Science.gov

Sample records for complexos metalicos avaliacao

  1. [Dynamic study of small metallic clusters]; Estudio Dinamico de Pequenos Agregados Metalicos

    SciTech Connect

    Lopez, M.J.; Jellinek, J.

    1995-12-31

    We present a brief introduction to computer simulation techniques (particularly to classical molecular dynamics) and their application to the study of the thermodynamic properties of a material system. The basic concepts are illustrated in the study of structural and energetic properties such as the liquid-solid transition and the fragmentation of small clusters of nickel. [Espanol] Presentamos una breve introducci{acute o}n de las t{acute e}cnicas de simulaci{acute o}n por ordenador (en particular de la Din{acute a}mica Molecular cl{acute a}sica) y de su aplicaci{acute o}n al estudio de las propiedades termodin{acute a}micas de un sistema material. Los conceptos b{acute a}sicos se ilustran en el estudio de las propieades estructurales y energ{acute e}ticas, as{acute i} como de la transici{acute o}n de fase s{acute o}lido-l{acute i}quido y de las fragmentaciones de peque{tilde n}os agregados de n{acute i}quel.

  2. Observações em Radiofreqüências do complexo de Regiões HII Compactas RCW 95

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Barres de Almeida, Ulisses

    2006-05-01

    In this work we studied the complex of compact HII (CHII) regions RCW 95. The cloud is about 10'x10' and was mapped on the radio continuum emission at 43 GHz; a survey of water lines was also conducted at 22.2 GHz, corresponding to the 616 - 523 rotational transition of this molecule. The observations were made with the 14-meter single-dish antennae of the Itaptinga radio observatory, in Atibaia, ruled by INPE (Nacional Institute for Space Research, Brazil). For the continuum observations we made several scans in right ascension throughout the whole of the source spaced by 1' in declination, that were following combined to produce a map of isotemperatures for the cloud. The study resulted on the identification of resolved radio continuum sources associated with all the three IRAS sources in the region: IRAS 15408-5356, 15411-5352 and 15412-5359, all with far-IR colours characteristics of CHII regions. The water line survey resulted on the positive identification of maser emission associated with the three IRAS sources, supporting the evidences for these regions to harbour massive young stars. Two other unresolved HII regions, unassociated with far-IR sources, were also discovered through detailed analyses of the profiles of the radio continuum scans. The regions associated to the IRAS sources 15408-5356 and 15411-5352 were already known to be regions of massive star formation, whilst the stellar population associated to IRAS 15412-5359 had not been studied before. The discovery of water lines and the presence of a thermal continuum source on this direction suggested that this region could also contain young stars. We then conducted a study of the stellar population inside a region of 2'2' around this IRAS source using near-IR (J, H and K) band images from 2MASS catalogue. Throught this we were able to identify a significant population of massive stars, including one O9V star and some early BV that were charged responsibility for the ionization of the gas in the region and so classify this as a new compact HII region on the complex

  3. Urban planning as a tool to cope with climate change. Cooperation between the University of Lisbon and the Municipality

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Alcoforado, M. J.; Andrade, H.; Lopes, A.

    2009-09-01

    on the analysis of a Landsat image and field work. By crosstabulating these two layers, a final map depicting Lisbon's "homogeneous climatic-response units” was prepared and can be consulted at the Municipality site (http://pdm.cm-lisboa.pt/pdf/RPDMLisboa_avaliacao_climatica.pdf). Finally, a series of climatic guidelines for planning were put forth for the different units and are to be included in the next version of the Master Plan. Subsequently, a city district microclimatic study is being carried out in a fast growing urban area north of Lisbon. Climate guidelines have also been put forth. The increase of vegetation in certain areas, the improvement of green spaces, the adequate disposal of new buildings in relation to wind and solar radiation are some of the outlined measures. The application of adaptation measures to climate change in urban areas contribute, at the same time, to an improved urban environment with benefits on energy consumption, air quality, comfort and human health, among others.

  4. Impact of implementing an Internal Bed Regulation Committee on administrative and care indicators at a teaching hospital

    PubMed Central

    Rodrigues, Luciane Cristine Ribeiro; Juliani, Carmen Maria Casquel Monti

    2015-01-01

    Objective To compare hospital indicators before and after implementing an Internal Bed Regulation Committee at a reference hospital. Methods It is an quantitative, evaluation, exploratory, descriptive and cross-sectional research. The data was gathered from the hospital administrative reports for the period 2008-2013, provided by the Information Technology Center of the Complexo FAMEMA. Results The indicators improved after implementation of the Internal Bed Regulation Committee. Conclusion The individuals involved in the process acknowledged the improvement. It is necessary to carry on the regulatory actions, especially in a comprehensive and complex healthcare system, such as the brazilian Sistema Único de Saúde. PMID:25993075

  5. Estimativa de imagens solares soho através de redes neurais artificiais

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Andrade, M. C.; Fernandes, F. C. R.; Cecatto, J. R.; Rios Neto, A.; Rosa, R. R.; Sawant, H. S.

    2003-08-01

    A Rede Neural Artificial (RNA), no âmbito da teoria computacional, constitui uma teoria emergente que, por possuir habilidade em aprender a partir de dados de entrada, encontra diferentes aplicações em diferentes áreas. Um exemplo é a utilização de RNA na caracterização de padrões associados à dinâmica de processos espaço-temporais relacionados a fenômenos físicos não-lineares. Para obter informações sobre o comportamento destes fenômenos físicos utiliza-se, em diversos casos, seqüências de imagens digitalizadas, onde a caracterização de alguns fenômenos espaço-temporais é o procedimento mais viável para descrever a dinâmica das regiões ativas do Sol. Com base em imagens observadas por telescópios a bordo de satélites, estudos de previsão de eventos solares podem ser programados, permitindo prever possíveis efeitos posteriores nas regiões mais próximas da Terra (tempestades geomagnéticas e irregularidades ionosféricas). Neste trabalho avaliamos o desempenho da RNA para estimar padrões espaço-temporais, ou seja, imagens solares em ultravioleta, obtidas através do telescópio a bordo do satélite SOHO. Os resultados mostraram que as RNA conseguem generalizar os padrões de maneira satisfatória sem perder de forma significativa os principais aspectos da configuração global da atmosfera solar, comprovando a eficácia da RNA como ferramenta para esse tipo de aplicação. Portanto, este trabalho comprova a viabilidade de uso desta ferramenta em projetos voltados ao estudo do comportamento solar, em trabalhos do grupo de Física do Meio Interplanetário (FMI) na DAS e em programas desenvolvidos pelo Núcleo de Simulação e Análise de Sistemas Complexos (NUSASC) do Laboratório Associado de Computação e Matemática Aplicada (LAC) do INPE.

  6. Gravity and magnetic modeling of granitic bodies in Central Portugal

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Machadinho, Ana; Figueiredo, Fernando; Pereira, Alcides

    2015-04-01

    A better understanding of the subsurface geometry of the granitic bodies in Central Portugal is the main goal of this work. The results are also relevant for the assessment of the geothermal potential of the same region. The study area is located in the Central Iberian Zone where the Beiras granite batholith outcrops. These variscan granitoids were emplaced into the "Complexo Xisto-Grauváquico" (CXG), a thick and monotonous megasequences of metapelites and metagreywackes. This metasedimentary sequence is affected by the Variscan deformation phases and a late Proterozoic to Cambrian age has been generally assumed for this rocks. The granitoids in the region are attributed to the magmatic activity associated to the post-collisional stages of the Variscan orogeny during the D3 stage. The granitic bodies in the study area are considered syn-D3 and late to post-D3. To achieve the goal of the research, magnetic and gravimetric surveys where performed in order to obtain the Bouguer and magnetic anomalies. All the standard corrections were applied to the gravimetric and magnetic data. Considering and integrating all the available geological data and physical proprieties (density and magnetic susceptibility) the mentioned potential fields were simultaneously modeled. In this way it was possible to characterize the subsurface geometry of the granitic bodies in the studied region. The modeling results show that the regional tectonic setting controls the geometry of the granitic bodies as well as the structure of the host CXG metasedimentary sequence. Through the modeling of the potential field the overall geometry, average and maximum depths of the granitic bodies in the study area was obtained. Some late to post-D3 plutons outcrop in spatial continuity and as they have similar ages, a common feeding zone is assumed as the most likely scenario. The sin-D3 pluton is more abrupt and vertical, suggesting the presence of a fault contact with the late-D3 pluton. According to the

  7. Fotometria diferencial de estrelas T Tauri

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pereira, P. C. R.; Santos-Júnior, J. M.; Cruz, W. S.

    2003-08-01

    Neste trabalho apresentamos os resultados preliminares de um monitoramento de estrelas jovens, que pretende ser de longa duração. As estrelas estão em sua maioria localizadas no complexo Lupus-Scorpius. Nosso objetivo principal é o estudo da variabilidade em escalas de tempo de minutos até vários dias para estrelas cujos períodos não estão determinados ou apresentam discrepâncias entre diferentes publicações. A técnica utilizada foi a fotometria diferencial, com exposições de 60s e 90s, com as câmaras CCD SBIG ST7E e ST8E acopladas aos telescópios Schmidt-Cassegrain LX200 (10 e 12 polegadas), instalados na Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro. Os primeiros resultados indicam que a técnica é bastante sólida com relação à instabilidade na transparência do céu, mesmo com o uso de telescópios de pequeno porte. Objetos de magnitude 14, no telescópio de 10 polegadas, apresentam dispersões na diferença de magnitudes das comparações, em torno de 0,008mag nas exposições de 60s. Note-se, ainda, que a dispersão pode ser melhorada utilizando-se a técnica de soma de imagens. Destacamos AK Sco, GW Lup, GQ Lup e TW Hya. AK Sco é uma binária que, apesar de ter a sua órbita e período cobertos espectroscopicamente (13,6dias), nunca teve seus eclipses estudados por meio de fotometria. GW Lup não tem período determinado na literatura. Temos acompanhado este objeto há alguns anos, e sugestões de períodos entre 5 e 6 dias têm sido encontradas. O objeto que mereceu maior atenção foi TW Hya por apresentar vários trabalhos fotométricos e espectroscópicos com resultados discrepantes quanto ao período rotacional, que varia de 1,8 a 4,4 dias (Rucinsky & Krautter 1983, A&A 121, 217; Herbst & Koret 1988, AJ 96, 1949; Mekkaden 1988, A&A 340, 135; Batalha et al. 2002, ApJ 580, 343). Dedicamos 13 noites para essa estrela, totalizando cerca de 2.000 pontos na curva de luz. Nossos dados indicam a presença de uma modulação com dois

  8. A causa das estações do ano: modelos mentais

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    de Campos, J. A. S.; de Araujo, J. F. S.

    2003-08-01

    A década de 70 do século passado foi marcada pelo estudo das concepções alternativas que os alunos trazem para a sala de aula. A identificação destas concepções foi o ponto de partida para promover a mudança conceitual, onde as pré-concepções seriam trocadas pelas concepções científicas. Na década seguinte, surgiram muitas propostas de estratégias educacionais para facilitar esta troca, na sua maioria baseadas na idéia do conflito cognitivo, proposta por Piaget. Entretanto, os resultados pouco animadores conduziram à percepção de que a mudança conceitual é um processo mais complexo. Pelas idéias da Ciência Cognitiva, a mudança conceitual é uma mudança progressiva dos modelos mentais que o aluno tem sobre o mundo físico, através de enriquecimento e revisão. A causa das Estações do Ano é um tópico sobre o qual a maioria dos estudantes apresenta concepções alternativas. Os autores fizeram um levantamento sobre as pré-concepções encontradas em trabalhos sobre o tema (16 referências), procurando encontrar elementos comuns que indicassem a presença de modelos mentais específicos. As pré-concepções encontradas na literatura foram obtidas usando-se diversas metodologias (desde entrevistas clínicas até questionários de múltipla escolha) e envolvendo alunos e professores de diferentes regiões geográficas. A partir de uma análise aprofundada de cada trabalho, e utilizando-se a técnica das Redes Sistêmicas, chegou-se a conclusão que as diversas pré-concepções identificadas (em torno de 50), poderiam ser representadas por 6 modelos mentais, onde a explicação da causa das estações do ano tem um mecanismo causal responsável. Os mecanismos causais identificados foram: a dependência da distância, a dependência da orientação, a dependência conjunta da distância e orientação, a dependência da obstrução, a dependência da velocidade e a dependência da inclinação dos raios solares. Foram ainda identificadas

  9. Value of the Qrs-T Angle in Predicting the Induction of Ventricular Tachyarrhythmias in Patients with Chagas Disease.

    PubMed

    Zampa, Hugo Bizetto; Moreira, Dalmo Ar; Ferreira Filho, Carlos Alberto Brandão; Souza, Charles Rios; Menezes, Camila Caldas; Hirata, Henrique Seichii; Armaganijan, Luciana Vidal

    2014-10-28

    .95; CI 0.99-15.82; p = 0.052). The EF also emerged as a predictor of induction of VT / VF: for each point increase in EF, there was a 4% reduction in the rate of sustained ventricular arrhythmia on EPS. Conclusions: Changes in the QRS-T angle and decreases in EF were associated with an increased risk of induction of VT / VF on EPS.Fundamento: O ângulo QRS-T mostra correlação com prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca e doença coronariana, traduzido por um aumento na mortalidade proporcional ao aumento na diferença entre os eixos do complexo QRS e da onda T no plano frontal. Até hoje, nenhuma informação a este respeito foi obtida em pacientes com cardiopatia chagásica. Objetivo: Correlacionar o ângulo QRS-T com a indução de taquicardia ventricular / fibrilação ventricular (TV / FV) em chagásicos durante estudo eletrofisiológico (EEF). Métodos: Estudo caso-controle em centro terciário. Pacientes sem indução de TV / FV ao EEF foram utilizados como controles. O ângulo QRS-T foi categorizado como normal (0-105º), limítrofe (105-135º) e anormal (135-180º). As diferenças entre os grupos foram analisadas pelo teste t ou teste de Mann-Whitney para variáveis contínuas, e teste exato de Fisher ou qui-quadrado para variáveis categóricas. Valores de p < 0,05 foram considerados significativos. Resultados: De 116 pacientes submetidos ao EEF, 37,9% foram excluídos por estarem com dados incompletos / prontuários inativos ou pela impossibilidade de se calcular corretamente o ângulo QRS-T (presença de bloqueio de ramo esquerdo e fibrilação atrial). De 72 pacientes incluídos, 31 induziram TV / FV ao EEF. Destes, o ângulo QRS-T se encontrava normal em 41,9%, limítrofe em 12,9% e anormal em 45,2%. No grupo de pacientes sem indução de TV / FV, o ângulo QRS-T se encontrava normal em 63,4%, limítrofe em 14,6% e anormal em 17,1% (p = 0,04). Quando comparados aos pacientes com ângulo QRS-T normal, o risco de indução de TV / FV nos

  10. Farmyard Manure and Fertilizer Effects on Seed Potato (Solanum tuberosum L.) Yield in Green House Production

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    László, M.

    2009-04-01

    para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação O experimento foi instalado considerando-se 9 dosagens de adubo da fórmula 4N:14P:8K com latossolo vermelho novo em 3000 cm3 volume de capacidade de vasos preto com cinco repetições, no delineamento experimental de blocos ao acaso na mésas experimentais em casa de vegetação. O adubo foi posicionando no solo de 4 cm abaixo de superficie do solo. A cultivar foi a Achat, com plãntulas provenientes de cultura de tecidos. A data de plantio foi 18.04.1990. Plantarémos em cada vaso 3-3 "in vitro" plantulas com raiz embaixo de 4cm de superficie da mistura no vasos. Irrigarémos com 12 mm quantidade da augua 2 vezes por semana. Para produção aplicarémos sistema de proteção de plantas como usados no Brasíl. Ambiente foi controlado com ventilação automatizado. Temperatura médio foi 22 0C e humidade médio foi 68% durante de experimento. A data de colheta foi 04.07.1990. As pesagens foram feitos como peso fresco. Os resultados foram submetidos a analise de variáncia, ANOVA. As doságens de adubo foram como a seguir no Tabela 2. Experimento 3. Efeito de latossolo vermelho novo, palha de arroz queimado e adubo 4N:14P:8K para produção da batata semente pré- básica em casa de vegetação Para pesquisar estes efeitos o experimento tipo de (2 x 6) foi instalado considerando-se as combinações entre duas misturas (i.e.: 1., 2.) e seis doságens de adubo complexo 4N:14P:8K, com três repetições, no delineamento experimental de bloco ao acaso, sendo 1 vaso (3000 cm3 volume de capacidade de vasos preto) por parcela na mésas experimentais em casa de vegetação. O adubo foi posicionando no solo de 4 cm abaixo de superficie do solo. A cultivar utilizada foi Baraka e o tamanho de tuberculos foi com 0-20 mm. A data de plantio foi 25.09.1990. Plantarémos em cada vaso 3-3 tuberculos com embaixo de 4cm de superficie da mistura no vasos. Irrigarémos com 12 mm quantidade da augua 2 vezes por semana