Science.gov

Sample records for anticorpos monoclonais ior-cea-1

  1. The value of antibody-coated bacteria in tracheal aspirates for the diagnosis of ventilator-associated pneumonia: a case-control study.

    PubMed

    Ranzani, Otavio Tavares; Forte, Daniel Neves; Forte, Antonio Carlos; Mimica, Igor; Forte, Wilma Carvalho Neves

    2016-01-01

    aspirado traqueal (AT) no diagnóstico de PAVM. Estudo diagnóstico caso-controle envolvendo 45 pacientes sob ventilação mecânica. Amostras de AT foram obtidas de pacientes com e sem PAVM (casos e controles, respectivamente), e verificamos o número de bactérias revestidas com anticorpos monoclonais conjugados com FITC (IgA, IgM ou IgG) ou anticorpo polivalente conjugado com FITC. Utilizando microscopia de imunofluorescência, foi determinada a proporção de BRA em um número fixo de 80 bactérias. A mediana das proporções de BRA foi significativamente maior nos casos (n = 22) que nos controles (n = 23) - IgA (60,6% vs. 22,5%), IgM (42,5% vs. 12,5%), IgG (50,6% vs. 17,5%) e polivalente (75,6% vs. 33,8%) - p < 0,001 para todos. A acurácia dos melhores pontos de corte para o diagnostico de PAVM em relação aos BRA monoclonais e polivalentes foi > 95,0% e > 93,3%, respectivamente. O número de BRA em amostras de AT foi maior nos casos que nos controles. Nossos achados indicam que a avaliação de BRA no AT é uma ferramenta promissora para aumentar a especificidade do diagnóstico de PAVM. A técnica pode ser custo-efetiva e, portanto, útil em locais com poucos recursos, com as vantagens de minimizar resultados falso-positivos e evitar o tratamento excessivo.

  2. Immunoscintigraphy and radioimmunotherapy in Cuba: experiences with labeled monoclonal antibodies for cancer diagnosis and treatment (1993-2013).

    PubMed

    Peña, Yamilé; Perera, Alejandro; Batista, Juan F

    2014-01-01

    INTRODUCTION The availability of monoclonal antibodies in Cuba has facilitated development and application of innovative techniques (immunoscintigraphy and radioimmunotherapy) for cancer diagnosis and treatment. Objective Review immunoscintigraphy and radioimmunotherapy techniques and analyze their use in Cuba, based on the published literature. In this context, we describe the experience of Havana's Clinical Research Center with labeled monoclonal antibodies for cancer diagnosis and treatment during the period 1993-2013. EVIDENCE ACQUISITION Basic concepts concerning cancer and monoclonal antibodies were reviewed, as well as relevant international and Cuban data. Forty-nine documents were reviewed, among them 2 textbooks, 34 articles by Cuban authors and 13 by international authors. All works published by the Clinical Research Center from 1993 through 2013 were included. Bibliography was obtained from the library of the Clinical Research Center and Infomed, Cuba's national health telematics network, using the following keywords: monoclonal antibodies, immunoscintigraphy and radioimmunotherapy. RESULTS Labeling the antibodies (ior t3, ior t1, ior cea 1, ior egf/r3, ior c5, h-R3, 14F7 and rituximab) with radioactive isotopes was a basic line of research in Cuba and has fostered their use as diagnostic and therapeutic tools. The studies conducted demonstrated the good sensitivity and diagnostic precision of immunoscintigraphy for detecting various types of tumors (head and neck, ovarian, colon, breast, lymphoma, brain). Obtaining different radioimmune conjugates with radioactive isotopes such as 99mTc and 188Re made it possible to administer radioimmunotherapy to patients with several types of cancer (brain, lymphoma, breast). The objective of 60% of the clinical trials was to determine pharmacokinetics, internal dosimetry and adverse effects of monoclonal antibodies, as well as tumor response; there were few adverse effects, no damage to vital organs, and a positive

  3. The influence of nicotine in healing of small bowel anastomoses in rats: angiogenesis and miofibroblasts.

    PubMed

    Skinovsky, James; Malafaia, Osvaldo; Chibata, Mauricio; Tsumanuma, Fernanda; Panegalli, Flávio; Martins, Marcus Vinícius Dantas de Campos

    2016-01-01

    ,9%, em duas aplicações diárias, durante 28 dias prévios à operação e por mais 7, 14 ou 28 dias, conforme o subgrupo. O grupo C (igualmente com 30 animais) recebeu somente a solução salina nas mesmas condições e intervalos de tempo. Após 28 dias efetuou-se, em cada rato, anastomose término-terminal a 10cm da flexura duodenojejunal. Após 7, 14 ou 28 dias da cirurgia, os dez animais de cada subgrupo foram eutanasiados, sendo que as áreas anastomosadas, 1cm proximal a 1cm distal, foram encaminhadas para contagem de vasos sanguíneos e miofibroblastos, através de coloração imuno-histoquímica por aplicação dos anticorpos monoclonais antifator VIII e anti-alfa-actina muscular lisa. a administração de nicotina levou à diminuição do número de vasos sanguíneos aferidos no 28o dia pós-operatório e do número de miofibroblastos aferidos no sétimo dia após a realização das anastomoses. a administração de nicotina foi deletéria sobre a angiogênese e formação de miofibroblastos em anastomoses do intestino delgado de ratos.

  4. Staphylococcal superantigen-specific IgE antibodies: degree of sensitization and association with severity of asthma.

    PubMed

    Elabras, José; Mello, Fernanda Carvalho de Queiroz; Lupi, Omar; Bica, Blanca Elena Rios Gomes; Papi, José Angelo de Souza; França, Alfeu Tavares

    2016-01-01

    To determine the presence of staphylococcal superantigen-specific IgE antibodies and degree of IgE-mediated sensitization, as well as whether or not those are associated with the severity of asthma in adult patients. This was a cross-sectional study involving outpatients with asthma under treatment at a tertiary care university hospital in the city of Rio de Janeiro, Brazil. Consecutive patients were divided into two groups according to the severity of asthma based on the Global Initiative for Asthma criteria: mild asthma (MA), comprising patients with mild intermittent or persistent asthma; and moderate or severe asthma (MSA). We determined the serum levels of staphylococcal toxin-specific IgE antibodies, comparing the results and performing a statistical analysis. The study included 142 patients: 72 in the MA group (median age = 46 years; 59 females) and 70 in the MSA group (median age = 56 years; 60 females). In the sample as a whole, 62 patients (43.7%) presented positive results for staphylococcal toxin-specific IgE antibodies: staphylococcal enterotoxin A (SEA), in 29 (20.4%); SEB, in 35 (24.6%); SEC, in 33 (23.2%); and toxic shock syndrome toxin (TSST), in 45 (31.7%). The mean serum levels of IgE antibodies to SEA, SEB, SEC, and TSST were 0.96 U/L, 1.09 U/L, 1.21 U/L, and 1.18 U/L, respectively. There were no statistically significant differences between the two groups in terms of the qualitative or quantitative results. Serum IgE antibodies to SEA, SEB, SEC, and TSST were detected in 43.7% of the patients in our sample. However, neither the qualitative nor quantitative results showed a statistically significant association with the clinical severity of asthma. Determinar a presença de anticorpos IgE específicos para superantígenos estafilocócicos e o grau de sensibilização mediada por esses, assim como se esses estão associados à gravidade da asma em pacientes adultos. Estudo transversal incluindo asmáticos adultos em acompanhamento ambulatorial em

  5. [Chronic hypocalcemia due to anti-calcium sensing receptor antibodies].

    PubMed

    Marques, Pedro; Santos, Rita; Cavaco, Branca; Leite, Valeriano

    2014-01-01

    Introdução: O hipoparatiroidismo cursa com hipocalcemia e é mais frequentemente registado após cirurgia cervical. A etiologia autoimune é mais rara e difícil de diagnosticar. Caso clínico: Mulher, 52 anos, sem antecedentes pessoais, medicamentosos ou familiares relevantes, referenciada por hipocalcemia e calcificação dos núcleos da base, detetados no decurso de investigação de quadro de mialgias. Além de hipocalcemia (4,6 mg/dL), foi verificada hiperfosfatemia (8,7 mg/dL), hormona paratiroideia indetetável, calciúria, fosfatúria e magnesúria baixas. A análise molecular do gene CaSR excluiu mutações germinais. A pesquisa de anticorpos anti-receptor sensível do cálcio (anti-CaSR) foi positiva. Atualmente está assintomática e normocalcémica sob terapêutica com cálcio e vitamina D. Discussão: Embora rara, a hipocalcemia por hipoparatiroidismo autoimune deve ponderar-se em adultos sem antecedentes de cirurgia cervical, medicação hipocalcemiante, história familiar ou fenótipo sugestivo de doença genética. Hormona paratiroideia diminuída ou indetetável exclui pseudohipoparatiroidismo e a positividade para anti-CaSR confirma o diagnóstico.

  6. [TORCH serology and group B Streptococcus screening analysis in the population of a maternity].

    PubMed

    Lito, David; Francisco, Telma; Salva, Inês; Tavares, Maria das Neves; Oliveira, Rosa; Neto, Maria Teresa

    2013-01-01

    Objectivo: Avaliar o resultado de serologias para infeções do grupo TORCH e do rastreio para Streptococcus do grupo B (SGB) numa amostra de grávidas de uma maternidade, estudar a influência da idade e da nacionalidade, e identificar casos de infecção congénita.Material e Métodos: Estudo não probabilístico de prevalência de imunidade e infecção durante a gravidez.Resultados: Registámos 9508 serologias TORCH e 2639 resultados de rastreio para SGB. A taxa de imunidade para rubéola foi 93,3%, significativamente mais elevada em portuguesas; 25,7% das mulheres tinham IgG positiva para Toxoplasma goondii; a taxa foi mais elevada nas mulheres mais velhas e entre estrangeiras; encontrámos IgG positiva para vírus citomegálico humano (CMV) em 62,4%; não houve variação com a idade. O VDRL foi reactivo em 0,5%; 2,3% das mães tinham AgHBs positivo, mais frequente nas estrangeiras; 1,4% tinha anticorpos para o vírus da hepatite C e 0,7% tinha VIH positivo. Não houve casos declarados de infeção congénita; 13,9% das mulheres eram portadoras de SGB.Discussão: A elevada taxa de imunidade para a rubéola é resultado da política nacional de vacinação. A baixa taxa de imunidade para a toxoplasmose torna mais dispendioso o acompanhamento das grávidas. A elevada prevalência do CMV está de acordo com o encontrado na comunidade. Para algumas infeções foram encontradas diferenças de acordo com a nacionalidade.Conclusão: O conhecimento da imunidade e infecção na população é um instrumento importante para o planeamento dos rastreios durante a gravidez.

  7. Monitoring of post-vaccination anti-HBs titles vaccine in children and adolescents in the pre-dialysis of chronic kidney disease.

    PubMed

    Costa, Nathália Cristina Pereira da; Canhestro, Mônica Ribeiro; Soares, Cristina Maria Bouissou Morais; Rodrigues, Juliana Scudilio

    2017-08-28

    Bacterial or viral diseases are one of the major causes of death in patients with chronic kidney disease (CKD). These patients show a quantitative reduction of levels of antibodies over time. Among the infectious diseases that affect CKD patients, stands out hepatitis B (HB). Immunization and control of antibodies levels against the hepatitis B surface antigen (anti-HBs) are ways to prevent the HB infection in this population. Patients with anti-HBs levels ≥10 IU/ml are considered adequate responders, whereas those with anti-HBs levels ≥ 100 IU/ml are considered excellent responders. To analyze the variation of the anti-HBs levels obtained after vaccination against HB in children and adolescents in the pre-dialysis stage of CKD. A retrospective cohort study on anti-HBs levels of children and adolescents in the pre-dialysis stage of CKD. Correlation between levels of anti-HBs titers and time since the vaccination were estimated. From the total of 116 studied patients most of the studied patients were considered excellent responders, obtaining in the three anti-HBs titers percentages of 70.7%, 62.1% and 54.9% respectively. The anti-HBs titer levels showed a negative correlation with the time since vaccination (Kendall Tau-b = -0.16; p = 0.02). The majority of the studied population was vaccinated by PNI and showed excellent anti-HBs titer levels, even experiencing a progressive reduced response over the time. As doenças infecciosas, bacterianas ou virais, são uma das principais causas de morte dos pacientes com doença renal crônica (DRC), que apresentam um decréscimo na duração da imunidade em comparação às pessoas saudáveis. Entre as doenças infecciosas que acometem os portadores de DRC, destaca-se a hepatite B (HB). A imunização e o controle dos níveis de anticorpos contra o antígeno da superfície da hepatite B (anti-HBs) são formas de evitar a contaminação da HB nessa população. Pacientes com o nível de anti-HBs ≥ 10 UI/ml s

  8. BREAST CANCER METASTASIS IN THE STOMACH: WHEN THE GASTRECTOMY IS INDICATED ?

    PubMed

    Rodrigues, Marcus Vinicius Rozo; Tercioti-Junior, Valdir; Lopes, Luiz Roberto; Coelho-Neto, João de Souza; Andreollo, Nelson Adami

    2016-01-01

    the absence of other secondary involvement and control of the primary lesion. A neoplasia de mama é o tumor maligno mais comum na população feminina tendo o trato gastrointestinal, e mais especificamente o estômago, como local incomum para metástases. Analisar uma série de casos com esse tumor e propor medidas que possam diagnosticá-lo com maior precocidade. Foram analisados retrospectivamente 12 pacientes com diagnóstico de neoplasia gástrica secundária a câncer de mama, confirmado por biópsia e imunoistoquímica. Foram analisados idade do diagnóstico, tipo histológico do tumor primário, intervalo de tempo entre o diagnóstico do tumor e a metástase, tratamento e sobrevida. A idade média foi de 71,3 anos (40-86 anos). Em média, o diagnóstico da metástase gástrica foi de sete anos após o diagnóstico da lesão primaria (0-13 anos). Nove casos tiveram metástases em outros órgãos, sendo os ossos os locais mais acometidos. Evidenciou-se positividade de anticorpo CK7 em 90,9% casos, receptor de estrógeno em 91,67%, receptor de progesterona em 66,67% e BRST2 em 41,67%. A ausência de CK20 foi de 88,89%. Oito casos foram tratados com quimioterapia associada ou não ao bloqueio hormonal e em quatro foi indicada ressecção cirúrgica sendo em três gastrectomia total e em um caso gastrectomia subtotal. A sobrevida média foi de 14,58 meses. Em doentes com história prévia de câncer de mama apresentando diagnóstico endoscópico de neoplasia gástrica, é necessário considerar a possibilidade de metástase. A confirmação é feita por estudo imunoistoquímico e a gastrectomia deve ser orientada diante da ausência de outros locais de acometimento secundário e controle da lesão primária.

  9. The destruction complex of beta-catenin in colorectal carcinoma and colonic adenoma.

    PubMed

    Bourroul, Guilherme Muniz; Fragoso, Hélio José; Gomes, José Walter Feitosa; Bourroul, Vivian Sati Oba; Oshima, Celina Tizuko Fujiyama; Gomes, Thiago Simão; Saba, Gabriela Tognini; Palma, Rogério Tadeu; Waisberg, Jaques

    2016-01-01

    ubiquitina. Amostras de tecidos de 64 doentes com carcinoma colorretal e de 53 pacientes com adenoma do colo foram analisadas. Blocos de tecidos foram submetidos ao estudo imuno-histoquímico com anticorpos policlonais nos tecidos do carcinoma, mucosa não neoplásica adjacente e adenoma. A imunorreatividade foi avaliada pela porcentagem de positividade de células coradas e pela intensidade do grau de coloração das proteínas no citoplasma e no núcleo das células. Na análise estatística, foram utilizados o coeficiente de correlação de Spearman, os testes t de Student, χ2, Mann-Whitney e de McNemar, e a análise de regressão logística univariada. No carcinoma colorretal, as expressões da betacatenina e da adenomatous polyposis coli foram significativamente maiores do que em adenomas do colo (p<0,001 e p<0,0001, respectivamente). A imunorreatividade das proteínas GSK3β, axina 1 e ubiquitina foi significativamente maior (p=0,03, p=0,039 e p=0,03, respectivamente) no carcinoma colorretal do que no adenoma e na mucosa não neoplásica adjacente. A coloração imuno-histoquímica dessas proteínas não apresentou diferenças significantes em relação às características clinicopatológicas do câncer colorretal e do adenoma. Em adenomas, as menores expressões de betacatenina, axina 1 e GSK3β indicaram que o complexo de destruição da betacatenina estava conservado, enquanto que, no carcinoma colorretal, o aumento das expressões da betacatenina, GSK3β, 1 axina, e ubiquitina indicaram que o complexo de destruição de betacatenina estava alterado.