Science.gov

Sample records for alergica extrinseca achados

  1. [Association between the evaluation by a patient care team and compliance with the claim of drugs in pharmacy].

    PubMed

    Herrera Marín, Robinson; Estrada Acevedo, Jorge Ivan; Restrepo Jimenez, Ana Maria

    2015-01-01

    Contexto: en la actualidad es reconocido el importante desafio que implica alcanzar una adecuada adherencia farmacologica. Existen multiples metodos para detectar si un paciente es no adherente, entre los cuales el historial de dispensaciones de medicamentos en farmacia ha sido considerado adecuado. Objetivo: determinar la asociacion entre la atencion por un grupo interdisciplinario incluyendo al Farmaceutico y el cumplimiento con la reclamacion de los medicamentos en farmacia. Método: estudio de casos y controles en pacientes con Asma, Enfermedad Pulmonar Obstructiva Cronica o Rinitis alergica, que reclamaron sus medicamentos en farmacia durante el periodo Octubre de 2012 y Noviembre de 2013 (n: 526). Se definio como caso a los pacientes que durante el periodo de observacion reclamaron sus medicamentos en farmacia >95% de las veces que debieron haberlos reclamado (n: 263). Para el analisis univariado se utilizaron frecuencias absolutas y relativas y medidas de resumen. Para el bivariado tablas de contingencia y las pruebas de Chi cuadrado, T-Student (U-de Mann Whitney) y ANOVA (H-de Kruskal Wallis). La medida de fuerza estadistica utilizada fue el Odds Ratio. Para el multivariado Regresion Logistica Binaria. Resultados: el 78.3% de los casos y el 47.1% de los controles habian sido atendidos por un grupo interdisciplinario (p.

  2. Audition and exhibition to toluene - a contribution for the theme.

    PubMed

    Augusto, Lívia Sanches Calvi; Kulay, Luiz Alexandre; Franco, Eloisa Sartori

    2012-04-01

    Introdução: Com os avanços tecnológicos e as mudanças nos processos produtivos, os trabalhadores estão expostos a diferentes agentes físicos e químicos em seu ambiente laboral. O tolueno é um solvente orgânico presente em colas, tintas, óleos, dentre outros.Objetivo: Comparar os achados literários que evidenciam que trabalhadores expostos simultaneamente a ruído e solventes têm maior probabilidade de desenvolverem uma perda auditiva de origem periférica.Método: Revisão de literatura a respeito da perda auditiva ocupacional em trabalhadores expostos a ruído e tolueno.Resultados: A exposição isolada ao tolueno também pode desencadear uma alteração dos limiares auditivos. Estes achados audiométricos, por ototoxicidade a exposição ao tolueno, apresentam audiogramas semelhantes ao por exposição ao ruído, o que torna dificultoso diferenciar um resultado audiométrico de exposição combinada - ruído e tolueno - e exposição apenas ao ruído.Conclusão: A maioria dos estudos foi projetado para gerar hipóteses e deveria ser considerado como passos preliminares de uma pesquisa adicional. Até hoje os agentes no ambiente de trabalho e seus efeitos têm sido estudados de maneira isolada e os limites de tolerância destes, não consideram as exposições combinadas. Considerando que os trabalhadores estão expostos a múltiplos agentes e que a perda auditiva é irreversível, os testes implementados devem ser mais completos e todos os trabalhadores devem fazer parte do programa de prevenção auditiva, mesmo expostos a baixas doses do limite de exposição recomendado.

  3. Eccrine porocarcinoma: cytologic diagnosis by fine needle aspiration biopsy (FNAB).

    PubMed

    Kalogeraki, Alexandra; Tamiolakis, Dimitrios; Tsagatakis, Thomas; Geronatsiou, Katerina; Haniotis, Vrettos; Kafoussi, Maria

    2013-01-01

    Introdução: O porocarcinoma écrino (PE) é um tumor maligno pouco comum dos anexos cutâneos. Trata-se de um adenocarcinoma da glândula sudorípara écrina com propensão para recorrer localmente e para originar metástases ao longo dos gânglios linfáticos regionais. Este artigo apresenta um diagnóstico por citologia aspirativa com agulha fina (CAAF) de um PE, associado ao exame histológico e de imunocito/histoquímica.Caso Clínico: São descritos os achados da citologia de um porocarcinoma écrino numa doente de 76 anos de idade, bem como as características histológicas do tumor cutâneo. A citologia aspirativa revelou que o tumor se caracterizava pela presença de células atípicas malignas com citoplasma basófilo, núcleos hipercromáticos e nucléolos proeminentes. O diagnóstico citológico foi confirmado pela histologia.Conclusões: É crucial obter um diagnóstico pré-operatório preciso de modo a desencadear um plano cirúrgico curativo. A CAAF possibilita uma abordagem pouco invasiva, segura e efectiva, de modo a esclarecer um diagnóstico diferencial exigente.

  4. Pulmonary Embolism in Ambulatory Oncologic Patients.

    PubMed

    Silva, Patrícia; Rosales, Maria; Milheiro, Maria João; Santos, Luísa L

    2015-01-01

    Introdução: A associação entre a doença oncológica e a doença tromboembólica venosa é conhecida. O doente oncológico apresenta um risco de evento trombótico seis a sete vezes superior à população em geral. O tromboembolismo pulmonar é uma importante causa de morbilidade e mortalidade neste grupo de doentes, encontrando-se a sua prevalência subestimada. Material e Métodos: Estudo retrospetivo de todos os episódios de tromboembolismo pulmonar referenciados num período de cinco anos. Selecionaram-se os doentes oncológicos em regime de ambulatório, tendo sido revistos os dados demográficos, fatores de risco, presença de sintomatologia ao diagnóstico, estratificação de risco de doença tromboembólica venosa pelo modelo de Khorana, probabilidade de mortalidade aos 30 dias e sobrevivência global. O trabalho elaborado está de acordo com a declaração de Helsínquia. Resultados: Avaliaram-se 186 doentes, 55,9% do sexo feminino, mediana de idade de 64 anos. As neoplasias mais prevalentes foram a colo-rectal (24,2%) e a pulmonar (17,7%), sendo que a maioria apresentava metástases (66,1%) ou realizaram quimioterapia (69,4%). O tromboembolismo pulmonar foi um achado imagiológico em 69,4%, sendo que nenhum dado clínico analisado no nosso estudo mostrou ter significado estatístico na apresentação de tromboembolismo pulmonar com sintomatologia clínica evidente. Observou-se uma mortalidade aos 30 dias resultante do tromboembolismo pulmonar de 7,5%, tendo-se verificado que os doentes sintomáticos apresentaram uma sobrevivência média inferior relativamente aos assintomáticos (12 vs. 20 meses; p = 0,029). A aplicação retrospetiva do modelo preditivo de Khorana para doença tromboembólica venosa nos doentes sob quimioterapia permitiu identificar 11% dos indivíduos em alto risco. Discussão: O tromboembolismo pulmonar foi um achado imagiológico na maioria dos doentes, sendo que nenhuma variável clínica se associou à presença ou aus

  5. [Auditory Neuropathy: Clinical Evaluation and Diagnostic Approach].

    PubMed

    Carvalho, Guilherme Machado; Leão, Beatriz Prista; Ramos, Priscila Zonzini; Guimarães, Alexandre Caixeta; Castilho, Arthur Menino; Sartorato, Edi Lúcia

    2016-06-01

    Introdução: A neuropatia auditiva é uma condição na qual há alteração na condução neuronal do estímulo sonoro. Este trabalho pretende descrever e caracterizar a casuística de doentes com neuropatia auditiva. Material e Métodos: Realizámos um estudo transversal, retrospetivo, com descrição de uma série de casos consecutivos. O diagnóstico da neuropatia auditiva foi definido nas seguintes situações: Presença de otoemissões acústicas com potenciais auditivos de tronco encefálico ausente ou anormal e presença do microfonismo coclear independentemente da presença de otoemissões acústicas. Resultados: Foram avaliados 34 doentes com perda auditiva bilateral, 67% deles do sexo masculino. O aparecimento dos sintomas foi congênito em 80% dos casos. Na pesquisa das otoemissões acústicas, a resposta foi ausente em 67% dos doentes. O microfonismo coclear foi detetado em 79% dos doentes. Antecedentes gestacionais, perinatais ou ambientais relevantes estiveram presentes em 35,3% dos casos. Discussão: A literatura médica ainda apresenta grande variabilidade nos achados relacionados com a neuropatia auditiva, tanto na sua etiologia quanto nos dados epidemiológicos. Conclusão: A neuropatia auditiva apresenta um amplo espectro de alterações que podem resultar em disfunções leves a severas no funcionamento da via auditiva. Na nossa amostra, observámos que 80% das neuropatias auditivas terão tido origem congênita e/ou apresenta microfonismo coclear, 91% dos doentes apresenta défice auditivo significativo e 53% sofrem de surdez severa ou profunda.

  6. Clinical, genetic and neuropathological features of frontotemporal dementia: an update and guide.

    PubMed

    Pelicano Paulos, Jorge; Massano, João

    2013-01-01

    Introdução: A Degenerescência Lobar Frontotemporal engloba um conjunto de situações heterogéneas que partilham sintomas cognitivos e comportamentais, bem como características patológicas macroscópicas. As bases genéticas e características histopatológicas são bastante diversas e formam a base da classificação molecular das várias doenças, sendo difícil fazer uma correlação com os achados clínicos e síndromas. A investigação científica trouxe um conjunto vasto de conhecimentos, nem sempre fáceis de acompanhar,especialmente nos últimos anos em relação à genética e histopatologia.Material e Métodos: Os autores fizeram uma pesquisa de literatura neste tema, escolheram referências relevantes, extraíram e sistematizaram os dados.Resultados e Conclusão: o texto apresenta uma revisão atualizada dos aspetos clínicos, genéticos e histopatológicos da Degenerescência Lobar Frontotemporal, com ênfase especial na Demência Frontotemporal, a doença mais comum. O tratamento é também revisto e são propostas pelos autores estratégias relativamente à escolha dos testes genéticos na prática clínica. Deveriam serpromovidos a atenção e conhecimento públicos sobre este grupo de doenças.

  7. Profile of the newly graduated physicians in southern Brazil and their professional insertion.

    PubMed

    Purim, Kátia Sheylla Malta; Borges, Luiza DE Martino Cruvinel; Possebom, Ana Carolina

    2016-01-01

    Knowledge of the profile and professional integration of new graduates enables adjustments in medical education. This study evaluated 107 graduates from a private institution in the Brazilian South region, using a self-administered electronic questionnaire. There were similar participation of young physicians of both genders and higher male concentration in general surgery. Graduates are inserted in the public and private labor market. Most do extra shifts in emergency services and trauma surgery, where there is greater need for clinical and surgical skills. These findings suggest that adequate surgical training during graduation is critical to employability. RESUMO O conhecimento do perfil e inserção profissional dos recém-formados possibilita ajustes na educação médica. Este estudo avaliou 107 egressos de instituição privada no sul do país, utilizando questionário eletrônico autoaplicável. Houve participação similar de jovens de ambos os sexos e maior concentração masculina na área de cirurgia geral. Os egressos estão inseridos no mercado de trabalho público e privado. A maioria faz plantões extras em serviços de emergência e cirurgia do trauma, onde há maior necessidade de habilidades clinicas e cirúrgica. Esses achados apontam que a formação cirúrgica adequada durante a graduação é fundamental para a empregabilidade.

  8. A Neurologist's Hard Day's Work: Impact of Inpatient Neurology Consultation in a Tertiary Hospital.

    PubMed

    Rocha, Helena; Monteiro, Ana; Gomes, Tiago; Grilo, Miguel; Carvalho, Marta

    2016-01-01

    Introdução: A consulta de neurologia realizada a doentes hospitalizados sob a responsabilidade de outras especialidades é um trabalho exigente mas muitas vezes sub-valorizado e pouco documentado. Este estudo pretendeu avaliar o impacto das consultas internas de neurologia num hospital português e, consequentemente, a performance do nosso Serviço no que diz respeito a esta matéria. Material e Métodos: Foi conduzido um estudo retrospetivo durante o ano de 2013 através da revisão de dados clínicos e demográficos. Resultados: Ao longo de um ano, os neurologistas no nosso Serviço avaliaram 632 doentes internados. As principais razões para o pedido de consulta foram a alteração do estado mental/comportamental, défice neurológico focal e crises epiléticas. Os pedidos de avaliação provieram principalmente de serviços médicos mas também de Unidades de Cuidados Intensivos e Intermédios. Os neurologistas sugeriram investigação adicional em cerca de 50% dos doentes; alterações terapêuticas foram efetuadas numa proporção semelhante de doentes. No final da consulta foi possível estabelecer um novo diagnóstico em 63% dos casos, sendo os mais frequentes manifestação neurológica de doenças sistémicas, epilepsia e doença vascular cerebral. Tal intervenção teve impacto no cuidado de 68% dos doentes. Discussão e Conclusão: Diferentes estudos na literatura suportam os nossos achados, enfatizando que esta atividade tem benefícios diretos no tratamento dos doentes e que é custo-efetiva. Os nossos resultados sugerem que a atividade de consultadoria interna da Neurologia resulta em intervenções úteis para a gestão clínica dos doentes internados.

  9. Hansen Neuropathy: Still a Possible Diagnosis in the Investigation of a Peripheral Neuropathy.

    PubMed

    Veiga, Andreia; Costa, Alexandre; Taipa, Ricardo; Guimarães, António; Pires, Manuel Melo

    2015-01-01

    Introdução: A lepra continua a ser uma das causas mais frequentes de neuropatia periférica. Apesar de tida como erradicada em Portugal, ainda se documenta no estudo neuropatológico de doentes com clínica de neuropatia periférica sem diagnóstico etiológico definido.Material e Métodos: Revisão dos casos neuropatia por doença de Hansen diagnosticados na Unidade de Neuropatologia do Centro Hospitalar do Porto no período de 1978 e 2013 atendendo ao género, idade, manifestações clínicas e achados neuropatológicos.Resultados: Foram identificados 21 doentes com diagnóstico neuropatológico de neuropatia por doença de Hansen, com predomínio do sexo masculino. A idade média ao diagnóstico foi de 52 anos, sendo a sintomatologia sensitiva predominante. O intervalo entre sintomatologia e diagnóstico oscilou entre 1 a 38 anos. Na maioria foi identificada forma tuberculoide em biópsia de nervo e detetados bacilos em pele e nervo em 44% dos casos.Discussão: A mononeurite é a forma mais comum de apresentação de hanseníase, podendo cursar com outras manifestações clínicas incluindo lesões cutâneas. A infeção pelo M. leprae lesiona fibras mielinizadas e não mielinizadas, com substituição do tecido nervoso por colagénio resultando em fibrose. O diagnóstico da lepra é apenas conseguido por estudo neuropatológico das lesões cutâneas e/ou nervo periférico, adjuvado pela identificação do bacilo.Conclusão: A doença de Hansen continua a ser um problema de saúde pública em áreas tropicais e, apesar de rara, ainda descrita em países ocidentais, devendo ser considerada como uma hipótese de diagnóstico na investigação de neuropatia periférica.

  10. Acute tubulointerstitial nephritis with severe renal impairment associated with multisystem IgG4-related disease.

    PubMed

    Beltrame, Rafael Coimbra Ferreira; Friderichs, Maurício; Fior, Bárbara Rayanne; Schaefer, Pedro Guilherme; Thomé, Gustavo Gomes; Silva, Dirceu Reis da; Barros, Elvino José Guardão; Seligman, Renato; Veronese, Francisco Veríssimo

    2016-01-01

    The IgG4-related disease has a wide clinical spectrum where multiple organs can be affected, and the diagnosis depends on typical histopathological findings and an elevated IgG4 expression in plasma cells in the affected tissue. We describe the clinical presentation and evolution of a patient with acute tubulointerstitial nephritis, severe kidney failure and systemic manifestations such as lymphadenomegaly and chronic pancreatitis. The diagnosis was confirmed by the clinical picture and kidney and lymph node histopathology, in which immunohistochemistry of the lymphoid tissue showed policlonality and increased expression of IgG4, with a IgG4/total IgG ratio > 80%. The patient was treated with prednisone at a dose of 60 mg/day, followed by mycophenolate mofetil, and showed clinical and renal function improvement at 6 months of follow-up. The high index of suspicion of IgG4-related disease with multisystem involvement and the early treatment of this condition are essential to improve the prognosis of affected patients. Resumo A doença relacionada à IgG4 tem um espectro clínico amplo em que múltiplos órgãos podem ser afetados, e o diagnóstico depende de achados histopatológicos típicos e elevada expressão de IgG4 em plasmócitos no tecido afetado. Descrevemos o quadro clínico e a evolução de um paciente com nefrite túbulo-intersticial aguda, insuficiência renal grave e manifestações sistêmicas como linfoadenomegalias e pancreatite crônica. O diagnóstico foi confirmado pelas características clínicas e pela histopatologia renal e de linfonodo, na qual a imunohistoquímica mostrou tecido linfoide com policlonalidade e expressão aumentada de IgG4, com uma relação IgG4/IgG total > 80%. O paciente foi tratado com prednisona na dose de 60 mg/dia, seguido de micofenolato mofetil, e apresentou melhora clínica e da função renal depois de 6 meses de tratamento. O alto índice de suspeição da doença relacionada ao IgG4 com comprometimento multissist

  11. [Mediterranean Spotted Fever: Retrospective Review of Hospitalized Cases and Predictive Factors of Severe Disease].

    PubMed

    Meireles, Mariana; Magalhães, Rui; Guimas, Arlindo

    2015-01-01

    Introdução: Febre escaro-nodular, uma zoonose antiga a levantar questões actuais. Este estudo pretende reavaliar a imagem clínica da doença e identificar factores prognósticos de doença severa. Material e Métodos: Foram avaliados os casos admitidos num hospital central no período de 12 anos. Os fatores de risco foram determinados por análise uni e multivariada, comparando os indivíduos internados em enfermaria geral versus admitidos em unidades de cuidados intermédios/intensivos ou em caso de morte. Resultados: Foram revistos 71 casos de febre escaro-nodular. A média de idades foi 63,3 ± 16,7 anos e 52,1% eram homens. A escara de inoculação foi identificada em 62,0% dos casos. Febre e exantema foram os achados clínicos mais frequentes. Quarenta e cinco por cento dos doentes desenvolveram complicações e 22,5% foram internados em unidades de cuidados intermédios e/ou intensivos. Apirexia, dispneia, insuficiência renal e níveis de lactato desidrogenase elevados à admissão foram preditores de desenvolvimentode doença severa (p < 0,034). O alcoolismo associou-se a um tempo de internamento prolongado (p = 0,020). Ausênciade febre (p = 0,019) e níveis elevados de creatinina (p = 0,028) constituíram fatores independentes de mau prognóstico. A taxa de mortalidade foi 2,8%.Discussão: Apesar da evolução da febre escaro-nodular ser, geralmente, assumida como benigna, casos graves têm surgido. Quase metade dos doentes hospitalizados desenvolveu complicações. Apirexia e lesão renal predispõem a pior prognóstico. Conclusão: A identificação precoce da infeção e a vigilância contínua dos doentes são determinantes, particularmente naqueles com maior risco de desenvolverem doença severa ou fatal.

  12. [Adulthood Langerhans cell histiocytosis: experience of two Portuguese hospitals].

    PubMed

    de Brito, Margarida Dantas; Martins, Éngelo; Andrade, Joaquim; Guimarães, José; Mariz, José

    2014-01-01

    IntroduçÉo: A histiocitose de células de Langerhans é uma doença heterogénea e mais frequente em crianças. Entre 1/2001 e 12/2013 admitimos 20 doentes com HCL nas duas instituições. O objectivo deste trabalho foi caracterizar esta populaçÉo, avaliando as formas de apresentaçÉo, o estadiamento e tratamento.Material e Métodos: Estudo retrospectivo; consulta do processo clínico.Resultados: Dos 16 doentes analisáveis verificamos uma mediana de idade 34 anos (15-48), 10 mulheres e 6 homens. Os motivos que determinaram a referenciaçÉo dos doentes foram: queixas respiratórias em 37,5%; alterações ósseas em 37,5%; queixas dentárias em 25%; sintomas constitucionais em 19%; lesões mucocut'neas em 6% e outro foi um achado histológico inesperado após tiroidectomia. O diagnóstico histológico foi obtido em: osso em 50%; pulmÉo em 37,5%; fígado, mucosa vulvar e peça de tiroidectomia em 6%, respectivamente. O estadiamento assumido na prática clínica foi: envolvimento de órgÉo único (uni/multifocal) em 69% e doença multissistémica em 31%. A mediana de seguimento foi cinco anos (dois meses-11 anos) e a sobrevivência global 92%. Actualmente: 19% estÉo vivos sem doença; 44% estÉo vivos com doença; 25% estÉo em tratamento e 12% morreram.DiscussÉo: Estes resultados estÉo de acordo com a literatura. No entanto, segundo as recomendações actuais consideramos que 56% doentes efectuaram estudo complementar incompleto condicionando subestadiamento e provavelmente subtratamento. Verifica-se heterogeneidade de procedimentos no estadiamento e tratamento.ConclusÉo: Frequentemente há dificuldades e atraso no diagnóstico desta entidade clínica. SÉo importantes estudos prospectivos internacionais na populaçÉo adulta.

  13. Symptoms and reason for a medical visit in lung cancer patients.

    PubMed

    Gonzalez-Barcala, Francisco Javier; Falagan, José Antonio; Garcia-Prim, Jose Maria; Valdes, Luis; Carreira, Jose Martin; Pose, Antonio; Canive, Juan Carlos; Anton, Diana; Garcia-Sanz, Maria Teresa; Puga, Amalia; Temes, Enrique; Lopez-Lopes, Rafael

    2014-01-01

    Contexto: A Os doentes com o diagnóstico de cancro do pulmão estão habitualmente sintomáticos no momento do diagnóstico, sendo comum que o médico ou o doente não associem essa sintomatologia com a eventualidade de um tumor maligno. Objectivos: Este estudo teve como objectivo a análise dos sintomas de doentes com cancro do pulmão e sua relação com as características pessoais ou com a doença oncológica. Material e Métodos: Foi levado a cabo um estudo retrospectivo englobando todos os doentes com o diagnóstico de cancro do pulmão na Região de Saúde de Pontevedra (Espanha) ao longo de um período de três anos. São analisados os sintomas de apresentação do doente, o motivo de consulta e a concordância entre ambos ou com quaisquer factores correlacionados. Resultados: Foram incluídos no estudo 358 doentes, com uma média etária de 68,7 anos, sendo 87% dos doentes do sexo masculino. Os sintomas iniciais mais comuns foram sintomas constitucionais em 30,4% dos casos, tosse em 20,9% e dor torácica, descrita por 12% dos doentes. O motivo de consulta mais frequente foi dispneia em 22,1% dos doentes, um achado acidental em 15,4% dos doentes e hemoptise em 12,8%. Observou-se uma associação moderada (coeficiente de correlação = 0,495) entre os sintomas iniciais e o motivo de consulta. Conclusões: Uma elevada percentagem de doentes com um diagnóstico de cancro do pulmão apresentou sintomas associados com o tumor no momento do diagnóstico, mesmo num estadio inicial da doença.

  14. [Magnetic Resonance Imaging Conversion Predictors of Clinically Isolated Syndrome to Multiple Sclerosis].

    PubMed

    Peixoto, Sara; Abreu, Pedro

    2016-11-01

    Introdução: A síndrome clinicamente isolada é uma forma de apresentação da esclerose múltipla, doença desmielinizante crónica do sistema nervoso central, e define-se por um único episódio clínico sugestivo de desmielinização. Porém, doentes com esta síndrome podem não desenvolver novos sintomas ou lesões, mesmo após longos períodos de seguimento, não cumprindo os critérios de diagnóstico da doença. Aqui serão revistas, na síndrome clinicamente isolada, as alterações na ressonância magnética que melhor predizem a conversão em esclerose múltipla. Material e Métodos: Pesquisaram-se na base de dados da PubMed artigos publicados entre janeiro de 2010 e junho de 2015 usando os termos ‘clinically isolated syndrome’, ‘cis’, ‘multiple sclerosis’, ‘magnetic resonance imaging’, ‘magnetic resonance’ e ‘mri’. Resultados: Carga lesional, localização das lesões, critérios de Barkhof e áreas/volumes de estruturas cerebrais foram as alterações na ressonância magnética convencional encontradas nos artigos incluídos nesta revisão. As técnicas não convencionais estudadas foram a dupla inversão-recuperação, a transferência de magnetização, a espectroscopia e a imagem de tensor de difusão. Discussão: Enquanto o número de lesões e a sua localização têm um papel claro na previsão da conversão da síndrome clinicamente isolada em esclerose múltipla, as técnicas não convencionais e as restantes alterações na ressonância magnética necessitam de mais estudos para confirmar a sua capacidade de prever o desenvolvimento da doença. Conclusão: Para além do valor preditivo das alterações já citadas, no futuro, diferentes achados neurorradiológicos na síndrome clinicamente isolada poderão ser considerados para os critérios de diagnóstico da esclerose múltipla e/ou modificar as recomendações sobre o seu tratamento.

  15. Attachment Strategies and Neuroendocrine Biomarkers in Obese Children.

    PubMed

    Pinto, Inês; Wilkinson, Simon; Virella, Daniel; Alves, Marta; Calhau, Conceição; Coelho, Rui

    2016-05-01

    Introdução: A qualidade da relação pais-filho influencia o desenvolvimento do sistema fisiológico de regulação do stress da criança. Exploraram-se eventuais associações entre estratégias de vinculação e o cortisol e a hormona estimulante da tiróide, respectivamente como possíveis mediador e variável interveniente na relação mãe-filho, na criança obesa. Material e Métodos: Foi recrutada na Consulta de Obesidade uma amostra de conveniência de 83 crianças obesas com 10,9 (1,8) anos de idade (46 rapazes). A obesidade foi definida pelo percentil do índice de massa corporal para idade e género e os biomarcadores neuroendócrinos foram medidos pelos métodos de rotina. As estratégias de vinculação foram avaliadas através dos questionários (IACA) para pais e crianças. O funcionamento familiar foi classificado através do preenchimento pelos pais do FACES-III. Foram analisados modelos multivariáveis de regressão linear. Resultados: As estratégias de vinculação insegura do tipo evitante (tipo A) apresentaram uma associação significativa positiva com os níveis de hormona estimulante da tiróide e negativa com os níveis de cortisol (R2 = 0,352). As estratégias de vinculação segura (tipo B) associaram-se positivamente ao hipotiroidismo e ao percentil de índice de massa corporal, ambas com significado estatístico (R2 = 0,541). As estratégias de vinculação insegura apresentaram alguma evidência de associação positiva com a hormona estimulante da tiróide (R2 = 0,250). Discussão: Estes achados sugerem a existência de factores comuns na regulação dos eixos hipotálamo-hipófise-adrenal e hipotálamo-hipófise-tiróide. Os processos envolvidos no desenvolvimento das estratégias de vinculação do tipo A parecem associar-se aos mecanismos regulatórios do eixo HPA. Conclusão: Diferentes estratégias de vinculação estão associadas a diferentes padrões metabólicos em crianças obesas. Desconhece-se qual a sua contribui

  16. Isolated primary amyloidosis of the inferior rectus muscle mimicking Graves' orbitopathy.

    PubMed

    Monteiro, Mário Luiz Ribeiro; Gonçalves, Allan Christian Pieroni; Bezerra, Alanna Mara Pinheiro Sobreira

    2016-01-01

    considerado após a realização de ressonância magnética, que revelou aumento importante do músculo reto inferior esquerdo, sem acometimento do tendão, e uma propedêutica sistêmica detectou hipotireoidismo autoimune. Como não houve melhora com o tratamento clínico, o paciente foi encaminhado a um oftalmologista, que realizou nova investigação. A presença de calcificação no músculo reto inferior na tomografia computadorizada, associada aos achados clínicos, levou a uma biópsia da lesão, que demonstrou a deposição de material amiloide. Este relato enfatiza como uma avaliação minuciosa das formas atípicas de orbitopatia de Graves é essencial e deve incluir a ocorrência, embora rara, de amiloidose no diagnóstico diferencial da orbitopatia de Graves.

  17. [Treatment of Gastroenteropancreatic Neuroendocrine Tumors with 177Lu-DOTA-TATE: Experience of the Portuguese Institute of Oncology in Porto].

    PubMed

    Sampaio, Inês Lucena; Luiz, Henrique Vara; Violante, Liliana Sobral; Santos, Ana Paula; Antunes, Luís; Torres, Isabel; Sanches, Cristina; Azevedo, Isabel; Duarte, Hugo

    2016-11-01

    Introdução: O objetivo deste artigo é rever a experiência do Instituto Português de Oncologia do Porto na terapêutica de tumores neuroendócrinos gastroenteropancreáticos com 177Lu-DOTA-TATE, tendo como principais pontos de análise a segurança e eficáciaterapêutica. Material e Métodos: Foi realizada uma análise retrospetiva dos processos clínicos de doentes com tumores neuroendócrinos gastroenteropancreáticos, submetidos a terapêutica com 177Lu-DOTA-TATE entre abril de 2011 e novembro de 2013. Resultados: Dos 36 casos revistos, 30 completaram os três ciclos de 177Lu-DOTA-TATE (83,3%). Nesses doentes foram registados: efeitos colaterais agudos em 8,9% dos ciclos; toxicidade hepática grau 3 CTCAE em 13,3% dos doentes (todos com alterações prévias da função hepática); ausência de toxicidade renal ou hematológica significativa; melhoria sintomática em 71,4% dos doentes; tempo mediano global desde o início da terapêutica até progressão de doença de 25,6 meses; tempo mediano global de sobrevivência desde o diagnóstico de 121,7 meses. Verificou-se um maior tempo livre de progressão de doença e de sobrevivência nos doentes com expressão elevada de recetores da somatostatina (p < 0,05). Discussão: A peptide receptor radionuclide therapy com 177Lu-DOTA-TATE apresenta respostas clínicas favoráveis com segurança e boa tolerabilidade terapêutica, conforme evidenciado no nosso estudo pelos seguintes achados: melhoria dos sintomas na maioria dos doentes e aumento significativo do tempo livre de progressão de doença e da sobrevivência (sobretudo nos doentes com expressão elevada de sstr), com efeitos colaterais agudos e subagudos/crónicos significativos numa minoria de doentes. Conclusão: A peptide receptor radionuclide therapy com 177Lu-DOTA-TATE é uma terapêutica promissora, com benefícios reais em termos de eficácia e segurança nos doentes com tumores neuroendócrinos gastroenteropancreáticos.

  18. [Juvenile Pompe disease: retrospective clinical study].

    PubMed

    Loureiro Neves, Filipa; Garcia, Paula Cristina; Madureira, Núria; Araújo, Henriqueta; Rodrigues, Fidjy; Estêvão, Maria Helena; Lacerda, Lúcia; Diogo Matos, Luísa Maria

    2013-01-01

    -se clinicamente na forma juvenil da doença de Pompe. A hipótese de doença de Pompe deve ser considerada em lactentes com miocardiopatia e nas miopatias progressivas, especialmente as das cinturas e dos músculos respiratórios em qualquer idade. A elevação da creatina quinase é um dado sensível, embora inespecífico. Dada a grande variabilidade dos achados genéticos, a demonstração da redução da atividade da maltase ácida continua a ser o pilar do diagnóstico.

  19. 30 years later: Social Representations about AIDS and sexual practices of rural towns residents.

    PubMed

    Furtado, Francisca Marina de Souza Freire; Santos, José Anderson Galdino; Loredanna, Stedile; Araújo, Eunice; Saldanha, Ana Alayde Werba; Silva, Josevânia da

    2016-06-01

    no estado da Paraíba/Brasil. Os dados foram coletados por um meio de um questionário e o teste de associação livre de palavras. Os resultados mostraram baixa preocupação com doença, percepção de invulnerabilidade à contaminação pelo HIV e o não uso do preservativo nas relações sexuais, sendo a confiança no parceiro o principal motivo relacionado. Também mostraram perdurar representações de natureza pejorativa e estereotipada, revelando que ainda perduram, no meio rural, crenças e representações referentes ao início da epidemia. A partir de tais achados, é possível apontar deficiências em termos de cuidados oferecidos pelos serviços de saúde nestas localidades, o que pode resultar em maiores vulnerabilidades dessa população ao adoecimento, havendo assim a necessidade da intensificação de campanhas de informação e intervenção.

  20. [Carotid atherosclerosis and white matter hypodensities: a controversial relationship].

    PubMed

    Félix-Morais, Ricardo; Sargento-Freitas, João; Silva, Fernando; Cordeiro, Gustavo; Nunes, César; Ribeiro, Joana; Cordeiro, Miguel; Moura, Cristina; Cunha, Luis

    2014-01-01

    ómeno sistémico, estes achados sugerem que as hipodensidades da substância branca de provável etiologia vascular, tenham um mecanismo alternativo ou concorrente à aterosclerose no seu desenvolvimento.Conclusão: Os dados deste estudo, sugerem que a idade e hipertensão sejam os principais factores de risco no desenvolvimento de hipodensidades da substância branca de provável etiologia vascular. Não foi encontrada uma associação independente entre a aterosclerose carotídea e as hipodensidades da substância branca de provável etiologia vascular.

  1. [Gonadal function in Turner syndrome].

    PubMed

    Alves, Márcia; Bastos, Margarida; Almeida Santos, Teresa; Carrilho, Francisco

    2013-01-01

    Introdução: A síndrome de Turner caracteriza-se pela ausência, parcial ou total, de um cromossoma X no sexo feminino, sendo uma das cromossomopatias mais frequentes. O diagnóstico é realizado através do cariótipo e as suas manifestações incluem o hipogonadismo primário, antes ou após a puberdade (disgenesia gonadal). O grau de disfunção e a extensão dos defeitos gonadais são variáveis.Objectivos: Pretendeu-se avaliar a clínica, cariótipo, função gonadal e características ecográficas do útero e ovários de mulheres com síndrome de Turner.Material e Métodos: Estudo retrospectivo de doentes com síndrome de Turner, seguidas nos Serviços de Endocrinologia ou Reprodução Humana dos Hospitais da Universidade de Coimbra - Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E.P.E. Avaliou-se toda a amostra e consideraram-se o grupo 1 (com puberdade e menarca espontânea) e grupo 2 (sem puberdade espontânea). Parâmetros avaliados: idade do estudo inicial, puberdade, cariótipo, FSH, ecografia pélvica inicial e pós-pubertária, celioscopia e indução pubertária. Estudo estatístico: SPSS (20.0).Resultados: Amostra: 79 doentes, 14,7 ± 6,6 anos. Ausência de sinais pubertários em 57,1%, amenorreia primária 67,1% e secundária 6,6%. Cariótipo: monossomia X-37,2%, mosaico-37,2%, alterações estruturais de X-25,6%. Mediana da FSH 59,5mUI/mL. Ecografia inicial: útero normal-34,2%, atrófico-65,8%; ovários normais-21,6%, atróficos-78,4%, com folículos-5,1%. Ecografia pós-pubertária: útero normal-67,9%, atrófico-32,1%; ovários normais-36,4%, atróficos-63,6%. A laparoscopia realizada em 16 (20,3%) doentes confirmou os achados ecográficos. Duas mulheres com puberdade induzida engravidaram: uma espontaneamente, sem evolução; outra pordoação de ovócitos, evolutiva. Grupo 1 (com puberdade e menarca espontânea): 20 (25,3%) doentes, 16,1 ± 8,9 anos. Puberdade na avaliação inicial: M1-22,2%, M2-33,3%, M3-16,7%, M4-16,7%, M5-11,1%. Cari

  2. Biochemical and biophysical investigation of surfactant in neonatal gastric aspirate at birth.

    PubMed

    Bangyozova, Maya; Jordanova, Albena; Tsanova, Asya; Jekova, Neli; Chakarov, Decho; Doumanov, Jordan; Christova, Emilia; Lalchev, Zdravko

    2013-01-01

    significativamente maiores valores médios da tensão superficial mínima (γmin) nos bebés prematuros - 20,5 m / Nm em comparação com as crianças a termo - 12,3 mN / m (p < 0,01). Não houve diferença entre as tensões superficiais de equilíbrio (38 mN / m contra 38 mN / m) de ambos os grupos, os valores médios de tensão de superfície máxima (γmax) em GA não diferiram significativamente entre os grupos (50,1 mN / m vs 48,5 mN / m). Conclusão: Os achados revelaram fosfolipídios inferiores e concentrações de proteína na IG ao nascimento de bebês prematuros em comparação com os lactentes saudáveis a longo prazo. As características da superfície dinâmicas da GA apresentaram diferenças significativas entre os dois grupos, a tensão de superfície mínima sendo o parâmetro mais importante para a avaliação da maturidade surfactante. Ele pode ser utilizado na prática clínica para a avaliação rápida de surfactante em recém-nascidos prematuros com respeito à administração de surfactante.

  3. [Pneumocystis Pneumonia in 107 HIV Infected Patients Admitted to the Department of Infectious Diseases at Santa Maria Hospital, Lisbon (2002 - 2013)].

    PubMed

    Grilo, Vilma; Pereira, Aida

    2016-10-01

    por Pneumocystis jirovecii como factor de risco, e a frequência em que está presente patologia pulmonar concomitante. Os doentes falecidos apresentaram menos achados imagiológicos sugestivos de Pneumocystis jirovecii, e a idade avançada constituiu um factor pior prognóstico nesta população.