s), cores (relativas à cor neutra solar), e as dimensões efetivas médias das partículas de poeira, bem como as razões poeira-gás.

  14. Ability of immunodiagnostic tests to differentiate between dogs naturally infected with Leishmania infantum and Leishmune(®)-vaccinated dogs.

    PubMed

    Ribeiro, R A N; Teixeira-Neto, R G; Belo, V S; Ferreira, E C; Schallig, H D F H; Silva, E S

    2015-06-01

    Visceral leishmaniasis (VL) is a serious chronic disease with a lethality rate of up to 10% in humans. In urban areas of Brazil, dogs are the main reservoirs of the etiological agent (Leishmania infantum) of VL, and the Brazilian Ministry of Health recommends the euthanasia of animals that are seropositive in both the immunochromatographic dual path platform rapid test (DPP(®); Bio-Manguinhos) and the enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) with an L. major-like antigen (Bio-Manguinhos). Vaccination is an additional tool in the control of canine VL, but the use of Leishmune(®) (Zoetis Indústria de Produtos Veterinários, São Paulo, SP, Brazil), which contains the fucose mannose ligand (FML) isolated from L. donovani, is not currently recommended by the Brazilian Ministry of Health because vaccinated animals may exhibit positive serology and there are reservations regarding the efficacy of the vaccine. The aims of the present study were: (i) to verify the abilities of the fast agglutination screening test (FAST), the direct agglutination test (DAT), the indirect fluorescent-antibody test (IFAT), the DPP rapid test, and ELISA tests with L. major-like and FML antigens to differentiate between L. infantum-infected and Leishmune(®)-vaccinated dogs, and (ii) to analyze the sensitivities and specificities of the different methods. The reactivities to these tests of Leishmune(®)-vaccinated dogs (n = 71), asymptomatic (n = 20) and symptomatic (n = 20) naturally infected dogs, and unvaccinated healthy control dogs (n = 5) were compared. None of the Leishmune(®)-vaccinated dogs tested seropositive in FAST and DAT, although one dog was reactive to DPP and four dogs to ELISA/L. major-like and IFAT tests. While 69 (97%) of vaccinated dogs reacted to ELISA/FML, only one was seropositive in both ELISA/L. major-like and IFAT tests. Individually, all immunodiagnostic tests presented high specificities and positive likelihood ratios (LR+), and high specificity values were obtained when the tests were considered in pairs. However, sensitivity and LR- values were low for ELISA/L. major-like and IFAT tests individually, and for all pair combinations of tests except for FAST with DPP. PMID:25874857

  15. Abundância química de simbióticas na direção do bojo galáctico

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Luna, G. J. M.; Costa, R. D. D.

    2003-08-01

    O estudo da distribuição de metalicidades de gigantes K no Bojo indica um largo intervalo com valores entre 0.1 a 10 vezes o valor solar. As razões elementais Ca/Fe, Si/Fe, Mg/Fe são típicas de estrelas do halo, apontando para um processo rápido de enriquecimento, via estrelas masssivas (SN's tipo II). No entanto, este cenário não combina com os resultados derivados de nebulosas planetárias do bojo tais como os de Ratag et al. (1992, A&A,255,270), Cuisinier et al.(2000, A&A,353, 543), Escudero e Costa (2001, A&A,380, 300),que obtêm abundâncias análogas às do disco. Neste cenário, o estudo de estrelas simbióticas possibilita uma abordagem particularmente apropriada para o problema das abundâncias químicas de estrelas de massa intermediária em estágios avançados da evoluçao estelar. Apresentamos aqui os resultados da determinacão das abundâncias do grupo do CNO numa extensa amostra de simbióticas do bojo. Aliás, com a disponibilidade de espectros no visível determinamos também abundâncias de Ar, Ne, S e He, fundamentais para analisar os processos de enriquecimento químico ocorridos ao longo da evolução estelar, bem como a evolução química do meio interestelar. Com os espectros UV do satelite IUE obtivemos abundâncias de C, necessárias no estudo da evolução dos sistemas. As relaçoes C/N-O/N mostram que o material nebular é produto do vento da componente gigante e não dos eventos de nova que às vezes acontecem nestes sistemas, como foi mostrado por Nussbaumer et al (1988,A&A,198,179). As abundâncias de Ar, S, Ne e O são compativeis com resultados de fontes no disco e bojo, seguindo o gradiente proposto por muitos autores na literatura a partir de diferentes objetos como cefeidas, nebulosas planetárias e anãs G. (CAPES,FAPESP,CNPq)

  16. Groundwater recharge and chemical evolution in the southern High Plains of Texas, USA

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Fryar, Alan; Mullican, William; Macko, Stephen

    2001-11-01

    The unconfined High Plains (Ogallala) aquifer is the largest aquifer in the USA and the primary water supply for the semiarid southern High Plains of Texas and New Mexico. Analyses of water and soils northeast of Amarillo, Texas, together with data from other regional studies, indicate that processes during recharge control the composition of unconfined groundwater in the northern half of the southern High Plains. Solute and isotopic data are consistent with a sequence of episodic precipitation, concentration of solutes in upland soils by evapotranspiration, runoff, and infiltration beneath playas and ditches (modified locally by return flow of wastewater and irrigation tailwater). Plausible reactions during recharge include oxidation of organic matter, dissolution and exsolution of CO2, dissolution of CaCO3, silicate weathering, and cation exchange. Si and 14C data suggest leakage from perched aquifers to the High Plains aquifer. Plausible mass-balance models for the High Plains aquifer include scenarios of flow with leakage but not reactions, flow with reactions but not leakage, and flow with neither reactions nor leakage. Mechanisms of recharge and chemical evolution delineated in this study agree with those noted for other aquifers in the south-central and southwestern USA. Résumé. L'aquifère libre des Hautes Plaines (Ogallala) est le plus vaste aquifère des états-Unis et la ressource de base pour l'eau potable de la région semi-aride du sud des Hautes Plaines du Texas et du Nouveau-Mexique. Des analyses de l'eau et des sols prélevés au nord-est d'Amarillo (Texas), associées à des données provenant d'autres études dans cette région, indiquent que des processus intervenant au cours de l'infiltration contrôlent la composition de l'eau de la nappe libre dans la moitié septentrionale du sud des Hautes Plaines. Les données chimiques et isotopiques sont compatibles avec une séquence de précipitation épisodique, avec la reconcentration en solutés dans les sols des hautes terres par évapotranspiration, avec le ruissellement et l'infiltration dans les playas et les fossés (modifiée localement par l'écoulement en retour des eaux usées et des laisses d'irrigation). Des réactions probables intervenant au cours de la recharge sont l'oxydation de la matière organique, la dissolution et le dégazage du CO2, la dissolution du CaCO3, l'altération des silicates et l'échange de cations. Les données concernant Si et 14C laissent penser qu'il existe une drainance descendante à partir d'aquifères perchés vers l'aquifère des Hautes Plaines. Des modèles vraisemblables de bilan de matière pour l'aquifère des Hautes Plaines prennent en compte des scénarios d'écoulement avec drainance mais sans réactions, des écoulements avec réactions mais sans drainance et des écoulements sans réactions ni drainance. Les mécanismes de recharge et d'évolution chimique déterminés dans cette étude sont en accord avec ceux mis en évidence dans d'autres aquifères du centre sud et du sud-ouest des états-Unis. Resumen. El acuífero libre de High Plains (Ogallala) es el mayor de los Estados Unidos y supone la fuente principal de abastecimiento en la región semiárida del sur de High Plains (Texas) y de Nuevo México. Los análisis de agua y suelos realizados al nordeste de Amarillo (Texas), junto con los datos de otros estudios regionales, indican que los procesos que tienen lugar durante la recarga del acuífero controlan la composición de las aguas subterráneas en la mitad septentrional de los High Plains del Sur. Los datos isotópicos y hidroquímicos son coherentes con una secuencia de episodios de precipitación, concentración de solutos en la parte superior del suelo por evapotranspiración, escorrentía, e infiltración a través de 'playas' y zanjas (modificadas localmente por los flujos de retorno de aguas residuales y de excedentes de riego).

  17. Recharge areas and hydrochemistry of carbonate springs issuing from Semmering Massif, Austria, based on long-term oxygen-18 and hydrochemical data evidence

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Yehdegho, Beyene; Reichl, Peter

    2002-10-01

    Résumé. Les teneurs en oxygène-18 et l'hydrochimie des sources émergeant du massif de Semmering ont été suivies de manière intensive dans le but de caractériser les zones de recharge et l'évolution hydrochimique. L'effet d'altitude sur le δ18O a été déterminé grâce aux données isotopiques et hydrogéologiques de petites sources de référence, principalement en terrains cristallins; cet effet est d'environ -0,27 et -0,21‰ par 100 m pour les versants respectivement nord et sud du massif. En appliquant ces valeurs, l'altitude moyenne de recharge des sources a été calculée. Pour les sources à fort débit issues des carbonates, elle est comprise entre 1,100 et 1,400 m, compatible avec le cadre topographique et hydrogéologique des calcaires et des dolomies de l'Austro-alpin inférieur alimentant ces sources. La composition chimique des sources des carbonates est dominée par les ions Ca2+, Mg2+, HCO3- et SO42-. Les sources sont presque toutes proches de la saturation par rapport à la calcite, mais sont sous-saturées en dolomite (sauf quelques sources proches de la saturation). Comme cela est habituel en ce qui concerne le dioxyde de carbone fourni par les sols en régions montagneuses, la pCO2 équilibrante moyenne est faible, comprise entre 10-3.0 et 10-2.5 atm (0,1 à 0,3% en volume). En ce qui concerne les variations à long terme, le pH, SIc, Sid et la pCO2 équilibrante sont soumis à des variations saisonnières, alors que les concentrations en Ca2+, Mg2+ et HCO3- ne varient pratiquement pas. En intégrant les résultats de δ18O et les données hydrochimiques, la variabilité altitudinale du chimisme des eaux souterraines des carbonates est démontrée. Reflétant les variations d'activité biologique et des conditions de recharge dans les zones d'alimentation, une covariation négative résulte de l'altitude de recharge et de la pCO2 et la concentration en HCO3- n'est pas modifiée par aucun des termes source ou puits, ce qui fait varier la chimie des carbonates. La pCO2 et la concentration en HCO3- diminuent respectivement d'environ 0,22 unité log (atm) et 38,6 mg/l pour un accroissement de 100 m de l'altitude de recharge. Resumen. Se ha muestreado exhaustivamente el contenido en oxígeno-18 y la hidroquímica de los manantiales existentes en el macizo de Semmering (Austria) con el fin de caracterizar las áreas de recarga y su evolución hidroquímica. Se ha determinado el efecto altitudinal del δ18O con datos isotópicos e hidrogeológicos obtenidos en pequeños manantiales originados en rocas cristalinas que sirven como nivel de referencia; los resultados han sido de -0,27‰ por cada 100 m en la zona Morte del macizo, y de -0,21‰/100 m hacia el Sur. Aplicando estos valores, se ha calculado la altitud promedio a la que se produce su recarga. Para los manantiales de caudal elevado en materiales carbonatados, la altitud de recarga varía entre 1.100 y 1.410 m, cosa que es compatible con el marco topográfico e hidrogeológico de las rocas calizas y dolomíticas Mesozoicas propias del Austroalpino Bajo que los alimenta. La composición hidroquímica de los manantiales carbonatados está dominada por los iones calcio, magnesio, bicarbonato y sulfato. Los manantiales están casi saturados en calcita, pero subsaturados en dolomita, excepto en algunos que parecen hallarse cerca de la saturación. Como caracteriza a los suelos en regiones montañosas, la presión parcial de equilibrio del dióxido de carbono (PCO2) es baja, con valores comprendidos entre 10-3,0 y 10-2,5 atm. A largo plazo, el pH y los valores calculados de los índices de saturación en calcita (SIc) y en dolomita (SId), junto con la PCO2 en equilibrio, evidencian una fuerte estacionalidad; en cambio, las concentraciones de calcio, magnesio y bicarbonato prácticamente no varían. Integrando los resultados de δ18O y de la hidroquímica, se demuestra la variabilidad de la química de aguas subterráneas carbonatadas con respecto a la altitud. Reflejando el cambio sistemático de la actividad biótica y de las condiciones de recarga en la cuenca, se obtiene una correlación negativa entre la altitud de la recarga y la PCO2, mientras que la concentración de bicarbonato no es modificada por términos fuente/sumidero, lo cual atribuye el cambio a la química de los carbonatos. La PCO2 y el bicarbonato disminuyen aproximadamente 0,22 unidades logarítimicas (en atmósferas) y 38,6 mg/l, respectivamente, por cada 100 m de incremento en la altitud de recarga.

  18. Farmyard Manure and Fertilizer Effects on Seed Potato (Solanum tuberosum L.) Yield in Green House Production

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    László, M.

    2009-04-01

    Nowadays is widely well know that the potato is an important vegetable crop at Brazíl. It is grown on about 173.000 ha, with total yield of 2.6 million tons year-1. The average yield is 15 t ha-1. This level is very low because degeneration of crop is rapid under high temperature and high viruses pressure. Therefore seed potato propagation and production is principal on consumption potato production. This is why we found it necessary to develop it. The latossolo vermelho soil-farmyard manure- burnt rice straw-fertilizer 4N:14P:8K greenhouse pot trial was set up at the National Vegetable Crops Research Center, Brasília-DF, Brazíl in 1990. The methods of the experiments were soil x farmyard manure x burnt rice straw, soil x 4N:14P:8K fertilizer and soil x farmyard manure x burnt rice straw x 4N:14P:8K fertilizer on randomized block design in total 29 combination of treatments in 5, 5 and 3 repetitions with in a total parcel of 116. According to chemical analysis of the a., soil, b., farmyard manure and c., burnt rice straw the agrochemistry parameters were as follows (estimated datas): a., latossolo vermelho soil: CaCO3 0.3-0.7%, humo 0.9-1.0%, pH (H2O) 5.3, pH (KCl) 4.5, AL- P2O5 3.2-3.5 mg kg-1, AL- K2O 180 mg kg-1, Mg (KCl) 70 mg kg-1, EDTA-Zn 0.5-0.8 mg kg-1, EDTA-Cu 0.5-0.6 mg kg-1, b., farmyard manure: N 1.8 g kg-1, P2O5 2.0 g kg-1, K2O 4.0 g kg-1, c., burnt rice straw: N 0.8 g kg-1, P2O5 7.0 g kg-1, K2O 4.5 g kg-1. The experimental datas were estimated by analysis of variance, ANOVA and MANOVA. The main conclusions were as follows: 1. Mixture of 80% latossolo vermelho, 10% burnt rice straw and 10% farmyard manure were shown best performance on seed potato productivity. The piece of tubers with a 0-20 mm (consumption seeds) was increased by 77%. 2. Total seed potato number was reached maximum at 10.8 g pot-1 4N:14P:8K fertilizer regarding to average of treatments with a 33%. 3. Dry biomassa production plant-1 was decreased by high dose of 4N:14P:8K fertilizer (18.0 g pot-1) with a hard effect (57%). Our results are shown that it was possible developing of the seed potato production under tropical greenhouse conditions by optimalised soil-organic matter-fertilizer system. This datas should be as indicators to sustainable field potato advisory systems. Keywords: potato (Solanum tuberosum L.), greenhouse, latossolo vermelho soil, farmyard manure, burnt rice straw, 4N:14P:8K fertilizer, sustainability, yield Introducáo: Importância e situação actual em produção da batata no Brazíl A batata é atualmente uma das hortaliças de maior importância no Brasíl (Márton 2000a., 2000b.) com um cultivo annual médio de 173.000 ha e uma produção de 2600000 t. A produtividade médio nacional é de 15 t ha-1, muito baixa se considerar que é possivel a obtenção de rendimentos acima de 40 t ha-1. Observa- se também, que existe variação no produtividade entre regiões e estados. E importante como fonte de alimento pelo seu alto valor nutricional a quantidade produzida muito superior por unidade de área a tempo, se comparada com diversas outras culturas (László 2000b., 2000c.). Os estados que tradicionalmente produzem batata em maior ou menor escala são indicados em seguente: Pernambuco, Ceará, Sergipe, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondonia e Acre. Os plantios predominantes são o das águas e das secas, sendo o de inverno bem menos expressivo, pois poucas áreas permitem o seu cultivo, na maioria dos casos necessitando- se de irrigação. Considerando as três épocas de plantio e diferentes condições climaticas brasileiras, podemos definir de um modo geral o plantio de batata no Brasíl da seguinte maneira: Nordeste e Centro- Oeste- plantio de inverno, Sudeste- plantio das águas, secas e inverno, Sul- plantio das aguas, secas e inverno. Sendo este último em áreas muito limitadas. Dentre as hortaliças a batata é uma das culturas mais estudadas actualmente. Os principais problemas que afetam a cultura da batata podem ser de ordem agronómica, economica e comercial. Como exemplos destes podem ser citados: o uso racional de matérias orgânicos, esterco de curral e inorgânico fertilizantes. Efeito de materias orgnicânicos e N, P, K elementos minerais para produção da batata As necessidades em N, P, e K elementos minerais da batata são superidas pela aplicação apropriada de matérias orgânicos, esterco de currals, fertilizantes ao solo, combinada com a ambiente (Márton 2001a., 2001b.), época adequada e posição ideal de aplicá- lo. Efeito da materias orgânicos O suprimento de N á batateira provém principalmente da matéria orgânica do solo e do fertilizante aplicado (László 2000a., Márton et all. 2000.). Embora não seja muito praticado no Brasíl, a incorporação de esterco ao solo é fator de aumento da produção de tuberculos. Este resultado favorável poderia ser atribuído ao melhoramento da estrutura do solo, á maior retenção de água pelo e mesmo favorecendo o melhor desenvolvimento do sistema radicular da planta. A batata pode ser cultivada em todo tipo de solo desde que tenha boa drenagem e seja bem estruturado. Isto é tem que ser bem aerado e permitir o bom desenvolvimento dos órgãos subterráneos da batateira. Sem de matéria orgânicos e esterco de curral a tendencia de determinados solos formar crosta, oferecendo uma alta resisténcia mecánica á emergéncia das plantas, pode ser um determinante de stands desuniformes. A cause primaria da formação de crostas é a destruição dos agregados do solo pela excessiva manipulação mecánica resultando em aeração reduzida e aumento da densidade e coesão das particulas do solo. O encrostamento do solo pode ser reduzido através com matérias orgânicos. De maneira geral, a produção de tuberculos em solo de baixa potencialidade (aqueles em que a penetração das raizes é dificultada pela compactação, textura argilosa ou com camadas no solo) será menor do que nagueles com alta potencialidade (boa textura e adequada retenção de agua). Efeito do nitrogênio No Brazíl em todas regiões onde se cultiva batata é raro encontrar solos com elevado teor de nitrogênio e que não precisam de quantidades desta elemento. É o elemento que governa o padrão de desenvolvimento da planta, estimulando principalmente o crescimento da parte aérea (Kádár et all. 2000., László 2000.). Para se obter rendimento de tubérculos é necessário um rápido e curto periodo de desenvolvimento da parte aérea e uma fase de acúmulo maior possível. Para tanto, devem ser evitadas doses muito altas de nitrogênio e, principalmente, se aplicadas tardiamente, pois haverá demasiado desenvolvimento de folhas que demorarão mais a finalizar seu crescimento e maturação. Isto implicará na redução do periodo de intenso desenvolvimento dos tubérculos e armazenagem do amido, resultando em menor produção. Há risco para a saúde na ingestão de alimentos com altos teores de nitrato e nitrito, havendo preocupação com o efeito de doses mais altas de nitrogênio sobre os teores dos mesmos nos tuberculos. Embora haja diferenças entre cultivares, localidades e períodos de armazenamento, há estudos mostrando que a fertilização com até 150 kg ha-1 de nitrogênio não foi suficiente para propiciar niveis preocupantes de nitrato nos tuberculos colhidos. Efeito do fósforo A grande maioria dos solos brasileiros cultivados com batata apresentam limitações ao bom desenvolvimento e produção da cultura em função dos baixos níveis de fósforo. Isto significa que aumentos de produção quase sempre ocorrem quando o solo recebe adubação fosfatada (László 2001a.). Estes aumentos são mais marcantes em solos nunca antes adubados ou com baixo teor de fósforo. Nestes, dificilmente alcanca- se a produção máxima com níveis reduzidos de fósforo. Não seria exagerado supor níveis de 600 a 800 kg ha-1 de P2O5, como sendo aqueles que iriam proporcionar produção máximas, principalmente em solos mais ácidos e pobres em matéria orgânico. A adubação fosfatada é muito importante no crescimento inicial da planta e, além de aumentar a produção de tuberculos em peso e números, aumenta também a quantidade e qualidade do amido neles contidos e reduz perdas durante o armazenamento dos mesmos. A quantidade de fósforo a aplicar dependerá da análise do solo considerando- se principalmente o nível de P existente e a textura do solo. Solos de textura média e arenosa necessitam maior conteúdo de fósforo do que os de textura argilosa para serem considerandos solos de baixo, médio ou alto teor de fósfato. Efeito da potássica Embora seja o elemento mais absorbido pela batateira, nem sempre há resposta positiva da aduba potássica sobre o rendimento da cultura. Provavelmente isto esteja relacionado com níveis elevados deste elemento no solo (Kurnik et all. 2001.). Entretanto, em solos com médios e baixos teores de potássio, aumentos significativos são conseguidos. Por isto, as recomendações de adubação com potássio, nas diversas regiões do mundo, variam de 50-300 kg ha-1 de K2O. Resultados de trabalhos em brasiléiros têm demonstrado que a aduba potássica pode ser substituída pela aplicação de 150 m3 ha-1 de vinhaça de cana de açúcar. Ao elevar- se a dose de fertilização potássica deverá haver precaução para que a adubação magnesiana seja suficiente. O K além de aumentar a produção, em solos deficientes, aumenta também o tamanho dos tubérculos produzidos, e a proporção de tubérculos grandes. Deficiência no suprimento de potássio á planta pode acarretar produção de tubérculos com elevada susceptibilidade aos danos mecánicos pós-colheita. Os tubérculos injuriados enegrecem facilmente e este enegrecimento é inversamente proporcional á quantidade de potássio nos tuberculos. Ademais, quando fritos dão origem a um produto escuro, de baixa valor comercial. Manejo de adubação Diversos fatores como potencial de produção do solo, modo de aplicação do fertilizante dentre outro fatores afetam a resposta da batateira á aplicação de fertilizantes (Refschneider 1987.). Depreende- se pois que no estabelecimento de um nivel ideal de fertilização as variáveis planta, solo e condições climaticas devem ser visualizadas como um sistema pouco provável de ser homogeneo mesmo em nivel de fazenda. Como tal, generalizações a respeito de doses ou niveis de fertlização são difíceis de serem feitas, recomendações exigem julgamento hábil por parte do fazendeiro ou do tecnico responsavel pela cultura (Márton 2001a., 2001b.). Este julgamento será mais preciso conhecendo- se pontos que serão rápidamente discutidos a seguir. A taxa de absorção de nutrientes é governada pela concentração externa ou suprimento de nutrientes pelo solo e a demanda do nutriente criada pelo desenvolvimento e funcinamento normal dos diversos órgãos das plantas. O nivel de nutrientes na solução do solo deve ser suficiamente alto para que suas taxas de absorção não sejam limitantes ao crescimento. Por outro lado, não deve ser demasiado para causar excessiva absorção de outros nutrientes. Forte associação existe entre a absorção de nutrientes e o desenvolvimento da planta. De maneira geral, a fase de rapido desenvolvimento da cultura é acompanhada por um grande aumento na absorção de nutrientes com a taxa de absorção declinado quando a taxa de crescimento diminuiu. Normalmente todos os fertilizantes potássicos e fosfatados são adicionados ao solo na época do plantio. O nitrogênio normalmente é parcelado. Cerca de 2 por 3 do nível recomendado é colocado no sulco de plantio e o restante adicionado por ocasião da amontoa. É uma prática tradicinal e com pouco suporte experimental no condiõces brasileiras. Espera -se que a aplicação parcelada do nitrogênio e mesmo do potássio possem ser benéficas quando houver chuva excessiva ou irrigações mal executadas principalmente em solos mais arenosos onde poderá ocorrer a lixiviacão dos mesmos (Márton 2001a., 2001b.). O parcelamento poderá também ser benéfico quando elevados níveis de fertilizantes porém recomendandos e a aplicação por feita nos sulcos de plantio, pois evitar-se ia assim, elevada concentração salina em torno dos tubérculos plantados, embora a aplicação á lanco, em toda área, possa ser opção vantajosa. Quantidades corretas de fertilizantes, posição ideal e época certa de aplicação, combinadas adequadamente, definem o programa de adubação da batata. Esse programa é variável de acordo com o solo, a batata e condisões ambientais (Márton 2001a.). A dose de um elemento a ser aplicada em batata, é função da quantidade desse elemento suprida pelo solo e da percentagem de recuperação do elemento adicionado ao solo como fertilizante. Resultados experimentais comparando a aplicação de fertilizante á lanco ou localizado mostram respostas variadas sobre a produção. E possivel encontrar resultados iguais em ambos os métodos, de supremacia da aplicação á lanco ou da aplicação localizada (Kurnik et all. 2001.). Parece que baixas quantidades de fertilizantes são mais eficiemente utilizadas quando aplicação nos sulcos de plantios. Entretanto o potancial de produção pode ser aumentando com alta ou mesmo moderada quantidade de fertilizantes aplicados á lanço. A recomendação geral de colocar o adubo no sulco de plantio da batata merece ser questionada. É uma recomendação válida ao entender- se que a batata responde bastante á aplicação de fósforo, que os solos brasileiros tem alta capacidade de absorção de fósforo e que haverá maior proliferação de raízes na área fertilizada. Uma indagação aparece: um solo com baxa disponibilidade de fósforo fora da zona fertilizada permitiria o desenvolvimento ótimo da planta. Algumas evidéncias mostram, para outras espécies, que grande parte do sistema radicular, deve estar exposta ao fósforo para suprir as necessidades das plantas. Ademais, há um determinado valor de concentração de fósforo, na solução do solo, acima da qual a taxa de absorção não é aumentada. Essas considerações suscitam a possibilidade de questionar se a aplicação de fósforo em sulcos seria a forma mais eficiente de usá-lo quando se pretende alcancar elevadas produções. Deve-se lembrar entretanto, que solos tropicais, ainda com baixos teores fósforo e alta capacidade de adsorção, seria necessária dose muito elevada de P, quando aplicada á lanço, em todo o terreno. Se a aplicação localizada do fósforo pode, em parte, ser explicada, a do nitrogênio e potássio não são facilmente justificadas sob o aspecto de eficiéncia de utilização. Pelo contrário, ela pode ser questionada, principalmente pelas suas caracteristicas de difusão, pelo efeito que altas concentração de amónio e cloreto podem ter sobre a pressão osmotica da solução do solo junto aos tubérculos plantados, pelo efeito negativo do cloreto sobre a absorção de fósforo e também sobre a capacidade produtiva das plantas. Portanto, existe a possibilidade de ocorrer toxidez de amónio e de cloreto ao se aplicar doses altas dos fertilizantes nos sulcos de plantios. Isto pode determinar uma menor eficiéncia no uso dos fertilizantes. Materiais e Metodos: Nos desenvolverémos os três experimentos (i.e.: 1., 2., 3.) para aumentár-se do produção e produtividade da batata (Solanum tuberosum L.) semente pré- básica no casa de vegetação com diferentes doságens do latossolo vermelho novo, do esterco de curral e do adubo fórmula 4N:14P:8K no Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuaria- Centro Nacional de Pesquisas de Hortaliças, da Brazília-DF no 1990. Caracteristicas agroquímicas do solo em faixa arado (dados estimados), e conteudos N, P2O5, K2O do esterco de curral e palha de arroz queimado (dados estimados): a., caracteristicas agroquímicas do solo latossolo vermelho (solo novo: nunca foi usado para produção da batata semente): CaCO3 0.3-0.7%, humo 0.9-1.0%, pH (H2O) 5.3, pH (KCl) 4.5, AL- P2O5 3.2-3.5 mg kg-1, AL- K2O 180 mg kg-1, Mg (KCl) 70 mg kg-1, EDTA-Zn 0.5-0.8 mg kg-1, EDTA-Cu 0.5-0.6 mg kg-1 com abastecer fraco destes elementos, b., conteudos N, P2O5, K2O do esterco de curral (qualidade médio): N 1.8 g kg-1, P2O5 2.0 g kg-1, K2O 4.0 g kg-1, c., conteudos N, P2O5, K2O do palha de arroz queimado (palha de arroz foi queimado em um especial forno): N 0.8 g kg-1, P2O5 7.0 g kg-1, K2O 4.5 g kg-1. Nestas provas usarémos para controle a *mistura padrão. O este tratamento é a composição usual neste programa i.e.: 150 l de solo novo, 50 l de palha de arroz queimado, 50 l de esterco de curral, 350 gramas de cal e 300 gramas de adubo da fórmula 4N:14P:8K. Experimento 1. Efeito de diferentes misturas para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação O experimento foi instalado considerando-se sete misturas de substrato (latossolo vermelho novo, esterco de curral, palha de arroz queimado) em 3000 cm3 volume de capacidade de vasos preto com cinco repetições, no delineamento experimental de blocos ao acaso, na mésas experimentais em caso de vegetação. A cultivar foi a Achat, com plãntulas provenientes de cultura de tecidos. A data de plantio foi 18.04.1990. Plantarémos em cada vaso 3-3 "in vitro" plantulas com raiz embaixo de 4cm de superficie da mistura no vasos. Irrigarémos com 12 mm quantidade da augua 2 vezes por semana. Para produção aplicarémos sistema de proteção de plantas como usados no Brasíl. Ambiente foi controlado com ventilação automatizado. Temperatura médio foi 22 0C e humidade médio foi 68% durante de experimento. A data de colheta foi 04.07.1990. As pesagens foram feitos como peso fresco. Os resultados foram submetidos a analise de variáncia, ANOVA. As misturas do substrato utilizadas foram como a seguir no Tabela 1. Experimento 2. Efeito de adubo 4N:14P:8K para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação O experimento foi instalado considerando-se 9 dosagens de adubo da fórmula 4N:14P:8K com latossolo vermelho novo em 3000 cm3 volume de capacidade de vasos preto com cinco repetições, no delineamento experimental de blocos ao acaso na mésas experimentais em casa de vegetação. O adubo foi posicionando no solo de 4 cm abaixo de superficie do solo. A cultivar foi a Achat, com plãntulas provenientes de cultura de tecidos. A data de plantio foi 18.04.1990. Plantarémos em cada vaso 3-3 "in vitro" plantulas com raiz embaixo de 4cm de superficie da mistura no vasos. Irrigarémos com 12 mm quantidade da augua 2 vezes por semana. Para produção aplicarémos sistema de proteção de plantas como usados no Brasíl. Ambiente foi controlado com ventilação automatizado. Temperatura médio foi 22 0C e humidade médio foi 68% durante de experimento. A data de colheta foi 04.07.1990. As pesagens foram feitos como peso fresco. Os resultados foram submetidos a analise de variáncia, ANOVA. As doságens de adubo foram como a seguir no Tabela 2. Experimento 3. Efeito de latossolo vermelho novo, palha de arroz queimado e adubo 4N:14P:8K para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação Para pesquisar estes efeitos o experimento tipo de (2 x 6) foi instalado considerando-se as combinações entre duas misturas (i.e.: 1., 2.) e seis doságens de adubo complexo 4N:14P:8K, com três repetições, no delineamento experimental de bloco ao acaso, sendo 1 vaso (3000 cm3 volume de capacidade de vasos preto) por parcela na mésas experimentais em casa de vegetação. O adubo foi posicionando no solo de 4 cm abaixo de superficie do solo. A cultivar utilizada foi Baraka e o tamanho de tuberculos foi com 0-20 mm. A data de plantio foi 25.09.1990. Plantarémos em cada vaso 3-3 tuberculos com embaixo de 4cm de superficie da mistura no vasos. Irrigarémos com 12 mm quantidade da augua 2 vezes por semana. Para produção aplicarémos sistema de proteção de plantas como usados no Brasíl. Ambiente foi controlado ventilação automatizado. Temperatura médio foi 21 0C é humidade médio foi 66% durante de experimento. A data de colheta foi 14.12.1990. As pesagens foram feitos como peso fresco e matéria seca. Os resultados foram submetidos a analise de variáncia, MANOVA. Os manejos foram como a seguir no Tabela 3. Resultados e Discuscáo Experimento 1. Efeito de diferentes misturas para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação O tratamento 3. i.e.: mistura de 80% latossolo vermelho novo, 10% palha de arroz queimado e 10% esterco de curral, apresentou os maiores valores para numero de tuberculos com 0-20 mm (tamanho de comercial), peso de tuberculos com 0-20 mm e peso total de tuberculos por vaso. Porém, não houve diferencas significativas para o numero tuberculos comerciais, i.e.: com 0-20 mm, para os tratamentos 2., 3., 4., e 5. Portanto, a mistura poderá ter uma composição entre 60 a 90% de latossolo vermelho novo, 6 a 24% de palha de arroz queimado e de 4 a 16% de esterco de curral. Não houve diferenca significativa entre a mistura padrão utilizada e as misturas incluidas nos extremos indicados anteriormente. Porém, a mistura padrão recebeu adubação quimica de 4N:14P:8K (3.6 grama vaso-1) e calcário na dosagem de 4.2 grama vaso-1, o que não aconteceu com as parcelas das misturas em analise. Experimento 2. Efeito de adubo 4N:14P:8K para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação Há um efeito crescente das dóses de 4N:14P:8K nos caracteres observados. Porém, a maior dóse não chegou a ultrapassar a mistura padrão. Experimento 3. Efeito de latossolo vermelho novo, palha de arroz queimado e adubo 4N:14P:8K para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação Efeitos de misturas As duas misturas (i.e.: 1 e 2) deram resultados significativos mais alto que a mistura padrão, em média 54 %. Entre as misturas 1 e 2, foi melhor a 2. (80% latossolo vermelho novo, 10% palha de arroz queimado, 10% esterco de curral). Examinando-se 15 fatores, entre 11 casos afirmou-se a mistura como para melhor que a mistura 1. (70% latossolo vermelho novo, 20% palha de arroz queimado, 10% esterco de curral). Em caso de número de tuberculos 0-20 mm com a mistura 2. foi possivel aumentar geralmente os números de tuberculos em 77% que a mistura padrão. Efeitos de adubação 1. Área da folhas por planta entre manejo foi melhor de modo significativo a doságem de 3.6 grama vaso-1 adubo complexo (3103 cm2 plantas-1). 2. Peso fresco da folhas e de hastes por plantas as tendencias foram parecidos com o da área de folhas. 3. Peso fresco de raizis por planta até 7.2 grama vaso-1 diminuiu depois aumentou. 4. Peso fresco total de tuberculos por planta as crescentes doságens de um modo forte diminuiram a produção de tuberculos de 0 e 18.0 grama vaso-1 em 160% em os dois caso da mistura. 5. Peso de fitomassa fresco por planta foi melhor a 3.6 g vaso-1 (239 grama planta-1 em médio da dois mistura), depois os dados diminuirám. 6. Produção de biomassa fresco por planta a maxima produção (188 grama planta-1) foi obtida com 3.6 grama vaso-1. Deste ponto de modo forte caiu a produção. 7. Peso da matéria seca de folhas, hastes e raizis por planta somente em caso de mistura padrão o resultado foi significativo em relação aos outros tratamentos. 8. Péso da matéria seca de tuberculos total por planta modo significativo diminuiu a produção (0 e 18.0 grama vaso-1 = 360%) em médio da duas misturas. 9. Biomassa produção de materia seca por planta modo significativo diminuiu para efeito de alta dosagens de adubo complexo (0 e 18.0 grama vaso-1 = 158%) em médio da duas misturas. 10. Peso fresco de tuberculos com 0-20 mm as crescentes dosagens de 0 e 18.0 grama vaso-1 diminuiram a produção em 213% em médio da duas misturas. 11. Peso fresco de tuberculos com 20 mm-1 as crescentes dosagens de 0 e 18.0 grama vaso-1 diminuiram a produção assima de 250% em médio da duas misturas. 12. Numero de tuberculos 0-20 mm e 20 mm- por planta com os manejos de 0 e 18.0 grama vaso-1 foi possível aumentar em media 200% sobre a mistura padrão. Os manejo de 18.0 grama de adubo vaso-1 já causaram importante diminuição em relação caso a absoluto controle. 13. Numero total de tuberculos por planta entre manejos foi melhor a dosagem de 7.2 grama vaso-1 adubo complexo 4N:14P:8K comparando da mistura padrão. Nos verificamos-se que a mistura padrão sempre deu menor rasultados do que as outras misturas (i.e.: 1 e 2). Entre as misturas 1 e 2 a melhor foi a número 2. (80% latossolo vermelho novo, 10% palha de arroz queimado, 10% esterco de curral). Com esta mistura e com relação a mistura padrão, foi possível aumentar o número de tuberculos 0-20 mm com 77%. No caso do adubação, verificamos que grande quantidades de adubo acima de 7.2 grama vaso-1, de modo rigoroso diminuiu a produção de batata-semente pré- básica. Este fato deve ser considerado para a eleição das dosagens de adubos. Deve-se indicar o caso de número de tuberculos acima 20 mm-, onde em relação mistura padrão foi possivel aumentar em média 73% os resultados. Reconhecimento: Esta pesquisa foi apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuaria- Centro Nacional de Pesquisas de Hortaliças, Brasília-DF e Centro Pesquisa de Solo e Agroquímica do Academia Húngara de Ciências, Budapest References Kádár I-Márton L.-Horváth S. 2000. Mineral fertilisation of potato (Solanum tuberosum L.) on calcareous chernozem soil. Plant Production. 49: 291-306. Kurnik E.-Németh T.-Márton L.-Radimszki L. 2001. Effects of a new environment friendly deep fertilization system on a limy chernozem soil parameters. Agrochemistry and Soil Science. Budapest. In press László M. 2000. Nutrition of potato (Solanum tuberosum L.) on Hungary on a chernozem soil. Acta Agronomica Óváriensis. 42: 81-93. László M. 2001a. Climate change and N, P, K, Mg fertilization effects on potato (Solanum tuberosum L.) yield and quality. EAPR. Hamburg. In press László M. 2001b. Year and fertilization effect analysis in long field term experiments. XLIII. Georgikon Days. University of Veszprém. Keszthely László M.-Imre K.-Jose E.M. 2000a. Effects of Crotalaria juncea L. and Crotalaria spectabilis ROTH. on soil fertility and soil conservation in Hungary. Acta Agronomica Óváriensis. 42: 99-106. László M.-Silva J.C.-Jose A.B. 2000b. Ecological friendly dragée technics on different crops and vegetables seeds. Acta Agronomica Óváriensis. 42: 107-111. László M.-Silva J.B.C.-Jose A.B. 2000c. Ecological friendly dragée technics to sustainable precision agriculture. Fertilization in the Third Millenium. CASISCF. Beijing Márton L. 2000a. Effects of NPK fertilizers on potato (Solanum tuberosum L.) yield. Doctoral Ph.D Dissertation. University of Veszprém, Keszthely Márton L. 2000b. Effects of NPK fertilizers on potato (Solanum tuberosum L.) yield. Doctoral Ph.D Thesis. University of Veszprém, Keszthely Márton L. 2001a. Climete change effets on rye (Secale cereale L.) yield. Agrochemistry and Soil Science. Budapest. In press Márton L. 2001b. Climate change and fertilization effect analysis at the Tisza- river basin on rye yield. SZINET. University of Szent István. Gödöllő Márton L.-Kádár I.-Estáquio M.J. 2000. Effects of Crotalaria juncea L. and Crotalaria spectabilis ROTH on soil fertility and soil conservation. ESSC. Man and Soil at the Third Millennium. Abstract Book. 195. Valencia Reifschneider F.J.B. 1987. Produção de batata. Linha Gráfica e Editora. Brasília. p. 239. Tabela 1. Tratamentos do experimento 1. (Brasília-DF, 1990) ------------------------------------------------------------------ Numero de Composição em % Tratamento Solo novo Palha de arroz queimado Esterco de curral ------------------------------------------------------------------ 1. 100 0 0 2. 90 6 4 3. 80 10 10 4. 70 18 12 5. 60 24 16 6. 50 30 20 7. 40 36 24 ----------------------------------------------------------------- Tabela 2. Tratamentos do experimento 2. (Brasília-DF, 1990) ------------------------------------------------------- Numero de Adubo 4:14:8 N P2O5 K2O Tratamento Grama vaso-1 ------------------------------------------------------- 1. 0.0 0.000 0.000 0.000 2. 1.8 0.072 0.252 0.144 3. 3.6 0.144 0.504 0.288 4. 5.4 0.216 0.756 0.432 5. 7.2 0.288 1.008 0.576 6. 9.0 0.360 1.260 0.720 7. 10.8 0.432 1.512 0.864 8. 12.6 0.504 1.764 1.008 9. 14.4 0.576 2.016 1.152 ------------------------------------------------------- Tabela 3. Tratamentos do experimento 3. (Brasília-DF, 1990) ------------------------------------------------------------------------ Num. de Mistura % Trat. Solo novo Palea de arr. Q Esterco de curral 4N:14P:8K g vaso-1 ------------------------------------------------------------------------ 1. 70 20 10 0.0 2 70 20 10 3.6 3. 70 20 10 7.2 4. 70 20 10 10.8 5. 70 20 10 14.4 6. 70 20 10 18.0 7. 80 10 10 0.0 8. 80 10 10 3.6 9. 80 10 10 7.2 10. 80 10 10 10.8 11. 80 10 10 14.4 12. 80 10 10 18.0 ------------------------------------------------------------------------