Science.gov

Sample records for induzidas pelo isolamento

  1. Alterações Induzidas Pelo Exercício no Número, Função e Morfologia de Monócitos de Ratos

    PubMed Central

    GUERESCHI, MARCIA G.; PRESTES, JONATO; DONATTO, FELIPE F.; DIAS, RODRIGO; FROLLINI, ANELENA B.; FERREIRA, CLÍLTON KO.; CAVAGLIERI, CLAUDIA R.; PALANCH, ADRIANNE C.

    2008-01-01

    O propósito desse estudo foi verificar as alterações histofisiológicas em monócitos e macrófagos induzidas por curtos períodos de exercícios. Ratos Wistar (idade = 2 meses, peso corporal = 200g) foram divididos em sete grupos (n=6 cada): controle sedentário (C), grupos exercitados (natação) na intensidade leve por 5 (5L), 10 (10L) e 15 minutos (15L), e grupos exercitados em intensidade moderada por 5 (5M), 10 (10M) e 15 minutes (15M). Na intensidade moderada os animais carregaram uma carga de 5% do peso corporal dos mesmos em seus respectivos dorsos. Os monócitos sangüíneos foram avaliados quanto à quantidade e morfologia e os macrófagos peritoneais foram analisados quanto à quantidade e atividade fagocitária. Os dados foram analisados usando ANOVA e Tukey’s post hoc test (p ≤ 0,05). Os grupos de intensidade leve e 5M apresentaram aumento nos níveis dos monócitos quando comparados com o controle. Foi observado aumento na área celular dos monócitos para os grupos 5L, 10L, 5M e 10M; a área nuclear aumentou para os grupos 10L, 5M e 10M em comparação com o controle. Houve aumento nos macrófagos peritoneais para os grupos 15L, 10M, 15M e diminuição no grupo 5M. A capacidade fagocitária dos macrófagos aumentou nos grupos de intensidade leve e para o grupo 10M. O exercício realizado por curtos períodos modulou o número e função dos macrófagos, assim como o número e morfologia dos monócitos, sendo tais alterações dependentes da intensidade. A soma das respostas agudas observadas nesse estudo pode exercer um efeito protetor contra doenças, podendo ser utilizada para a melhora da saúde e qualidade de vida.

  2. The RNA surveillance complex Pelo-Hbs1 is required for transposon silencing in the Drosophila germline

    PubMed Central

    Yang, Fu; Zhao, Rui; Fang, Xiaofeng; Huang, Huanwei; Xuan, Yang; Ma, Yanting; Chen, Hongyan; Cai, Tao; Qi, Yijun; Xi, Rongwen

    2015-01-01

    Silencing of transposable elements (TEs) in the metazoan germline is critical for genome integrity and is primarily dependent on Piwi proteins and associated RNAs, which exert their function through both transcriptional and posttranscriptional mechanisms. Here, we report that the evolutionarily conserved Pelo (Dom34)-Hbs1 mRNA surveillance complex is required for transposon silencing in the Drosophila germline. In pelo mutant gonads, mRNAs and proteins of some selective TEs are up-regulated. Pelo is not required for piRNA biogenesis, and our studies suggest that Pelo may function at the translational level to silence TEs: This function requires interaction with Hbs1, and overexpression of RpS30a partially reverts TE-silencing defects in pelo mutants. Interestingly, TE silencing and spermatogenesis defects in pelo mutants can also effectively be rescued by expressing the mammalian ortholog of Pelo. We propose that the Pelo-Hbs1 surveillance complex provides another level of defense against the expression of TEs in the germline of Drosophila and possibly all metazoa. PMID:26124316

  3. Identificação de radiofontes puntiformes presentes na região observada pelo telescópio BEAST

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Oliveira, M. S.; Wuensche, C. A.; Leonardi, R.; Tello, C.

    2003-08-01

    Radiofontes extragalácticas são um dos principais contaminantes nas medidas da Radiação Cósmica de Fundo (RCF) em freqüências abaixo de 200 GHz. O estudo de seu comportamento espectral permite determinar a contribuição destas fontes às anisotropias intrísincas da RCF. Um dos experimentos recentes concebidos para estudar a RCF é o BEAST (Background Emission Anisotropy Scanning Telescope), cujos primeiros resultados foram publicados em fevereiro de 2003. Nos últimos meses, geramos mapas do céu nas freqüências de 30 GHz e 41 GHz, para um total de 648 horas de observação entre julho e outubro de 2002. Identificamos 4 fontes puntiformes extragalácticas na região do céu situada entre 0h < RA < 24 h e +32° < DEC < +42°, com relação S/R > 4,3 e situadas a pelo menos 25° acima do Plano Galáctico. Suas contrapartidas em 5 GHz, segundo o catálogo GB6, são: J1613+3412, J1635+3808, J0927+3902 e J1642+3948. Estas fontes também foram identificadas pelo satélite WMAP sendo que três coincidem com as observadas pelo BEAST dentro da incerteza do feixe do telescópio e a quarta encontra-se bastante próxima (J1613+3412), embora não seja coincidente. As estimativas preliminares de fluxos obtidas para esses objetos são, respectivamente, 0,51; 0,97; 1,08 e 1,6 Jy em 41 GHz. Usando estes resultados e medidas de fluxos em outras frequências existentes na literatura, apresentamos uma estimativa dos índices espectrais destes objetos no intervalo de frequências entre 4,85 GHz e 41 GHz.

  4. Projeto do sistema anti-ressonante da fiação dos transdutores para o detector Mario Schenberg

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Vieira, S. J.., Jr.; Melo, J. L.

    2003-08-01

    O detector de ondas gravitacionais Mario Schenberg está sendo projetado e construído pelo grupo Gráviton. Sua construção está ocorrendo no Laboratório de Estado Sólido e Baixas Temperaturas (LESBT) da Universidade de São Paulo, na cidade de São Paulo. Esse detector possui uma massa ressonante esférica de cobre-alumínio, com 65 cm de diâmetro, pesando aproximadamente 1150 Kg, suspensa por um sistema de isolamento vibracional, que se encontra em fase de testes preliminares. A real eficácia desse sistema, entretanto, só poderá ser comprovada quando o detector estiver aparelhado com, pelo menos, um transdutor eletromecânico de altíssima sensibilidade acoplado à massa ressonante. Neste momento, não só este sistema de isolamento vibracional será posto em teste, como o do projeto da fiação que transporta os sinais de microondas até os transdutores e destes para a pré-amplificação. Apesar dessa fiação ter sido projetada para não apresentar nenhum contato com a superfície esférica da antena, de maneira a não haver nenhuma transmissão de ruído vibracional do laboratório para esta, deve-se minimizar o ruído microfônico produzido nessa fiação por oscilações mecânicas, uma vez que ela não utiliza nenhum sistema de isolamento vibracional. Com o intuito de resolver este problema, projetamos uma estrutura, formada por pequenos cilindros conectados por barras, a qual não terá nenhuma ressonância mecânica na faixa de freqüências de interesse para detecção (3000 - 3400 Hz). Desta forma, as vibrações nessa faixa não serão amplificadas. O projeto foi feito usando iterativamente, de maneira a otimizar os resultados obtidos, o programa de elementos finitos Msc/Nastran. Através de simulações feitas neste programa, determinamos os parâmetros geométricos ideais a serem utilizados, os quais proporcionam a maior região espectral de interesse livre de ressonâncias.

  5. Comparação de modelos para o cálculo de perturbações orbitais devidas à maré terrestre

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Vieira Pinto, J.; Vilhena de Moraes, R.

    2003-08-01

    Aplicações recentes de satélites artificiais com finalidades geodinâmicas requerem órbitas determinadas com bastante precisão. Em particular marés terrestres influenciam o potencial terrestre causando perturbações adicionais no movimento de satélites artificiais, as quais tem sido medidas por diversos processos. A atração exercida pela lua e pelo sol sobre a terra produz deslocamentos elásticos em seu interior e uma protuberância em sua superfície. O resultado é uma pequena variação na distribuição da massa na terra, consequentemente no geopotencial. As perturbações nos elementos orbitais de satélites artificiais terrestres devidas a maré terrestre podem ser estudadas a partir das equações de Lagrange, considerando-se um conveniente potencial. Por outro lado, como tem sido feito pelo IERS, as mudanças induzidas pela maré terrestre no geopotencial podem ser convenientemente modeladas como variações nos coeficientes Cnm e Snm do geopotencial. As duas teorias ainda não foram comparados para um mesmo satélite. Neste trabalho são apresentadas e comparadas as variações de longo período e seculares nas perturbações orbitais devidas à maré terrestre, calculadas por um modelo simples, o de Kozai, e pelo modelo do IERS. Resultados preliminares mostram, para os satélites SCD2 e CBERS1, e para a Lua em movimento elíptico e precessionando, as perturbações seculares no argumento do perigeu e na longitude do nodo ascendente.

  6. Environments with Families in Mind: Beginnings Workshop.

    ERIC Educational Resources Information Center

    Pelo, Ann; Garrett, Julie; Hilliard, Deadru; Cecil, Jane; Cothran, Kimberly; White, Lynn; Bergman, Roberta; Gainer, Sue; Albrecht, Kay

    2002-01-01

    Five articles suggest ways to design welcoming, comforting, supporting, stimulating caregiving environments that are respectful to children and families: (1) "From Borders to Bridges: Transforming Our Relationships with Parents" (Ann Pelo); (2) "Supporting Multicultural, Multilingual Families" (Julie Garrett); (3) "Making Families Welcome" (Deadru…

  7. Fifty-year flood-inundation maps for El Progreso, Honduras

    USGS Publications Warehouse

    Kresch, David L.; Mastin, Mark C.; Olsen, T.D.

    2002-01-01

    After the devastating floods caused by Hurricane Mitch in 1998, maps of the areas and depths of the 50-year-flood inundation at 15 municipalities in Honduras were prepared as a tool for agencies involved in reconstruction and planning. This report, which is one in a series of 15, presents maps of areas in the municipality of El Progreso that would be inundated by a 50-year flood of Rio Pelo. Geographic Information System (GIS) coverages of the flood inundation are available on a computer in the municipality of El Progreso as part of the Municipal GIS project and on the Internet at the Flood Hazard Mapping Web page (http://mitchnts1.cr.usgs.gov/projects/floodhazard.html). These coverages allow users to view the flood inundation in much more detail than is possible using the maps in this report. Water-surface elevations for a 50-year-flood on Rio Pelo at El Progreso were estimated using HEC-RAS, a one-dimensional, steady-flow, step-backwater computer program. The channel and floodplain cross sections used in HEC-RAS were developed from an airborne light-detection-and-ranging (LIDAR) topographic survey of the area. There are no nearby long-term stream-gaging stations on Rio Pelo; therefore, the 50-year-flood discharge for Rio Pelo, 235 cubic meters per second, was estimated using a regression equation that relates the 50-year-flood discharge to drainage area and mean annual precipitation. The drainage area and mean annual precipitation estimated for Rio Pelo at El Progreso are 47.4 square kilometers and 1,920 millimeters, respectively.

  8. Situação da Mulher na Astronomia Brasileira

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Silva, Adriana V. R.

    2007-07-01

    O conteúdo desse texto surgiu de uma apresentação de mesmo título que fiz na XXXI Reunião Anual da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em 2005. Esse tema foi inspirado originalmente pela minha participação no "2nd UIPAP International Conference on Women in Physics" realizado entre 23 e 25 de maio de 2005 no Rio de Janeiro. Essa é uma conferência internacional que acontece de três em três anos, sendo que a primeira ocorreu em 2002 na cidade de Paris, França. Participei dessa conferência como membro da delegação da Sociedade Brasileira de Física e um dos trabalhos que apresentei versava sobre a situação das mulheres na Astronomia brasileira, cujos resultados principais discorro a seguir. A situação das astrônomas, baseada nos dados dos sócios da SAB coletados no final de 2004, é comparada com a das físicas brasileiras e também com as nossas colegas americanas. Os dados identificam ainda uma maior evasão da carreira por parte das mulheres do que os homens. Alguns dos possíveis motivos da evasão são discutidos, como o desejo de constituir família e/ou isolamento. Resultados um tanto preocupantes com relação à distribuição de bolsas de produtividade do CNPq também são apresentados. As principais discussões e estratégias recomendadas nesse congresso são mencionadas de forma resumida ao final.

  9. Variabilidade óptica de longo período e precessão de jato: o caso de BL Lacertae

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Caproni, A.; Abraham, Z.

    2003-08-01

    Variabilidade é tipicamente uma característica de AGNs, sendo observada em toda a faixa eletromagnética. Em relação às escalas de tempo, variações desde horas até de algumas décadas foram encontradas por vários autores. Em alguns casos, análises temporais de curvas de luz mostram a existência de periodicidade nas variações observadas. Um exemplo de objeto que preenche as características mencionadas acima é BL Lacertae, o protótipo da classe BL Lac dos AGNs. Neste trabalho, nós interpretamos a variabilidade periódica de longo período detectada na curva de luz na banda B (~7,5 anos) como o resultado da periodicidade na amplificação da radiação oriunda do jato relativístico. Neste cenário, a amplificação periódica seria induzida pela precessão, que muda o ângulo entre o jato e a linha de visada. Com esta abordagem e vínculos adicionais fornecidos por observações em altas energias, nós podemos impor limites para os parâmetros do modelo de precessão, tais como o fator de Lorentz associado ao movimento global do jato, o ângulo de abertura do cone de precessão e o ângulo entre o eixo do cone e a linha de visada.

  10. A Novel Route Controlling Begomovirus Resistance by the Messenger RNA Surveillance Factor Pelota

    PubMed Central

    Lapidot, Moshe; Karniel, Uri; Gelbart, Dana; Fogel, Doron; Evenor, Dalia; Kutsher, Yaarit; Makhbash, Zion; Nahon, Sahadia; Shlomo, Haviva; Chen, Lea; Reuveni, Moshe; Levin, Ilan

    2015-01-01

    Tomato yellow leaf curl virus (TYLCV) is a devastating disease of tomato (Solanum lycopersicum) that can be effectively controlled by the deployment of resistant cultivars. The TYLCV-resistant line TY172 carries a major recessive locus for TYLCV resistance, designated ty-5, on chromosome 4. In this study, the association between 27 polymorphic DNA markers, spanning the ty-5 locus, and the resistance characteristics of individual plants inoculated with TYLCV in 51 segregating recombinant populations were analyzed. These analyses localized ty-5 into a 425 bp region containing two transversions: one in the first exon of a gene encoding the tomato homolog of the messenger RNA surveillance factor Pelota (Pelo), and a second in its proximal promoter. Analyses of susceptible and resistant lines revealed that the relative transcript level of the gene remained unchanged, regardless of whether the plants were infected with TYLCV or not. This suggests that the polymorphism discovered in the coding region of the gene controls the resistance. Silencing of Pelo in a susceptible line rendered the transgenic plants highly resistant, while in the resistant line TY172 had no effect on symptom development. In addition, over-expression of the susceptible allele of the gene in the resistant TY172 line rendered it susceptible, while over-expression of the resistant allele in susceptible plants had no effect. These results confirm that Pelo is the gene controlling resistance at the ty-5 locus. Pelo, implicated in the ribosome recycling-phase of protein synthesis, offers an alternative route to promote resistance to TYLCV and other viruses. PMID:26448569

  11. Vínculos observacionais para o processo-S em estrelas gigantes de Bário

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Smiljanic, R. H. S.; Porto de Mello, G. F.; da Silva, L.

    2003-08-01

    Estrelas de bário são gigantes vermelhas de tipo GK que apresentam excessos atmosféricos dos elementos do processo-s. Tais excessos são esperados em estrelas na fase de pulsos térmicos do AGB (TP-AGB). As estrelas de bário são, no entanto, menos massivas e menos luminosas que as estrelas do AGB, assim, não poderiam ter se auto-enriquecido. Seu enriquecimento teria origem em uma estrela companheira, inicialmente mais massiva, que evolui pelo TP-AGB, se auto-enriquece com os elementos do processo-s e transfere material contaminado para a atmosfera da atual estrela de bário. A companheira evolui então para anã branca deixando de ser observada diretamente. As estrelas de bário são, portanto, úteis como testes observacionais para teorias de nucleossíntese pelo processo-s, convecção e perda de massa. Análises detalhadas de abundância com dados de alta qualidade para estes objetos são ainda escassas na literatura. Neste trabalho construímos modelos de atmosferas e, procedendo a uma análise diferencial, determinamos parâmetros atmosféricos e evolutivos de uma amostra de dez gigantes de bário e quatro normais. Determinamos seus padrões de abundância para Na, Mg, Al, Si, Ca, Sc, Ti, V, Cr, Mn, Fe, Co, Ni, Cu, Zn, Sr, Y, Zr, Ba, La, Ce, Nd, Sm, Eu e Gd, concluindo que algumas estrelas classificadas na literatura como gigantes de bário são na verdade gigantes normais. Comparamos dois padrões médios de abundância, para estrelas com grandes excessos e estrelas com excessos moderados, com modelos teóricos de enriquecimento pelo processo-s. Os dois grupos de estrelas são ajustados pelos mesmos parâmetros de exposição de nêutrons. Tal resultado sugere que a ocorrência do fenômeno de bário com diferentes intensidades não se deve a diferentes exposições de nêutrons. Discutimos ainda efeitos nucleossintéticos, ligados ao processo-s, sugeridos na literatura para os elementos Cu, Mn, V e Sc.

  12. Pelota Regulates Epidermal Differentiation by Modulating BMP and PI3K/AKT Signaling Pathways.

    PubMed

    Elkenani, Manar; Nyamsuren, Gunsmaa; Raju, Priyadharsini; Liakath-Ali, Kifayathullah; Hamdaoui, Aicha; Kata, Aleksandra; Dressel, Ralf; Klonisch, Thomas; Watt, Fiona M; Engel, Wolfgang; Thliveris, James A; Krishna Pantakani, D V; Adham, Ibrahim M

    2016-08-01

    The depletion of evolutionarily conserved pelota protein causes impaired differentiation of embryonic and spermatogonial stem cells. In this study, we show that temporal deletion of pelota protein before epidermal barrier acquisition leads to neonatal lethality due to perturbations in permeability barrier formation. Further analysis indicated that this phenotype is a result of failed processing of profilaggrin into filaggrin monomers, which promotes the formation of a protective epidermal layer. Molecular analyses showed that pelota protein negatively regulates the activities of bone morphogenetic protein and phosphoinositide 3-kinase (PI3K)/protein kinase B (AKT) signaling pathways in the epidermis. To address whether elevated activities of bone morphogenetic protein and PI3K/AKT signaling pathways were the cause for the perturbed epidermal barrier in Pelo-deficient mice, we made use of organotypic cultures of skin explants from control and mutant embryos at embryonic day 15.5. Inhibition of PI3K/AKT signaling did not significantly affect the bone morphogenetic protein activity. However, inhibition of bone morphogenetic protein signaling caused a significant attenuation of PI3K/AKT activity in mutant skin and, more interestingly, the restoration of profilaggrin processing and normal epidermal barrier function. Therefore, increased activity of the PI3K/AKT signaling pathway in Pelo-deficient skin might conflict with the dephosphorylation of profilaggrin and thereby affect its proper processing into filaggrin monomers and ultimately the epidermal differentiation. PMID:27164299

  13. Basic Concepts of Astronomy: a Methodological Proposal. (Spanish Title: Conceptos Básicos de Astronomía: Una Propuesta Metodológica.) Conceitos Básicos de Astronomia: Uma Proposta Metodológica

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Darroz, Luiz Marcelo; Heineck, Renato; Samudio Pérez, Carlos Ariel

    2011-12-01

    obtenidos en diferentes momentos, por los comentarios efectuados por los participantes durante las actividades y por los altos índices de aprobación al final de la etapa, consideramos que la propuesta atingió los objetivos establecidos y puede ser repetida con certeza de éxito. Neste relato, descreve-se o desenvolvimento de uma proposta metodológica que aborda conceitos básicos de astronomia fundamentada pedagogicamente na Aprendizagem Significativa. A proposta, que compreende quatro encontros, foi desenvolvida por professores e acadêmicos do curso de Licenciatura em Física da Universidade de Passo Fundo (UPF), através de um curso de extensão, a um grupo de dez estudantes do ensino médio de uma escola pública da cidade de Passo Fundo, RS. O trabalho centrou-se em conceitos básicos de astronomia. Os indícios da aprendizagem significativa foram obtidos por instrumentos de pesquisa e avaliação aplicados ao término de cada encontro. A avaliação da proposta foi efetuada através de um questionário final respondido pelos participantes ao término do desenvolvimento das atividades. Pelos resultados obtidos nos diferentes instrumentos, pelos comentários efetuados pelos participantes durante as atividades e pelos altos índices de aprovação alcançados no questionário final, consideramos que a proposta atingiu os objetivos estabelecidos e pode ser repetida com convicção de sucesso.

  14. Uso de modelos mecânicos em curso informal de astronomia para deficientes visuais. Resgate de uma experiência

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Tavares, E. T., Jr.; Klafke, J. C.

    2003-08-01

    O presente trabalho propõe-se a resgatar uma experiência que teve lugar no Planetário de São Paulo nos anos 60. Em 1962, o Sr. Acácio, então com 37 anos, deficiente visual desde os 27, passou a assistir às aulas ministradas pelo Prof. Aristóteles Orsini aos integrantes do corpo de servidores do Planetário. O Sr. Acácio era o único deficiente da turma e, embora possuísse conhecimentos básicos e relativamente avançados de matemática, enfrentava dificuldades na compreensão e acompanhamento da exposição, como também em estudos posteriores. Com o intuito de auxiliá-lo na superação desses problemas, o Prof. Orsini solicitou a construção de modelos mecânicos que, através do sentido do tato, permitissem o acompanhamento das aulas e a transposição do modelo para o "constructo" mental. Essa prática mostrou-se tão eficaz que facilitou sobejamente o aprendizado da matéria pelo sujeito. O Sr. Acácio passou a integrar o corpo de professores do Planetário/Escola Municipal de Astrofísica, tendo ficado responsável pelo curso de "Introdução à Astronomia" por vários anos. Além disso, a experiência foi tão bem sucedida que alguns dos modelos tiveram seus elementos constitutivos pintados diferencialmente para serem utilizados em cursos regulares do Planetário, tornando-se parte integrante do conjunto de recursos didáticos da instituição. É pensando nessa eficácia, tanto em seu objetivo original permitir o aprendizado de um deficiente visual quanto no subsidiário recurso didático sistemático da instituição que decidimos resgatar essa experiência. Estribados nela, acreditamos ser extremamente produtivo, em termos educacionais, o aperfeiçoamento dos modelos originais, agora resgatados e restaurados, e a criação de outros que pudessem ser utilizados no ensino dessa ciência a deficientes visuais.

  15. A misexpression study examining dorsal thorax formation in Drosophila melanogaster.

    PubMed Central

    Peña-Rangel, María Teresa; Rodriguez, Isabel; Riesgo-Escovar, Juan Rafael

    2002-01-01

    We studied thorax formation in Drosophila melanogaster using a misexpression screen with EP lines and thoracic Gal4 drivers that provide a genetically sensitized background. We identified 191 interacting lines showing alterations of thoracic bristles (number and/or location), thorax and scutellum malformations, lethality, or suppression of the thoracic phenotype used in the screen. We analyzed these lines and showed that known genes with different functional roles (selector, prepattern, proneural, cell cycle regulation, lineage restriction, signaling pathways, transcriptional control, and chromatin organization) are among the modifier lines. A few lines have previously been identified in thorax formation, but others, such as chromatin-remodeling complex genes, are novel. However, most of the interacting loci are uncharacterized, providing a wealth of new genetic data. We also describe one such novel line, poco pelo (ppo), where both misexpression and loss-of-function phenotypes are similar: loss of bristles and scutellum malformation. PMID:11901120

  16. Incorporando a variabilidade no processo de identificação do modelo de máximo global no Grade of Membership (GoM): considerações metodológicas

    PubMed Central

    Guedes, Gilvan Ramalho; Siviero, Pamila Cristina Lima; Caetano, André Junqueira; Machado, Carla Jorge; Brondízio, Eduardo

    2012-01-01

    A disponibilidade de bases de dados cada vez mais complexas e multidimensionais é um dos principais motivadores para o aumento do número de estudos que utilizam análises multivariadas baseadas em lógica de conjuntos nebulosos. Apesar da disseminação do método Grade of Membership nos trabalhos empíricos brasileiros da área de ciências sociais e saúde, questões relativas à identificabilidade e estabilidade dos parâmetros finais estimados pelo programa GoM 3.4 não foram suficientemente aprofundadas. Dada a relevância de se obterem parâmetros únicos e estáveis, Guedes et al. (2010) propuseram um procedimento empírico para localizar um modelo de máximo global (MG) com parâmetros estáveis. Entretanto, seu localizador de MG não incorpora qualquer medida de variabilidade. Neste artigo, tal limitação é contornada por meio da utilização de uma estatística de ponderação – Máximo Global Ponderado (MGP) – semelhante ao coeficiente de variação. Esse indicador busca não penalizar de forma desproporcional situações nas quais os desvios médios, apesar de diferentes de zero, são muito pequenos. Apresentam-se evidências de que o localizador MGP reduz a distância do modelo identificado à real estrutura latente dos dados em análise, quando comparados ao modelo identificado pelo localizador não ponderado, MG. PMID:23293402

  17. Minilaparoscopy-assisted transumbilical laparoscopic cholecystectomy.

    PubMed

    Lima, Geraldo José DE Souza; Leite, Rodrigo Fabiano Guedes; Abras, Gustavo Munayer; Pires, Livio José Suretti; Castro, Eduardo Godoy

    2016-01-01

    The role of laparoscopy in the modern surgery era is well established. With the prospect of being able to improve the already privileged current situation, new alternatives have been proposed, such as natural orifice endoscopic surgery (NOTES), the method for single transumbilical access (LESS - Laparo-endoscopic single-site surgery) and minilaparoscopy (MINI). The technique proposed by the authors uses a laparoscope with an operative channel like the flexible endoscope used in NOTES. All operative times are carried out through the umbilical trocar as in LESS, and assisted by a minilaparoscopy grasper. This new technic combines, and results from, the rationalization of technical particularities and synergy of these three approaches, seeking to join their advantages and minimize their disadvantages. RESUMO O papel da videolaparoscopia na era moderna da cirurgia encontra-se bem estabelecido. Com a perspectiva de ser possível melhorar a já privilegiada situação atual, novas alternativas têm sido propostas, como a cirurgia por orifícios naturais (NOTES), o método por acesso único transumbilical (LESS - Laparo-endoscopic single-site surgery) e a minilaparoscopia (MINI). A técnica proposta pelos autores utiliza-se de óptica com canal de trabalho como o endoscópio flexível do NOTES, executa-se todos os tempos operatórios pelo trocarte umbilical, como no LESS, e é assistido por pinça de minilaparoscopia. Esta nova técnica combina e resulta da racionalização de particularidades técnicas e do sinergismo destas três abordagens, buscando agregar suas vantagens e minimizar as suas desvantagens. PMID:27556545

  18. On Ensino de Astronomia: Desafios para Implantação

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Faria, R. Z.; Voelzke, M. R.

    2008-09-01

    Em 2002 o ensino de Astronomia foi proposto como um dos temas estruturadores pelos Parâmetros Curriculares Nacionais e sugerido como facilitador para que o aluno compreendesse a Física como construção humana e parte do seu mundo vivencial, mas raramente seus conceitos foram ensinados. A presente pesquisa discute dois aspectos relacionados à abordagem de Astronomia. O primeiro aspecto é se ela está sendo abordada pelos professores do Ensino Médio e o segundo, aborda a maneira como ela está sendo ensinada. Optou-se pela aplicação de um questionário a partir do 2° semestre de 2006 e durante o ano de 2007 com professores que ministram a disciplina de Física, os quais trabalham em escolas estaduais em Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires e Mauá no estado São Paulo. Dos 66,2% dos professores que responderam ao questionário nos municípios de Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires e Mauá, 57,4% não aplicaram nenhum tópico de astronomia, 70,2% não utilizaram laboratório, 89,4% não utilizaram qualquer tipo de programa computacional, 83,0% nunca fizeram visitas com alunos a museus e planetários e 38,3% não indicaram qualquer tipo de livro ou revista referente à astronomia aos seus alunos. Mesmo considerando a Astronomia um conteúdo potencialmente significativo, esta não fez parte dos planejamentos escolares. Portanto são necessárias propostas que visem estratégias para a educação continuada dos professores como, por exemplo, cursos específicos sobre o ensino em Astronomia.

  19. Telescópio de pequeno porte como suporte ao ensino em cidades com intensa poluição luminosa II

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pereira, P. C. R.; Santos-Júnior, J. M.; Cruz, W. S.

    2003-08-01

    Para a maioria dos estudantes, sua passagem pelo ensino formal fundamental envolve a transmissão de fatos que devem ser guardados para um exame, a habilidade para lembrar fórmulas e, eventualmente, a repetição de experimentos que devem produzir resultados exigidos pelo professor. O resultado deste modelo de ensino, ao longo dos anos, é conhecido por todos: desconhecimento e descontentamento, por parte dos estudantes, de temas relativos ao papel e aos processos da ciência. Acreditamos que a Astronomia, pelo seu caráter observacional, é uma das áreas do conhecimento que pode contribuir neste cenário. A Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro possui um telescópio Meade LX-200 (25cm) que, juntamente com as câmeras CCD ST-7E e ST8E, tem sido utilizado em projetos voltados aos estudantes do ensino médio desde o ano 2000. Tais projetos envolvem a condução de um projeto de pesquisa observacional num nível apropriado, e possibilitam o contato com técnicas e novas tecnologias: computador, software para manipulação de dados e gráficos, programas de tratamento e redução de dados, uso de equipamentos óptico-eletrônicos (telescópio e CCD), bem como o processo de aquisição de conhecimento. Dentro da proposta dos anos anteriores, priorizamos projetos de uma noite, ou seja, procuramos trabalhar com fenômenos que apresentem variabilidade com intervalo de recorrência relativamente curto. Em todos os casos, optamos pela fotometria diferencial, que tem se mostrado bastante eficiente para o céu luminoso como o da cidade do Rio de Janeiro. Neste painel, apresentamos alguns dos projetos desenvolvidos no último ano, com 25 estudantes. Apresentamos os resultados da observação da variável pulsante AI Vel (V = 6,6) e da variável cataclísmica FO Aqr (V = 13,5), e do monitoramento do trânsito da lua de Júpiter, Europa, ocorrido em 30 de abril de 2003. As curvas de luz produzidas para as primeiras estão concordantes com as da literatura, assim

  20. Observações das explosões cósmicas de raios gama GRB021004 e GRB021211 com o satélite HETE

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Braga, J.; Ricker, G.; Hurley, K.; Lamb, D.; Grew, G.; et al.

    2003-08-01

    O High Energy Transient Explorer (HETE) é o primeiro satélite inteiramente dedicado ao estudo das explosões cósmicas de raios gama (ECRGs). Lançado em 9 de outubro de 2000, o HETE possui instrumentação capaz de observar as ECRGs desde o UV até raios gama e localizá-las com precisão de ~ 1-10 minutos de arco. As localizações das ECRGs detectadas são disseminadas rapidamente (em alguns segundos) pela Internet através de uma rede de estações de recepção ao longo do equador. A participação brasileira nesse projeto se dá através da montagem e operação de uma estação de recepção em Natal, RN, e da participação na equipe científica da missão. Neste trabalho são apresentados resultados da observação pelo HETE de duas ECRGs: GRB 021004 e GRB 021211. A GRB021004 foi detectada em raios gama pelo HETE em 4 de outubro de 2002 e localizada em raios-X em apenas 48 s, quando a emissão de raios gama ainda estava se processando. A explosão, relativamente brilhante e longa, durou aproximadamente 100 s. Um transiente óptico de magnitude 15 foi detectado no local da explosão nove minutos após o evento, e observações realizadas após 7 horas determinaram um desvio para o vermelho de absorção de 1,6. O GRB021004 foi o burst mais bem observado até o momento e suas observações em vários comprimentos de onda têm sido fundamentais para o aprimoramento dos modelos de ECRGs. O GRB21211, um burst brilhante e rico em raios-X, foi detectado em 11 de dezembro de 2002 e localizado em raios-X em 22 s após o início do evento. A duração do burst foi de 2,3 s em altas energias (85 a 400 keV) e de 8,5 s em baixas energias (2 a 10 keV). Caso essa explosão não tivesse sido rapidamente localizada pelo HETE, ela teria sido classificada como "opticamente escura", já que o transiente óptico decaiu rapidamente de R < 14 a R»19 dentro dos primeiros 20 minutos e já estava mais fraco do que R»23 depois de 24 horas da ocorrência do burst. Ser

  1. Melhoramentos no código Wilson-Devinney para binárias eclipsantes

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Vieira, L. A.; Vaz, L. P. R.

    2003-08-01

    A análise de curvas de luz e velocidades radiais de sistemas binários eclipsantes pode ser feita por meio de vários modelos. Um desses é o Modelo Wilson-Devinney (WD). Ao longo dos anos, esse modelo sofreu várias alterações em seus códigos principais, com a finalidade de torná-lo mais consistente tanto fíisica como numericamente. O Modelo WD tem sido melhorado de várias maneiras em seus dois códigos: um para a predição das curvas de luz teórica e de velocidade radiais e outra para as soluções destas curvas. Teoricamente, na física do modelo, nós introduzimos a possibilidade de levar em conta os efeitos do movimento apsidal. Numericamente, nós introduzimos a possibilidade de usar o Método SIMPLEX no procedimento da solução, como uma alternativa para o já implementado Método de Mínimos Quadrados (Least Squares Method). Estas modificações, juntamente com outras já introduzidas pelo nosso grupo anteriormente, tornam o código mais eficiente na solução das curvas de luz e de velocidade radiais de binárias eclipsantes. Como o modelo tem sido usado para analisar sistemas com componentes pré-sequência principal (TY CrA, Casey et al. 1998, Vaz et al. 1998), SM 790, Stassun et al. 2003), este melhoramento beneficiará estes casos também. Apresentamos os resultados obtidos com a modificação do código WD por meio do uso de dados da estrela GL Carinae, comprovando, (1) que os parâmetros orbitais calculados por nós são coerentes com os obtidos anteriormente na literatura (Giménez & Clausen, 1986) e com os obtidos por Faria (1987), e (2) que a implementação do Método SIMPLEX torna o código mais lento mas completamente consistente internamente e evita os problemas gerados pelo uso do Método de Mínimos Quadrados, tais como imprecisão no cálculo das derivadas parciais e convergência para mínimos locais.

  2. Camões e a cosmogonia

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Costa, J. M.

    2003-08-01

    Os Lusíadas, escrito por Luis de Camões em 1572, é um poema épico renascentista e a visão Cosmogônica do autor é apresentada, principalmente, no último canto do poema, quando Tétis mostra ao Gama a Máquina do Mundo. A Cosmogonia de Camões neste poema reflete uma visão de uma época de transição, que ainda não incorporou os elementos da revolução Copernicana. É uma visão Grego- Ptolomaica e também medieval. O poeta guia-se pela tradução e notas feita por Pedro Nunes, inventor do Nonio, do Tratado da Esfera "De Sphaera" do Astrônomo Inglês John Holywood, mais conhecido pelo nome latinizado de Johannes Sacrobosco. Outra provável fonte de Camões, de acordo com Luciano Antonio Pereira da Silva em Astronomia de os Lusíadas, é o "Theoricae novae Planetarum" (1460) do astrólogo Alemão Jorge Purbáquio (1423 - 1461). A Astronomia de Os Lusíadas representa a ciência do tempo de Camões. Camões nunca emprega a palavra constelação e seu catálogo é bastante completo. A Máquina do Mundo tem a Terra no centro. Em redor, em círculos concêntricos, a lua (Diana), Mercúrio, Vênus, o Sol (Febo), Marte, Júpiter e Saturno. Envolvendo estes astros tem o firmamento seguido pelo "Céu Áqueo" ou cristalino, depois o 1o Móbil, esfera que arrasta todas as outras consigo. Este trabalho, multidisciplinar, serve tanto para ensinar aos alunos da Física como das Ciências Humanas, a concepção de mundo do renascimento de uma forma belamente poética em versos decassílabos Este trabalho também ajuda na apreciação do maior clássico da língua portuguesa e mostra como as Ciências e as artes, em geral, estão correlacionadas e refletem a visão de mundo da época em que foi produzida.

  3. Implementação de um algoritmo para a limpeza de mapas da RCFM

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Souza, C. L.; Wuensche, C. A.

    2003-08-01

    A Radiação Cósmica de Fundo em Microondas (RCFM), descoberta por Penzias e Wilson em 1965, é uma das ferramentas mais poderosas para o estudo da cosmologia. Com a descoberta de flutuações de temperatura na RCFM, da ordem de uma parte em 105, pelo COBE (1992), uma nova era teve início. Nos últimos onze anos, diversos instrumentos fizeram novas medidas de alta precisão, refinando os resultados apresentados pelo COBE, culminando com os resultados recentes do satélite WMAP. A análise de dados da RCFM, especialmente no caso de experimentos com pequena cobertura do céu, apresenta uma série de dificuldades devido a emissões de contaminantes externos, tais como a emissão da Galáxia e de fontes pontuais, e de ruídos intrínsecos tanto ao sistema de detecção quanto à estratégia de observação do céu. Uma das soluções típicas para a filtragem de dados brutos de um experimento para medir flutuações de temperatura é aplicar um gabarito (template) e um filtro passa alta ao produzir mapas simplificados (sem considerar matrizes de correlação ou covariância). No caso de experimentos que utilizam detectores HEMT, essa combinação de filtros remove, satisfatoriamente, ruídos do tipo 1/f gerados pela instabilidade no ganho do detector acoplado ao movimento do instrumento, definido pela estratégia de observação. Entretanto, o sinal resultante medido, tanto em simulações quanto em séries temporais reais, sugere que parte do sinal cosmológico pode estar sendo removido junto com o ruído dos detectores. Este trabalho descreve as etapas para a produção de um mapa típico (simulado) e os testes preliminares de um algoritmo para remover ruídos do tipo 1/f introduzidos pela estratégia de observação sem prejudicar a qualidade do sinal cosmológico presente no mapa.

  4. Ensino de Astronomia no Ensino Médio

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Albrecht, E.; Voelzke, M. R.

    2008-09-01

    O presente trabalho de intervenção foi realizado junto a Escola Estadual Colônia dos Pescadores na cidade de Caraguatatuba, com três turmas do terceiro ano do Ensino Médio, envolvendo 119 alunos, 40 na turma A, 40 na turma B e 39 na turma C. A fase inicial foi composta de um questionário de vinte questões dissertativas e objetivas para diagnosticar nos educandos os conceitos prévios sobre Astronomia e, partindo destes realizar uma interferência nas classes envolvidas utilizando metodologias diferentes sendo elas: a tradicional, onde o professor é um repassador de informações, fazendo uso exclusivo de lousa e giz; a segunda também de forma tradicional, porém com auxílio de multimídia para desenvolvimento das aulas e a terceira sob forma de seminários, elaborados e apresentados pelos educandos, no qual o educador faz apenas as intervenções necessárias. Ao final do trabalho as mesmas turmas da fase inicial orientadas pelo mesmo professor responderam novamente ao questionário proposto para diagnosticar dentre as três metodologias utilizadas qual apresentou melhores resultados, sendo os iniciais comparados com os finais. Quando questionados a respeito do significado de Astronomia observou-se inicialmente que os acertos na turma A foram de 100%,turma B: 64%, turma C: 84%, após a intervenção os acertos foram: 100%, 97% e 85% respectivamente, demonstrando claramente uma absorção de conhecimentos. Quando interrogados sobre quantos planetas você acha que existem em nosso Sistema Solar? os acertos foram: turma A: 39%, turma B: 48% e turma C: 46%, após o desenvolvimento do trabalho os acertos foram 94%, 97% e 90% respectivamente.Dentro das respostas obtidas observa-se que a metodologia tradicional com o auxílio de multimeios, aplicada na turma B, demonstrou melhores resultados, foi a mais significativa.

  5. Diferentes metodologias aplicadas ao ensino de astronomia no Ensino Médio

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Albrecht, E.; Voelzke, M. R.

    2009-03-01

    O presente trabalho de intervenção foi realizado junto à Escola Estadual Colònia dos Pescadores na cidade de Caraguatatuba, com très turmas do terceiro ano do Ensino Médio, envolvendo 119 alunos com idades entre 16 e 19 anos. A fase inicial foi composta de um questionário de vinte questíes dissertativas e objetivas, aplicado pelo professor titular da sala, que era o mesmo nas très turmas, para diagnosticar nos educandos os conceitos prévios sobre Astronomia e, partindo destes realizar um trabalho de intervenção nas classes envolvidas utilizando, em cada uma, metodologias diferentes: (A) sob forma de seminários, elaborados e apresentados pelos educandos, no qual o educador faz apenas as intervençíes necessárias; (B) de forma tradicional, com auxílio de multimídias para desenvolvimento das aulas e a terceira (C) tradicional, fazendo uso exclusivo de lousa e giz. Ao final do trabalho os alunos responderam novamente o questionário inicial para diagnosticar dentre as très metodologias utilizadas qual apresentou melhores aplicaçíes, os resultados iniciais foram comparados com os finais. Quando questionados a respeito do significado de Astronomia observou-se inicialmente que os acertos na turma A foram de 100%, turma B: 64%, turma C: 84%, após a intervenção os acertos foram: 100%, 97% e 85% respectivamente, demonstrando que houve um avanço significativo na turma B, a turma A manteve seu índice e a turma C evoluiu, porém não tanto quanto a B. Quando interrogados sobre quantos planetas vocè acha que existem em nosso Sistema Solar? os acertos foram: turma A: 39%, turma B: 48% e turma C: 46%, após o desenvolvimento do trabalho os acertos foram 94%, 97% e 90% respectivamente. Dentro das respostas obtidas observa-se que a metodologia tradicional com o auxílio de multimeios, aplicada na turma B, demonstrou melhores resultados, sendo a mais significativa. Outra conclusão muito importante é que apesar de o tema Astronomia ser amplamente

  6. Imagens do céu ontem e hoje - um multimídia interativo de astronomia e uma nova exposição no MAST

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Caretta, C. A.; Lima, F. P.; Requeijo, F.; Vieira, G. G.; Alves, F.; Valente, M. E. A.; de Almeida, R.; de Garcia, G. C.; Quixadá, A. C.

    2003-08-01

    "Imagens do Céu Ontem e Hoje" é o título de uma nova exposição que está sendo inaugurada no Museu de Astronomia e Ciências Afins (MCT), que inclui experimentos interativos, maquetes, réplicas e 8 terminais de computador com um multimídia interativo sobre Astronomia para consulta dos visitantes. O multimídia apresenta um conteúdo bastante extenso, que engloba quase todos os temas em Astronomia, consistindo numa fonte de divulgação e pesquisa para um público que vai das crianças até estudantes universitários. O conteúdo está distribuído em mais de 500 páginas de texto divididas em 4 módulos: "O Universo", "Espectroscopia", "Telescópios" e "Observando o Céu". Cada módulo é subdividido em 5 seções, em média, cada uma iniciada por uma animação que ilustra os temas a serem abordados na seção. Ao final da animação, uma lista de temas é apresentada sob o título "Saiba Mais". Para exemplificar, o módulo "O Universo" contém as seguintes seções: "O Universo visto pelo homem", "Conhecendo o Sistema Solar", "Indo além do Sistema Solar", "Nossa Galáxia, a Via-Láctea" e "Indo mais além, a imensidão do Universo". A seção "Conhecendo o Sistema Solar", por sua vez, tem os seguintes temas: "A origem do Sistema Solar", "O Sol", "Os planetas", "Satélites, asteróides, cometas e outros bichos..." e "O Sistema Solar em números". Cada texto é repleto de imagens, quadros, desenhos, esquemas, etc, além de passatempos ao final de cada seção, incluindo jogos interativos, quadrinhos e curiosidades, que auxiliam o aprendizado de forma divertida. Apresentamos neste trabalho as idéias gerais que permearam a produção da exposição, e uma viagem pelo multimídia para exemplificar sua estrutura e conteúdo. O multimídia será posteriormente disponibilizado para o público externo pela página eletrônica do MAst e/ou por intermédio de uma publicação comercial.

  7. On Ensino da Astronomia no Ensino Médio sob Diferentes Abordagens Metodológicas

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Voelzke, Marcos Rincon; Albrecht, Evonir

    2011-12-01

    O presente trabalho, sobre a intervenção de metodologias de ensino, foi desenvolvido na Escola Estadual Colônia dos Pescadores, na cidade de Caraguatatuba - SP, em três turmas do terceiro ano do Ensino Médio, perfazendo um total de 119 educandos, entre 16 e 19 anos. Antes de iniciar-se a intervenção, um questionário de vinte perguntas objetivas e dissertativas foi desenvolvido, aplicado pelo professor da classe, que ministrou as aulas correspondentes. Este questionário foi o mesmo em todas as três classes com o objetivo de diagnosticar o conhecimento prévio dos alunos sobre Astronomia. Começando a intervenção nas turmas, o professor envolvido usou três diferentes metodologias de ensino: (A) em forma de seminários, elaborados e apresentados pelos alunos, nos quais o professor fazia apenas as intervenções necessárias, (B) na forma tradicional, com a ajuda de multimídia para o desenvolvimento das aulas e a terceira (C) a tradicional, fazendo uso exclusivo de lousa e giz. No final do trabalho os alunos responderam o mesmo questionário novamente, de modo que os três métodos utilizados puderam ser comparados. Os resultados apresentados após a intervenção foram melhores que os resultados iniciais indicando a ocorrência de uma aprendizagem significativa. Quando os estudantes foram inicialmente questionados sobre quantos planetas existem no nosso sistema solar, a classe A obteve 39% de respostas certas, a classe B 48% e a classe C 46%, mas após o desenvolvimento das atividades, as classes obtiveram respectivamente 94%, 97 % e 90% de aproveitamento. No término do bimestre, foi sugerido aos educandos que elaborassem uma história em quadrinhos, a qual serviu para averiguar se os conceitos inicialmente observados foram alterados e se novos foram agregados. A análise das histórias foi dividida em três partes: Criatividade; Temas abordados; Emprego correto dos conceitos estudados. Ao final quatorze histórias foram confeccionadas. O aprendizado

  8. Abundâncias em estrelas de Bário

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Allen, D. M.

    2003-08-01

    Estrelas de Bário apresentam linhas intensas de elementos produzidos pelo processos (ex: Ba, Y, Sr, Zr) e bandas intensas de CN, C2 e CH. A hipótese mais aceita sobre a origem deste grupo peculiar é a de que essas estrelas façam parte de sistemas binários, tendo recebido material enriquecido em elementos pesados da companheira mais evoluída. Apresentamos neste trabalho uma análise detalhada de uma amostra de estrelas desta classe, incluindo determinação de parâmetros atmosféricos e cálculo de abundâncias. As temperaturas efetivas foram determinadas a partir de dados fotométricos obtidos com o Fotrap instalado no telescópio Zeiss do LNA (Laboratório Nacional de Astrofísica) (B-V, V-I, R-I, V-R), e coletados na literatura nos catálogos Hipparcos (B-V), 2MASS (Two Micron All Sky Survey) (V-K) e The General Catalogue Photometric Data (sistema Geneva). Obtivemos uma faixa de temperaturas de 4400 £ Tef £ 6500. As metalicidades foram determinadas a partir de linhas de Fe I e Fe II, estando os resultados no intervalo -1 £ [Fe/H] £ +0.1. O log g foi determinado pelo equilíbrio de ionização e pela relação com a magnitude bolométrica, a temperatura e a massa, sendo os resultados na faixa 1.5 £ log g £ 4.5. As distâncias utilizadas foram determinadas com o auxílio das paralaxes Hipparcos, e as massas determinadas por modelos de isócronas. Os espectros utilizados foram obtidos com o espectrógrafo FEROS no Telescópio de 1,5m do ESO (European Southern Observatory). As abundâncias foram calculadas por meio de síntese espectral de linhas individuais incluindo elementos alfa, pico do Fe, s e r. Encontramos um excesso de elementos pesados em relação ao Fe, como esperado para estrelas de Bário.

  9. On Ensino de Astronomia nas Cidades de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Faria, R. Z.; Voelzke, M. R.

    2007-08-01

    Apesar da astronomia ser um dos temas indicados pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, observa-se que poucas mudanças ocorreram desde a implementação do mesmo em sala de aula. A presente pesquisa diz respeito sobre como os tópicos de astronomia estão sendo abordados pelos professores no ensino médio. Optou-se por aplicar um questionário com os professores que ministram a disciplina de física. Os mesmos trabalham em escolas estaduais situadas nas cidades de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, ambas subordinadas a Diretoria de Ensino de Mauá, no Estado de São Paulo. O questionário foi aplicado durante o 2° semestre de 2006. Até o momento os resultados são preliminares. Dos 82,0% dos professores que responderam ao questionário no município de Rio Grande da Serra, 66,7% não aplicaram nenhum tópico de astronomia, 77,8% não utilizaram qualquer tipo de programa computacional, 66,7% não utilizaram laboratório, que 77,8% nunca levaram os alunos a museus e ou planetários e que 66,7% não indicaram qualquer tipo de revista ou livro sobre astronomia aos seus alunos. No município de Ribeirão Pires, 53,3% dos professores responderam ao questionário, destes 75,0% não aplicaram nenhum tópico de astronomia, 93,8% não utilizaram qualquer tipo de programa computacional, 75,0% não utilizaram laboratório, 81,3% nunca levaram os alunos a museus e ou planetário e 56,3% não indicaram qualquer tipo de revista ou livro sobre astronomia ao seus alunos. Apesar da maioria dos professores reconhecerem que o conteúdo de astronomia influi na formação do jovem, os mesmos não incluem o tema em seus planejamentos escolares.

  10. Memória fonológica em crianças bilíngues bimodais e crianças com implante coclear

    PubMed Central

    de Quadros, Ronice Müller; Cruz, Carina Rebello; Pizzio, Aline Lemos

    2014-01-01

    RESUMO Este estudo comparou o desempenho de crianças bilíngues bimodais ouvintes (filhas de pais surdos) e crianças surdas usuárias de implante coclear (filhas de pais surdos e de pais ouvintes), com diferentes contextos de acesso à Língua Brasileira de Sinais (Libras), em tarefas que envolvem memória fonologica. Os testes utilizados foram: Teste de Pseudopalavras (Santos e Bueno, 2003) e Teste de Pseudosinais (desenvolvido pelos pesquisadores responsáveis pelo Projeto ‘Desenvolvimento Bilíngue Bimoda’). Além disso, foram incluídos dois grupos de controle, formados por crianças surdas (usuarias de Libras), e adultos bilíngues bimodais ouvintes. Na análise dos resultados, em relação ao desempenho entre os dois grupos testados foi constatado que o grupo de crianças bilíngues bimodais ouvintes apresentou desempenho superior, nos dois testes. No entanto, ao ser analisado o desempenho da criança surda usuaria de implante coclear, filha de pais surdos, que possui acesso irrestrito à Libras e comparado com o das crianças surdas usuárias de implante coclear, que possuem acesso restrito à Libras, foi constatado que o seu desempenho foi semelhante ao do grupo de crianças bilíngues bimodais ouvintes. As crianças surdas usuárias de implante coclear com acesso restrito à Libras e, portanto, com acesso maior ao Português apresentaram escores mais baixos nas tarefas, principalmente do teste em Português. Os resultados sugerem que as crianças surdas usuárias de implante coclear em processo de aquisição da línguagem podem se beneficiar com o acesso irrestrito à Libras, atingindo inclusive desempenho semelhante a de crianças bilíngues bimodais ouvintes. PMID:25110473

  11. Pre-Columbian origins of Native American dog breeds, with only limited replacement by European dogs, confirmed by mtDNA analysis.

    PubMed

    van Asch, Barbara; Zhang, Ai-bing; Oskarsson, Mattias C R; Klütsch, Cornelya F C; Amorim, António; Savolainen, Peter

    2013-09-01

    Dogs were present in pre-Columbian America, presumably brought by early human migrants from Asia. Studies of free-ranging village/street dogs have indicated almost total replacement of these original dogs by European dogs, but the extent to which Arctic, North and South American breeds are descendants of the original population remains to be assessed. Using a comprehensive phylogeographic analysis, we traced the origin of the mitochondrial DNA lineages for Inuit, Eskimo and Greenland dogs, Alaskan Malamute, Chihuahua, xoloitzcuintli and perro sín pelo del Peru, by comparing to extensive samples of East Asian (n = 984) and European dogs (n = 639), and previously published pre-Columbian sequences. Evidence for a pre-Columbian origin was found for all these breeds, except Alaskan Malamute for which results were ambigous. No European influence was indicated for the Arctic breeds Inuit, Eskimo and Greenland dog, and North/South American breeds had at most 30% European female lineages, suggesting marginal replacement by European dogs. Genetic continuity through time was shown by the sharing of a unique haplotype between the Mexican breed Chihuahua and ancient Mexican samples. We also analysed free-ranging dogs, confirming limited pre-Columbian ancestry overall, but also identifying pockets of remaining populations with high proportion of indigenous ancestry, and we provide the first DNA-based evidence that the Carolina dog, a free-ranging population in the USA, may have an ancient Asian origin. PMID:23843389

  12. Discos de acresção em sistemas Be-X

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Lopes de Oliveira, R.; Janot-Pacheco, E.

    2003-08-01

    Alguns fenômenos de outbursts em Be-X sugerem a existência, mesmo que temporária, de um disco de acresção quando da passagem do objeto compacto pelo periastro orbital. Neste trabalho avaliamos a possibilidade de formação do disco de acresção em sistemas Be+estrela de neutrons e Be+anã branca, e a influência da excentricidade orbital na ocorrência deste fenômeno. Utilizamos a expressão analítica para o momento angular específico da matéria constituinte de um meio em expansão lenta, como é o caso do disco circunstelar das estrelas Be, proposta por Wang(1981), sob a condição básica de que o raio de circularização deva ser maior do que o raio de Alfvén. Concluímos que existe um limite para o período orbital do sistema acima do qual não é possível a formação do disco de acresção, e que este valor aumenta para sistemas com excentricidade orbital maior.

  13. PubMed

    Silva, Cristiane Gonçalves da; Santos, Alessandro Oliveira; Licciardi, Daniele Carli; Paiva, Vera; Parker, Richard

    2008-01-01

    Esse artigo descreve como jovens religiosos e autoridades religiosas de sua comunidade compreendem a sexualidade, considerando suas experiências pessoais e como membros de comunidades religiosas. A análise pretende contribuir para que políticas públicas dedicadas à promoção da saúde sexual da juventude considerem a religiosidade, no contexto de um estado laico e da promoção do direito à prevenção. Foram realizadas 26 entrevistas abertas e semidirigidas em diferentes comunidades da região metropolitana da cidade de São Paulo (comunidades católicas, da umbanda, do candomblé e de diferentes denominações evangélicas) sobre iniciação sexual, casamento, gravidez, contracepção e prevenção das DST/Aids, homossexualidade, aborto e direitos humanos. Observou-se como jovens e autoridades religiosas convivem com a tensão entre tradição e modernidade e os distintos discursos sobre a sexualidade. Como sujeitos religiosos (do discurso religioso) e sujeitos sexuais (de discursos sobre sexualidade), devem ser incorporados pelos programas como sujeitos de direito nos termos de sua religiosidade. PMID:21886456

  14. Religiosidade, juventude e sexualidade: entre a autonomia e a rigidez1

    PubMed Central

    Silva, Cristiane Gonçalves da; Santos, Alessandro Oliveira; Licciardi, Daniele Carli; Paiva, Vera; Parker, Richard

    2009-01-01

    Esse artigo descreve como jovens religiosos e autoridades religiosas de sua comunidade compreendem a sexualidade, considerando suas experiências pessoais e como membros de comunidades religiosas. A análise pretende contribuir para que políticas públicas dedicadas à promoção da saúde sexual da juventude considerem a religiosidade, no contexto de um estado laico e da promoção do direito à prevenção. Foram realizadas 26 entrevistas abertas e semidirigidas em diferentes comunidades da região metropolitana da cidade de São Paulo (comunidades católicas, da umbanda, do candomblé e de diferentes denominações evangélicas) sobre iniciação sexual, casamento, gravidez, contracepção e prevenção das DST/Aids, homossexualidade, aborto e direitos humanos. Observou-se como jovens e autoridades religiosas convivem com a tensão entre tradição e modernidade e os distintos discursos sobre a sexualidade. Como sujeitos religiosos (do discurso religioso) e sujeitos sexuais (de discursos sobre sexualidade), devem ser incorporados pelos programas como sujeitos de direito nos termos de sua religiosidade. PMID:21886456

  15. [Deep-sea research ground for the study of living matter properties in extreme conditions].

    PubMed

    Polikarpov, G G

    2011-01-01

    The Black Sea hollow bottom is a promising research ground in the field of deep-sea radiochemoecology and exobiology. It has turned out to be at the intersection of the earth and cosmic scientific interests such as deep-sea marine radiochemoecology from the perspective of the study of extreme biogeocenological properties of the Earth biosphere and exobiology from the standpoint of the study of life phenomena (living matter) outside the Earth biosphere, i.e. on other planets and during hypothetical transfer of spores in the outer space. The potential of this ground is substantiated with the data published by the author and co-workers on accumulation of 90Sr, 137Cs and Pu isotopes with silts of bathyal pelo-contour, on the quality of deep-sea hydrogen sulphide waters (after their contact with air) for vital functions of planktonic and benthic aerobes, as well as the species composition of marine, freshwater and terrestrial plants grown from the spores collected from the bottom sediments of the Black Sea bathyal. Discussion was based on V.I. Vernadsky's ideas about the living matter and biosphere, which allowed conclusions about the biospheric and outer space role of the described phenomena. PMID:22279770

  16. Um satélite brasileiro para observação do diâmetro solar

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Emilio, M.; Leister, N. V.; Benevides Soares, P.; Teixeira, R.; Kuhn, J.

    2003-08-01

    Propomos uma missão espacial para medir a forma e o diâmetro solar com o objetivo de ajudar a determinar o potencial gravitacional do Sol e a sua rotação com precisão, testar modelos teóricos de variação de energia e pela primeira vez medir os modos g de oscilação. As observações serão obtidas através do instrumento denominado APT (Astrometric and Photometric Telescope) descrito por Kuhn(1983). A sensibilidade do instrumento é de 0,2 mas em 27 dias para as observações do diâmetro solar feitas a cada minuto. Esta é uma missão de três anos de duração e pode complementar as medidas que serão feitas pelo satélite PICARD (a ser lançado em 2007). Outros parâmetros físicos podem ser obtidos com as mesmas imagens o que certamente interessará à comunidade de física solar. Um primeiro contato foi realizado com a agência espacial brasileira que pretende lançar um satélite científico a cada dois anos.

  17. Trans-ethnic Meta-analysis and Functional Annotation Illuminates the Genetic Architecture of Fasting Glucose and Insulin.

    PubMed

    Liu, Ching-Ti; Raghavan, Sridharan; Maruthur, Nisa; Kabagambe, Edmond Kato; Hong, Jaeyoung; Ng, Maggie C Y; Hivert, Marie-France; Lu, Yingchang; An, Ping; Bentley, Amy R; Drolet, Anne M; Gaulton, Kyle J; Guo, Xiuqing; Armstrong, Loren L; Irvin, Marguerite R; Li, Man; Lipovich, Leonard; Rybin, Denis V; Taylor, Kent D; Agyemang, Charles; Palmer, Nicholette D; Cade, Brian E; Chen, Wei-Min; Dauriz, Marco; Delaney, Joseph A C; Edwards, Todd L; Evans, Daniel S; Evans, Michele K; Lange, Leslie A; Leong, Aaron; Liu, Jingmin; Liu, Yongmei; Nayak, Uma; Patel, Sanjay R; Porneala, Bianca C; Rasmussen-Torvik, Laura J; Snijder, Marieke B; Stallings, Sarah C; Tanaka, Toshiko; Yanek, Lisa R; Zhao, Wei; Becker, Diane M; Bielak, Lawrence F; Biggs, Mary L; Bottinger, Erwin P; Bowden, Donald W; Chen, Guanjie; Correa, Adolfo; Couper, David J; Crawford, Dana C; Cushman, Mary; Eicher, John D; Fornage, Myriam; Franceschini, Nora; Fu, Yi-Ping; Goodarzi, Mark O; Gottesman, Omri; Hara, Kazuo; Harris, Tamara B; Jensen, Richard A; Johnson, Andrew D; Jhun, Min A; Karter, Andrew J; Keller, Margaux F; Kho, Abel N; Kizer, Jorge R; Krauss, Ronald M; Langefeld, Carl D; Li, Xiaohui; Liang, Jingling; Liu, Simin; Lowe, William L; Mosley, Thomas H; North, Kari E; Pacheco, Jennifer A; Peyser, Patricia A; Patrick, Alan L; Rice, Kenneth M; Selvin, Elizabeth; Sims, Mario; Smith, Jennifer A; Tajuddin, Salman M; Vaidya, Dhananjay; Wren, Mary P; Yao, Jie; Zhu, Xiaofeng; Ziegler, Julie T; Zmuda, Joseph M; Zonderman, Alan B; Zwinderman, Aeilko H; Adeyemo, Adebowale; Boerwinkle, Eric; Ferrucci, Luigi; Hayes, M Geoffrey; Kardia, Sharon L R; Miljkovic, Iva; Pankow, James S; Rotimi, Charles N; Sale, Michele M; Wagenknecht, Lynne E; Arnett, Donna K; Chen, Yii-Der Ida; Nalls, Michael A; Province, Michael A; Kao, W H Linda; Siscovick, David S; Psaty, Bruce M; Wilson, James G; Loos, Ruth J F; Dupuis, Josée; Rich, Stephen S; Florez, Jose C; Rotter, Jerome I; Morris, Andrew P; Meigs, James B

    2016-07-01

    Knowledge of the genetic basis of the type 2 diabetes (T2D)-related quantitative traits fasting glucose (FG) and insulin (FI) in African ancestry (AA) individuals has been limited. In non-diabetic subjects of AA (n = 20,209) and European ancestry (EA; n = 57,292), we performed trans-ethnic (AA+EA) fine-mapping of 54 established EA FG or FI loci with detailed functional annotation, assessed their relevance in AA individuals, and sought previously undescribed loci through trans-ethnic (AA+EA) meta-analysis. We narrowed credible sets of variants driving association signals for 22/54 EA-associated loci; 18/22 credible sets overlapped with active islet-specific enhancers or transcription factor (TF) binding sites, and 21/22 contained at least one TF motif. Of the 54 EA-associated loci, 23 were shared between EA and AA. Replication with an additional 10,096 AA individuals identified two previously undescribed FI loci, chrX FAM133A (rs213676) and chr5 PELO (rs6450057). Trans-ethnic analyses with regulatory annotation illuminate the genetic architecture of glycemic traits and suggest gene regulation as a target to advance precision medicine for T2D. Our approach to utilize state-of-the-art functional annotation and implement trans-ethnic association analysis for discovery and fine-mapping offers a framework for further follow-up and characterization of GWAS signals of complex trait loci. PMID:27321945

  18. Tão perto de casa, tão longe de nós: etnografia das novas margens no centro da urbe

    PubMed Central

    Fernandes, Por Luís

    2011-01-01

    Philippe Bourgois é, desde 2007, “Richard Perry University professor” no Departamento de Antropologia e de Medicina Familiar e de Práticas Comunitárias na Universidade da Pensilvânia. Esteve durante largos anos ligado ao Departamento de Antropologia, História e Medicina Social da Universidade da Califórnia, São Francisco. A publicação, em 1995, de In Search of Respect: Selling Crack in El Barrio1 projectaria o seu nome muito para além dos Estados Unidos: uma etnografia no coração porto-riquenho do Harlem, em torno dos actores e dos ambientes da venda de crack. Seguir-se-ia um longo trabalho de terreno em acampamentos de dependentes de heroína em São Francisco, orientando o seu trabalho para as formas mais radicais da pobreza e da marginalidade nos EUA. É deste trabalho de terreno que sai o seu último livro, Righteous Dopefiend2. Em Junho de 2007 esteve em Lisboa para participar na 3.a edição do “Ethnografeast”. Foi então que aproveitámos a oportunidade para ouvir um percurso invulgar contado pelo próprio: uma longa conversa no Hotel Zurique, cujo nome só vem ao caso por evocar o país onde passou uma parte da infância. PMID:22013286

  19. A correlação índice espectral vs. luminosidade em QSOs e suas implicações

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Garcia-Rissmann, A.

    2003-08-01

    Estudos de variabilidade de núcleos ativos já demonstraram ser comum o fato de seu contínuo óptico/UV tornar-se mais "duro" à medida que a luminosidade aumenta. Essa tendência ocorre tanto de forma individual quanto global, e pode ter implicações importantes (1) para estudos fotométricos de variabilidade conduzidos numa banda fixa no referencial do observador, comparando objetos a diferentes redshifts, e (2) no cálculo da correção K, com consequente impacto na determinação de massas de buracos negros e bojos de galáxias hospedeiras (através da relação de Magorrian). Confirmo aqui as correlações positivas entre o índice espectral e a luminosidade óptica, utilizando dados espectroscópicos de 11 QSOs monitorados no Brasil e no Chile, durante ~2 anos. O estudo é complementado com parâmetros extraídos de espectros e de dados fotométricos públicos de quasares. Destaco ainda as diferenças observadas em tais correlações para objetos do tipo radio-loud e radio-quiet. Este projeto é financiado pelo I. Milênio/CNPq.

  20. Perfil de temperatura dos funis magnetosféricos de estrelas T Tauri com aquecimento alfvênico

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Vasconcelos, M. J.

    2003-08-01

    Estrelas T Tauri Clássicas são objetos jovens circundados por discos de gás e poeira e que apresentam uma intensa atividade magnética. Seu espectro mostra linhas de emissão alargadas que são razoavelmente reproduzidas nos modelos de acresção magnetosférica. No entanto, o perfil de temperatura dos funis magnéticos é desconhecido. Aquecimento magnético compressional e difusão ambipolar foram considerados para estas estruturas, porém as temperaturas obtidas não são suficientes para explicar as observações. Neste trabalho, examinamos o aquecimento gerado pelo amortecimento de ondas Alfvén através de quatro mecanismos, os amortecimentos não-linear, turbulento, viscoso-resistivo e colisional como função da freqüência da onda. Inicialmente, a temperatura é ajustada para reproduzir as observações e o grau de turbulência requerido para que o mecanismo seja viável é calculado. Os resultados mostram que este é compatível com os dados observacionais. Apresentam-se, também, resultados preliminares do cálculo auto-consistente do perfil de temperatura dos funis, levando-se em conta fontes de aquecimento Alfvênica e fontes de resfriamento.

  1. The advances and new technologies for the study of mitochondrial diseases.

    PubMed

    Bianco, Bianca; Montagna, Erik

    2016-01-01

    ABSTRACTGenetic mitochondrial disorders are responsible for the most common inborn errors of metabolism, caused by mutations in either nuclear genes or in mitochondrial DNA. This article presents the prokaryotic origin of the organelle and the relation between nuclear and mitochondrial genomes, as well as current evolutionary models for such mechanisms. It also addresses the structure of mitochondrial genes, their expression pattern, clinical features of gene defects, risk of transmission and current techniques to avoid these events in assisted human reproduction. Finally, it discusses the ethical implications of these possibilities.RESUMOAs doenças genéticas mitocondriais são responsáveis pelos erros inatos do metabolismo mais comuns, causados por mutações tanto em genes nucleares como no DNA mitocondrial. Este artigo apresenta a origem procariótica dessa organela, e a relação entre os genomas nuclear e mitocondrial, bem como modelos evolutivos correntes para esses mecanismos. Também trata da estrutura dos genes mitocondriais, seu padrão de expressão, características clínicas de defeitos genéticos, riscos de transmissão e técnicas atualmente utilizadas para evitar esses eventos em reprodução humana assistida. Finalmente, discute as implicações éticas dessas possibilidades. PMID:27462900

  2. Population structure of eleven Spanish ovine breeds and detection of selective sweeps with BayeScan and hapFLK.

    PubMed

    Manunza, A; Cardoso, T F; Noce, A; Martínez, A; Pons, A; Bermejo, L A; Landi, V; Sànchez, A; Jordana, J; Delgado, J V; Adán, S; Capote, J; Vidal, O; Ugarte, E; Arranz, J J; Calvo, J H; Casellas, J; Amills, M

    2016-01-01

    The goals of the current work were to analyse the population structure of 11 Spanish ovine breeds and to detect genomic regions that may have been targeted by selection. A total of 141 individuals were genotyped with the Infinium 50 K Ovine SNP BeadChip (Illumina). We combined this dataset with Spanish ovine data previously reported by the International Sheep Genomics Consortium (N = 229). Multidimensional scaling and Admixture analyses revealed that Canaria de Pelo and, to a lesser extent, Roja Mallorquina, Latxa and Churra are clearly differentiated populations, while the remaining seven breeds (Ojalada, Castellana, Gallega, Xisqueta, Ripollesa, Rasa Aragonesa and Segureña) share a similar genetic background. Performance of a genome scan with BayeScan and hapFLK allowed us identifying three genomic regions that are consistently detected with both methods i.e. Oar3 (150-154 Mb), Oar6 (4-49 Mb) and Oar13 (68-74 Mb). Neighbor-joining trees based on polymorphisms mapping to these three selective sweeps did not show a clustering of breeds according to their predominant productive specialization (except the local tree based on Oar13 SNPs). Such cryptic signatures of selection have been also found in the bovine genome, posing a considerable challenge to understand the biological consequences of artificial selection. PMID:27272025

  3. Population structure of eleven Spanish ovine breeds and detection of selective sweeps with BayeScan and hapFLK

    PubMed Central

    Manunza, A.; Cardoso, T. F.; Noce, A.; Martínez, A.; Pons, A.; Bermejo, L. A.; Landi, V.; Sànchez, A.; Jordana, J.; Delgado, J. V.; Adán, S.; Capote, J.; Vidal, O.; Ugarte, E.; Arranz, J. J.; Calvo, J. H.; Casellas, J.; Amills, M.

    2016-01-01

    The goals of the current work were to analyse the population structure of 11 Spanish ovine breeds and to detect genomic regions that may have been targeted by selection. A total of 141 individuals were genotyped with the Infinium 50 K Ovine SNP BeadChip (Illumina). We combined this dataset with Spanish ovine data previously reported by the International Sheep Genomics Consortium (N = 229). Multidimensional scaling and Admixture analyses revealed that Canaria de Pelo and, to a lesser extent, Roja Mallorquina, Latxa and Churra are clearly differentiated populations, while the remaining seven breeds (Ojalada, Castellana, Gallega, Xisqueta, Ripollesa, Rasa Aragonesa and Segureña) share a similar genetic background. Performance of a genome scan with BayeScan and hapFLK allowed us identifying three genomic regions that are consistently detected with both methods i.e. Oar3 (150–154 Mb), Oar6 (4–49 Mb) and Oar13 (68–74 Mb). Neighbor-joining trees based on polymorphisms mapping to these three selective sweeps did not show a clustering of breeds according to their predominant productive specialization (except the local tree based on Oar13 SNPs). Such cryptic signatures of selection have been also found in the bovine genome, posing a considerable challenge to understand the biological consequences of artificial selection. PMID:27272025

  4. Pre-Columbian origins of Native American dog breeds, with only limited replacement by European dogs, confirmed by mtDNA analysis

    PubMed Central

    van Asch, Barbara; Zhang, Ai-bing; Oskarsson, Mattias C. R.; Klütsch, Cornelya F. C.; Amorim, António; Savolainen, Peter

    2013-01-01

    Dogs were present in pre-Columbian America, presumably brought by early human migrants from Asia. Studies of free-ranging village/street dogs have indicated almost total replacement of these original dogs by European dogs, but the extent to which Arctic, North and South American breeds are descendants of the original population remains to be assessed. Using a comprehensive phylogeographic analysis, we traced the origin of the mitochondrial DNA lineages for Inuit, Eskimo and Greenland dogs, Alaskan Malamute, Chihuahua, xoloitzcuintli and perro sín pelo del Peru, by comparing to extensive samples of East Asian (n = 984) and European dogs (n = 639), and previously published pre-Columbian sequences. Evidence for a pre-Columbian origin was found for all these breeds, except Alaskan Malamute for which results were ambigous. No European influence was indicated for the Arctic breeds Inuit, Eskimo and Greenland dog, and North/South American breeds had at most 30% European female lineages, suggesting marginal replacement by European dogs. Genetic continuity through time was shown by the sharing of a unique haplotype between the Mexican breed Chihuahua and ancient Mexican samples. We also analysed free-ranging dogs, confirming limited pre-Columbian ancestry overall, but also identifying pockets of remaining populations with high proportion of indigenous ancestry, and we provide the first DNA-based evidence that the Carolina dog, a free-ranging population in the USA, may have an ancient Asian origin. PMID:23843389

  5. Datação do disco galáctico pela nucleocosmocronologia do [Th/Eu

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    del Peloso, E. F.; da Silva, L.; Arany-Prado, L. I.

    2003-08-01

    A nucleocosmocronologia emprega abundâncias de nuclídeos radioativos na datação de escalas de tempo astrofísicas. O 232Th é um nuclídeo radioativo com meia-vida de 14 Gano, enquanto que os dois isótopos mais abundantes do Eu são estáveis. O decaimento radioativo do Th modifica as razões de abundâncias [Th/Eu], fornecendo assim um meio de sondar a escala de formação das populações estelares. O objetivo deste trabalho é averiguar a possibilidade de estimar uma idade para o disco Galáctico através da nucleocosmocronologia do [Th/Eu] e investigar o nível de incerteza associado a esta estimativa. Para tanto, foi selecionada uma amostra de 20 estrelas anãs ou subgigantes de tipos espectrais F5 a G9, com -1,00 £ [Fe/H] £ +0,30 e idade(Gano) £ 13. As abundâncias de Th e Eu foram obtidas por síntese espectral das linhas localizadas em 4019,1 Å e 4129,7 Å, respectivamente. Uma comparação destas abundâncias com outros resultados da literatura demonstra que nossos valores apresentam dispersão 2 a 3 vezes menor que qualquer trabalho anterior. Os parâmetros atmosféricos e abundâncias dos elementos que contaminam as regiões espectrais destas linhas foram determinados por nós, de maneira totalmente autoconsistente, através de análise espectral detalhada diferencial em relação ao Sol. As idades estelares individuais foram determinadas através de curvas isócronas teóricas no diagrama HR. Foi realizada, então, uma análise cronológica dos gráficos [Th/Eu] vs. [Fe/H] e [Th/Eu] vs. idade. Os dados estelares foram comparados a curvas calculadas para 3 idades do disco Galáctico - 9, 12, 15 Gano - e foi estudada a sensibilidade à idade assumida no cálculo do ajuste destas curvas aos dados. Estas curvas foram calculadas com base num modelo analítico de evolução química da Galáxia que leva em consideração a formação de refugos, que são compostos pelos remanescentes da evolução estelar, pelos resíduos da formação de estrelas de

  6. Evolução rotacional de corpos reacumulados

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Penteado, P.; Lazzaro, D.; Roig, F.; Duffard, R.; Kodama, T.

    2003-08-01

    Asteróides reacumulados (rubble-piles) são corpos formados por um conjunto de fragmentos agregados primariamente pela sua gravidade. A importância do estudo de corpos reacumulados para a compreensão da evolução do Cinturão de Asteróides tem sido bastante evidenciada, não apenas pela constatação de que estes devem corresponder a uma grande parcela da população de asteróides, mas também por recentes estudos da estrutura e evolução colisional deste tipo de asteróide. A evolução rotacional de corpos reacumulados e a formação de famílias têm sido estudadas pelo nosso grupo, com base no modelo de elipsóides interagentes. Este modelo foi desenvolvido recentemente pelo grupo, e baseia-se na integração numérica das equações de movimento para translação e rotação de corpos formados por um conjunto de elipsóides que interagem entre si pela sua gravidade, força de contato e dissipação de energia por atrito. Considerar a rotação de cada fragmento é a principal diferenciação do nosso modelo em relação aos que têm sido desenvolvidos recentemente. Apresentamos aqui os resultados obtidos para a evolução da rotação de populações de corpos reacumulados. Estes foram submetidos a séries de colisões com projéteis de altas velocidades (5Km/s, típicas do Cinturão atual), distribuídos em uma lei de potências de tamanhos. Estes resultados são comparados com os de Harris (1979), um dos poucos trabalhos analíticos existentes para evolução rotacional de asteróides. O principal resultado obtido por Harris foi a distribuição final de velocidades de rotação como uma lei de potências para corpos pequenos, passando de forma bem definida para rotação constante para os grandes. Nas nossas simulações observamos que as distribuições de velocidades de rotação resultantes tendem a leis de potência, com a inclinação evoluindo no decorrer de colisões subsequentes.

  7. 30 years later: Social Representations about AIDS and sexual practices of rural towns residents.

    PubMed

    Furtado, Francisca Marina de Souza Freire; Santos, José Anderson Galdino; Loredanna, Stedile; Araújo, Eunice; Saldanha, Ana Alayde Werba; Silva, Josevânia da

    2016-06-01

    no estado da Paraíba/Brasil. Os dados foram coletados por um meio de um questionário e o teste de associação livre de palavras. Os resultados mostraram baixa preocupação com doença, percepção de invulnerabilidade à contaminação pelo HIV e o não uso do preservativo nas relações sexuais, sendo a confiança no parceiro o principal motivo relacionado. Também mostraram perdurar representações de natureza pejorativa e estereotipada, revelando que ainda perduram, no meio rural, crenças e representações referentes ao início da epidemia. A partir de tais achados, é possível apontar deficiências em termos de cuidados oferecidos pelos serviços de saúde nestas localidades, o que pode resultar em maiores vulnerabilidades dessa população ao adoecimento, havendo assim a necessidade da intensificação de campanhas de informação e intervenção. PMID:27384279

  8. The Moon Phases in a Paper Box. (Spanish Title: Las Fases de la Luna en Una Caja de Cartón.) As Fases da Lua Numa Caixa de Papelão

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    de Fátima O. Saraiva, Maria; Amador, Cláudio B.; Kemper, Érico; Goulart, Paulo; Muller, Angela

    2007-12-01

    material didático de baixo custo para demonstração do conceito de fases de um corpo iluminado. O principal objetivo de nosso material é facilitar a compreensão das fases da Lua da perspectiva de um observador na Terra. O material ajuda na visualização de dois efeitos importantes: (1º) mesmo tendo sempre a metade da "Lua" (representada por uma bolinha de isopor ou de ping-pong) iluminada pelo "Sol" (representado por uma fonte de luz natural ou artificial), nós vemos diferentes frações de sua superfície iluminada, dependendo do ângulo pelo qual a olhamos; (2º) a orientação da borda convexa da Lua nas fases Crescente e Minguante também depende da perspectiva pela qual a olhamos da Terra. O uso de uma caixa fechada permite observar o contraste entre as diferentes fases sem necessidade de estar em uma sala escurecida. Apresentamos também um texto explicativo sobre fases da Lua, enfatizando a dependência da aparência da parte iluminada com o ângulo de visada.

  9. Is the Dark Side of the Moon Ever Illuminated by the Sun? (Breton Title: O Lado Escuro da Lua Nunca Apanha Sol?) El Lado Oscuro de la Luna Nunca Toma Sol?

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Giovannini, Odilon; Pellenz, Daiana; Catelli, Francisco

    2014-07-01

    This work presents the elaboration of an answer to the question "Is the dark side of the moon ever illuminated by the sun?", in which issues related to the students' conceptions, how they arise, and the core elements that constitute a "good answer" are considered. These issues are initially elaborated from a literature review of the research in the field; then, and also based on this review, a didactic model that involves the relative motions of the Earth - Moon - Sun system is proposed. A description of the application of this model in a learning environment within middle school students is described. This work confirms the students' initial concepts described in the literature; on the other hand, the questions asked by students during the activity provide evidence that meaningful learning, at least to some degree, has occurred. Este trabalho apresenta a elaboração de uma resposta à pergunta "O lado escuro da Lua nunca apanha sol?" na qual são consideradas questões relacionadas às concepções iniciais dos alunos, de onde elas surgem e os elementos centrais que constituem uma "boa resposta". Essas questões são tratadas, inicialmente, a partir de uma revisão da literatura sobre pesquisas na área e, em seguida, também com base nessa revisão, um objeto modelo didático que envolve os movimentos relativos do sistema Terra - Lua - Sol é proposto. Uma descrição detalhada da aplicação deste modelo em um ambiente de aprendizagem com alunos do ensino fundamental é relatada. As concepções iniciais apresentadas na literatura se confirmam e os questionamentos feitos pelos estudantes por ocasião da aplicação do modelo fornecem indícios de que uma aprendizagem significativa, pelo menos em algum grau, ocorreu. El artículo se presenta el desarrollo de una respuesta a la pregunta "¿El lado oscuro de la luna nunca toma sol?", en la que se consideran algunas cuestiones vinculadas que se refieren a las concepciones iniciales de los estudiantes, dónde surgen

  10. Astronomy at School: Measurements of the Earth-Moon Distance. (Spanish Title: Astronomía en la Escuela: Medición de la Distancia Tierra-Luna.) Astronomia na Escola: Medida da Distância Terra-Lua

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Paolantonio, Santiago; Pintado, Olga I.

    2006-12-01

    The aim of this project is to approach High School students to Science. We propose to measure the Earth-Moon distance using the parallax. The observation and measurements techniques and all the calculations needed are described in this paper. The results obtained in a test experience realized during 2003 are presented. This test shows that this is a feasible project and also shows which things needed to be improved. Se plantea la propuesta de un proyecto educativo dirigido al Nivel Medio de enseñanza, consistente en la determinación de la distancia Tierra - Luna por paralaje. Se describen las técnicas de observación, mediciones y cálculos. Se proporcionan a continuación los resultados obtenidos en la experiencia piloto realizada en el 2003, la que permitió comprobar la factibilidad de llevar a cabo la propuesta, así como perfeccionar los diferentes aspectos involucrados en la misma. Propomos neste trabalho um projeto educativo dirigido ao Ensino Médio que consiste na determinação da distância Terra-Lua pelo efeito da paralaxe. As técnicas de observação, medidas e cálculos auxiliares são descritos, e os resultados obtidos numa experiência-teste realizada no ano de 2003 apresentados. Este último teste permitiu comprovar a viabilidade de execução da proposta e aperfeiçoar diversos aspectos da mesma.

  11. A eficiência de formação estelar em Musca

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Hickel, G. R.; Vilas-Boas, J. W. S.; Roberto, A. J.., Jr.; Khan, R. P.

    2003-08-01

    Apresentamos os resultados de um survey no infravermelho próximo (bandas J e H), executado no Laboratório Nacional de Astrofísica, na direção da nuvem escura em forma de filamento de Musca (observamos ao longo de todo o filamento, além de todas as fontes pontuais IRAS e/ou fontes ROSAT brilhantes a uma distância de 2o da nuvem). Nosso objetivo é determinar a eficiência de formação estelar para esta nuvem escura (massa de estrelas formadas/massa da nuvem), procurando por objetos estelares jovens de pequena massa no seu interior e/ou evoluídos o suficiente para estarem afastados do local de nascimento, mas ainda mostrando características de objetos pré-seqüência principal como emissão de raios-X e excesso de emissão no infravermelho próximo. Este survey não estabeleceu nenhum viés na seleção de fontes pontuais IRAS ou fontes ROSAT, uma vez que a imensa maioria das fontes pontuais IRAS nesta região têm qualidade de fluxo ruim. Os candidatos a objetos estelares jovens foram selecionados pelo excesso no índice de cor (J-H), descontados os efeitos da extinção interestelar na linha de visada, determinada através da emissão estendida no infravermelho distante (IRAS). Estimativas de massa foram feitas para estes candidatos, através da relação massa-luminosidade, para calcular a eficiência de formação estelar de Musca.

  12. Inauguração do Telescópio SOAR

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Steiner, João

    2004-04-01

    A comunidade astronômica brasileira de há muito almeja ter a sua disposição um instrumento científico com o qual possa fazer pesquisa de vanguarda e manter a competitividade científica a nível internacional. Hoje este sonho se torna uma realidade. O Brasil tem tido uma política de pesquisa e de pós-graduação bem sucedida. Estamos formando 7000 doutores por ano e produzimos 1,5% da ciência mundial. Nosso desafio, hoje, é associar a esta capacidade de gerar conhecimento também a capacidade de usar o conhecimento em beneficio da sociedade. A Astronomia não é exceção. Temos 7 programas de pós-graduação em nível de doutorado e 11 em nível de mestrado. O telescópio SOAR será o principal instrumento que sustentará estes programas nas próximas décadas. A inauguração do telescópio SOAR simboliza de forma concreta e decidida o apoio do MCT, do CNPq e da FAPESP para o financiamento à pesquisa básica em nosso país. O Laboratório Nacional de Astrofísica, criado a cerca de 20 anos pelo CNPq, a par do Laboratório Nacional de Luz Sincrotron, são até hoje, os únicos laboratórios nacionais do Brasil e ambos voltados basicamente ao avanço do conhecimento. Os vinte anos de existência do LNA foram decisivos para a estruturação da comunidade astronômica no Brasil e para a construção das parcerias como o SOAR.

  13. The Illness Experience: Palliative Care Given the impossibility of Healing.

    PubMed

    Dantas, Margarida Maria Florêncio; Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida

    2016-06-01

    This paper presents a reflection about being terminally ill and the various ways that the subject has at its disposal to deal with this event. The objective is to understand the experience of palliation for patients undergoing no therapeutic possibilities of cure. The methodology of this study has the instruments to semi-structured interview, the participant observation and the field diary, and the Descriptive Analysis of Foucault's inspiration how the narratives of the subjects were perceived. The Results of paper there was the possibility of looking at the experience of illness through the eyes of a subject position assumed by the very sick. As conclusion we have than when choosing palliative care, the terminally ill opts for a way to feel more comfortable and resists the impositions of the medical model of prolonging life. O presente trabalho traz uma reflexão a respeito do ser um doente terminal e das várias maneiras que o sujeito tem a seu dispor para lidar com esse acontecimento. Nosso objetivo foi compreender a experiência da paliação por sujeitos doentes sem possibilidades terapêuticas de cura. A metodologia deste estudo teve como instrumentos a Entrevista Narrativa, a Observação Participante e o Diário de Campo, sendo a Análise Descritiva de inspiração foucaultiana o modo como as narrativas dos sujeitos foram percebidas. O resultado do estudo mostrou a possibilidade de olhar a experiência do adoecer através da ótica de uma posição de sujeito assumida pelo próprio enfermo. E concluímos que ao escolher os cuidados paliativos, o doente terminal opta por um modo de se sentir mais confortável e resiste às imposições do modelo médico de prolongamento da vida. PMID:27384275

  14. A Concepção de Universo entre Alunos do Ensino Médio de São Paulo e suas Fontes de Aquisição

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Araújo, M. A. A.; Elias, D. C. N.; Amaral, L. H.; Araújo, M. S. T.; Voelzke, M. R.

    2006-08-01

    Nesse trabalho procurou-se identificar por meio de um questionário as concepções de Universo, de espaço e tempo que sustentam a visão de mundo de um grupo de 270 estudantes de Ensino Médio, pertencentes a três escolas de São Paulo. As questões relacionadas aos conhecimentos prévios dos estudantes permitiram constatar que há pouco conhecimento acerca dos temas investigados, destacando-se que apenas 20% dos alunos foram capazes de relacionar as semanas com as fases da lua, enquanto 28% associaram as estações do ano à inclinação do eixo de rotação da Terra e 23% tinham noções das distâncias entre objetos celestes próximos da Terra. Enquanto 56% conseguiram relacionar o Big Bang com a origem do Universo, verificou-se que 37% reconheciam ano-luz como unidade de distância e 60% concebiam o Sol como uma estrela. No que se refere às fontes de aquisição que proporcionaram esses conhecimentos, apesar de 60% dos alunos indicarem a escola como principal fonte dos conhecimentos de Ast! ronomia, verificou-se claramente que para a maioria dos alunos seus conceitos ainda são inadequados, havendo necessidade de aprimoramento da abordagem desses conteúdos, pois apesar de popular, a Astronomia ainda é veiculada de maneira pouco esclarecedora e com imprecisões. Nesse contexto, são discutidas algumas possíveis contribuições que podem ser dadas para o ensino de Astronomia pelo uso das ferramentas computacionais nas escolas.

  15. On telescópio remoto do Observatório Abrahão de Moraes - Obelix

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Neres, N. L.; Raffaelli, J. C.; Medina Tanco, G. A.; Horvath, J. E.; Maluhy, R.; Martins, A.; Orselli, M. I. V.

    2003-08-01

    Foi desenvolvido um telescópio totalmente automático situado no Observatório Abrahão de Moraes, em Valinhos-SP, que possibilita observações remotas via Internet tanto para fins profissionais como didáticos. Usando um programa navegador da WWW, o observador tem acesso a páginas interativas que permitem não só apontar o telescópio e receber as imagens, como também controlar a abertura e o fechamento da cúpula, monitorar temperatura, umidade e orvalho e receber imagens das câmaras de segurança. O fechamento da cúpula é feito automaticamente em caso de perigo de condensação. O sistema consiste de uma câmara Apogee, uma roda de filtros SBIG modelo CFW-8 com filtros RGB e um telescópio Meade. A observação remota é feita usando programas comerciais da área. Uma caixa de controle com lógica programável controla o movimento da cúpula e a energização do telescópio. Um software em LabView adquire os dados da estação meteorológica, que inclui um sensor de chuva desenvolvido no IAG, e apresenta seus valores atuais e históricos. Usando uma facilidade do próprio LabView, a saída desse software é exportada para a Internet. Um programa em C disponibiliza as imagens das câmaras de segurança usando uma placa de captura de vídeo e um seqüencial de vídeo que foi adaptado para ser controlado pelo PC. O sistema completo já se encontra operacional.

  16. Aquecimento alfvênico viscoso-resistivo em discos de acresção ao redor de estrelas T Tauri clássicas

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Santana, W. M.; Vasconcelos, M. J.

    2003-08-01

    Com a crescente disponibilidade de dados observacionais sobre estrelas T Tauri, a busca por modelos mais precisos vem se tornando cada vez maior. Estes modelos devem explicar, entre outras coisas, o mecanismo dissipativo responsável pelo transporte de momento angular no disco de acresção que acredita-se, circunda estas estrelas. O mecanismo mais viável, do ponto de vista teórico, é uma instabilidade MHD conhecida como "instabilidade magnetorotacional ou Balbus-Hawley" (IBH). Esta instabilidade veio mostrar que o campo magnético desempenha um papel importante na evolução destes objetos mas requer, no entanto, um acoplamento mínimo entre o gás e o campo magnético no disco que não é atingido para os valores de temperatura obtidos do modelo padrão. Contudo, alguns mecanismos de aquecimento para o disco precisam ser examinados. Neste trabalho, propomos a dissipação de ondas Alfvén como uma fonte de aquecimento para o disco. Se o gás apresentar uma condutividade elétrica finita e viscosidade, teremos um tipo de amortecimento para as ondas denominado amortecimento viscoso-resistivo que será aqui considerado. Este mecanismo é aplicado ao modelo de disco em camadas. Calculam-se as taxas de aquecimento Alfvênico, a temperatura efetiva do disco bem como as taxas de ionização decorrentes deste aquecimento e do aquecimento gerado pela absorção de raios cósmicos. Comparações com os dados observacionais de Kitamura et. al. (2001) são efetuadas, ressaltando-se os pontos comuns entre suas observações e nossos dados teóricos.

  17. Determinação do extremo de baixa luminosidade da função de luminosidade através de simulações de Monte Carlo

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Campos, P. E.; Mendes de Oliveira, C.

    2003-08-01

    Neste trabalho apresentamos os principais resultados do estudo da população de galáxias anãs de baixo brilho superficial dos grupos compactos HCG44 e HCG68. A inclinação do extremo de baixa luminosidade a da função de luminosidade desses grupos foi estimado através de simulações de Monte Carlo. O método consistiu em simular galáxias anãs de baixo brilho superficial em imagens reais seguindo uma distribuição de magnitudes dada uma função de Schechter. Foram testados vários modelos com diferentes valores para os parâmetros M* e a da função de Schechter, e para cada um dos modelos foi repetido o mesmo processo de recuperação, seleção e análise usados com as galáxias anãs dos grupos. Os resultados de cada modelo foram então comparados com o observado nos grupos. Nossos resultados indicam que a distribuição de magnitudes (para magnitudes absolutas até MR»-12) observadas nos grupos são compatíveis com uma função de luminosidade de Schechter dada por um M* = -16 e um a entre -1.0 e -1.4, e portanto de acordo com a tendência observada de uma inclinação do extremo de baixa luminosidade da função de luminosidade de grupos mais plana (~1.2, Trentham & Tully 2002, MNRAS, 335, 712) que esperado pelo modelo hierárquico de formação de estruturas CDM (Cold Dark Matter - Matéria Escura Fria).

  18. Análise da medição do raio solar em ultravioleta

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Saraiva, A. C. V.; Giménez de Castro, C. G.; Costa, J. E. R.; Selhorst, C. L.; Simões, P. J. A.

    2003-08-01

    A medição acurada do raio solar em qualquer banda do espectro eletromagnético é de relevância na formulação e calibração de modelos da estrutura e atmosfera solar. Esses modelos atribuem emissão do contínuo do Sol calmo em microondas à mesma região da linha Ha do Hell. Apresentamos a medição do raio solar em UV com imagens do EIT (Extreme Ultraviolet Image Telescope) entre 1996 e 2002, no comprimento de onda 30,9 nm (Ha do Hell), que se forma na região de transição/cromosfera solar. A técnica utilizada para o cálculo do raio UV foi baseada na transformada Wavelet B3spline. Fizemos um banco de dados com 1 imagem por dia durante o período citado. Obtivemos como resultado o raio médio da ordem de 975.61" e uma diminuição do mesmo para o período citado variando em média -0,45" /ano. Comparamos estes dados com os valores obtidos pelo ROI (Radio Observatório de Itapetinga) em 22/48 GHz e Nobeyama Radio Heliograph em 17 GHz mostrando que os raios médios são muito próximos o que indica que a região de formação nessas freqüências é a mesma conforme os modelos. Comparamos os resultados também com outros índices de atividade solar.

  19. A review of the taxonomy, ethnobotany, chemistry and pharmacology of Sutherlandia frutescens (Fabaceae).

    PubMed

    van Wyk, B-E; Albrecht, C

    2008-10-28

    Sutherlandia frutescens (tribe Galegeae, Fabaceae), a popular plant in traditional medicine, is indigenous to South Africa, Lesotho, southern Namibia and southeastern Botswana. It is chemically, genetically and geographically extremely variable and has been divided into three subspecies and several regional forms. A second species, Sutherlandia tomentosa, is localized along the Cape coast. Sutherlandia is sometimes treated as part of the genus Lessertia. There are numerous vernacular names and a wide diversity of uses, including poor appetite, indigestion, stomach complaints, dysentery, colds, influenza, kidney conditions, fever, diabetes, internal cancers, uterine troubles, liver conditions, backache, rheumatoid arthritis, urinary tract infections, stress and anxiety, dropsy and heart failure. Notable is the use as a bitter tonic ("blood purifier"), anti-stress medication ('musa-pelo) and, at least since 1895, specifically as a cancer tonic (both as treatment and as prophylaxis). Externally it is applied to haemorrhoids, inflamed wounds and eye infections. Recent in vitro and in vivo studies have shown antiproliferative, anti-HIV, anti-diabetic, anti-inflammatory, analgesic, antibacterial, anti-stress, anticonvulsant and antithrombotic activities. Aqueous extracts often differ in activity from organic solvent extracts. The presence of high levels of free amino acids, non-protein amino acids such as canavanine and GABA, the cyclitol pinitol, flavonols and triterpenes (including SU1, a cycloartane-type triterpene saponin) provide plausible hypotheses on how these compounds, individually or collectively, may be responsible for the reputed efficacy in a wide range of ailments. Results of animal studies, as well as a phase I clinical study, have shown no indications of toxicity. Sufficient preclinical data are now available to justify controlled clinical studies. PMID:18761068

  20. Teaching of Astronomy: Scenarios of Teaching Practice in Elementary Schools. (Spanish Title: Enseñanza de la Astronomía: Semblanzas de la Práctica Docente en Educación Primaria.) Ensino de Astronomia: Cenários da Prática Docente no Ensino Fundamental

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Marchi Gonzatti, Sônia Elisa; Spessatto De Maman, Andréia; Fernandes Borragini, Eliana; Kerber, Júlia Cristina; Haetinger, Werner

    2013-12-01

    atomización de los asuntos, aunque temas como movimientos de la Tierra y fenómenos astronómicos hayan sido citados por la mayoría de los participantes. En cuanto a las estrategias, se verifico que se emplean principalmente clases con el apoyo de recursos bidimensionales, como películas, textos, mapas y búsqueda en internet. Las principales dificultades fueron la falta de formación específica con respecto a los contenidos de Astronomía, y el nivel de abstracción exigido por los contenidos. De modo general, esos indicadores convergen para los resultados ya encontrados en otros estudios, en el que las deficiencias de la formación inicial de los profesores, o incluso su ausencia, dificulta el adecuado abordaje de la Astronomía en las clases. Neste trabalho são apresentados os principais resultados de uma investigação realizada no campo da Educação em Astronomia, com professores do ensino fundamental de duas regiões do Rio Grande do Sul. O objetivo do estudo foi caracterizar o cenário regional do ensino de Astronomia, estabelecendo um comparativo com o cenário nacional. Esse estudo abordou três questões: identificar os principais temas de astronomia trabalhados em sala de aula, as estratégias metodológicas e quais as dificuldades apresentadas pelos professores ao desenvolver sua prática. Quanto aos conteúdos, encontrouse uma pulverização dos assuntos abordados, embora temas como movimentos da Terra e fenômenos astronômicos tenham sido citados pela maioria dos participantes. Sobre estratégias, são utilizadas principalmente aulas com apoio de recursos bidimensionais, como filmes, textos, mapas e pesquisa na internet. As principais dificuldades foram: falta de formação específica em relação a conteúdos de Astronomia; nível de abstração dos conteúdos, que dificultam sua compreensão, tanto pelos alunos quanto pelos próprios professores. De maneira geral, esses indicadores convergem para resultados já encontrados em outros estudos que

  1. Precessão do jato de 3C120: simulações hidrodinâmicas 3D

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Caproni, A.; de Gouveia dal Pino, E. M.; Abraham, Z.; Raga, A. C.

    2003-08-01

    Observações com técnicas de interferometria com longa linha de base têm mostrado a existência de um jato relativístico com componentes superluminais na região central de 3C 120. Estas componentes são ejetadas em distintas direções no plano do céu e com diferentes velocidades aparentes. Estas características foram interpretadas em trabalhos anteriores como efeitos da precessão do jato relativístico. Neste trabalho, realizamos simulações tri-dimensionais do jato de 3C 120 utilizando os parâmetros de precessão determinados em trabalhos anteriores e variando as características iniciais do jato e meio ambiente, tais como densidade numérica e temperatura. Todas as simulações foram feitas com o código hidrodinâmico YGUAZÚ-A, assumindo-se um jato adiabático descrito por uma equação de estado relativística. Pelo fato de estarmos utilizando um código hidrodinâmico, nós assumimos que a intensidade do campo magnético e a distribuição de partículas, necessários para se calcular a emissão sincrotron, são proporcionais à pressão hidrodinâmica. Comparação entre dois cenários distintos, nos quais o material do jato é ejetado com velocidade constante (jato contínuo) e com velocidade modulada por um padrão sinusoidal no tempo (jato intermitente), é apresentada e discutida. Para jatos que apresentam fenômenos de precessão e intermitência, com amplitude de variação na velocidade de injeção maior que dez por cento da velocidade média de injeção, a hipótese balística, controlada pela intermitencia, é mais provável. Por outro lado, para jatos com precessão mas sem intermitência (ou com amplitude de variabilidade em velocidade mais baixa que no caso anterior), o efeito da precessão na morfologia do jato não é desprezível. Portanto, de um modo geral, ambos efeitos (precessão e movimentos balísticos) devem estar concorrendo para afetar a morfologia dos jatos superluminais.

  2. Analysis of the Presence of Content about Astronomy in a Decade of the National High School Examination (1998-2008). (Spanish Title: Análisis de la Presencia de Contenidos de Astronomía em Uma Década del Examen Nacional de Enseñaza Secundária (1998-2008).) Análise da Presença de Conteúdos de Astronomia em Uma DÉcada do Exame Nacional do Ensino Médio (1998-2008)

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Gomide, Hanny Angeles; Longhini, Marcos Daniel

    2011-07-01

    In this paper we analyzed the presence of contents of Astronomy in the National High School Examination (ENEM) in its first decade (1998-2008). We verified the number of questions addressing this topic that were present over the years, as well as the most recurrent subjects. We discussed the results from what is proposed by the official documents regarding the teaching of Astronomy in the Elementary and Secondary Education and we entertain future expectations about the presence of contents of this science in future official examinations. En este trabajo realizamos un análisis de la presencia de contenidos de Astronomía em las pruebas del Examen Nacional de Enseñanza Secundaria (ENEM) em su primera década de existência (1998-2008). Contabilizamos la cantidad de preguntas incluyendo este tema que estuvieron presentes en el transcurso de los años, así como los temas más recurrentes. Discutimos los resultados a partir de lo propuesto por los documentos oficiales en relación a la enseñanza de Astronomía en la Educación Básica y elaboramos algunos apuntes sobre futuras expectativas em relación a la presencia de contenidos de esta ciencia en examenes oficiales. No presente trabalho fizemos uma análise da presença de conteúdos de Astronomia nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em sua primeira década de existência (1998-2008). Verificamos a quantidade de questões envolvendo essa temática que estiveram presentes no decorrer dos anos, assim como os temas mais recorrentes. Discutimos os resultados a partir do que é proposto pelos documentos oficiais em relação ao ensino de Astronomia na Educação Básica e tecemos alguns apontamentos sobre a expectativa futura quanto à presença de conteúdos dessa ciência nesse exame oficial.

  3. Identificabilidade e estabilidade dos parâmetros no método Grade of Membership (GoM): considerações metodológicas e práticas

    PubMed Central

    Guedes, Gilvan Ramalho; Caetano, André Junqueira; Machado, Carla Jorge; Brondízio, Eduardo Sonewend

    2011-01-01

    O método Grade of Membership (GoM) tem sido cada vez mais utilizado por demógrafos brasileiros e tem a vantagem de possuir um parâmetro que mensura a heterogeneidade individual, com base nas correlações não-observáveis entre as categorias de resposta das variáveis de interesse, gerando um medida do grau de pertencimento de cada indivíduo a perfis extremos. Alguns autores, contudo, chamam atenção para questões importantes na calibragem dos modelos finais que utilizam o programa GoM versão 3.4, como o problema de identificabilidade – soluções múltiplas para parâmetros estimados. Neste artigo, é sugerido um procedimento capaz de identificar um modelo final com solução única que descreva os tipos puros mais fidedignos à base de dados, em uma tentativa de otimização. Para ilustrar esse processo, utilizou-se uma base de dados correspondente a um levantamento econômico e sociodemográfico de uma população de pequenos agricultores residentes ao longo da Rodovia Transamazônica, no Estado do Pará. Também identificou-se a existência de instabilidade nos parâmetros estimados pelo programa GoM 3.4, sendo proposto um método de estabilização de seus valores. Com esses procedimentos combinados, os usuários do programa GoM 3.4 poderão descrever sua base de dados de forma mais adequada e responder às críticas sobre questões de identificabilidade e estabilidade dos modelos resultantes. Essas soluções empíricas são relevantes por afetarem cálculos de prevalência e de incidência de eventos de interesse, além de trazerem consequências importantes sobre o ponto e o momento corretos para intervenções de políticas públicas ou de planejamento prospectivo em análises de projeção. PMID:21709732

  4. Detecção da fase impulsiva de uma explosão solar gigante até 405 GHz

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Raulin, J.-P.; Makhmutov, V.; Kaufmann, P.; Pacini, A. A.; Luethi, T.; Hudson, H. S.; Gary, D. E.; Yoshimori, M.

    2003-08-01

    A explosão ocorrida no dia 25/08/2001 foi uma das mais intensas do presente ciclo solar em ondas de rádio de altas frequências. Foram medidas em ondas milimétricas e submilimétricas, aproximadamente, 105 e vários milhares de unidades de fluxo solar, respectivamente. Apresentamos um estudo deste evento em múltiplas frequências, desde microondas (1GHz), até ondas submilimétricas (405 GHz) detectadas pelo Telescópio Solar para ondas Submilimétricas (SST). Esta base de dados foi complementada utilizando-se o experimento Yohkoh, incluindo a emissão em raios-X duros e raios-g (até 100 MeV), e imagens em raios-X moles da região ativa envolvida. Enfocamos e discutimos principalmente os seguintes aspectos da fase impulsiva do evento: (i) as implicações deduzidas do espectro eletromagnético, obtido pela primeira vez até 405 GHz; (ii) a dinâmica da região ativa. Os resultados mostram que para explicar o espectro rádio observado, são necessários entre 3.5×1037 e 1.5×1039 elétrons acelerados acima de 20 keV em uma região de campo magnético entre 300 e 800 Gauss. A estimativa do fluxo de fótons que seria produzido por estes elétrons, mostra que grande parte deles não precipitou na baixa atmosfera. A evolução temporal da emissão em raios-X moles revela que a configuração magnética da região ativa foi muito dinâmica durante a fase impulsiva da explosão. Em particular, mostramos que a produção dos elétrons altamente energéticos foi iniciada junto com a aparição, na baixa coroa solar, de um novo sistema compacto de estruturas magnéticas. Este fato sugere que os locais de aceleração estão localizados na baixa atmosfera do Sol, como resultado da interação entre o novo sistema compacto e o campo magnético ambiente da região ativa.

  5. Projeto educação em ciências com observatórios virtuais: a participação da Escola Moppe no período 2000-2003

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Wuensche, C. A.; Gavioli, E.; Oliveira, A. L. P. R. S.; da Silva, C.; Cardoso, H. P.; Estácio, S.

    2003-08-01

    O projeto Educação em Ciências com Observatórios Virtuais foi concebido pelo Instituto Astronômico e Geofísico da USP, agregando diversas instituições de ensino e pesquisa no país para desenvolver competências diversas na educação fundamental, média e superior utilizando a astronomia como ferramenta multidisciplinar. Este trabalho descreve a participação da MOPPE, escola-piloto do INPE no projeto, no período de 2000-2003. Serão apresentadas 1) a criação de um clube de ciências (1999 a 2001) cujo tema foi a colonização de Marte e 2) a ementa de astronomia trabalhada com as 7a. e 8a. séries do ensino fundamental. A proposta do projeto Colonizando Marte foi estudar diversos aspectos de uma missão interplanetária e construir experiementos que permitissem quantificar esses aspectos. Os resultados obtidos incluiram apresentações nas SBPC Jovem em 2000 e 2001. Discutiremos também as ementas de astronomia trabalhadas desde 2001 e o envolvimento dos alunos com atividades ligadas a astronomia, fora da aula de ciências. A inclusão de astronomia no currículo das últimas séries motivou a participação de mais alunos culminando com a conquista de duas medalhas para alunos da 7a. série na Olimpiada Brasileira de Astronomia em 2002. Houve também um aumento no número de participantes na OBA 2003 e nos projetos de astronomia mais elaborados nas Feira de Ciências de 2001 e 2002. Destacamos em 2003 a inclusão da MOPPE no projeto TIE - Telescopes in Education - da NASA, que utiliza o telescópio do Observatório de Mount Wilson (EUA) para observações remotas em projetos pedagógicos para o ensino de astronomia.

  6. Estudo exaustivo e sistemático de erros nas provas da olimpíada brasileira de astronomia - resultados preliminares

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Oliveira, F. S.; Canalle, J. B. G.; Villas da Rocha, J. F.

    2003-08-01

    A Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) contou, em sua quinta edição, com a participação de mais de 60 mil alunos dos ensinos fundamental e médio de praticamente todo o território nacional. Uma das formas de controle que a sua coordenação nacional possui sobre a correção, levada a cabo pelos professores que as aplicaram, é a do envio, por parte destes professores, das 10 melhores provas de cada um dos três níveis nos quais a Olimpíada é realizada. Assim, e dado ao caráter discursivo das provas da Olimpíada, a sua coordenação nacional dispõe de um vasto acervo sobre as concepções, certas ou erradas, dos alunos que dela participaram. Este conjunto de dados jamais fora explorado até o presente trabalho que pretende ser, neste sentido, inaugural. Nas provas dos níveis I e II da V OBA, que abrangem todo o conjunto do ensino fundamental, uma das questões versava sobre a noção que os alunos tinham sobre como os habitantes da Terra situam-se sobre sua superfície. Fizemos um estudo sistemático das respostas a esta questão. Primeiramente, todas as modalidades de erros foram levantadas; em seguida, realizamos uma distribuição por idade tanto do índice de acerto como da ocorrência e da distribuição de cada erro. Como resultado, obtivemos que, em ambos os níveis: 1) as concepções errôneas não se apresentam distribuídas aleatoriamente; 2) há uma concentração no tipo de erro apresentado; 3) há uma tendência de progressivo acerto com relação à idade quando os dados são considerados em termos nacionais; 4) esta tendência nacional é fraca ou mesmo não é verificada em alguns dos estados com maior patamar de acerto.

  7. Estimativa de imagens solares soho através de redes neurais artificiais

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Andrade, M. C.; Fernandes, F. C. R.; Cecatto, J. R.; Rios Neto, A.; Rosa, R. R.; Sawant, H. S.

    2003-08-01

    A Rede Neural Artificial (RNA), no âmbito da teoria computacional, constitui uma teoria emergente que, por possuir habilidade em aprender a partir de dados de entrada, encontra diferentes aplicações em diferentes áreas. Um exemplo é a utilização de RNA na caracterização de padrões associados à dinâmica de processos espaço-temporais relacionados a fenômenos físicos não-lineares. Para obter informações sobre o comportamento destes fenômenos físicos utiliza-se, em diversos casos, seqüências de imagens digitalizadas, onde a caracterização de alguns fenômenos espaço-temporais é o procedimento mais viável para descrever a dinâmica das regiões ativas do Sol. Com base em imagens observadas por telescópios a bordo de satélites, estudos de previsão de eventos solares podem ser programados, permitindo prever possíveis efeitos posteriores nas regiões mais próximas da Terra (tempestades geomagnéticas e irregularidades ionosféricas). Neste trabalho avaliamos o desempenho da RNA para estimar padrões espaço-temporais, ou seja, imagens solares em ultravioleta, obtidas através do telescópio a bordo do satélite SOHO. Os resultados mostraram que as RNA conseguem generalizar os padrões de maneira satisfatória sem perder de forma significativa os principais aspectos da configuração global da atmosfera solar, comprovando a eficácia da RNA como ferramenta para esse tipo de aplicação. Portanto, este trabalho comprova a viabilidade de uso desta ferramenta em projetos voltados ao estudo do comportamento solar, em trabalhos do grupo de Física do Meio Interplanetário (FMI) na DAS e em programas desenvolvidos pelo Núcleo de Simulação e Análise de Sistemas Complexos (NUSASC) do Laboratório Associado de Computação e Matemática Aplicada (LAC) do INPE.

  8. Ensino de gravitação clássica no nível médio: uma proposta de abordagem e resultados preliminares

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Medeiros, G. C. M.; Jafelice, L. C.

    2003-08-01

    O ensino de gravitação clássica é comumente realizado de maneira formal e descontextualizado da experiência com a força-peso e da história do tema. Fustigados por anos de experiência de ensino no assunto, nem sempre com bons resultados, propomos uma abordagem ancorada nos eixos: a) contextualização histórica; e b) reconhecimento do peso como a força de atração gravitacional. O primeiro eixo integra o tema no desenvolvimento cultural do ser humano, praticando a interdisciplinaridade. O segundo eixo embasa construtivamente a abordagem, levando o aluno a realizar experiências e a vivenciar o reconhecimento de uma força universal. A abordagem foi construída através das etapas: 1) análise crítica do tema em livros didáticos; 2) elaboração de um curso para professores das várias disciplinas do ensino médio, identificando conexões para a prática da interdisciplinaridade; 3) elaboração de material didático; e 4) avaliação da eficácia da abordagem. No trabalho discutimos em detalhe as quatro etapas. Como resultados, adiantamos que: tabulamos a abordagem de gravitação nos livros didáticos, ainda muito tradicional e carecedora de atividades criativas que poderiam melhor explorar esse assunto; mapeamos, junto aos professores, padrões de conceitos espontâneos e erros associados ao tema; e, no curso, adaptamos e testamos a eficiência de materiais instrucionais existentes e criamos outros novos (e.g., para trabalhar excentricidades das órbitas planetárias), além disto elaboramos roteiros e figuras para tratamentos qualitativo e quantitativo da lei da gravitação universal. As avaliações feitas pelos professores foram muito animadoras. O espaço da presente reunião será aproveitado para socializar a proposta e os resultados obtidos e para submeter o projeto à análise crítica. (PPGECNM/UFRN; PRONEX/FINEP; NUPA/USP; Temáticos/FAPESP)

  9. Cosmoeducação: uma proposta para o ensino de astronomia

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Medeiros, L. A. L.; Jafelice, L. C.

    2003-08-01

    Entende-se por cosmoeducação o desenvolvimento vivencial da unidade homem-cosmo. Este conceito é norteado pela psicologia transpessoal, que estuda o ser humano em sua totalidade, onde suas relações ecológicas e cósmicas são de grande importância. Constata-se uma necessidade latente no ser humano moderno em resgatar uma relação holística com o Universo. Neste trabalho exploramos meios de cultivar a consciência de que o ser humano constitui parte integrante do cosmo e se relaciona com este com o objetivo de promover em si uma percepção ambiental mais ampla. Nossa hipótese de trabalho inicial foi que o ensino de conteúdos básicos em astronomia realizado através de uma abordagem holística, que incorpore práticas vivenciais correlacionadas àqueles conteúdos, pode despertar no indivíduo sua identidade cósmica. O método que utilizamos é o fenomenológico e o universo desta pesquisa é um grupo de estudantes da disciplina de Astronomia (Curso de Licenciatura em Geografia/UFRN), onde realizamos observação participante, entrevistas, depoimentos e as práticas vivenciais mencionadas. Neste caso estamos desenvolvendo e adaptando exercícios de algumas técnicas terapêuticas de psicologia transpessoal, que um de nós (LALM) tem aplicado no contexto clínico, para trabalhar aspectos cognitivos envolvidos naquele processo de conscientização cósmica. Resultados parciais claramente referendam a hipótese inicial. Um resultado a destacar é fruto de uma dinâmica de representação corporal interiorizada do eclipse lunar, envolvendo um pequeno grupo daqueles estudantes, na qual conteúdos míticos afloraram de maneira espontânea e contundente para todos, sugerindo ressonância, ou pelo menos isomorfismo, entre o macro e o microcosmo. Este e outros resultados são discutidos em detalhe neste trabalho. (PPGECNM/UFRN; PRONEX/FINEP; NUPA/USP; Temáticos/FAPESP).

  10. A teoria da percolação aplicada às galáxias aneladas peculiares

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Poppe, P. C. R.; Martin, V. A. F.; de Medeiros, N. G. F.; Faúndez-Abans, M.; Oliveira-Abans, M.

    2003-08-01

    Formulado no final da década de 50, o modelo de percolação concentra-se em descrever o meio poroso, que será visto neste trabalho como uma rede de canais aleatórios, por onde escoa um fluido determinístico. Se o número de canais for suficientemente grande, então eles estarão ligados e o meio se tornará permeável à passagem do fluido. Neste caso, dizemos que houve a percolação do fluido. Reformulando o modelo acima, podemos escrever um código particularmente adaptado para simulações em Galáxias, onde iremos supor que os canais formam um reticulado, e que cada sítio da rede representa um poro que será interpretado como uma região ativa de formação estelar. Para cada elo teremos um pequeno canal ligando dois sítios vizinhos, que poderá, após um tempo "t", induzir ou não a formação de uma região ativa no poro vizinho. Para simular a passagem desta região ativa através dos poros, diremos que um elo está aberto com probabilidade p e fechado com probabilidade 1-p. Dessa forma, passamos a imaginar configurações de elos abertos e fechados, onde cada configuração ocorre com uma certa probabilidade, dada por p|A|(1-p)|F|, onde |A| é o número de elos abertos e |F| o número de elos fechados da configuração. A expressão anterior só tem importância física se |A| e |F| forem ambos finitos, pois, caso contrário, a probabilidade de ocorrência de uma dada configuração será sempre nula. Neste trabalho, foram considerados dados cinemáticos publicados na literatura bem como aqueles obtidos pelos autores a partir de observações fotométricas realizadas no Observatório de Las Campanãs, em 1994, para a Galáxia Anelada Peculiar HRG 03401. Mostraremos que para certos valores de p, situados entre 0,5 e 0,6, os clusters assim formados irão simular, de maneira coerente, o referido objeto.

  11. Cometa Hyakutake (C/1996 B2): análise do gás e características físicas das partículas de poeira

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Sanzovo, G. C.; de Almeida, A. A.; Boczko, R.

    2003-08-01

    A completa caracterização e compreensão do núcleo de um cometa novo é de fundamental importância para a elucidação dos processos físicos e químicos atuantes na época da formação do Sistema Solar. O Cometa Hyakutake, conjuntamente com o Cometa Hale-Bopp representam os objetos mais brilhantes que visitaram o Sistema Solar Interno nos últimos 20 anos. Neste Trabalho, nós aplicamos o Método Semi-Empírico das Magnitudes Visuais (MSEMV) à aproximadamente 4000 dados observacionais que correlacionam a magnitude visual absoluta com a distância heliocêntrica para o Cometa Hyakutake nas fases pré- e pós-periélicas. Como produto da aplicação desse método, conseguimos caracterizar dimensionalmente seu núcleo e área ativa efetiva. As taxas de produção dos radicais CN, C2 e C3, obtidos a partir de dados disponíveis na literatura, revelam que, além de muito brilhante, o Hyakutake é um cometa "normal" no sentido de Cochran (1986). Desse modo, deduzimos as taxas de perdas de água (em moléculas/s) a partir da análise de sua magnitude visual aparente, e as convertemos em taxas de perdas de gás (em g/s), despreendido pelo nucleo cometário. Com o auxílio do modelo fotométrico clássico da poeira, realizamos uma análise sistemática e uniforme dessa componente cometária, a partir dos fluxos observacionais no contínuo, para os comprimentos de onda 365,0 e 484,5 nm, assumindo que esses fluxos são o resultado da radiação solar espalhada por grãos de partículas micrométricos presentes na coma. Com isso, pudemos obter as taxas de produção (em g/s), cores (relativas à cor neutra solar), e as dimensões efetivas médias das partículas de poeira, bem como as razões poeira-gás.

  12. Simulação de ejeções de massa coronal

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Corsini, M. A.; Silva, A. V. R.

    2003-08-01

    Ejeções de massa coronal (EMC) são bolhas gigantes de gás permeadas por campos magnéticos que são ejetadas do Sol durante um período de várias horas. Caso estas ejeções atinjam a Terra, geralmente, causam uma série de distúrbios às comunicações de longa distância e navegação, além de danos a satélites e transformadores. Portanto, é desejável que sejamos capazes de prever quando estas ejeções atingirão a Terra. Para tanto, é necessário um bom entendimento dos mecanismos causadores das ejeções e, principalmente, de como se dá a propagação das EMC e sua interação com o vento solar que permeia o meio interplanetário. Nesse sentido foi desenvolvido um programa computacional para resolver as equações MHD (Magneto-Hidro-Dinâmica) que regem a evolução das EMC. Primeiramente foram estabelecidas as condições necessárias para descrever o vento solar, no estado estacionário, que permeia todo o meio interplanetário. Num primeiro momento, resolveu-se o sistema de equações para o caso do vento isotérmico, conhecida como a solução de Parker, a fim de testarmos o modelo. Então, foi considerado o caso do vento solar com temperatura variável no meio interplanetário. Este resultado foi utilizado como a base de nosso sistema em seu instante inicial. Posteriormente foram feitas as considerações necessárias para descrever a propagação da Ejeção de Massa Coronal. As EMC foram simuladas como um aumento de densidade e temperatura local na coroa solar. A órbita e a posição da Terra foram incluídas no sistema. Os dados gerados possibilitaram uma análise da evolução da EMC pelo meio interplanetário até encontrar-se com a Terra. Os perfis de densidade e temperatura a 1 Unidade Astronômica são comparados com os dados de satélites reportados na literatura.

  13. Observação do abrilhantamento de limbo solar e de estruturas filamentares em 48 ghz utilizando a técnica de regularização adaptativa

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Machado, W. R. S.; Mascarenhas, N.; Costa, J. E. R.; Silva, A. V. R.

    2003-08-01

    O radiotelescópio do Itapetinga tem sido utilizado em campanhas de observações de explosões solares gerando um grande número de mapas diários em 48 GHz como sub-produto destas observações. A resolução espacial do telescópio de 14m do Itapetinga nesta freqüência é de aproximadamente dois minutos de arco. Estruturas de interesse para análise da atmosfera solar quiescente tais como os filamentos e o anel de abrilhantamento do limbo são de dimensão angular moderada da ordem ou ligeiramente menores que a resolução do telescópio. É conhecido que a convolução da função de espalhamento do telescópio, PSF (padrão de ganho do feixe) borra as estruturas de dimensão angular abaixo do HPBW (largura a meia potência do feixe) e portanto é comum a busca por técnicas de restauração que eliminem pelo menos em parte este borramento. Estudamos a restauração destas radioimagens usando a técnica de regularização adaptativa e os resultados ressaltam estas estruturas espaciais de pequeno contraste. O algoritmo da regularização adaptativa faz uso de k imagens, chamadas protótipos, obtidas através da variação de parâmetros de um filtro de regularização. Para controle da qualidade da restauração utilizamos uma imagem de alta resolução espacial obtida na linha H-a e a PSF do Itapetinga para borrá-la. Pequenos desvios, entre a PSF utilizada para o borramento e a PSF utilizada na restauração, produziram alguns desvios notáveis na imagem restaurada porém a adição de ruído nas simulações de restauração foram mais influentes no cálculo da rugosidade da imagem e portanto mais limitante para a restauração. Apresentamos como nosso primeiro resultado uma imagem em 48 GHz com a presença clara do abrilhantamento de limbo que não estava evidente na imagem original e traços de estruturas filamentares, porém ainda sem grande evidência.

  14. Astronomy in Science Textbooks: An Analysis of Pnld 2008. (Spanish Title: Astronomía en los Libros de Ciencia: un Análisis del Pnld 2008.) Astronomia Nos Livros Didáticos de Ciências: Uma Análise do Pnld 2008

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Amaral, Patrícia; Quintanilha Vaz de Oliveira, Carlos Eduardo

    2011-12-01

    The importance of the textbooks in classrooms is revealed when studies are pointing that these pedagogical sources are, most of the times, the only source used by the elementary school teachers when preparing their Science lessons. When we analyzed the Astronomy contents in the textbooks approved by the Brazilian Textbook Program 2008 and which, in theory, are the best available in the Brazilian editorial market, we examined some categories in the 2008 Textbook Guide. This research characterizes the frequency of Astronomical contents appearing in the texts, in the pictures, and in the hands-on activities. Additionally, it describes some misconceptions and presents additional information on the collections. La importancia de los libros de texto en las aulas se pone de manifiesto cuando los estudios indican que este recurso educativo es a menudo la única fuente de consulta utilizada por el profesor de ciencias de la escuela primaria para preparar sus lecciones. Cuando analizamos el contenido presente en los libros de texto de astronomía aprobados por el Programa Nacional de Libros de Texto de 2008 y que, en teoría, son los mejores libros disponibles en el mercado editorial brasileño, buscamos examinar algunas categorías que figuran en los libros de texto de la Guía de Libros Didácticos de 2008. El estudio caracteriza la frecuencia del contenido de Astronomía en el texto, en las figuras, y en las actividades de experimentación. También describe algunos errores conceptuales y presenta un conjunto de información adicional sobre las colecciones. A importância dos livros didáticos nas salas de aula revela-se quando estudos apontam que este recurso pedagógico é, muitas vezes, a única fonte de consulta utilizada pelo professor de Ciências do ensino fundamental para a preparação de suas aulas. Quando analisamos os conteúdos de Astronomia presentes nos livros didáticos aprovados no Programa Nacional do Livro Didático de 2008 e que, teoricamente, são os

  15. A cosmologia no ensino da geografia

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Santos, S. C.; Chiaradia, A. P. M.

    2003-08-01

    O principal objetivo deste trabalho é auxiliar o professor de Geografia em sala de aula no ensino de tópicos relacionados com a Cosmologia. A idéia deste trabalho surgiu quando foi constatado que o professor de Geografia tem dificuldades de ensinar este tópico. Esta constatação foi feita por uma das autoras ao lecionar este tópico no ensino fundamental e em discussões com outros professores de Geografia. Da mesma maneira que ocorria desde os tempos mais antigos, os alunos têm muito interesse em conhecer os fenômenos que ocorrem no Cosmo, porém os livros didáticos de Geografia utilizados em sala de aula não são ricos em informações sobre este assunto. Assim, o professor de Geografia tem poucas informações para discutir este assunto em sala de aula e não dá a devida importância para este tópico. Então, foi desenvolvido um material de apoio para professores de Geografia sobre a origem do Universo, sua evolução e seu possível futuro evolutivo segundo as mais recentes teorias, com base em perguntas feitas pelos alunos de ensino fundamental e as informações trazidas nos livros didáticos Não cabe a este material inovar e tão pouco trazer uma metodologia de ensino de Cosmologia. Neste material o professor de Geografia pode encontrará um banco de informações, que constitui no estabelecimento de conceitos, teorias e hipóteses, sobre a Cosmologia, em linguagem simples e de fácil entendimento. Para desenvolvê-lo, foram feitas pesquisas não exaustivas em livros e revistas científicas, compilação e discussão em forma cronológica das teorias aceitas sobre modelos cosmológicos. Portanto, este material será apresentado neste trabalho.

  16. Ensino de astronomia no 1o. e 2o. ciclos do nível fundamental e na educação de jovens e adultos: exemplos e discussões

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Queiroz, A. S. B.; Jafelice, L. C.

    2003-08-01

    Tem-se constatado uma preocupante carência no ensino de astronomia nos diversos níveis de escolaridade. Neste trabalho discutimos várias práticas didático-pedagógicas que vimos desenvolvendo para crianças, jovens e adultos em processo de alfabetização, visando contribuir para reparar aquela carência. Propomos uma metodologia que incorpora as recentes exigências das políticas públicas educacionais, estimula o desenvolvimento de textos e materiais instrucionais, é compatível com a realidade desse público e é adaptável às respectivas faixas etárias. A observação do céu sempre esteve presente na vida de nossos antepassados, dando suporte à compreensão do ser humano como integrante da natureza. Visamos com este trabalho suprir a deficiência encontrada para se tratar a relação do ser humano com o céu, no ambiente escolar. Os resultados são animadores e envolvem práticas e textos que desenvolvemos e atividades realizadas pelos alunos. No primeiro grupo destacamos o desenvolvimento de várias práticas: "viagem aos planetas" (construímos o "foguete", os planetas em escala, contamos história e redigimos texto de orientação para os professores); "gnômon humano" (os próprios corpos dos alunos são usados para registrar o movimento aparente do Sol); "crateras da Lua" (concretização de "meteoritos" e "solo lunar" de gesso e exploração da relação entre energia cinética do bólido e tamanho da cratera formada); etc. No segundo grupo, produções de desenhos e redações e discussões dos alunos após a realização de cada prática, revelam que estas têm se mostrado muito eficientes, tanto para estimular a imaginação e a fantasia dos envolvidos, como para trabalhar-se habilidades, competências e conteúdos relacionados à astronomia, segundo uma perspectiva interdisciplinar contextualizada. (PPGECNM/UFRN; NUPA/USP; Temáticos/FAPESP)

  17. Intermitência alfvênica gerada por caos na atmosfera solar e no vento solar

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rempel, E. L.; Chian, A. C.-L.; Macau, E. E. N.; Rosa, R. R.

    2003-08-01

    Dados medidos no vento solar rápido proveniente dos buracos coronais revelam que os plasmas no meio interplanetário são dominados por flutuações Alfvênicas, caracterizadas por uma alta correlação entre as variações do campo magnético e da velocidade do plasma. As flutuações exibem muitas características esperadas em turbulência magneto-hidrodinâmica totalmente desenvolvida, tais como intermitência e espectros contínuos. Contudo, os mecanismos responsáveis pela evolução de turbulência Alfvênica intermitente não são completamente compreendidos. Neste trabalho a teoria de caos é usada para explicar como sistemas Alfvênicos, modelados pela equação Schrödinger não-linear derivativa e pela equação Kuramoto-Sivashinsky, podem se tornar fortemente caóticos à medida em que parâmetros do plasma são variados. Pequenas perturbações no parâmetro de dissipação podem fazer com que o sistema mude bruscamente de um regime periódico, ou fracamente caótico, para um regime fortemente caótico. As séries temporais das flutuações do campo magnético nos regimes fortemente caóticos exibem comportamento intermitente, em que fases laminares ou fracamente caóticas são interrompidas por fortes estouros caóticos. É mostrado que o regime fortemente caótico é atingido quando as soluções periódicas ou fracamente caóticas globalmente estáveis interagem com soluções do sistema que são fortemente caóticas, mas globalmente instáveis. Estas soluções globalmente instáveis são conjuntos caóticos não-atrativos conhecidos como selas caóticas, e são responsáveis pelos fortes estouros nos regimes intermitentes. Selas caóticas têm sido detectadas experimentalmente em uma grande variedade de sistemas, sendo provável que elas desempenhem um papel importante na turbulência intermitente observada em plasmas espaciais.

  18. BSSDATA - um programa otimizado para filtragem de dados em radioastronomia solar

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Martinon, A. R. F.; Sawant, H. S.; Fernandes, F. C. R.; Stephany, S.; Preto, A. J.; Dobrowolski, K. M.

    2003-08-01

    A partir de 1998, entrou em operação regular no INPE, em São José dos Campos, o Brazilian Solar Spectroscope (BSS). O BSS é dedicado às observações de explosões solares decimétricas com alta resolução temporal e espectral, com a principal finalidade de investigar fenômenos associados com a liberação de energia dos "flares" solares. Entre os anos de 1999 e 2002, foram catalogadas, aproximadamente 340 explosões solares classificadas em 8 tipos distintos, de acordo com suas características morfológicas. Na análise detalhada de cada tipo, ou grupo, de explosões solares deve-se considerar a variação do fluxo do sol calmo ("background"), em função da freqüência e a variação temporal, além da complexidade das explosões e estruturas finas registradas superpostas ao fundo variável. Com o intuito de realizar tal análise foi desenvolvido o programa BSSData. Este programa, desenvolvido em linguagem C++, é constituído de várias ferramentas que auxiliam no tratamento e análise dos dados registrados pelo BSS. Neste trabalho iremos abordar as ferramentas referentes à filtragem do ruído de fundo. As rotinas do BSSData para filtragem de ruído foram testadas nos diversos grupos de explosões solares ("dots", "fibra", "lace", "patch", "spikes", "tipo III" e "zebra") alcançando um bom resultado na diminuição do ruído de fundo e obtendo, em conseqüência, dados onde o sinal torna-se mais homogêneo ressaltando as áreas onde existem explosões solares e tornando mais precisas as determinações dos parâmetros observacionais de cada explosão. Estes resultados serão apresentados e discutidos.

  19. Análise sobre o Conhecimento de um Grupo de Alunos do Ensino Médio da Rede Estadual de São Paulo sobre Termos e Fenômenos Astronômicos do Cotidiano

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    de Oliveira, E. F.; Voelzke, M. R.; Amaral, L. H.

    2007-08-01

    Embora os Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio (PCN-EM) e as orientações complementares a esses Parâmetros (PCN+) apontem a importância de uma abordagem significativa de conceitos relacionados à astronomia nas aulas de Física, muitos estudantes terminam o Ensino Médio (EM) sem compreender a razão de certos acontecimentos de origem celeste, ainda que estes façam parte de seu cotidiano. Este trabalho tem por objetivo analisar os conhecimentos básicos em astronomia dos alunos de EM da escola estadual Batista Renzi, bem como investigar os meios através dos quais estes conhecimentos foram adquiridos. Para tanto foi elaborado um questionário de múltipla escolha aplicado a 310 alunos distribuídos entre as três séries do EM dos períodos matutino e noturno. Dessa forma, observou-se que apenas 34,5% relacionaram as estações do ano à inclinação do eixo de rotação da Terra, 21,3% indicaram a influência gravitacional da Lua e do Sol como responsáveis pelo fenômeno das marés, 24,5% indicaram corretamente quais são os objetos celestes mais próximos da Terra, 36,1% identificaram ano-luz como uma medida de distância e 34,2% reconheceram uma estrela cadente como meteoro. Em contrapartida, 67,1% compreendiam a sucessão entre dia e noite, 73,9% identificaram o Sol como estrela e 52,3% relacionaram o Big Bang à origem do Universo. Além disso, foram comparadas as respostas de alunos de diferentes séries e períodos, observando-se, dentre outras coisas, que os estudantes do terceiro ano apresentam um percentual de acertos semelhante ao dos alunos do primeiro, caracterizando que a abordagem de tópicos relacionados à astronomia no EM não tem contribuído para uma maior compreensão dos fenômenos e conceitos.

  20. Astronomia cultural e meio ambiente segundo uma abordagem holística

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Jafelice, L. C.

    2003-08-01

    Neste trabalho ampliamos a discussão da abordagem holística para o ensino de astronomia que temos desenvolvido nos últimos anos, analisamos novos resultados e apresentamos exemplos práticos para interessados em experimentá-la. A constatação básica a orientar este enfoque é que cursos introdutórios em astronomia costumam ser excessiva e prematuramente técnicos, além de assumirem uma visão tradicional, muito estreita, do que seja educação científica, herdada da era cartesiana e positivista da ciência. Fundamentamos porque é importante que elementos de astronomia cultural ofereçam o mote e constituam o eixo norteador daqueles cursos e porque é urgente revermos a visão que temos da relação entre astronomia e meio ambiente. Um ponto central nesta abordagem é explorar formas de reativar e atualizar uma relação orgânica com o meio e excitar a consciência de nossa inevitável e profunda interdependência com ele em nível cósmico. Neste trabalho exemplificamos a possibilidade de concretização desta proposta em três diferentes situações: disciplinas de cursos de licenciatura em geografia e em física; escolas de nível fundamental; e, neste caso ainda a ser implementada, comunidades carentes. Estes casos envolvem públicos e espaços diferenciados para educação formal e não-formal. Dos casos já implementados, destacamos os resultados alcançados pelos alunos: enriquecimento cultural, aprendizagem significativa de conteúdos astronômicos tradicionais; mudanças de comportamento, incorporando contato diário com o céu; e freqüentes vivências de sentimentos empáticos que redirecionam a relação com a natureza e a consciência ecológica global. Além disto, para interessados em aplicar esta proposta, também socializamos procedimentos e cuidados para a implementação de ações alternativas consonantes com a mesma. (PPGECNM/UFRN; PRONEX/FINEP; NUPA/USP; Temáticos/FAPESP)

  1. Otimização de procedimento de manobra para indução de reentrada de um satélite retornável

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Schulz, W.; Suarez, M.

    2003-08-01

    Veículos espaciais que retornam à Terra passam por regimes de velocidade e condições de vôo distintos. Estas diferenças dificultam sua concepção aerodinâmica e o planejamento de seu retorno. A partir de uma proposta de um veículo orbital retornável (satélite SARA, em desenvolvimento no IAE/CTA) para realização de experimentos científicos e tecnológicos em ambiente de baixa gravidade, surge a necessidade de realizarem-se estudos considerando-se os aspectos relativos à sua aerodinâmica. Após o lançamento, o veículo deve permanecer em órbita pelo tempo necessário para a condução de experimentos, sendo depois direcionado à Terra e recuperado em solo. A concepção aerodinâmica é de importância para o vôo em suas diversas fases e deve considerar aspectos relativos à estabilização Aerodinâmica e ao arrasto atmosférico, sendo este último de importância crucial na análise do aquecimento a ser enfrentado. A manobra de retorno inclui considerações sobre as condições atmosféricas e dinâmica de reentrada, devendo ser calculada de forma mais precisa possível. O trabalho proposto avalia estudos da dinâmica de vôo de um satélite recuperável considerando aspectos relativos à determinação orbital com GPS, técnica utilizada com sucesso na CONAE, e seu comportamento aerodinâmico em vôo balístico de retorno, com ênfase em sua fase de reentrada atmosférica. Busca-se otimizar a manobra de reentrada de tal forma que a utilização do sistema GPS garanta minimizar a área de impacto com o solo.

  2. Estudo de não gaussianidade nas anisotropias da RCF medidas Wmap

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Andrade, A. P. A.; Wuensche, C. A.; Ribeiro, A. L. B.

    2003-08-01

    A investigação do campo de flutuações da Radiação Cósmica de Fundo (RCF) pode oferecer um importante teste para os modelos cosmológicos que descrevem a origem e a evolução das flutuações primordiais. De um lado, apresenta-se o modelo inflacionário que prevê um espectro de flutuações adiabáticas distribuídas segundo uma gaussiana e, de outro, os modelos de defeitos topológicos (dentre outros) que descrevem um mecanismo para a geração de flutuações de isocurvatura que obedecem a uma distribuição não gaussiana. Este trabalho tem como objetivo caracterizar traços do modelo não gaussiano de campo misto (entre flutuações adiabáticas e de isocurvatura) nos mapas do Wilkinson Microwave Anisotropy Probe (WMAP). Simulações das anisotropias da RCF no contexto de mistura indicam traços marcantes na distribuição das flutuações de temperatura, mesmo quando consideradas pequenas contribuições do campo de isocurvatura (da ordem de 0.001). O efeito da mistura entre os campos resulta na transferência de potência de flutuações em escalas angulares intermediárias para flutuações em pequenas escalas angulares. Este efeito pode ser caracterizado pela relação entre as amplitudes dos primeiros picos acústicos no espectro de potência da RCF. Neste trabalho, investigamos a contribuição do campo de isocurvatura, no contexto de mistura, sobre as observações recentes da RCF realizadas pelo WMAP. As previsões do modelo de campo misto, uma vez confrontadas com as observações em pequenas escalas angulares, podem ajudar a revelar a natureza das flutuações primordiais.

  3. Espectroscopia infravermelha de núcleos ativos de galáxias: resultados adicionais

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rodríguez Ardila, A.; Viegas, S.; Pastoria, M. G.

    2003-08-01

    Apresentamos resultados parciais de um levantamento espectroscópico na região do infravermelho próximo (NIR) realizado em 30 núcleos ativos de galáxias (AGN), incluindo vários objetos selecionados do catálogo PG com z de até 0.55. O objetivo é estudar a natureza do contínuo observado e as condições físicas do gas emissor. Todas as fontes de tipo 1 apresentam uma mudança na inclinação do contínuo na região de 1.2mm, associada ao término da contribuição do contínuo emitido pelo AGN e ao início da contribuição do contínuo emitido pela poeira quente atribuída ao tórus que rodeia a fonte central. O índice espectral associado à segunda contribuição varia apreciavelmente de objeto para objeto. Este resultado é comparado com distribuições espectrais de energia preditas por modelos de toroides para testar a validez do modelo unificado. A partir das linhas de FeII observado nos espectros deriva-se, pela primeira vez nessa região espectral, um template empírico de FeII para estudar a intensidade e a origem dessa emissão. A intensidade do FeII é estudada em conjunto com aquela da região visível e comparada às predições de modelos teóricos que incluem fluorescência de Lya, excitação colisional e auto-fluorescência como mecanismos dominantes de exitação. Encontra-se que os dois primeiros processos dominam na formação do espectro de FeII observado. Indicadores de avermelhamento, entre eles Brg/Pab, Pab/Pag, Pab/Pad e [FeII] 1.257/1.644 mm são utilizados para mapear a distribuição de poeira nas regiões emissoras de linhas. Encontra-se valores de extinção Av~3 associados ao último indicador e valores significativamente menores (Av~1.5) para os restantes, o que sugere que o [FeII] se forma em uma região separada da maior parte do gás emissor de linhas estreitas.

  4. Abundâncias químicas de estrelas T Tauri fracas

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rojas, G. A.; Gregorio-Hetem, J.

    2003-08-01

    Apresentamos resultados do estudo de 44 estrelas pré-seqüência principal, para as quais buscamos realizar uma classificação espectroscópica e determinar parâmetros estelares e abundâncias químicas. A amostra foi escolhida da seguinte maneira : 21 objetos selecionados a partir de catálogos de objetos jovens, como o Pico dos Dias Survey e o Herbig Bell Catalogue, e 23 objetos selecionados a partir de contrapartidas ópticas de fontes de raios X detectadas pelo satélite ROSAT. Dentre 24 objetos previamente classificados como estrelas T Tauri Fracas, apenas 7 revelaram ser realmente pertencentes à essa classe, sendo os demais objetos T Tauri Clássicas ou estrelas evoluídas da pré-seqüência principal. Esse resultado demonstra que o critério mais utilizado para distinguir as T Tauri Clássicas das T Tauri Fracas, baseado na largura equivelente da emissão Ha, não é suficiente para determinar o estágio evolutivo desses objetos. Para o cálculo de parâmetros estelares e abundâncias, foram escolhidas as estrelas que apresentam características ideais para esse tipo de estudo, como ausência de velamento, baixa velocidade de rotação e espectros com razão sinal-ruído adequada. Os parâmetros estelares como temperatura efetiva e gravidade foram determinados através do equilíbrio de excitação e ionização das linhas de Ferro, e as abundâncias químicas foram calculadas utilizando o método de síntese espectral. Serão apresentados os parâmetros estelares e as abundâncias de Lítio para toda a amostra, e abundâncias de vários elementos quimicos para 7 estrelas estudadas em maior detalhe

  5. A Introdução de Astronomia Básica para Estudantes de 5 e 6 Séries do Ensino Fundamental

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Gonzaga, E. P.; Voelzke, M. R.

    2008-09-01

    Com intuito de despertar o interesse pelo estudo da astronomia, desenvolveu-se entre 2003 e 2006 no Centro Educacional do Serviço Social da Indústria situado no município de Mauá, São Paulo, um trabalho com duração de 12 meses para turmas de 11 e 12 anos, sendo três turmas por período (2003 / 2004, 2004 / 2005 e 2005 / 2006). O trabalho realizado, objetivando a introdução da astronomia básica com observações de constelações e das fases da Lua, permitindo estender-se a outros corpos celestes, iniciou-se com visita ao planetário Mundo Estelar, localizado no Ipiranga, São Paulo levantou-se a questão da importância do estudo da astronomia e foi lançado aos estudantes um trabalho de observação, com a proposta de localizar as constelações e compreender as fases da Lua, para o registro de tais observações, foram distribuídos mapas celestes, pastas, planilhas de anotações com lacunas para, constelações, fases da Lua e relatos, onde os estudantes acrescentaram pesquisas e relatórios. Os resultados dos 346 estudantes foram que 86,7% (300) concluíram a etapa de observação, destes 300 estudantes 43,3% (130) pesquisaram sobre as constelações e 19,0% (57) localizaram até quatro constelações. Dos 346 estudantes, 44,2% (153) registraram as fases da Lua equivocadamente e 10,4% (36) anexaram reportagens sobre astronomia. Conclui-se que os estudantes se dividiram em pesquisadores, sendo os estudantes que registraram e anexaram informações e, os observadores que preencheram as planilhas de observações, além de desenvolverem habilidades e competências relacionadas ao estudo da astronomia.

  6. PubMed

    Guedes, Gilvan Ramalho; Caetano, André Junqueira; Machado, Carla Jorge; Brondízio, Eduardo Sonewend

    2010-01-01

    O método Grade of Membership (GoM) tem sido cada vez mais utilizado por demógrafos brasileiros e tem a vantagem de possuir um parâmetro que mensura a heterogeneidade individual, com base nas correlações não-observáveis entre as categorias de resposta das variáveis de interesse, gerando um medida do grau de pertencimento de cada indivíduo a perfis extremos. Alguns autores, contudo, chamam atenção para questões importantes na calibragem dos modelos finais que utilizam o programa GoM versão 3.4, como o problema de identificabilidade - soluções múltiplas para parâmetros estimados. Neste artigo, é sugerido um procedimento capaz de identificar um modelo final com solução única que descreva os tipos puros mais fidedignos à base de dados, em uma tentativa de otimização. Para ilustrar esse processo, utilizou-se uma base de dados correspondente a um levantamento econômico e sociodemográfico de uma população de pequenos agricultores residentes ao longo da Rodovia Transamazônica, no Estado do Pará. Também identificou-se a existência de instabilidade nos parâmetros estimados pelo programa GoM 3.4, sendo proposto um método de estabilização de seus valores. Com esses procedimentos combinados, os usuários do programa GoM 3.4 poderão descrever sua base de dados de forma mais adequada e responder às críticas sobre questões de identificabilidade e estabilidade dos modelos resultantes. Essas soluções empíricas são relevantes por afetarem cálculos de prevalência e de incidência de eventos de interesse, além de trazerem consequências importantes sobre o ponto e o momento corretos para intervenções de políticas públicas ou de planejamento prospectivo em análises de projeção. PMID:21709732

  7. Correlação de longo alcance em sistemas binários de raios-x usando remoção de flutuações

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pereira, M. G.; Moret, M. A.; Zebende, G. F.; Nogueira, E., Jr.

    2003-08-01

    Neste trabalho é proposta uma metodologia de analise de series temporais de fontes astrofísicas, baseada no método proposto por Peng et al. (1994) e Liu et al. (1999), o qual consiste na idéia de que uma série temporal correlacionada pode ser mapeada por um processo de busca de auto-similaridades em diversas escalas de tempo n. Removendo as eventuais tendências e integrando o sinal observado, é obtida uma medida do desvio médio quadrático das flutuações do sinal integrado F(n)~na, onde a representa o fator de escala associado com a auto-similaridade da correlação de longo alcance do sinal. Baseado nos valores obtidos de a, é possível distinguir entre os casos de sinais não-correlacionados, tipo ruído branco (a = 0,5), sinal anti-persistentes (a < 0,5) e sinal persistente (a > 0,5). Usando esta metodologia, foram analisadas 129 curvas de luz de sistemas binários de raios-X, provenientes do banco de dados públicos de observações feitas pelo instrumento All Sky Monitor, a bordo do satélite Rossi X-Ray Timing Explorer (ASM-RXTE). Foram identificadas a presença de a'0,5 em mais de 90% dos sistemas estudados, implicando em dizer que as flutuações de intensidade observadas apresentam correlação de auto-similaridade, sem entretanto, indícios de apresentarem uma escala de tempo característica das flutuações de intensidade. Sistemas onde são observadas erupções (flares), apresentam sistematicamente a > 0,5, característica esta, possivelmente associada com persistência das flutuações de densidade de disco ou taxa de acréscimo de massa. Os sistemas com curvas de luz onde nao são observadas as erupções apresentam uma distribuição normal centrada em a~0,62+/-0,10. Referências ¾ Peng, C.-K., Buldyrev, S.V., Havlin, S., Simons, M., Stanley, H.E., e Goldberg, A.L., Phys. Rev. E, (49), 1685 (1994). ¾ Liu, Y., Gopikrishnan, P., Cizeau, P., Meyer, M., Peng,C.-K., e Stanley, H.E., Phys. Rev. E, (60), 1390 (1999).

  8. Uma análise do fenômeno “alternância de línguas” na fala de bilíngues intermodais (Libras e Português)

    PubMed Central

    de Sousa, Aline Nunes; de Quadros, Ronice Müller

    2013-01-01

    Um interessante fenômeno lingüístico presente nas interações das pessoas bilíngues é a alternância de línguas. Neste trabalho, estamos investigando a alternância entre a língua portuguesa oral e a língua de sinais brasileira – Libras, numa mesma cadeia enunciativa, com o objetivo de identificar e analisar o uso dessa alternância na fala de uma criança e de um adulto (ambos ouvintes, filhos de pais surdos), interagindo em uma situação de bilinguismo intermodal, com interlocutores surdos e ouvintes. A alternância de línguas, nesse caso, ocorre quando se para de falar em português e se alterna para sinalizar. O presente trabalho se caracteriza como um estudo inicial, com análise qualitativa de dados. Fazem parte do nosso corpus nove sessões de interações em Libras e em português oral, gravadas em vídeo, que fazem parte do Projeto Desenvolvimento Bilíngue Bimodal da UFSC. Os dados revelam que as características da alternância de línguas pelo adulto e pela criança parecem ter semelhanças e diferenças. O sujeito adulto parece ter feito um uso da alternância mais preocupado com o curso da interação. A criança, por sua vez, não parece tê-la usado com propósitos pragmáticos específicos. Quanto à extensão das alternâncias, pode-se perceber que tanto a criança quanto o adulto utilizaram enunciados maiores do que uma única palavra isolada. O papel dos interlocutores parece ter sido decisivo nas interações aqui investigadas – especialmente nas do adulto, já que a criança ainda está em processo de tomada de consciência do papel do interlocutor na interação. PMID:24379831

  9. Excitação e fotoabsorção de moléculas interestelares no ultra violeta

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rodrigues, A. M. F.; Boechat-Roberty, H. M.; Souza, G. B.; Turci, C. C.

    2003-08-01

    O estudo dos processos de excitação, fotoabsorção e ionização molecular nas nuvens interestelar, permite a análise dos processos químicos, como a formação e destruição de moléculas, até mesmo daquelas que dão origem à vida. Acredita-se que as moléculas como CS2, NH3, CO2 e N2O estão presentes nas nuvens onde são formadas as estrelas e seus sistemas planetários. Estas moléculas são congeladas na superfície de objetos densos, como aqueles encontrados na Nuvem de Oort do nosso Sistema Solar. Quando esses objetos (cometas) desprendem-se dessa região, aproximam-se do Sol, sofrem a interação da radição Ultra Violeta (UV), passam à fase gasosa e são bombardeados por íons e elétrons presentes nos ventos solares. Obtivemos os espectros de fotoabsorção do CS2, NH3 e N2O na faixa do UV, convertendo espectros de Perda de Energia de Elétrons, medidos no menor ângulo de espalhamento e na energia de impacto de 1000 eV. Destes espectros determinamos os valores de força de oscilador (f) e de seção de choque absolutas na faixa de 500 a 2000 Å. Para tal, estudamos e comparamos dois diferentes métodos de conversão. Neste trabalho também geramos muitos dados moleculares como, valores absolutos de seção de choque elástica em função do ângulo de espalhamento e a distribuição de força do oscilador generalizada (df/dE) em função da energia de excitação para diversos ângulos de espalhamento. Comparando nossos espectros de fotoabsorção com o espectro da atmosfera de Júpiter, obtido pelo Telescópio Espacial Hubble, logo após o impacto do cometa Shoemaker-Levy 9, confirmamos a presença do CS2 e da amônia.

  10. Propriedades de estruturas temporais rápidas submilimétricas durante uma grande explosão solar

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Raulin, J.-P.; Kaufmann, P.; Gimenez de Castro, C. G.; Pacini, A. A.; Makhmutov, V.; Levato, H.; Rovira, M.

    2003-08-01

    Apresentamos novas propriedades de variações rápidas da emissão submilimétrica durante uma das maiores explosões solares do ciclo solar 23. Os dados analisados neste estudo foram obtidos com o Telescópio Solar Submilimétrico (SST), que observa o Sol em 212 GHz e 405 GHz, e comparados com emissões em Raios-X duros e Raios-gama (fótons de energia > 10 MeV), que foram obtidas pelo experimento GRS do Yohkoh. Aplicamos diferentes metodologias para detectar e caracterizar, ao longo do evento, os pulsos submilimétricos (duração de 50-300 ms) detectados acima de uma componente mais lenta (alguns minutos). Os resultados mostram que durante a fase impulsiva, num instante próximo ao tempo do máximo do evento, houve um aumento da ocorrência de maiores e de mais rápidas estruturas temporais. Também identificamos uma boa correlação com as emissões em raios-X e raios-gama (até a faixa de energia 10-100 MeV), indicando que os pulsos rápidos submilimétricos refletiram injeções primárias de energia durante o evento.O espectro do fluxo desses pulsos é crescente com a freqüência entre 212 and 405 GHz, na maioria dos casos, ao contrário do observado para a componente gradual. As posições calculadas para as estruturas rápidas são discretas, compactas e localizadas em toda a área da região ativa, o que é previsto nos modelos de explosões solares decorrentes de instabilidades múltiplas em diferentes pequenas regiões. Por outro lado, a posição calculada para a componente lenta é estável durante a fase impulsiva. Assim, a comparação entre as características do espectro de fluxo e da localização da emissão, para os pulsos rápidos e para a componente gradual, sugere que as respectivas emissões são de natureza diferente.

  11. Determinação da massa de júpiter a partir das órbitas de seus satélites: um experimento didático

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Schlickmann, M. S.; Saito, R. K.; Becker, D. A.; Rezende, M. F., Jr.; Cid Fernandes, R.

    2003-08-01

    Este trabalho apresenta o roteiro piloto de uma prática observacional em astronomia, junto com os primeiros resultados obtidos nesta fase de implementacão. O projeto, que será executado em duas etapas, visa introduzir noções de Astronomia a alunos do Ensino Médio e iniciantes nos cursos de Física. O experimento consiste em medir as órbitas dos satélites Galileanos e, a partir da análise dos dados coletados, verificar a validade da Lei das órbitas de Kepler, determinando a massa do planeta Júpiter. Em uma primeira etapa, as observações serão feitas utilizando um telescópio Meade LX200 10" e câmera CCD para obter uma seqüência de imagens do planeta, que possibilitará medir o movimento de seus satélites. A segunda etapa terá início a partir do funcionamento do telescópio em modo robótico, com a possibilidade de observações via internet por instituições de ensino. Para o desenvolvimento deste experimento foram inicialmente coletadas várias imagens de Júpiter obtidas com os instrumentos citados acima. Estas imagens serviram como base para confecção dos roteiros para a experiência no nível médio e superior. Os roteiros serão inicialmente apresentados em uma home-page. Nela também se buscará uma contextualização histórica da experiência bem como o estabelecimento de relações com professores e alunos, propostas metodológicas e a disponibilização dos programas computacionais necessários para a utilização "on-line" pelos usuários. O projeto conta com apoio da Fundação VITAE.

  12. Astronomia para/com crianças carentes em Limeira

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Bretones, P. S.; Oliveira, V. C.

    2003-08-01

    Em 2001, o Instituto Superior de Ciências Aplicadas (ISCA Faculdades de Limeira) iniciou um projeto pelo qual o Observatório do Morro Azul empreendeu uma parceria com o Centro de Promoção Social Municipal (CEPROSOM), instituição mantida pela Prefeitura Municipal de Limeira para atender crianças e adolescentes carentes. O CEPROSOM contava com dois projetos: Projeto Centro de Convivência Infantil (CCI) e Programa Criança e Adolescente (PCA), que atendiam crianças e adolescentes em Centros Comunitários de diversas áreas da cidade. Esses projetos têm como prioridades estabelecer atividades prazerosas para as crianças no sentido de retirá-las das ruas. Assim sendo, as crianças passaram a ter mais um tipo de atividade - as visitas ao observatório. Este painel descreve as várias fases do projeto, que envolveu: reuniões de planejamento, curso de Astronomia para as orientadoras dos CCIs e PCAs, atividades relacionadas a visitas das crianças ao Observatório, proposta de construção de gnômons e relógios de Sol nos diversos Centros Comunitários de Limeira e divulgação do projeto na imprensa. O painel inclui discussões sobre a aprendizagem de crianças carentes, relatos que mostram a postura das orientadoras sobre a pertinência do ensino de Astronomia, relatos do monitor que fez o atendimento no Observatório e o que o número de crianças atendidas representou para as atividades da instituição desde o início de suas atividades e, em particular, em 2001. Os resultados são baseados na análise de relatos das orientadoras e do monitor do Observatório, registros de visitas e matérias da imprensa local. Conclui com uma avaliação do que tal projeto representou para as Instituições participantes. Para o Observatório, em particular, foi feita uma análise com relação às outras modalidades de atendimentos que envolvem alunos de escolas e público em geral. Também é abordada a questão do compromisso social do Observatório na educação do

  13. On the Formation of a Study Group to the Realization of Workshops for Teachers: Astronomy in Basic Education in Umuarama-Pr (Spanish Title: De la Formación de un Grupo de Estudios a la Realización de los Talleres Para los Profesores: la Astronomía en la Educación Básica en Umuarama-Pr ) Da Formação de um Grupo de Estudos À Realização de Oficinas Para Professores: a Astronomia na Educação Básica em Umuarama-Pr

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Belusso, Diane; Akira Sakai, Otávio

    2013-12-01

    In this article, we aimed to present the activities developed by the Astronomy Study Group (ASG) to contribute to the dissemination and improvement of the astronomy teaching-learning. The results of a research carried out in schools of Umuarama-PR are shown, with the intention of checking the students' knowledge and interest in relation to Astronomy. It is reported the realization of workshops for Science teachers linked to the Education Regional Nucleus. The research and the workshop execution promoted the direct contact of the study group with the community; the results were used to diagnose the state of astronomy teaching-learning, in the basic education in Umuarama-PR. En este artículo se intenta presentar las actividades desarrolladas por el Grupo de Estudios de Astronomía (GEA) y contribuir para la divulgación y mejoría de la enseñanza-aprendizaje de la Astronomía. Se presentan los resultados de una investigación realizada en las escuelas de Umuarama-PR, con la intención de determinar el grado de conocimiento y el interés de los estudiantes en relación a la astronomía. Se relata la realización de talleres de capacitación para los profesores de ciencias vinculados al Núcleo Regional del Educación. La ejecución de la investigación y de los talleres promovió el contacto directo del grupo de estudios con la comunidad; los resultados sirvieron de diagnóstico de la enseñanza aprendizaje de la astronomía en la educación básica en Umuarama-PR. Neste artigo, objetiva-se apresentar as atividades desenvolvidas pelo Grupo de Estudos de Astronomia (GEA) e contribuir para a divulgação e melhoria do ensino-aprendizagem de astronomia. São apresentados os resultados de uma pesquisa realizada nas escolas de Umuarama-PR, com o intuito de averiguar o conhecimento e o interesse dos estudantes em relação à astronomia. Relata-se a realização de oficinas de capacitação para professores de ciências vinculados ao Núcleo Regional de Educação. A

  14. Free the Globe. (Spanish Title: Liberar al Globo Terráqueo.) Soltar o Globo Terrestre

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Gangui, Alejandro

    2014-07-01

    íses de las sombras largas". En este trabajo, primeramente reseñamos el dispositivo, sus fundamentos básicos de armado y funcionamiento. En la segunda parte, describimos en detalle algunas actividades que facilitan su empleo en el aula y que hemos venido desarrollando en talleres de formación docente en nuestro grupo de investigación. O globo terrestre paralelo é um antigo dispositivo, muito simples e criativo que, empregado de forma sistemática nas aulas de astronomia, converte-se em uma ferramenta didática de grande potencialidade. Orientado adequadamente de acordo com o meridiano local, esse instrumento permite acompanhar as sombras em qualquer região da Terra que esteja iluminada pelo Sol, além de oferecer uma visualização clara do terminadouro, a linha que divide o dia da noite em nosso planeta. Com o conhecimento das sombras, é possível estimar a latitude de uma localidade e inferir a hora solar local em qualquer lugar do hemisfério iluminado do planeta. Além disso, mediante o emprego do globo terrestre paralelo, pode-se compreender, de maneira simples, que existem regiões onde os objetos às vezes não projetam sombras e outras, pelo contrário, que às vezes se convertem em "países das sombras longas". Neste trabalho, primeiramente, descrevemos o dispositivo, seus fundamentos básicos de construção e funcionamento. Na segunda parte, descrevemos em detalhes algumas atividades que facilitam seu emprego na aula e que temos desenvolvido em oficinas de formação docente em nosso grupo de pesquisa.

  15. The Understanding of Astronomy Concepts by Students from Basic Education of a Public School. (Spanish Title: El Entendimiento de Conceptos de Aastronmía Por Los Alumnos de Educación Básica en Una Escuela Pública.) O Entendimento de Conceitos de Astronomia Por Alunos da Educação Básica: O Caso de Uma Escola Pública Brasileira

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Iria Machado, Daniel; dos Santos, Carlos

    2011-07-01

    movimiento de la Luna, el movimiento aparente del Sol sobre la esfera celeste, los eclipses, las dimensiones y las distancias en el Universo, el brillo de las estrellas y su observación de la Tierra. Si bien ha habido un pequeño progreso en la proporción de respuestas aceptables científicamente cuando se cotejó el octavo grado de la enseñanza primaria con el quinto, y el último año de la enseñanza secundaria con el primero, se observó un predominio de las concepciones alternativas en relación a la mayoría de los temas explorados, que continuó hasta los últimos años de la educación básica. Una comparación con los datos encontrados en investigaciones realizadas en otros contextos socioculturales revelaron, en muchos aspectos, conceptos y dificultades similares expresadas por los estudiantes. Apresentam-se os resultados de uma investigação sobre a compreensão de conceitos astronômicos básicos, da qual participaram 561 estudantes da quinta série do Ensino Fundamental ao terceiro ano do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Foz do Iguaçu. Um teste com 20 questões de múltipla escolha foi aplicado para identificar as concepções mais comuns expressadas pelos alunos. Esse instrumento de coleta de dados foi elaborado com base na literatura sobre concepções alternativas e abordou os seguintes temas: o ciclo dia-noite; os fusos horários; as estações do ano; as fases da Lua; o movimento da Lua; o movimento aparente do Sol na esfera celeste; os eclipses; as dimensões e distâncias no Universo; o brilho das estrelas e sua observação da Terra. Embora se tenha verificado um pequeno progresso na proporção de respostas cientificamente aceitáveis ao se cotejar a oitava série do Ensino Fundamental com a quinta, e a terceira série do Ensino Médio com a primeira, houve o predomínio de concepções alternativas em relação à maior parte dos temas explorados, as quais persistiram até o último ano da Educação Básica. A comparação com

  16. Solar Physics Topics in High School: Analysis of a Course with Practical Activities at Dietrich Schiel Observatory. (Spanish Title: Temas de Física Solar Para Estudiantes de Escuelas Secundarias: un Análisis de un Curso con Enfoque Práctico en el Observatorio Dietrich Schiel.) Tópicos de Física Solar no Ensino Médio: Análise de um Curso com Atividades Práticas no Observatório Dietrich Schiel

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Calbo Aroca, Silvia; Donizete Colombo, Pedro, Jr.; Celestino Silva, Cibelle

    2012-12-01

    algunos estudiantes sabían que un espectro puede estar formado por un prisma o red de difracción, la mayor parte de ellos desconocía la naturaleza de las líneas espectrales. A lo largo del curso, esta cuestión fue trabajada con un enfoque práctico mediante la observación del espectro solar y de las lámparas durante clases expositivas/dialogadas. Los resultados obtenidos en el curso mustran la importancia de los centros de ciencia como un apoyo en la educación formal. En este caso en particular, la Sala Solar del Observatorio Dietrich Schiel se destaca como un entorno favorable para la enseñanza de la física moderna en la escuela secundaria. Este trabalho analisa resultados obtidos em um curso sobre física solar para alunos do ensino médio promovido pelo Observatório Dietrich Schiel da USP. O curso foi elaborado pelos autores com a intenção de investigar concepções sobre o Sol, ensinar tópicos de física moderna relacionados ao Sol e conhecimentos gerais sobre o astro rei. A metodologia de coleta de dados consistiu em gravação em áudio e vídeo das aulas e das entrevistas semi-estruturadas, e respostas a questionários escritos. Os resultados mostraram que a maioria dos participantes concebeu o Sol como constituído por fogo e as manchas solares como buracos na superfície solar. Embora alguns alunos soubessem que um espectro pode ser formado por um prisma ou rede de difração, a maior parte deles desconhecia a natureza das linhas espectrais. Ao longo do curso, este tema foi trabalhado com uma abordagem prática com observação do espectro solar e de lâmpadas e em aulas expositivo-dialogadas. Os resultados obtidos no curso apontam para a importância dos centros de ciências como parceiros da educação formal. Neste caso específico, a Sala Solar do Observatório Dietrich Schiel é um ambiente propício para o ensino de física moderna no ensino médio.

  17. Astronomy, Art and Mythology in a Public Elementary School in Itaocara/rj. (Spanish Title: Astronomía, Arte y Mitologia en el Ensino Fundamental en Una Escuela de la Red Estatal en ITAOCARA/RJ.) Astronomia, Arte e Mitologia no Ensino Fundamental em Escola da Rede Estadual em ITAOCARA/RJ

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Oliveira Bernardes, Adriana; Ramos dos Santos, Arleidimar

    2008-12-01

    conocimientos recibidos. El trabajo en sí ha mostrado además de la posibilidad de la inclusión de la Astronomía en la Educación Primaria, la posibilidad de un trabajo interdisciplinario en los niveles iniciales incluyendo Astronomía, Arte y Mitología. Los resultados presentados por los estudiantes en las Olimpiadas promovidas en la escuela y por la OBA (Olimpiada Brasilera de Astronomía) permitieron verificar un creciente aprendizaje y estimulo hacia las materias científicas, comprobados por la apropiada expresión de los conceptos adquiridos de astronomía y presentados en evaluaciones o en informes obtenidos de ellos mismos, sus familias y profesores. Desenvolvendo um trabalho voluntário junto aos alunos do ensino fundamental no 1º ciclo (1ª a 4ª série), os monitores de Astronomia membros do CAIMP (Clube de Astronomia de Itaocara Marcos Pontes), que eram em sua maioria alunos do ensino médio, desenvolveram um trabalho de aproximação entre os alunos do Colégio Estadual Teotônio Brandão Vilela e os temas envolvendo Ciências e Astronomia. Através de oficinas de informática, artes, vídeos educativos e teatros de fantoches, os alunos puderam expressar seus conhecimentos e emoções diante das lendas mitológicas com as quais começaram a ter contato. O trabalho desenvolvido pelos monitores junto aos alunos proporcionou a integração entre as turmas do colégio e os levou a participação em atividades de maneira a estimular sua oralidade e aumentar sua auto-estima. Trabalhando várias formas de expressões, os alunos puderam realizar seus experimentos e conhecer alguns conceitos de Física e Astronomia, enquanto adquiriam autonomia para se expressarem de acordo com seus sentimentos e conhecimentos adquiridos. O trabalho em si mostrou além da possibilidade de inserção de Astronomia no Ensino Fundamental, a possibilidade de realização de um trabalho interdisciplinar nas séries iniciais envolvendo Astronomia, Arte e Mitologia. Os resultados apresentados

  18. The Practice of Research of a Basic Education Teacher Involving Mental Models of the Phases of the Moon and Eclipses. (Spanish Title: La Práctica de Investigación de un Maestro de Educación BÁsica con El Uso de los Modelos Mentales de Las Fases de la Luna Y Eclipses.) A Prática de Pesquisa de um Professor do Ensino Fundamental Envolvendo Modelos Mentais de Fases da Lua e Eclipses

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pessôa Queiroz, Glória; Jubitipan Borges de Sousa, Carlos; Auxiliadora Delgado Machado, Maria

    2009-12-01

    docente. La formación de grupos interinstitucionales para la planificación de la acción y la investigación ha resultado productiva para el trabajo de construcción de conocimiento de apoyo a los procesos educativos en la escuela, mientras que la universidad enriquece su colección de experiencias validadas, considerando los resultados de la educación inicial y continua de maestros. La participación activa del maestro en un grupo de investigación en la universidad lo llevó a reflexiones sobre los posibles caminos didácticos que pueden ser descriptos, analizados y comunicados a los demás docentes. La construcción de una pedagogía propia, que tuvo en cuenta los modelos mentales de los estudiantes sobre los temas básicos de astronomía, y los cambios desarrollados a partir de las lecciones que enseñó, trajeron consecuencias de largo alcance sobre la pedagogía adoptada por el maestro, que ahora incorpora una nueva visión de la ciencia y formas alternativas al diálogo con los estudiantes, los componentes esenciales para un investigador en Educaciónen Ciencias. A inclusão do professor da escola básica no universo da pesquisa é questão controvertida e em pleno debate no meio acadêmico. A oportunidade de trabalho coletivo que incorporou professores de uma escola municipal no Rio de Janeiro a um grupo de ensino de Física da universidade nos possibilitou vislumbrar a ressignificação da função de um professor de Ciências (co-autor deste trabalho) por ele próprio, agora passando a incluir a pesquisa sobre a construção de conhecimento pelos alunos em sua prática como docente. A formação de grupos interinstitucionais para o planejamento de ações e de pesquisas tem-se mostrado produtiva para um trabalho de construção de conhecimentos a fim de subsidiar processos educativos na escola, ao mesmo tempo em que a universidade enriquece seu acervo de experiências validadas criticamente, podendo considerar seus resultados na formação inicial e

  19. Astronomy, Art and Mythology in a Public Elementary School in Itaocara/rj. (Spanish Title: Astronomía, Arte y Mitologia en el Ensino Fundamental en Una Escuela de la Red Estatal en ITAOCARA/RJ.) Astronomia, Arte e Mitologia no Ensino Fundamental em Escola da Rede Estadual em ITAOCARA/RJ

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Oliveira Bernardes, Adriana; Ramos dos Santos, Arleidimar

    2008-12-01

    conocimientos recibidos. El trabajo en sí ha mostrado además de la posibilidad de la inclusión de la Astronomía en la Educación Primaria, la posibilidad de un trabajo interdisciplinario en los niveles iniciales incluyendo Astronomía, Arte y Mitología. Los resultados presentados por los estudiantes en las Olimpiadas promovidas en la escuela y por la OBA (Olimpiada Brasilera de Astronomía) permitieron verificar un creciente aprendizaje y estimulo hacia las materias científicas, comprobados por la apropiada expresión de los conceptos adquiridos de astronomía y presentados en evaluaciones o en informes obtenidos de ellos mismos, sus familias y profesores. Desenvolvendo um trabalho voluntário junto aos alunos do ensino fundamental no 1º ciclo (1ª a 4ª série), os monitores de Astronomia membros do CAIMP (Clube de Astronomia de Itaocara Marcos Pontes), que eram em sua maioria alunos do ensino médio, desenvolveram um trabalho de aproximação entre os alunos do Colégio Estadual Teotônio Brandão Vilela e os temas envolvendo Ciências e Astronomia. Através de oficinas de informática, artes, vídeos educativos e teatros de fantoches, os alunos puderam expressar seus conhecimentos e emoções diante das lendas mitológicas com as quais começaram a ter contato. O trabalho desenvolvido pelos monitores junto aos alunos proporcionou a integração entre as turmas do colégio e os levou a participação em atividades de maneira a estimular sua oralidade e aumentar sua auto-estima. Trabalhando várias formas de expressões, os alunos puderam realizar seus experimentos e conhecer alguns conceitos de Física e Astronomia, enquanto adquiriam autonomia para se expressarem de acordo com seus sentimentos e conhecimentos adquiridos. O trabalho em si mostrou além da possibilidade de inserção de Astronomia no Ensino Fundamental, a possibilidade de realização de um trabalho interdisciplinar nas séries iniciais envolvendo Astronomia, Arte e Mitologia. Os resultados apresentados

  20. Psychological distress and community approach to the voice of the community health agent.

    PubMed

    Paiva, Pâmela Câmpelo; Torrenté, Mônica de Olivera Nunes de; Landim, Fátima Luna Pinheiro; Branco, July Grassiely de Oliveira; Tamboril, Bruna Caroline Rodrigues; Cabral, Ana Larisse Teles

    2016-06-01

    como a comunidade percebe a pessoa em sofrimento psíquico e como está se posiciona frente às problemáticas do seu cotidiano, no que se refere a rejeição, preconceito, discriminação e perda de identidade. Contudo destaca-se que, pelo fato de estar inserido na comunidade, o agente comunitário de saúde percebe de forma mais apurada como tal grupo social trata a pessoa em sofrimento mental. A rejeição da pessoa que adoeceu é observada como uma reação bastante comum, acompanhada do preconceito e discriminação, marginalizando-a da sociedade. PMID:27384288

  1. Percepção astronómica de um grupo de alunos do ensino médio de uma escola da rede estadual de São Paulo

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    de Oliveria, E. F.; Voelzke, M. R.

    2009-03-01

    Sendo a Astronomia uma das cièncias mais antigas da humanidade, e considerando sua importáncia histórica e cultural, é de extrema releváncia que tópicos relacionados a ela sejam tratados nas escolas. Embora os Parámetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio (PCN-EM) e as Orientaçiacute;es Complementares aos Parámetros (PCN+) apontem a importáncia de uma abordagem significativa de conceitos relacionados à Astronomia nas aulas de Física, muitos estudantes terminam o Ensino Médio (EM) sem compreender a razão de certos acontecimentos de origem celeste, ainda que estes façam parte de seu cotidiano e sejam alvos da curiosidade natural dos jovens. Da observação dessa curiosidade em alunos de uma escola pública paulista, na cidade de Suzano, surgiu o interesse em investigar os conhecimentos básicos em Astronomia dos alunos do Ensino Médio desta escola, constituindo-se este como principal objetivo desta pesquisa. Para tanto foi elaborado um questionário de múltipla escolha aplicado inicialmente a 34 alunos do primeiro ano e, posteriormente, a mais 310, distribuídos entre as très séries do Ensino Médio dos períodos matutino e noturno. Dessa forma, observou-se que 73,9% dos estudantes identificaram o Sol como sendo uma estrela, 67,1% mostraram compreender a sucessão entre dia e noite e 52,3% relacionaram o Big Bang à origem do Universo. Em contrapartida, apenas 34,5% relacionaram as estaçíes do ano à inclinação do eixo de rotação da Terra, 21,3% indicaram a influència gravitacional simultánea da Lua e do Sol como responsável pelo fenòmeno das marés, 24,5% indicaram corretamente quais são os objetos celestes mais próximos da Terra, 36,1% identificaram ano-luz como uma medida de distáncia e 34,2% reconheceram as estrelas cadentes como meteoros, evidenciando-se assim o pequeno discernimento dos estudantes quanto aos fenòmenos e termos astronòmicos do cotidiano. Além disso, foram comparadas as respostas de alun! os de diferentes s

  2. Queda dos homicídios em São Paulo, Brasil: uma análise descritiva

    PubMed Central

    Peres, Maria Fernanda Tourinho; Vicentin, Diego; Nery, Marcelo Batista; de Lima, Renato Sérgio; de Souza, Edinilsa Ramos; Cerda, Magdalena; Cardia, Nancy; Adorno, e Sérgio

    2012-01-01

    Objetivo Descrever a evolução da mortalidade por homicídios no Município de São Paulo segundo tipo de arma, sexo, raça ou cor, idade e áreas de exclusão/inclusão social entre 1996 e 2008. Métodos Estudo ecológico de série temporal. Os dados sobre óbitos ocorridos no Município foram coletados da base de dados do Programa de Aprimoramento das Informações sobre Mortalidade, seguindo a Classificação Internacional de Doenças, Décima Revisão (CID-10). Foram calculadas as taxas de mortalidade por homicídio (TMH) para a população total, por sexo, raça ou cor, faixa etária, tipo de arma e área de exclusão/inclusão social. As TMH foram padronizadas por idade pelo método direto. Foram calculados os percentuais de variação no período estudado. Para as áreas de exclusão/inclusão social foram calculados os riscos relativos de morte por homicídio. Resultados As TMH apresentaram queda de 73,7% entre 2001 e 2008. Foi observada redução da TMH em todos os grupos analisados, mais pronunciada em homens (−74,5%), jovens de 15 a 24 anos (−78,0%) e moradores de áreas de exclusão social extrema (−79,3%). A redução ocorreu, sobretudo, nos homicídios cometidos com armas de fogo (−74,1%). O risco relativo de morte por homicídio nas áreas de exclusão extrema (tendo como referência áreas com algum grau de exclusão social) foi de 2,77 em 1996, 3,9 em 2001 e 2,13 em 2008. Nas áreas de alta exclusão social, o risco relativo foi de 2,07 em 1996 e 1,96 em 2008. Conclusões Para compreender a redução dos homicídios no Município, é importante considerar macrodeterminantes que atingem todo o Município e todos os subgrupos populacionais e microdeterminantes que atuam localmente, influenciando de forma diferenciada os homicídios com armas de fogo e os homicídios na população jovem, no sexo masculino e em residentes em áreas de alta exclusão social. PMID:21390415

  3. A Influência da Escola e da Mídia na Obtenção dos Conhecimentos Astronômicos

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    da Cunha, W. S.; Voelzke, M. R.; Amaral, L. H.

    2006-08-01

    O universo em que vivemos possui segredos jamais imaginados pelo homem, fruto da pequena proporção que ocupamos diante de um cosmos infinito. A astronomia funciona como um instrumento que sacia a sede humana em desvendar esses segredos, estudando as galáxias, quasares, pulsares além da existência de todos os elementos que preenchem o espaço cósmico, o vácuo, não mais vazio como se pensou em outros tempos. A mídia explora esse campo de forma mística e também científica. A difusão adequada e dentro dos padrões educacionais vigentes, de conceitos astronômicos, se faz necessária, devido sua presença nos conteúdos escolares, centros de ciência e na mídia, de modo geral. A reforma do Currículo Básico da Escola Pública da maioria dos Estados brasileiros introduziu conceitos astronômicos desde a pré-escola até o Ensino Médio. Num estudo realizado com 1.032 alunos do Ensino Médio de seis escolas estaduais, revelou-se através da aplicação de um questionário que abordava conheciment os básicos em astronomia, como estes foram adquiridos e qual era a infra-estrutura oferecida pela escola: para 66,2% dos entrevistados o professor já fez alguma apresentação a respeito de astronomia. O presente estudo revelou também que 44,5% dos alunos entrevistados adquiriram seus conhecimentos astronômicos na escola, 28,1% através da televisão e 27,4% afirmaram que seus conhecimentos foram obtidos através de outros tipos de mídia (internet, filmes e revistas). Embora o estudo revele claramente que há certo equilíbrio na forma em que os alunos obtiveram seus conhecimentos astronômicos, a mídia ainda explora e muitas vezes desperta o interesse pela astronomia com assuntos que não fazem parte de nosso cotidiano como, por exemplo, o homem na Lua, os projetos espaciais e a primeira viagem de um astronauta brasileiro no espaço. Porém, em certos casos, a mídia pode promover conhecimentos incompletos ou mesmo equivocados sobre os conceitos que envolvam

  4. Estudo em microondas do aprisionamento e precipitação de elétrons em explosões solares

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rosal, A. C.; Costa, J. E. R.

    2003-08-01

    Uma explosão solar é uma variação rápida e intensa do brilho que ocorre nas chamadas regiões ativas da atmosfera, constituídas por um plasma magnetizado com intensa indução magnética. Os modelos de explosões solares atuais, discutidos na literatura, apresentam características de aprisionamento e precipitação de elétrons em ambientes magnéticos simplificados. Neste trabalho, nos propusemos a separar a emissão dos elétrons aprisionados da emissão dos elétrons em precipitação apenas a partir da emissão em microondas, melhorando portanto o controle sobre o conjunto de parâmetros inferidos. A emissão em microondas da população em precipitação é bastante fraca e portanto da nossa base de dados de 130 explosões observadas pelo Rádio Polarímetro de Nobeyama, em sete freqüências, apenas para 32 foi possível separar as duas componentes de emissão com uma boa razão sinal/ruído. A partir de estudos das escalas de tempo das emissões devidas à variação gradual da emissão no aprisionamento e da variação rápida da emissão dos elétrons em precipitação foi possível obter a separação utilizando um filtro temporal nas emissões resultantes. Em nossa análise destas explosões estudamos os espectros girossincrotrônicos da emissão gradual, a qual associamos provir do topo dos arcos magnéticos e da emissão de variação rápida associada aos elétrons em precipitação. Estes espectros foram calculados e dos quais inferimos que a indução magnética efetiva do topo e dos pés foi em média, Btopo = 236 G e Bpés = 577 G, inferidas das freqüências de pico dos espectros em ntopo = 11,8 GHz e npés = 14,6 GHz com leve anisotropia (pequeno alargamento espectral). O índice espectral da distribuição não-térmica de elétrons d, inferido do índice espectral de fótons da emissão em regime opticamente fino, foi de dtopo = 3,3 e dpés = 3,9. Estes parâmetros são típicos da maioria das análises realizadas em ambiente único de

  5. The family experience of care in chronic situation.

    PubMed

    Bellato, Roseney; Araújo, Laura Filomena Santos de; Dolina, Janderléia Valéria; Musquim, Cleciene Dos Anjos; Corrêa, Geovana Hagata de Lima Souza Thaines

    2016-06-01

    An essay that aims to reflect on the family experience of care in chronic situation, increasing the understanding of the family as the primary caregiver. It is based on comprehensive approach in studies conducted in three matrix searches from family care experiences. We have taken three axes to organize our reflections: a) conformation of family care in chronic situation, highlighting the multiple costs incurred to the family, which can exhaust the potential of care and establish or increase its vulnerability if it is not backed by networks support and sustenance; b) family rearrangements for the care, giving visibility to care cores in which many loved family members share the care, dynamic, plural and changeable way; c) self care modeling family care, pointing to the range of possibilities of the person taking care of diseased conditions supported by people close to them. We learn that the family takes care of itself in everyday life and in the illness experience, creating networks that can provide you support and sustenance. Thus, professionals in health practices should shape up in a longitudinal and very personal way, by reference to the family care, supporting him in what is his own. Ensaio que tem por objetivo refletir sobre a experiência familiar de cuidado na situação crônica, ampliando a compreensão da família como cuidadora primária. Embasa-se em estudos de abordagem compreensiva realizados em três pesquisas matriciais que abordaram experiências familiares de cuidado. Tomamos três eixos para organizar nossas reflexões: a) conformação do cuidado familiar na situação crônica, destacando os múltiplos custos gerados à família, que podem exaurir seus potenciais de cuidado, instaurando ou ampliando sua vulnerabilidade se não for amparada por redes de apoio e sustentação; b) rearranjos familiares para o cuidado, dando visibilidade aos núcleos de cuidado compartilhados pelos diversos entes familiares, de modo dinâmico, plural e mut

  6. Analysis of astronomy knowledge of the students in the Federal Institute Sao Paulo

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Moraes, A. C.; Voelzke, M. R.

    2014-08-01

    Este trabalho é parte integrante da pesquisa de mestrado acadêmico em ensino de ciências. Nele, busca-se apresentar os resultados da pesquisa realizada entre os 106 alunos do curso superior de tecnologia em automação industrial do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo campus Cubatão, divididos em cinco turmas, duas no período matutino e três no período noturno. A análise dos resultados deste pré questionárioconstatou a falta de conhecimento básico dos discentes, sobre assuntos relacionados à astronomia, o que pode ser atribuído ao ineficiente processo de aprendizado pelo qual eles passaram tanto no ensino médio como no ensino fundamental, em escolas municipais, estaduais e particulares onde estudaram. No ensino de astronomia, têm-se diagnosticado constantemente diversas dificuldades conceituais tanto por parte de alunos como de professores de todas as áreas e níveis de ensino e poucos de fato a compreendem (ALBRECHT; VOELZKE, 2010). Demonstra-se as duas etapas concluídas do trabalho. A primeira etapa indica a análise dos conhecimentos prévios sobre conceitos astronômicos, através do questionário com 25 perguntas. A fim de corrigir as falhas constatadas, experimentalmente ministrou-se, externo ao conteúdo programático, um curso básico em astronomia, com diferentes estratégias de ensino, tais como, utilização de aulas expositivas dialogadas, recursos audiovisuais e palestras, para corrigir as dificuldades diagnosticadas. Essas estratégias de ensino se comprovaram adequadas às necessidades dos alunos e os conceitos foram finalmente compreendidos. Ao término do curso, completado o interstício de 120 dias, para caracterizar que houve a aprendizagem significativa, realizou-se uma nova pesquisa, quando, exatamente os mesmos 106 alunos responderam as mesmas 25 questões aplicadas na primeira etapa. Constata-se na segunda etapa, após análise, que em todas as questões, houve maior compreensão dos assuntos

  7. Forms of Appropriation of Tools for the Astronomy Education in Continuous Training of Teachers. (Spanish Title: Formas de Apropriación de Herramientas Para la Enseñanza de la Astronomía en la Formación Docente Continua.) Formas de Apropriação de Instrumentos Para o Ensino de Astronomia na Formação Continuada de Professores

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Marques Soares, Leonardo; Sousa Nascimento, Silvania

    2012-07-01

    siete relatos. O objetivo principal desse artigo é apresentar algumas reflexões sobre a maneira como um grupo de professores se apropriaram dos instrumentos do KIT PARA O ENSINO DE ASTRONOMIA (KITPEA). Os sujeitos dessa pesquisa participaram do curso de especialização em ensino de astronomia oferecido pelo Projeto de Formação Continuada (Foco) no Centro de Ensino de Ciências e Matemática (CECIMIG) da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE/UFMG). Coletamos as informações por meio de um questionário e de uma entrevista, aplicados a esses professores. Estruturamos a análise dessas informações com a ajuda da Teoria da Atividade e da Teoria da Ação Mediada. Interpretamos as falas dos professores usando como dispositivo analítico os elementos constituintes do sistema de atividade e os conceitos de apropriação e domínio. Dentre os 11 sujeitos que participaram da pesquisa, foi possível identificar a apropriação dos instrumentos em 7 narrativas.

  8. A causa das estações do ano: modelos mentais

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    de Campos, J. A. S.; de Araujo, J. F. S.

    2003-08-01

    A década de 70 do século passado foi marcada pelo estudo das concepções alternativas que os alunos trazem para a sala de aula. A identificação destas concepções foi o ponto de partida para promover a mudança conceitual, onde as pré-concepções seriam trocadas pelas concepções científicas. Na década seguinte, surgiram muitas propostas de estratégias educacionais para facilitar esta troca, na sua maioria baseadas na idéia do conflito cognitivo, proposta por Piaget. Entretanto, os resultados pouco animadores conduziram à percepção de que a mudança conceitual é um processo mais complexo. Pelas idéias da Ciência Cognitiva, a mudança conceitual é uma mudança progressiva dos modelos mentais que o aluno tem sobre o mundo físico, através de enriquecimento e revisão. A causa das Estações do Ano é um tópico sobre o qual a maioria dos estudantes apresenta concepções alternativas. Os autores fizeram um levantamento sobre as pré-concepções encontradas em trabalhos sobre o tema (16 referências), procurando encontrar elementos comuns que indicassem a presença de modelos mentais específicos. As pré-concepções encontradas na literatura foram obtidas usando-se diversas metodologias (desde entrevistas clínicas até questionários de múltipla escolha) e envolvendo alunos e professores de diferentes regiões geográficas. A partir de uma análise aprofundada de cada trabalho, e utilizando-se a técnica das Redes Sistêmicas, chegou-se a conclusão que as diversas pré-concepções identificadas (em torno de 50), poderiam ser representadas por 6 modelos mentais, onde a explicação da causa das estações do ano tem um mecanismo causal responsável. Os mecanismos causais identificados foram: a dependência da distância, a dependência da orientação, a dependência conjunta da distância e orientação, a dependência da obstrução, a dependência da velocidade e a dependência da inclinação dos raios solares. Foram ainda identificadas

  9. Modelo de atmosfera solar ajustado às observações do raio solar em 17GHz

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Selhorst, C. L.; Silva, A. V. R.; Costa, J. E. R.

    2003-08-01

    O estudo das variações do raio solar durante o ciclo de atividades do Sol e das diferenças em relação à sua distribuição angular nos fornece informações importantes sobre as mudanças na estrutura da atmosfera solar. Neste trabalho foram analisados mais de 3600 mapas do Sol em 17 GHz obtidos pelo Rádio Heliógrafo de Nobeyama (NoRH), durante 1 ciclo de atividade solar (1992-2003). O raio solar foi definido no ponto onde a temperatura de brilho do mapa era equivalente à metade da temperatura do Sol calmo (temperatura mais comum no mapa).Em relação à sua variação ao longo do ciclo solar, o estudo foi dividido em duas partes: a) ajuste de uma circunferência a pontos distribuídos ao redor do Sol todo. Este estudo mostrou uma variação correlacionada com o ciclo de atividade do Sol. b) ajuste da circunferência a pontos situados somente nas regiões polares. Neste caso os resultados mostraram que o raio polar sofre pouca variação durante o ciclo, com tendência à anticorrelação com este. Além disto, a média do raio polar, durante o período analisado, foi 1" menor que o raio medido no Sol todo. Para estudar a distribuição angular do raio solar, comparamos a média da distribuição de 10 mapas no período de mínima atividade solar com a média de 10 mapas no período de máximo, este estudo mostrou um grande aumento do raio na região equatorial no período de máxima atividade solar. As medidas do raio foram usadas como um dos parâmetros para a criação de um modelo atmosférico (além da temperatura de brilho do Sol e do abrilhantamento do limbo observado), onde mostramos que um modelo atmosférico com a região de transição situada a 3500 km fornece um raio 5" menor que as medidas observacionais. Esta incompatibilidade do modelo com os dados observacionais foi contornada com a inclusão de espículas, estas fazem com que o raio solar aumente proporcionalmente à altura que estas atingem na atmosfera solar. A anticorrelação do raio

  10. Soil carbon stocks in response to management changes due to vinasse application in sugarcane production in southeast of Brazil

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Fernandes Zani, Caio; Simoes Barneze, Arlete; Clemente Cerri, Carlos

    2014-05-01

    application at 1 m depth were 117.23 Mg ha-1 and 126.92 Mg ha-1, and at 0.3 m depth we found 50.34 Mg ha-1 and 55.54 Mg ha-1, respectively. It represented an increase 8.3% and 10.3% in soil C stocks in areas with vinasse application at 1 m and 0.3 m soil depth. This information may be used as a basis for public policies decision which dealing of the land use and global warming. The scientific information obtained in this research will be included in carbon footprint calculation of ethanol production and its use as biofuel. References Ellert B.H., Bettany J.R. 1995. Calculation of organic matter and nutrients stored in soils under contrasting management regimes. Can. J. Soil Sci. 75:529-538. Six J., Ogle S.M., Breidt F.J., Conant R.T., Mosier A.R., Paustian K. 2004. The potential to mitigate global warming with no-tillage management is only realized when practiced in the long term. Glob. Chang. Biol. 10:155-160. Soares L.H.B., Alves B.J.R., Urquiaga S., Boddey R.M. 2009. Mitigação das emissões de gases efeito estufa pelo uso de etanol da cana-de-açúcar produzido no Brasil. Embrapa Agrobiologia, Seropédica, RJ. 14p. (Circular Técnica, 27).

  11. Analysis of Service-learning activities adopted in health courses of Federal University of Bahia.

    PubMed

    Baldoino, Aline Silva; Veras, Renata Meira

    2016-06-01

    ática e as principais di culdades. Concluiu-se que esses cursos estão aderindo às mudanças na formação acadêmica em saúde, tendo em vista o grande número de unidades básicas de saúde que integram o processo de ensino serviço. Dessa forma, ressalta-se que a UFBA contempla atividades na área de saúde que viabilizam a integração-ensino no processo de formação superior, embora existam algumas di culdades nesta relação apontadas pelos coordenadores. PMID:27384271

  12. Calibração do sistema imageador do telescópio MASCO

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Mejía, J.; D'Amico, F.; Villela, T.; Braga, J.

    2003-08-01

    O MASCO (MÁScara COdificada) é um telescópio imageador de raios-X e gama atualmente configurado para operar na faixa de 50 a 600 keV com uma resolução angular de 14 minutos de arco num campo de visada total circular de 23,5° de diâmetro. O MASCO está totalmente operacional e deverá ser lançado em um balão estratosférico no segundo semestre de 2003 para realizar observações durante ~20 horas a ~40 km de altitude. O telescópio utiliza uma máscara codificada de padrão uniformemente redundante modificado (MURA) de dimensões 19 ´ 19. Esse padrão pertence a uma subclasse de MURAs que apresenta anti-simetria de 90° e conseqüentemente permite a utilização da técnica de subtração de variações sistemáticas de ruído de fundo através de utilização da configuração anti-máscara, obtida com uma simples rotação da máscara. Neste trabalho apresentamos resultados de calibrações em laboratório que tiveram como objetivo testar o sistema imageador. Imagens de fontes radioativas foram obtidas com o telescópio em configuração de vôo, com a máscara girando. Serão discutidos os resultados desses testes e as técnicas desenvolvidas para eliminar ambigüidades de posição de fontes, otimização da relação sinal-ruído e observação de fontes fora do campo totalmente codificado. O sistema de máscara/antimáscara mostrou-se capaz de aumentar a relação sinal-ruído de ~60% para fontes intensas (100 s). Com a máscara girando, a técnica de reconstrução de imagens desenvolvida identificou a posição exata da fonte e não introduziu perda de sensibilidade. Imagens de uma fonte colocada a 8,3° - fora do campo totalmente codificado do telescópio -, mostraram uma diminuição de ~40% na relação sinal/ruído em relação ao centro do campo de visada, o que se deve à codificação incompleta pela máscara e à absorção parcial do fluxo pelos detectores de blindagem.

  13. Reviving Erathostenes. (Breton Title: Revivendo Eratóstenes.) Reviviendo a Eratóstenes.

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pereira, Paulo Cesar R.

    2006-12-01

    As part of the commemorations of the International Year of the Physics and having as its main objective to introduce students to the scientific method, the Rio de Janeiro Planetarium Foundation, in partnership with many institutions of Brazil and Europe, coordinated the activity "Reviving Eratosthenes" whose objective was the determination of the Earth's circumference. We used the famous procedure adopted by Eratosthenes more than 2000 years ago, with some adaptations. This work considers and analyzes the method used by us, aiming the application in schools. The use of places in different meridians allows a better understanding of the abstract concepts such as geographic coordinate and time zones. We obtained reasonably precise results, which improve for pairs of distant cities. Finally, one of the most important conclusions achieved by the students involved is the importance of the cooperation (international in this case) to solve problems. Fazendo parte das comemorações do Ano Internacional da Física e tendo como principal objetivo introduzir estudantes do ensino médio ao método científico, a Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, em parceria com diversas instituições do Brasil e da Europa, coordenou a atividade "Revivendo Eratóstenes" cujo objetivo foi a determinação da circunferência da Terra. Para isso, utilizou-se um procedimento semelhante ao empregado pelo sábio Eratóstenes há mais de 2.000 anos, com algumas adaptações. Este trabalho propõe e analisa o método que empregamos, visando a aplicação em escolas. A possibilidade de se trabalhar com locais em diferentes meridianos permite uma melhor compreensão dos conceitos mas abstratos, como coordenadas e fusos horários. A precisão dos resultados é bastante razoável, melhorando para cidades bem afastadas. Finalmente, uma das conclusões mais importantes é a percepção, por parte dos estudantes, da importância da colaboração (neste caso, internacional) para resolver

  14. Providing Meaningful Learning for Students of the Sixth Grade of Middle School: a Study on the Moon Phases. (Breton Title: Propiciando Aprendizagem Significativa Para Alunos do Sexto Ano do Ensino Fundamental: um Estudo sobre as Fases da Lua.) Propiciando el Aprendizaje Significativo Para Alumnos del Sexto Nivel de la Educación General Básica: un Estudio sobre Las Fases de la Luna

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Darroz, Luiz Marcelo; Samudio Pérez, Carlos Ariel; da Rosa, Cleci Werner; Heineck, Renato

    2012-07-01

    We relate in this article a didactic experience studying the moon phases with a group of middle school students of a private school of the municipality of Passo Fundo, RS. Based on David Ausubel's Meaningful Learning Theory, we have sought to develop a proposal following a didactic model which simulates the phases of the Moon, as based on the previous conceptions of the students. The signs of learning were evidenced by means of memory registries of the activity. From the obtained results we believe that the proposal achieved its goals, since the students were able to identify, differentiate and transfer the phenomenon of the moon phases to new contexts. Thus, it is concluded that a methodology focused on a meaningful content for the students is fundamental to the construction and genuine grasping of what is being learned. Neste artigo, relata-se uma experiência didática de estudo das fases da Lua com uma turma do 6° ano do Ensino Fundamental, de uma escola privada do município de Passo Fundo, RS. Tendo como fundamentação teórica a Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel, buscou-se desenvolver a proposta a partir de um modelo didático que simula as fases da Lua e com base nas concepções prévias dos estudantes. Os indícios da aprendizagem foram constatados através de registros de memórias da atividade. Pelos resultados apresentados, acredita-se que a proposta alcançou seus objetivos, uma vez que os estudantes conseguiram identificar, diferenciar e transferir o fenômeno das fases da Lua para novos contextos. Assim, conclui-se que uma metodologia com enfoque em um conteúdo significativo ao estudante é fundamental para a construção e compreensão genuína do que está sendo aprendido. En este artículo se relata una experiencia didáctica de estudio de las fases de la Luna con una clase de 6º año de la educación general básica de una escuela privada del municipio de Passo Fundo, RS. Teniendo como fundamentación teórica la Teor

  15. Farmyard Manure and Fertilizer Effects on Seed Potato (Solanum tuberosum L.) Yield in Green House Production

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    László, M.

    2009-04-01

    fertilizer (18.0 g pot-1) with a hard effect (57%). Our results are shown that it was possible developing of the seed potato production under tropical greenhouse conditions by optimalised soil-organic matter-fertilizer system. This datas should be as indicators to sustainable field potato advisory systems. Keywords: potato (Solanum tuberosum L.), greenhouse, latossolo vermelho soil, farmyard manure, burnt rice straw, 4N:14P:8K fertilizer, sustainability, yield Introducáo: Importância e situação actual em produção da batata no Brazíl A batata é atualmente uma das hortaliças de maior importância no Brasíl (Márton 2000a., 2000b.) com um cultivo annual médio de 173.000 ha e uma produção de 2600000 t. A produtividade médio nacional é de 15 t ha-1, muito baixa se considerar que é possivel a obtenção de rendimentos acima de 40 t ha-1. Observa- se também, que existe variação no produtividade entre regiões e estados. E importante como fonte de alimento pelo seu alto valor nutricional a quantidade produzida muito superior por unidade de área a tempo, se comparada com diversas outras culturas (László 2000b., 2000c.). Os estados que tradicionalmente produzem batata em maior ou menor escala são indicados em seguente: Pernambuco, Ceará, Sergipe, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondonia e Acre. Os plantios predominantes são o das águas e das secas, sendo o de inverno bem menos expressivo, pois poucas áreas permitem o seu cultivo, na maioria dos casos necessitando- se de irrigação. Considerando as três épocas de plantio e diferentes condições climaticas brasileiras, podemos definir de um modo geral o plantio de batata no Brasíl da seguinte maneira: Nordeste e Centro- Oeste- plantio de inverno, Sudeste- plantio das águas, secas e inverno, Sul- plantio das aguas, secas e inverno. Sendo este último em áreas muito limitadas. Dentre as hortaliças a batata é uma das culturas mais estudadas actualmente. Os principais problemas que afetam a

  16. A proposed contents astronomy for basic education

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Albrecht, E.; Voelzke, M. R.

    2014-08-01

    A Astronomia é um tema que sempre exerceu fascínio sobre as pessoas de um modo geral. Conhecer e estudar o que há nos “céus”, além de nossos olhos, continua sendo instigador e de grande interesse. Baseado nestas justificativas desenvolveu-se uma pesquisa de Doutorado, na qual, o objetivo principal foi investigar sobre a presença dos conteúdos de Astronomia nas Propostas Curriculares da região Sul do Brasil, a saber, os estados de Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina e, posterior comparação com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) que trazem propostas de conteúdos para toda a Educação Básica brasileira. Tal investigação pautou-se na abordagem de caráter qualitativo e utilizouse para tal da Análise de Conteúdos (Bardin, 2011), que possibilitou a construção de quatro categorias, nas quais os conteúdos astronômicos foram agrupados: Terra, Sistema Solar, Via Láctea e Universo. Após a leitura, coleta de dados, construção de categorias, observou-se a dicotomia na apresentação destes conteúdos. As propostas curriculares analisadas foram as de Geografia, Ciências e Física dos estados do Paraná (2008), Rio Grande do Sul (2009) e de Santa Catarina (1998), responsáveis pelo trabalho com Astronomia nestes estados. No Ensino Fundamental, a proposta curricular do estado do Paraná apresenta conteúdos ligados à Astronomia desde o sexto ano até o nono ano, como conteúdo do primeiro bimestre, o que também é apresentado na proposta curricular do estado do Rio Grande do Sul, porém, este, não divide os conteúdos por bimestre e nem por ano, mas por ciclos, sexto e sétimo anos como primeiro ciclo e oitavo e nono anos como segundo ciclo, deixando livre para o professor estruturar sua sequência de conteúdos. A proposta curricular de Santa Catarina não apresenta estes conteúdos de maneira explícita, não divide dos conteúdos nem por ano, nem por série, traz uma sequência de conteúdos para serem trabalhados ao longo dos

  17. Ediacaran to Cambrian magmatic suites in the Rio Grande do Norte domain, extreme Northeastern Borborema Province (NE of Brazil): Current knowledge

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    do Nascimento, Marcos Antonio Leite; Galindo, Antonio Carlos; de Medeiros, Vladimir Cruz

    2015-03-01

    úton Japi, U-Pb em zircão), enquanto que a AlcCh foi datada, U-Pb em zircão, em 601 ± 10 Ma e 593 ± 5 Ma (Plúton Umarizal). O magmatismo de idade cambriana no Domínio Rio Grande do Norte está representado pelos diques de pegmatito com idades U-Pb variando entre 515 e 510 Ma.

  18. A Diagnostic Assessment for the Teaching of Astronomy. (Spanish Title: Una Evaluación Diagnóstica Para la Enseñanza de la Astronomia.) Uma Avaliação Diagnóstica Para o Ensino da Astronomia

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pacifico Ribeiro de Assis Silveira, Felipa; Soares Gomes de Sousa, Célia Maria; Moreira, Antonio

    2011-07-01

    interpretación, lo que nos permite comprender los significados asignados por el estudiante a estos conceptos. Se desprende de la evaluación diagnóstica que la mayoría de los encuestados ha tenido dificultades para exponer los conceptos científicos sobre el Universo y la Tierra, para iniciar el 6 º grado. Sin embargo, se identificaron ideas relevantes y las representaciones que contribuyeron a la re-significación de los conceptos científicos propuestos para la enseñanza del tema en esta serie. Los resultados de la evaluación diagnóstica han servido como referencia para la organización del Programa, facilitando el proceso de aprendizaje, haciendo coincidir la secuencia didáctica a las características de los estudiantes y el contexto del aula. Se espera que el instrumento presentado en este documento también pueda ser utilizado por otros investigadores en investigaciones relacionadas con el tema. Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados de uma avaliação diagnóstica, utilizada como instrumento para a coleta de dados sobre o conhecimento prévio de conceitos científicos, necessários à compreensão do tema Terra e Universo, de um grupo composto por 47 estudantes, da 6ª série do Ensino Fundamental. A ação pedagógica de diagnosticar os conhecimentos prévios, do estudante, antes de ensiná-los, tem fundamento na teoria da Aprendizagem Significativa, proposta por David Ausubel. Essa avaliação diagnóstica foi composta por 25 questões, cujas respostas foram analisadas e categorizadas visando sua interpretação, o que permitiu compreender os significados atribuídos pelo estudante a esses conceitos. Conclui-se, a partir da avaliação diagnóstica, que a maioria dos estudantes pesquisados apresentou dificuldades em expor conceitos científicos sobre o tema Terra e Universo ao iniciar a 6ª série. Entretanto, foram identificadas ideias e representações relevantes que contribuíram para a (re)significação dos conceitos científicos propostos

  19. Value of the Qrs-T Angle in Predicting the Induction of Ventricular Tachyarrhythmias in Patients with Chagas Disease.

    PubMed

    Zampa, Hugo Bizetto; Moreira, Dalmo Ar; Ferreira Filho, Carlos Alberto Brandão; Souza, Charles Rios; Menezes, Camila Caldas; Hirata, Henrique Seichii; Armaganijan, Luciana Vidal

    2014-10-28

    .95; CI 0.99-15.82; p = 0.052). The EF also emerged as a predictor of induction of VT / VF: for each point increase in EF, there was a 4% reduction in the rate of sustained ventricular arrhythmia on EPS. Conclusions: Changes in the QRS-T angle and decreases in EF were associated with an increased risk of induction of VT / VF on EPS.Fundamento: O ângulo QRS-T mostra correlação com prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca e doença coronariana, traduzido por um aumento na mortalidade proporcional ao aumento na diferença entre os eixos do complexo QRS e da onda T no plano frontal. Até hoje, nenhuma informação a este respeito foi obtida em pacientes com cardiopatia chagásica. Objetivo: Correlacionar o ângulo QRS-T com a indução de taquicardia ventricular / fibrilação ventricular (TV / FV) em chagásicos durante estudo eletrofisiológico (EEF). Métodos: Estudo caso-controle em centro terciário. Pacientes sem indução de TV / FV ao EEF foram utilizados como controles. O ângulo QRS-T foi categorizado como normal (0-105º), limítrofe (105-135º) e anormal (135-180º). As diferenças entre os grupos foram analisadas pelo teste t ou teste de Mann-Whitney para variáveis contínuas, e teste exato de Fisher ou qui-quadrado para variáveis categóricas. Valores de p < 0,05 foram considerados significativos. Resultados: De 116 pacientes submetidos ao EEF, 37,9% foram excluídos por estarem com dados incompletos / prontuários inativos ou pela impossibilidade de se calcular corretamente o ângulo QRS-T (presença de bloqueio de ramo esquerdo e fibrilação atrial). De 72 pacientes incluídos, 31 induziram TV / FV ao EEF. Destes, o ângulo QRS-T se encontrava normal em 41,9%, limítrofe em 12,9% e anormal em 45,2%. No grupo de pacientes sem indução de TV / FV, o ângulo QRS-T se encontrava normal em 63,4%, limítrofe em 14,6% e anormal em 17,1% (p = 0,04). Quando comparados aos pacientes com ângulo QRS-T normal, o risco de indução de TV / FV nos

  20. Practical Astronomical Activities during Daytime. (Spanish Title: Actividades Astronómicas Prácticas Diurnas.) Atividades Astronômicas Práticas Diurnas

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Jackson, Eric

    2009-12-01

    aulas. Se a Astronomia ia ser introduzida, então era preciso encontrar uma forma de resolver essas dificuldades. Nosso grupo, trabalhando com professores e alunos numa abordagem construtivista, encontrou que os princípios da Astronomia podem ser descobertos durante o dia, enquanto os alunos estão na escola. Trabalhando de forma cooperativa os alunos mediram e registraram observações de suas próprias sombras causadas pelos movimentos da estrela mais próxima, o Sol, e nosso planeta Terra. Devido ao fato de os alunos se envolverem muito pessoalmente nas atividades, eles ficaram muito mais interessados nos resultados do estudo. A Astronomia passou a ser um desafio para o professor e seus alunos quando aplicaram suas experiências diurnas à observação noturna desde suas casas, relatada depois em sala de aula.

  1. Conversations with Marcgrave: the Origin of Modern Astronomy in the Southern Hemisphere (Spanish Title: Conversando con Marcgrave: El Origen de la Astronomía Moderna en el Hemisferio Sur) Conversando Com Marcgrave: a Origem da Moderna Astronomia no Hemisfério Sul

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Medeiros, Alexandre; Araújo, Fábio

    2005-12-01

    ício de Nassau e reúne alguns colegas professores apaixonados pelo ensino da Astronomia. A história é contada, deste modo, em um clima ameno e pretensamente divertido, mas as informações históricas e conceituais nele contidas estão apoiadas em fontes bibliográficas confiáveis devidamente apontadas ao final do texto. Elas vão desde a obra original desse cientista, na qual aparece o seu relato sobre a observação de um eclipse solar no Recife, passando por obras clássicas a seu respeito, como a do professor Juliano Moreira, até fontes bem mais recentes, como o trabalho muito influente do Professor John North. Outros textos de porte sobre o período da colonização holandesa no Brasil, como as obras já clássicas de Charles Boxer, Bouman e Boogaart, dentre outras, são também utilizados na construção desta dramatização pedagógica envolvendo um interessante capítulo da História da Astronomia.

  2. A Diagnostic Assessment for the Teaching of Astronomy. (Spanish Title: Una Evaluación Diagnóstica Para la Enseñanza de la Astronomia.) Uma Avaliação Diagnóstica Para o Ensino da Astronomia

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pacifico Ribeiro de Assis Silveira, Felipa; Soares Gomes de Sousa, Célia Maria; Moreira, Antonio

    2011-07-01

    interpretación, lo que nos permite comprender los significados asignados por el estudiante a estos conceptos. Se desprende de la evaluación diagnóstica que la mayoría de los encuestados ha tenido dificultades para exponer los conceptos científicos sobre el Universo y la Tierra, para iniciar el 6 º grado. Sin embargo, se identificaron ideas relevantes y las representaciones que contribuyeron a la re-significación de los conceptos científicos propuestos para la enseñanza del tema en esta serie. Los resultados de la evaluación diagnóstica han servido como referencia para la organización del Programa, facilitando el proceso de aprendizaje, haciendo coincidir la secuencia didáctica a las características de los estudiantes y el contexto del aula. Se espera que el instrumento presentado en este documento también pueda ser utilizado por otros investigadores en investigaciones relacionadas con el tema. Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados de uma avaliação diagnóstica, utilizada como instrumento para a coleta de dados sobre o conhecimento prévio de conceitos científicos, necessários à compreensão do tema Terra e Universo, de um grupo composto por 47 estudantes, da 6ª série do Ensino Fundamental. A ação pedagógica de diagnosticar os conhecimentos prévios, do estudante, antes de ensiná-los, tem fundamento na teoria da Aprendizagem Significativa, proposta por David Ausubel. Essa avaliação diagnóstica foi composta por 25 questões, cujas respostas foram analisadas e categorizadas visando sua interpretação, o que permitiu compreender os significados atribuídos pelo estudante a esses conceitos. Conclui-se, a partir da avaliação diagnóstica, que a maioria dos estudantes pesquisados apresentou dificuldades em expor conceitos científicos sobre o tema Terra e Universo ao iniciar a 6ª série. Entretanto, foram identificadas ideias e representações relevantes que contribuíram para a (re)significação dos conceitos científicos propostos

  3. Farmyard Manure and Fertilizer Effects on Seed Potato (Solanum tuberosum L.) Yield in Green House Production

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    László, M.

    2009-04-01

    fertilizer (18.0 g pot-1) with a hard effect (57%). Our results are shown that it was possible developing of the seed potato production under tropical greenhouse conditions by optimalised soil-organic matter-fertilizer system. This datas should be as indicators to sustainable field potato advisory systems. Keywords: potato (Solanum tuberosum L.), greenhouse, latossolo vermelho soil, farmyard manure, burnt rice straw, 4N:14P:8K fertilizer, sustainability, yield Introducáo: Importância e situação actual em produção da batata no Brazíl A batata é atualmente uma das hortaliças de maior importância no Brasíl (Márton 2000a., 2000b.) com um cultivo annual médio de 173.000 ha e uma produção de 2600000 t. A produtividade médio nacional é de 15 t ha-1, muito baixa se considerar que é possivel a obtenção de rendimentos acima de 40 t ha-1. Observa- se também, que existe variação no produtividade entre regiões e estados. E importante como fonte de alimento pelo seu alto valor nutricional a quantidade produzida muito superior por unidade de área a tempo, se comparada com diversas outras culturas (László 2000b., 2000c.). Os estados que tradicionalmente produzem batata em maior ou menor escala são indicados em seguente: Pernambuco, Ceará, Sergipe, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondonia e Acre. Os plantios predominantes são o das águas e das secas, sendo o de inverno bem menos expressivo, pois poucas áreas permitem o seu cultivo, na maioria dos casos necessitando- se de irrigação. Considerando as três épocas de plantio e diferentes condições climaticas brasileiras, podemos definir de um modo geral o plantio de batata no Brasíl da seguinte maneira: Nordeste e Centro- Oeste- plantio de inverno, Sudeste- plantio das águas, secas e inverno, Sul- plantio das aguas, secas e inverno. Sendo este último em áreas muito limitadas. Dentre as hortaliças a batata é uma das culturas mais estudadas actualmente. Os principais problemas que afetam a

  4. The Practice of Research of a Basic Education Teacher Involving Mental Models of the Phases of the Moon and Eclipses. (Spanish Title: La Práctica de Investigación de un Maestro de Educación BÁsica con El Uso de los Modelos Mentales de Las Fases de la Luna Y Eclipses.) A Prática de Pesquisa de um Professor do Ensino Fundamental Envolvendo Modelos Mentais de Fases da Lua e Eclipses

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pessôa Queiroz, Glória; Jubitipan Borges de Sousa, Carlos; Auxiliadora Delgado Machado, Maria

    2009-12-01

    docente. La formación de grupos interinstitucionales para la planificación de la acción y la investigación ha resultado productiva para el trabajo de construcción de conocimiento de apoyo a los procesos educativos en la escuela, mientras que la universidad enriquece su colección de experiencias validadas, considerando los resultados de la educación inicial y continua de maestros. La participación activa del maestro en un grupo de investigación en la universidad lo llevó a reflexiones sobre los posibles caminos didácticos que pueden ser descriptos, analizados y comunicados a los demás docentes. La construcción de una pedagogía propia, que tuvo en cuenta los modelos mentales de los estudiantes sobre los temas básicos de astronomía, y los cambios desarrollados a partir de las lecciones que enseñó, trajeron consecuencias de largo alcance sobre la pedagogía adoptada por el maestro, que ahora incorpora una nueva visión de la ciencia y formas alternativas al diálogo con los estudiantes, los componentes esenciales para un investigador en Educaciónen Ciencias. A inclusão do professor da escola básica no universo da pesquisa é questão controvertida e em pleno debate no meio acadêmico. A oportunidade de trabalho coletivo que incorporou professores de uma escola municipal no Rio de Janeiro a um grupo de ensino de Física da universidade nos possibilitou vislumbrar a ressignificação da função de um professor de Ciências (co-autor deste trabalho) por ele próprio, agora passando a incluir a pesquisa sobre a construção de conhecimento pelos alunos em sua prática como docente. A formação de grupos interinstitucionais para o planejamento de ações e de pesquisas tem-se mostrado produtiva para um trabalho de construção de conhecimentos a fim de subsidiar processos educativos na escola, ao mesmo tempo em que a universidade enriquece seu acervo de experiências validadas criticamente, podendo considerar seus resultados na formação inicial e

  5. A Proposed Activity for a Meaningful Learning about the Moon Phases. (Breton Title: Uma Proposta de Atividade Para a Aprendizagem Significativa sobre as Fases da Lua.) Una Actividad Propuesta Para EL Aprendizaje Significativo Acerca de Las Fases de la Luna

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Martins, Bruno Andrade; Langhi, Rodolfo

    2012-12-01

    ínua avaliação durante o processo, culmina com a elaboração de uma história em quadrinhos envolvendo as fases da Lua. Portanto, o objetivo deste trabalho é apresentar uma proposta de atividade didática diferenciada sustentada pelos princípios teóricos da aprendizagem significativa aplicada ao ensino das fases da Lua durante as aulas de Física no ensino médio. En este trabajo se presenta uno de los contenidos de la Astronomía y el evidente fracaso en la enseñanza del tema en la escuela secundaria, a pesar del hecho que los documentos oficiales apuntan para la necesidad de trabajar contenidos de Astronomía en este nivel. Entre los conceptos alternativos en Astronomía que los alumnos secundarios llevan consigo, aún después de terminados los estudios, destacamos aquí el fenómeno de las fases de la Luna. El desarrollo de diferentes estrategias en relación con los métodos tradicionales, dirigidas al proceso de enseñanza-aprendizaje en este tema fue considerado en este trabajo como uno de los resultados obtenidos a la luz de los referenciales del aprendizaje significativo, tal como fueron fundamentados por Ausubel. Según la propuesta que aquí se presenta, la participación activa de los estudiantes en la ejecución de una actividad experimental y otras actividades educativas destinadas a la evaluación continua durante el proceso culminó en la elaboración de una historieta respecto de las fases de la Luna. Por lo tanto, el objetivo de este trabajo es presentar una propuesta de actividad de enseñanza diferenciada con el apoyo de los principios teóricos del aprendizaje significativo aplicado a la enseñanza de las fases de la luna durante las clases de física del ciclo secundario.

  6. Focused Cardiac Ultrasound Using a Pocket-Size Device in the Emergency Room.

    PubMed

    Mancuso, Frederico José Neves; Siqueira, Vicente Nicoliello; Moisés, Valdir Ambrósio; Gois, Aécio Flavio Teixeira; Paola, Angelo Amato Vincenzo de; Carvalho, Antonio Carlos Camargo; Campos, Orlando

    2014-10-28

    direcionada como complemento diagnóstico ao exame físico em um serviço terciário de emergências clínicas. Métodos: Foram incluídos cem pacientes adultos sem doenças cardíacas ou pulmonares conhecidas que procuraram atendimento de urgência com queixas cardiológicas. Foram excluídos pacientes com alterações isquêmicas no eletrocardiograma ou febre. A ecocardiografia direcionada foi realizada logo após a avaliação inicial do paciente na sala de emergência, com aparelho ultraportátil GE Vscan, avaliando subjetivamente: dimensões das cavidades, função sistólica ventricular, fluxos intracardíacos pelo mapeamento de fluxo em cores, pericárdio e aorta. Resultados: A idade média dos pacientes foi 61 ± 17 anos. O quadro clínico inicial foi dor torácica (52 pacientes), dispneia (32 pacientes), arritmia/avaliação da função ventricular (dez pacientes), hipotensão/tontura (cinco pacientes) e edema periférico (um paciente). Em 28 pacientes a ecocardiografia direcionada confirmou a hipótese diagnóstica inicial: 19 pacientes com insuficiência cardíaca, cinco com síndrome coronariana aguda, dois com tromboembolismo pulmonar e dois com tamponamento cardíaco. Em 17 pacientes, a ecocardiografia direcionada alterou o diagnóstico, afastando a hipótese clínica inicial em dez casos com suspeita de insuficiência cardíaca, dois com suspeita de tromboembolismo pulmonar, dois com hipotensão a esclarecer, e em cada um dos três restantes com suspeitas de síndrome coronariana aguda, tamponamento cardíaco e dissecção de aorta. Conclusão: A ecocardiografia direcionada ultraportátil em serviço de emergências clínicas pode definir rapidamente o diagnóstico e, com isso, é possível iniciar mais precocemente o tratamento adequado. PMID:25352461

  7. Mixed-Methods Study that Examines Nine Science Teachers' Perceptions of Slooh Robotic Telescope for Teaching Astronomy. (Breton Title: Métodos Mistos de Estudo que Examinam a Percepção de Nove Professores de Ciências sobre o Telescópio Robótico Slooh Para Ensino de Astronomia.) Métodos Mixtos de Estudio que Examinan la Percepcion de Nueve Profesores de Ciencias sobre EL Telescopio Robótico Slooh Para la Enseñanza de la Astronomía

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Gershun, Daniel C.; Slater, Timothy F.; Berryhill, Katie J.

    2014-07-01

    Although previous studies show that robotic telescopes have the potential to enhance student learning, there is comparatively little research that focuses on teacher perceptions of this technology. This study investigates: "what is the academic merit of using SLOOH robotic telescopes to teach astronomy as perceived by science teachers?" Our sample consists of nine science teachers of students aged 13-18 years. Pre- and post-tests, interviews, and surveys were collected during two weeks of a summer online course about robotic telescopes. While pre and post-tests do not reveal a statistically significant gain in astronomy content knowledge, analysis of qualitative data reveals five themes which describe the most important aspects of using SLOOH according to participants: "Images," "Interface," "Classroom Application," "Instructor Impact," and "Logistical Issues." Analysis of these themes suggests that SLOOH can provide an interactive and social learning environment with capabilities to incorporate crossdisciplinary themes. Embora estudos anteriores mostram que os telescópios robóticos têm o potencial de melhorar a aprendizagem dos alunos, há relativamente pouca investigação focada nas percepções de professores a respeito desta tecnologia. Este estudo investiga: "qual é o mérito acadêmico da utilização de telescópios robóticos Slooh para ensinar astronomia, tal como percebido pelos professores de ciências?" Nossa amostra é composta por nove professores de ciências de estudantes com idades entre 13-18 anos pré e pós-testes, entrevistas, e levantamentos foram coletados durante duas semanas de um curso on-line de verão sobre telescópios robóticos. Enquanto os testes pré e pós não revelaram um ganho estatisticamente significativo no conhecimento do conteúdo astronomia, a análise de dados qualitativos revela cinco temas que descrevem os aspectos mais importantes da utilização Slooh de acordo aos participantes: "Imagens", "Interface", "Aplica

  8. The Understanding of Astronomy Concepts by Students from Basic Education of a Public School. (Spanish Title: El Entendimiento de Conceptos de Aastronmía Por Los Alumnos de Educación Básica en Una Escuela Pública.) O Entendimento de Conceitos de Astronomia Por Alunos da Educação Básica: O Caso de Uma Escola Pública Brasileira

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Iria Machado, Daniel; dos Santos, Carlos

    2011-07-01

    movimiento de la Luna, el movimiento aparente del Sol sobre la esfera celeste, los eclipses, las dimensiones y las distancias en el Universo, el brillo de las estrellas y su observación de la Tierra. Si bien ha habido un pequeño progreso en la proporción de respuestas aceptables científicamente cuando se cotejó el octavo grado de la enseñanza primaria con el quinto, y el último año de la enseñanza secundaria con el primero, se observó un predominio de las concepciones alternativas en relación a la mayoría de los temas explorados, que continuó hasta los últimos años de la educación básica. Una comparación con los datos encontrados en investigaciones realizadas en otros contextos socioculturales revelaron, en muchos aspectos, conceptos y dificultades similares expresadas por los estudiantes. Apresentam-se os resultados de uma investigação sobre a compreensão de conceitos astronômicos básicos, da qual participaram 561 estudantes da quinta série do Ensino Fundamental ao terceiro ano do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Foz do Iguaçu. Um teste com 20 questões de múltipla escolha foi aplicado para identificar as concepções mais comuns expressadas pelos alunos. Esse instrumento de coleta de dados foi elaborado com base na literatura sobre concepções alternativas e abordou os seguintes temas: o ciclo dia-noite; os fusos horários; as estações do ano; as fases da Lua; o movimento da Lua; o movimento aparente do Sol na esfera celeste; os eclipses; as dimensões e distâncias no Universo; o brilho das estrelas e sua observação da Terra. Embora se tenha verificado um pequeno progresso na proporção de respostas cientificamente aceitáveis ao se cotejar a oitava série do Ensino Fundamental com a quinta, e a terceira série do Ensino Médio com a primeira, houve o predomínio de concepções alternativas em relação à maior parte dos temas explorados, as quais persistiram até o último ano da Educação Básica. A comparação com