Science.gov

Sample records for auditiva neurossensorial associada

  1. Effects of hearing aids in the balance, quality of life and fear to fall in elderly people with sensorineural hearing loss.

    PubMed

    Lacerda, Clara Fonseca; Silva, Luciana Oliveira E; de Tavares Canto, Roberto Sérgio; Cheik, Nadia Carla

    2012-04-01

    Introdução: O processo de envelhecimento provoca modificações estruturais e funcionais à saude, comprometendo o controle postural e processamento central. Estudos têm abordado a necessidade de identificar os fatores de risco prejudiciais à saúde auditiva e segurança em idosos acometidos por déficits auditivos e com alterações de equilíbrio.Objetivo: Avaliar o efeito da prótese auditiva na qualidade de vida, no equilíbrio e no medo de queda em idosos com perda auditiva bilateral.Método: Estudo clínico e experimental realizado com 56 idosos com perda auditiva neurossensorial, submetidos ao uso da prótese auditiva de amplificação sonora individual (AASI). Os idosos responderam aos questionários de qualidade de vida Short Form Health Survery (SF-36), Falls Efficacy Scale- Internacional (FES-I) e o teste de Berg Balance Scale (BBS). Após 4 meses, os idosos que adaptaram ao uso da AASI foram reavaliados.Resultados: Houve 50% de adaptação dos idosos ao AASI. Foi observado que o sexo masculino teve maior dificuldade em adaptar ao aparelho auditivo e que as variáveis idade, grau de perda, presença de zumbido e vertigem não interferiram na adaptação à prótese auditiva. Houve melhora da qualidade de vida nos domínios Estado da Saúde Geral (EGS) e Capacidade Funcional (CF) e do zumbido, assim como o aumento da auto-confiança após adaptação da prótese auditiva.Conclusão: O uso de prótese auditiva propiciou a melhora dos domínios da qualidade de vida, o que refletiu em uma melhor auto-confiança e consequentemente a longo prazo na redução do medo de queda em idosos com perda auditiva neurossensorial.

  2. Vestibular system paresis due to emergency endovascular catheterization.

    PubMed

    Simoceli, Lucinda; Sguillar, Danilo Anunciatto; Santos, Henrique Mendes Paiva; Caputti, Camilla

    2012-04-01

    Objetivo: O objetivo deste relato de caso é descrever uma causa incomum de vestibulopatia periférica associada à perda auditiva unilateral em paciente idoso pós- cateterismo de urgência.Relato de caso: Paciente do gênero masculino, 82 anos, submetido à correção de aneurisma roto de aorta abdominal, no intra-operatório sofreu infarto agudo do miocárdio necessitando de angioplastia primária. Após alta hospitalar refere queixa de hipoacusia acentuada à direita e vertigem incapacitante, sem sinais neurológicos focais. Ao exame clínico otorrinolaringológico apresentava: Teste de Weber lateralizado para a esquerda, nistagmo espontâneo para a esquerda , marcha oscilante, leve disbasia e ataxia, índex-nariz e diadococinesia normais, Teste de Romberg com oscilação sem queda e Fukuda com desvio lateral para a direita. O exame audiométrico evidenciava anacusia à direita e perda neurossensorial à esquerda em agudos, arreflexia vestibular à direita na prova calórica e, na tomografia computadorizada dos ossos temporais e tronco-encefálico, presença de haste metálica atravessando o osso temporal direito, a partir da veia jugular interna e bulbo jugular, atravessando os canais semicirculares posterior, superior e vestíbulo, projetando-se em lobo temporal. O diagnóstico radiológico foi lesão traumática por guia endovascular metálico durante cateterismo de urgência e a conduta, considerando que o paciente não havia compensado o equilíbrio, foi reabilitação vestibular.Conclusão: Queixas de tontura no paciente idoso devem ser criteriosamente avaliadas diante do seu histórico clínico patológico pois os antecedentes de doenças e tratamentos prévios, em geral, direcionam as hipóteses diagnósticas porém podem trazer alterações inesperadas.

  3. [Evaluation of hearing in patients with multiresistant tuberculosis].

    PubMed

    Ribeiro, Leandro; Sousa, Claudia; Sousa, Aida; Ferreira, Catarina; Duarte, Raquel; Faria E Almeida, António; Condé, Artur

    2015-01-01

    Introdução: A tuberculose multirresistente e a extensivamente resistente constituem atualmente a principal ameaça ao controlo da tuberculose a nível mundial. O seu tratamento exige o uso de um esquema terapêutico com fármacos de segunda linha por um período mínimo de 20 meses, onde se incluem aminoglicosídeos durante um período de cerca de oito meses. Estes estão associados a alterações cocleovestibulares permanentes. Material e Métodos: Estudo transversal que pretende avaliar a função auditiva em indivíduos que terminaram tratamento por tuberculose multirresistente (com esquema que incluia aminoglicosídeos) no Centro de Referência Regional para a Tuberculose Multirresistente da Sub-Região de Saúde do Norte entre os anos de 2009 e 2012. Os doentes que preencheram os critérios de inclusão foram convocados para a realização de: exame objetivo otorrinolaringológico, audiograma tonal e vocal, otoemissões acústicas por produtos de distorção nas frequências de 2000-5000 Hz e timpanograma. Resultados: Entre 2009 e 2012 foram referenciados 27 casos para o Centro de Referência para a tuberculose multirresistente da Região Norte, tendo-se verificado cinco óbitos. Dos 22 indivíduos convocados, compareceram 11. Estes possuíam idades compreendidas entre os 31 e os 59 anos (41 ± 10). A amicacina foi usada em 80% e a capreomicina nos restantes. Seis (60%) dos utentes estudados apresentaram surdez neurossensorial. As otoemissões acústicas foram negativas em todos os doentes com hipoacúsia neurossensorial, o que confirma a sua origem coclear. Discussão/ Conclusão: Os resultados deste estudo sugerem a necessidade de existir uma monitorização audiológica mais frequente nos indivíduos com tuberculose multirresistente tratados com aminoglicosídeos permitindo detectar mais precocemente a perda auditiva.

  4. The Impact of Cochlear Implant in the Oral Language of Children with Congenital Deafness.

    PubMed

    Ramos, Daniela; Jorge, João Xavier; Teixeira, António; Ribeiro, Carlos; Paiva, António

    2015-01-01

    Introdução: As crianças com surdez neurossensorial severa a profunda podem adquirir vocabulário e estruturas sintácticas para comunicarem pela linguagem oral, após implante coclear. Objectivo: Identificar as capacidades linguísticas em crianças, com implante coclear. Material e Métodos: Estudou-se a linguagem oral em 18 crianças, entre nove e 10 anos, com surdez neurossensorial profunda bilateral congénita, com implante coclear, avaliadas com a Grelha de Observação da Linguagem-Nível Escolar. As pontuações obtidas foram comparadas com as das crianças normo-ouvintes com igual idade auditiva. Resultados: As pontuações nas estruturas linguísticas estudadas, crianças implantadas vs. padrão das normo-ouvintes foram: fonologia 29,44 ± 8,4 vs. 29,68 ± 5,90, p = 0,91; semântica 18,55 ± 8,89 vs. 19,20 ± 4,85, p = 0,76; morfossintaxe 21,89 ± 12,85 vs. 26,35 ± 10,36, p = 0,159. Nas provas da estrutura semântica, não se registaram diferenças estatisticamente significativas. Na morfossintaxe, adiferença foi estatisticamente significativa na derivação das palavras, 2,83 ± 2,81 vs. 4,65 ± 1,64, p = 0,014. Na fonologia, verificou-se diferença significativa, na prova de discriminação de pseudopalavras, 6,6 ± 2,8 vs. 8,37 ± 2,32, p = 0,023. Na segmentação silábica, as crianças implantadas tiveram uma pontuação significativamente superior ao padrão 8,56 ± 1,6 vs. 5,9 ± 1,58, p < 0,001. Discussão: A semelhança das pontuações obtidas pelas crianças com implante coclear em relação ao padrão nas componentes linguísticas estudadas, confirma que o implante coclear promove o desenvolvimento da linguagem verbal oral nas crianças com surdez congénita. Conclusão: As crianças implantadas obtiveram ganhos de linguagem similares às normo-ouvintes com igual idade auditiva.

  5. [Auditory Neuropathy: Clinical Evaluation and Diagnostic Approach].

    PubMed

    Carvalho, Guilherme Machado; Leão, Beatriz Prista; Ramos, Priscila Zonzini; Guimarães, Alexandre Caixeta; Castilho, Arthur Menino; Sartorato, Edi Lúcia

    2016-06-01

    Introdução: A neuropatia auditiva é uma condição na qual há alteração na condução neuronal do estímulo sonoro. Este trabalho pretende descrever e caracterizar a casuística de doentes com neuropatia auditiva. Material e Métodos: Realizámos um estudo transversal, retrospetivo, com descrição de uma série de casos consecutivos. O diagnóstico da neuropatia auditiva foi definido nas seguintes situações: Presença de otoemissões acústicas com potenciais auditivos de tronco encefálico ausente ou anormal e presença do microfonismo coclear independentemente da presença de otoemissões acústicas. Resultados: Foram avaliados 34 doentes com perda auditiva bilateral, 67% deles do sexo masculino. O aparecimento dos sintomas foi congênito em 80% dos casos. Na pesquisa das otoemissões acústicas, a resposta foi ausente em 67% dos doentes. O microfonismo coclear foi detetado em 79% dos doentes. Antecedentes gestacionais, perinatais ou ambientais relevantes estiveram presentes em 35,3% dos casos. Discussão: A literatura médica ainda apresenta grande variabilidade nos achados relacionados com a neuropatia auditiva, tanto na sua etiologia quanto nos dados epidemiológicos. Conclusão: A neuropatia auditiva apresenta um amplo espectro de alterações que podem resultar em disfunções leves a severas no funcionamento da via auditiva. Na nossa amostra, observámos que 80% das neuropatias auditivas terão tido origem congênita e/ou apresenta microfonismo coclear, 91% dos doentes apresenta défice auditivo significativo e 53% sofrem de surdez severa ou profunda.

  6. Prevalence of auditory changes in newborns in a teaching hospital.

    PubMed

    Guimarães, Valeriana de Castro; Barbosa, Maria Alves

    2012-04-01

    Introdução: O diagnóstico e a intervenção precoces na surdez são de fundamental importância no desenvolvimento infantil. A perda auditiva e mais prevalente que outros distúrbios encontrados ao nascimento.Objetivo: Estimar a prevalência de alterações auditivas em recém-nascidos em um hospital escola.Método: Estudo transversal prospectivo que avaliou 226 recém-nascidos, nascidos em um hospital público, entre maio de 2008 a maio de 2009.Resultados: Dos 226 triados, 46 (20,4%) apresentaram ausência de emissões, sendo encaminhados para a segunda emissão. Das 26 (56,5%) crianças que compareceram no reteste, 8 (30,8%) permaneceram com ausência e foram encaminhadas ao otorrinolaringologista. Cinco (55,5%) compareceram e foram examinadas pelo médico. Destas, 3 (75,0%) apresentaram otoscopia normal, sendo encaminhadas para avaliação do Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico (PEATE). Do total de crianças estudadas, 198 (87,6%) tiveram presença de emissões em um dos testes e, 2 (0,9%) com diagnóstico de surdez.Conclusão: A prevalência de alterações auditivas na população estudada foi de 0,9%. O estudo oferece dados epidemiológicos relevantes e apresenta o primeiro relatório sobre o tema, fornecendo resultados preliminares para futura implantação e desenvolvimento de um programa de triagem auditiva neonatal.

  7. Expectation as a factor of influence on the success of use of hearing aids in elderly individuals.

    PubMed

    Schuster, Larissa Cristina; Costa, Maristela Julio; Menegotto, Isabela Hoffmeister

    2012-04-01

    Introdução: Próteses auditivas destacam-se em função das tecnologias que as tornam cada vez menores, mais potentes e eficientes. O marketing pode gerar expectativas irreais quanto aos resultados com o uso de amplificação, principalmente em indivíduos inexperientes.Objetivo: Verificar a relação entre expectativas e sucesso do processo de seleção e adaptação de próteses auditivas em idosos.Método: Estudo clínico e experimental, 16 indivíduos idosos, inexperientes com o uso de amplificação, foram avaliados 15 dias antes e após a seleção e adaptação de próteses auditivas. Utilizou-se “Questionário para avaliação das expectativas do indivíduo adulto/idoso, novo usuário de próteses auditivas”, Hearing Handicap Inventory for the Elderly/Screening Version, para avaliação da percepção da restrição de participação e o Questionário Internacional - Aparelho de Amplificação Sonora Individual (QI-AASI), para verificar o benefício subjetivo com o uso das próteses auditivas. Determinou-se o Índice Percentual de Reconhecimento de Sentenças no Silêncio (IPRSS), por meio do teste Listas de Sentenças em Português para verificar o benefício objetivo da adaptação. Os dados foram analisados por meio de teste não-paramétrico, com nível de significância de 5%.Resultados: Toda a amostra apresentou expectativas positivas. Subjetivamente verificou-se benefício pela diminuição da percepção da restrição de participação e pela avaliação positiva da adaptação, evidenciada pelo QI-AASI. Objetivamente a melhora do IPRSS com o uso de próteses auditivas também evidenciou beneficio.Conclusão: a expectativa quanto aos resultados com o uso de amplificação, foi fator de influência negativa no sucesso do processo de seleção e adaptação de próteses auditivas, no âmbito subjetivo.

  8. [Neurofunctional differences in the P300 frequency for multi-sensory stimulation in kids with attention deficit hyperactivity disorder].

    PubMed

    Soria-Claros, Angélica M; Serrano, Isabel; Serra, Anahi; Félix, Miriam; Quintero, Javier; Ortiz, Tomás

    2015-02-25

    Introduccion. El trastorno por deficit de atencion/hiperactividad (TDAH) se caracteriza por falta de atencion, hiperactividad motora, impulsividad o una combinacion de todas. La P300 es una prueba neurofisiologica no invasiva que ha mostrado su eficacia para detectar diferencias entre sujetos con TDAH, pero los resultados todavia no son concluyentes. Objetivo. Evaluar el procesamiento cerebral de la informacion mediante el componente P300, en modalidad auditiva, visual y tactil, en ninos con TDAH. Sujetos y metodos. Se registraron los componentes P300 auditivo, visual y tactil a 17 ninos con TDAH (10 combinados y siete inatentos) y a 15 ninos control de edades comprendidas entre 7 y 10 anos de ambos sexos. Resultados. En los tiempos de reaccion de respuesta, se hallo una tendencia mas acentuada en el tiempo auditivo y visual, pero no estadisticamente significativo en ninguna de las tres respuestas; en el porcentaje de errores, un incremento en los ninos con TDAH respecto al grupo control. Los ninos con TDAH presentaban un aumento significativo de la latencia de la onda P300 visual, mientras que existia una disminucion no significativa en la P300 tactil y auditiva. Se encontro un aumento de las areas corticales en el componente P300 en los ninos con TDAH durante la prueba visual y auditiva, pero no en la tactil. Conclusiones. Los resultados apoyan la hipotesis de la existencia de aumento de areas cerebrales funcionales durante el procesamiento sensorial auditivo y visual en el grupo con TDAH, excepto durante la estimulacion tactil, en que sucede lo contrario.

  9. Audition and exhibition to toluene - a contribution for the theme.

    PubMed

    Augusto, Lívia Sanches Calvi; Kulay, Luiz Alexandre; Franco, Eloisa Sartori

    2012-04-01

    Introdução: Com os avanços tecnológicos e as mudanças nos processos produtivos, os trabalhadores estão expostos a diferentes agentes físicos e químicos em seu ambiente laboral. O tolueno é um solvente orgânico presente em colas, tintas, óleos, dentre outros.Objetivo: Comparar os achados literários que evidenciam que trabalhadores expostos simultaneamente a ruído e solventes têm maior probabilidade de desenvolverem uma perda auditiva de origem periférica.Método: Revisão de literatura a respeito da perda auditiva ocupacional em trabalhadores expostos a ruído e tolueno.Resultados: A exposição isolada ao tolueno também pode desencadear uma alteração dos limiares auditivos. Estes achados audiométricos, por ototoxicidade a exposição ao tolueno, apresentam audiogramas semelhantes ao por exposição ao ruído, o que torna dificultoso diferenciar um resultado audiométrico de exposição combinada - ruído e tolueno - e exposição apenas ao ruído.Conclusão: A maioria dos estudos foi projetado para gerar hipóteses e deveria ser considerado como passos preliminares de uma pesquisa adicional. Até hoje os agentes no ambiente de trabalho e seus efeitos têm sido estudados de maneira isolada e os limites de tolerância destes, não consideram as exposições combinadas. Considerando que os trabalhadores estão expostos a múltiplos agentes e que a perda auditiva é irreversível, os testes implementados devem ser mais completos e todos os trabalhadores devem fazer parte do programa de prevenção auditiva, mesmo expostos a baixas doses do limite de exposição recomendado.

  10. [Brainstem auditory evoked potentials latencies, by age and sex, among Mexican adult population].

    PubMed

    Aguilar-Madrid, Guadalupe; Torres-Valenzuela, Arturo; Hinojos-Escobar, Wendoly; Cabello-López, Alejandro; Gopar-Nieto, Rodrigo; Ravelo-Cortés, Perla Estela; Haro-García, Luis Cuauhtémoc; Juárez-Pérez, Cuauhtémoc Arturo

    2016-01-01

    Introducción: los potenciales evocados auditivos del tallo cerebral (PEATC) evalúan la vía auditiva central y son una herramienta complementaria de la audiometría tonal para analizar enfermedades auditivas. El objetivo de este estudio fue determinar el tiempo promedio de las latencias de las ondas y los intervalos de los potenciales evocados auditivos en adultos sanos. Métodos: estudio transversal que contó con 196 participantes, de 16 a 65 años de edad normo-oyentes, a quienes se investigaron antecedentes familiares y personales patológicos, se realizó exploración física y se obtuvieron estudios de laboratorio, audiometría tonal e impedanciometría normales, y potenciales evocados auditivos. Resultados: Se estudiaron 107 hombres y 89 mujeres. El promedio de las latencias de las ondas I, III y V e intervalos I-III, III-V y I-V de ambos oídos fueron similares. Los predictores que incrementaron el tiempo de latencia en los modelos de regresión lineal múltiple de las ondas e intervalos fueron el sexo masculino y la edad ≥ 45 años. Conclusiones: la edad y el sexo fueron las variables que mostraron mayor poder estadístico para explicar las diferencias de las latencias en este grupo de personas.

  11. [Risk Factors for Healthcare Associated Sepsis in Very Low Birth Weight Infants].

    PubMed

    Pereira, Helena; Grilo, Ema; Cardoso, Patrícia; Noronha, Natália; Resende, Cristina

    2016-04-01

    Introdução: As infeções associadas aos cuidados de saúde constituem uma importante causa de morbi-mortalidade neonatal, levando a um aumento do tempo de internamento e consequentemente dos seus custos. O objetivo deste estudo foi avaliar a taxa de incidência de infeções associadas aos cuidados de saúde e os seus principais fatores de risco em recém-nascidos de muito baixo peso. Material e Métodos: Estudo retrospetivo dos recém-nascidos de muito baixo peso internados numa maternidade com apoio perinatal diferenciado, durante um período de 10 anos (2005-2014). Foi analisada a existência de associação entre vários fatores de risco e a ocorrência de infeções associadas aos cuidados de saúde. Resultados: Foram internados 461 recém-nascidos de muito baixo peso. Houve 110 episódios de infeções associadas aos cuidados de saúde em 104 recém-nascidos e 53 episódios de sépsis associada a cateterismo venoso central. A densidade de sépsis foi 7,5/1 000 dias de internamento e a densidade de sépsis associada ao cateterismo venoso central 22,6/1 000 dias de utilização. Os recém-nascidos com infeções associadas aos cuidados de saúde apresentaram uma média de peso ao nascimento e idade gestacional inferior (959 ± 228 g vs 1191 ± 249 g) e (27,6 ± 2 vs 29,8 ± 2,2 semanas), p < 0,001. Após ajuste à idade gestacional e peso ao nascimento verificámos associação entre infeções associadas aos cuidados de saúde e antibioterapia em D1, duração de cateterismo venoso central e da nutrição parentérica. Após regressão logística, mantiveram-se como fatores de risco independentes com significância estatística, a idade gestacional e a duração da nutrição parentérica. Discussão: Os fatores de risco independentes para infeções associadas aos cuidados de saúde foram a idade gestacional e a duração da nutrição parentérica. Conclusão: Por cada semana a mais na idade gestacional o risco de infeções associadas aos cuidados de sa

  12. [Neonatal Hearing Screening and Early Intervention, a screening program to evaluate all infants to identify the hearing impaired].

    PubMed

    González-Jiménez, Beatriz; Delgado-Mendoza, Efrén; Rojano-González, Rafael; Valdez-Izaguirre, Florencia; Gutiérrez-Aguilar, Pedro; Márquez-Celedonio, Félix Guillermo; González-Santes, Mario

    2017-01-01

    Introducción: el Tamiz Auditivo Neonatal e Intervención Temprana (TANIT) es un programa de cribado que consiste en evaluar a todos los neonatos para identificar discapacidades auditivas. El objetivo de este trabajo fue determinar los factores asociados a hipoacusia en neonatos, basados en el programa TANIT. Métodos: estudio analítico, transversal, en el que se incluyeron 234 neonatos en el programa TANIT. La audición se exploró evaluando las emisiones otoacústicas transitorias evocadas (EOAT) en frecuencias de 1.5 a 4.5 kHz, y los estímulos con intensidad de 40-60 dB. Las variables fueron: edad de uno a 28 días de nacido, sexo, edad gestacional y antecedentes perinatales. Los datos se analizaron con estadística descriptiva y regresión logística binaria. Resultados: la presencia de los factores de riesgo en los neonatos resultó significativa en la prueba de ómnibus (p < 0.05), valor de predicción por el modelo R cuadrado de Nagelkerke de 77%. Los antecedentes heredofamiliares, la infección adquirida, las anormalidades craneofaciales, el bajo peso, la dificultad respiratoria al nacer y los síndromes genéticos fueron factores que se asociaron de manera significativa (p < 0.05) a hipoacusia en neonatos. Conclusiones: la incidencia de deficiencia auditiva en recién nacidos diagnosticada mediante el programa de TANIT fue mayor a la reportada en la literatura (5/234 recién nacidos).

  13. Recent surgical advances in Peyronie's Disease.

    PubMed

    Gaspar, Sandro; Santos Dias, José; Martins, Francisco; Lopes, Tomé

    2016-02-01

    Introdução: A doença de Peyronie, uma doença fibrótica da túnica albuginea do pénis tem estado associada a encurtamento peniano e a algum grau de disfunção eréctil. Afeta a qualidade de vida do doente, levando a stress psicológico, mental e físico. A deformidade peniana perturba a vida sexual do doente, levando a episódios de depressão, disfunções sexuais e a ansiedade associada ao ato sexual. A etiologia da doença de Peyronie permanece por esclarecer. Material e Métodos: A pesquisa na literatura foi efetuada nas bases de dados da Medline, Embase e Cochrane no mês de Janeiro de 2015 no sentido de identificar artigos relacionados com a doença de Peyronie, nomeadamente o tratamento cirúrgico, técnicas, resultados bem como tratamentos complementares. Publicações que não envolvessem humanos não foram consideradas. Identificámos artigos originais, artigos de revisão e editoriais acerca do assunto em questão. Todos os artigos publicados na língua inglesa foram selecionados para screening. Os critérios de elegibilidade para inclusão envolveram a relevância associada ao tema. Resultados: Existe uma variedade de deformidades penianas associada com a doença de Peyronie que ainda não têm uma solução não cirúrgica que seja eficaz. Apresentamos uma atualização das técnicas cirúrgicas atuais bem como o algoritmo de tratamento associada a esta doença. Discussão: Todos os tratamentos cirúrgicos têm como objetivo a correção da curvatura, a preservação da função eréctil e do comprimento peniano, bem como o de minimizar a morbilidade. Conclusão: Até à data não existem estudos de medicina baseada na evidência que determinem o melhor tratamento cirúrgico para a doença de Peyronie. Após o diagnóstico, a reconstrução cirúrgica deve ter como objetivo um pénis funcional, com uma retificação da sua curvatura que permita o acto sexual.

  14. [Acoustic trauma generated by exposure to gun powder].

    PubMed

    Arch-Tirado, Emilio; Garnica-Escamilla, Marco Antonio; Delgado-Hernández, Alhelí; Campos-Muñoz, Teodora; Rodríguez-Rodríguez, Lourdes; Verduzco-Mendoza, Antonio

    2014-01-01

    Antecedentes: la pérdida auditiva inducida por ruido se ha incrementado debido a factores como la industrialización. Se estima que un tercio de la población mundial padece algún grado de hipoacusia causada por exposición a ruidos de alta intensidad. La exposición al ruido puede afectar diferentes estructuras del oído y destruir las células ciliadas externas, que provocan diferentes grados de hipoacusia. Objetivo: describir los hallazgos audiológicos encontrados en un grupo de personas expuestas a una fuente de explosión en el estado de Tlaxcala, México. Metodología: estudio transversal, descriptivo, con muestreo censal efectuado en ocho pacientes ingresados al Centro Nacional de Investigación y Atención de Quemados del Instituto Nacional de Rehabilitación, expuestos a una explosión de pólvora. En cada sujeto se evaluó la vía aérea con audiometría de tonos puros, convencional, de 125 a 8000 Hz. Se utilizó un audiómetro clínico marca Madson, modelo Midimate 622, de dos canales y audífonos THD 39. Casos clínicos: en los 8 pacientes se encontró hipoacusia en todas las frecuencias, de media a severa en ambos oídos. Las audiometrías tuvieron caídas a partir de los 4000 Hz, en todos los pacientes se diagnosticó trauma acústico de tercer grado. Conclusiones: el principal síntoma referido por los pacientes fue el acúfeno, otros estudios donde los pacientes refieren acúfeno son, en el trauma acústico por uso de reproductores de audio, en músicos de orquesta sinfónica y en militares por detonación de arma de fuego. Para determinar de manera certera si existe alguna disfunción auditiva posterior a un accidente explosivo se recomienda la valoración audiométrica.

  15. [Neurofibromatosis type 2 in childhood: a clinical characterization].

    PubMed

    Hinojosa-Mateo, C M; Reche-Sainz, J A; Hernandez-Nunez, A; Ramos-Lopez, M; Arpa-Fernandez, A; Natera-de Benito, D

    2017-02-01

    Introduccion. La neurofibromatosis de tipo 2 (NF2) es un trastorno neuroectodermico con patron de herencia autosomico dominante que condiciona una predisposicion para desarrollar tumores de varios tipos en el sistema nervioso central y periferico. Se asocia tambien con alteraciones oculares y cutaneas. Caso clinico. Varon de 12 años con diagnostico de NF2 de acuerdo con los criterios de Baser et al e inicio en la infancia. Se realiza una revision bibliografica sobre la evolucion de los criterios diagnosticos en los niños. Conclusiones. El modo de presentacion de la NF2 en la infancia difiere de la presentacion en los adultos. Las manifestaciones iniciales de NF2 en los niños son las alteraciones oculares y cutaneas, no las auditivas. La clinica de inicio mas frecuente en la edad pediatrica es la triada de cataratas subcapsulares posteriores, lesiones intracutaneas en forma de placa o tumores nodulares subcutaneos, y sintomas neurologicos secundarios a la afectacion de pares craneales distintos al VIII par, tronco encefalico o medula espinal. Debido a que los criterios diagnosticos de NF2 son menos sensibles en los pacientes pediatricos, los niños con cataratas congenitas o de aparicion precoz y manifestaciones cutaneas tipicas de NF2 deben ser seguidos estrechamente.

  16. [The P300 component as a neurophysiological correlate of behavioural working memory in adolescents with attention deficit hyperactivity disorder].

    PubMed

    Roca, Patricia; Presentación-Herrero, M Jesús; Miranda-Casas, Ana; Mulas, Fernando; Ortiz-Sánchez, Pedro

    2014-02-24

    Introduccion. El deficit en funciones ejecutivas ha sido ampliamente estudiado en el trastorno por deficit de atencion/hiperactividad (TDAH). El interes por sus correlatos neurofisiologicos apunta a una mejora en la identificacion de los sintomas, las caracteristicas y los tratamientos para el trastorno. Objetivo. Analizar, en una muestra de adolescentes con TDAH, la correlacion entre la latencia y amplitud del componente P300 y una medida ecologica de memoria de trabajo. Pacientes y metodos. La muestra estuvo compuesta por 24 chicos y 7 chicas de 12 a 18 anos. Se realizo un registro y analisis de potenciales evocados cognitivos P300 en modalidad auditiva en Cz. Ademas, los padres cumplimentaron una escala de comportamiento ejecutivo en el hogar (BRIEF), de la que se extrajo el indice de memoria de trabajo. Resultados. Se hallaron correlaciones significativas entre la amplitud del P300 y el indice de memoria de trabajo del BRIEF-P. Conclusion. Los resultados enfatizan la utilidad del componente P300 para el estudio de sus correlatos ejecutivos, y la necesidad de ampliar con estudios que aporten mayores muestras y mayor complejidad.

  17. [Cognitive performance and quality of life in multiple sclerosis in Gipuzkoa].

    PubMed

    Sistiaga, Andone; Castillo-Triviño, Tamara; Aliri, Jone; Gaztañaga, Mirari; Acha, Joana; Arruti, Maialen; Otaegui, David; Olascoaga, Javier

    2014-04-16

    Introduccion. El deterioro cognitivo y la presencia de sintomas depresivos, comunes en los pacientes con esclerosis multiple, inciden en la calidad de vida de los pacientes. Objetivo. Describir la calidad de vida, la afectacion cognitiva y los niveles de depresion, en relacion con otras variables clinicas, en los pacientes con esclerosis multiple de la provincia de Gipuzkoa. Pacientes y metodos. Se evaluo neuropsicologicamente a 114 pacientes. Se incluyeron el MSQoL-54 y el inventario de depresion de Beck para evaluar la calidad de vida y los niveles de depresion. Se emprendieron tres analisis principales: comparacion del rendimiento cognitivo entre subtipos, analisis de correlacion entre variables clinicas, neuropsicologicas y de calidad de vida, y analisis sobre los efectos del genero en el rendimiento cognitivo. Resultados. Se halla en la esclerosis multiple un patron neuropsicologico caracterizado por enlentecimiento en el procesamiento de la informacion y dificultades atencionales. La calidad de vida se relaciona con sintomas depresivos y con el rendimiento cognitivo global pero no con factores clinicos como la tasa de brote o la duracion de la enfermedad. Los datos confirman un peor rendimiento cognitivo en los hombres, sobre todo en la memoria auditiva verbal. Conclusiones. El genero se presenta como un factor modulador en el impacto de la enfermedad sobre el rendimiento cognitivo, que refuerza el interes de estudios que clarifiquen el origen de dichas diferencias. Ademas, la calidad de vida muestra una mayor relacion con la adaptacion a la enfermedad que con sus sintomas.

  18. [Musical hallucinations: perpetual music].

    PubMed

    Zabalza-Estévez, Ramón J

    2014-03-01

    Introduccion. Las alucinaciones musicales son un tipo de alucinacion auditiva prevalente en la poblacion no psiquiatrica, pero escasamente comunicada en la bibliografia neurologica. Ocurren con mayor frecuencia en la poblacion anciana, del sexo femenino y con perdida de audicion, pero su fisiopatologia esta por desentrañar. Casos clinicos. Se presentan seis casos (cinco mujeres y un hombre) de alucinaciones musicales diagnosticados en una consulta de neurologia general en un lapso de tiempo de cinco años. En cinco de ellos concurria la hipoacusia en mayor o menor grado y uno estaba desencadenado por la pentoxifilina. En su mayoria, el contenido musical de las alucinaciones provenia de experiencias musicales vividas en la infancia y juventud. En los casos sometidos a tratamiento farmacologico la respuesta fue pobre; sin embargo, una vez explicada a los pacientes la benignidad del cuadro y su desvinculacion con patologia psicotica, el grado de aceptacion del sintoma fue bueno. Conclusiones. Las alucinaciones musicales son una patologia fronteriza entre la neurologia, la otorrinolaringologia y la psiquiatria poco conocida, que, con frecuencia, se vincula erroneamente a la enfermedad mental. Es fundamental explicar a pacientes y familiares el caracter no necesariamente psiquiatrico de este sintoma, asi como conocer la potencialidad que tienen algunos farmacos de uso comun para generarlo.

  19. [Executive functioning and motivation in preschool children at risk for learning difficulties in mathematics].

    PubMed

    Presentación-Herrero, M Jesús; Mercader-Ruiz, Jessica; Siegenthaler-Hierro, Rebeca; Fernández-Andrés, Inmaculada; Miranda-Casas, Ana

    2015-02-25

    Introduccion. La identificacion temprana de los factores implicados en el desarrollo de las dificultades de aprendizaje de las matematicas es esencial para comprender su origen e intervenir con garantias de exito. Este estudio analiza la capacidad del funcionamiento ejecutivo y de variables del sistema motivacional de creencias para diferenciar y clasificar a niños de educacion infantil con y sin riesgo de dificultades en matematicas. Sujetos y metodos. Participaron 146 sujetos de tercer curso de educacion infantil divididos en riesgo/no riesgo en funcion de la puntuacion obtenida en los subtest de operaciones de la prueba TEDI-MATH. Se aplicaron tareas neuropsicologicas de memoria de trabajo (verbal y visuoespacial) e inhibicion (con estimulos auditivos y visuales). Los profesores cumplimentaron un cuestionario de motivacion de los niños hacia el aprendizaje. Resultados y conclusiones. Se encontraron diferencias significativas entre ambos grupos en los factores de memoria de trabajo e inhibicion-auditiva, asi como en todas las variables de motivacion. Los resultados muestran, igualmente, un poder de clasificacion similar, con porcentajes superiores al 80%, de ambos grupos de variables. Se comentan las implicaciones para la practica educativa de estos hallazgos.

  20. [The Impact of Electronic Monitoring on Healthcare Associated Infections: The Role of the HViTAL Platform].

    PubMed

    Oliveira, Rita Fontes; Castro, Lídia; Almeida, José Pedro; Alves, Carlos; Ferreira, António

    2016-11-01

    Introdução: Em Portugal, 9,8% dos doentes internados adquiriram infeções associadas aos cuidados de saúde, correspondendo a uma prevalência de cerca 11,7%. O Centro Hospitalar de São João desenvolveu uma plataforma de business intelligence capaz de VIgiar (os utentes), moniTorizar (o estado clínico) e ALertar (o profissional de saúde): HViTAL. Este estudo tem como objectivo avaliar o impacto da monitorização eletrónica nas infeções associadas aos cuidados de saúde desde o ano da implementação do HViTAL. Material e Métodos: Avaliaram-se os dados relativos a janeiro 2008 (data a partir da qual há registos informatizados) até dezembro de 2011, comparando-os com os dados posteriores, aqueles correspondentes a janeiro de 2012 (data de implementação do HViTAL) até 19 de outubro de 2015. Resultados: Observou-se uma tendência para o aumento dos parâmetros de infecção no período 2008 - 2011. No período correspondente a janeiro de 2012 e outubro de 2015, todos os parâmetros que constituem o indicador de infeção (previsto na contratualização) revelaram uma evolução linear negativa. Discussão: Os resultados são muito sugestivos de que o HVITAL poderá ter tido impacto na melhoria dos parâmetros associados às infeções associadas aos cuidados de saúde. Houve uma tendência crescente na aplicação de medidas básicas de controlo de infecção desde 2005, com ações de sensibilização dos profissionais de saúde, facto que, embora não analisado neste report, poderá também ter contribuído para a melhoria observada. O nosso estudo não incluiu outras variáveis tais como investimento em capital humano. Conclusão: Houve uma inequívoca melhoria em todos os domínios que caracterizam as infeções associadas aos cuidados de saúde, sugerindo um impacto positivo da introdução do HVITAL.

  1. [First-trimester biochemical markers and small-for-gestational-age infants].

    PubMed

    Andrade, Cláudia; Santos, Joana; Rita Pinto, Ana; Manso, Pedro; Pereira, Susana

    2014-01-01

    Introdução: Estudos anteriores mostram uma relação dos marcadores bioquímicos do 1º trimestre, proteína plasmática A associada à gravidez e subunidade β da gonadotrofina coriónica, com o nascimento de recém-nascidos com peso abaixo do percentil 10. O nosso objectivo foi descrever a relação entre estes marcadores bioquímicos com os recém-nascidos leves para a idade gestacional, na nossa população.Material e Métodos: Estudo retrospectivo analítico de 2 305 grávidas que realizaram o rastreio combinado do primeiro trimestre entre Março 2009 e Setembro de 2011. Comparação entre o grupo dos recém-nascidos abaixo do percentil 10 e o grupo controlo (recém-nascidos de termo com peso acima do percentil 10) e os recém-nascidos abaixo do percentil 3 e o grupo controlo. Foi realizado uma análise de regressão múltipla e logística com a utilização dos valores de proteína plasmática A associada à gravidez e subunidade β da gonadotrofina coriónica (em múltiplos da mediana) e as características demográficas maternas como etnia, peso e status tabágico.Resultados: O estudo revelou uma contribuição independente da proteína plasmática A associada à gravidez, do peso materno e dos hábitos tabágicos para os recém-nascidos abaixo do percentil 10. Na regressão logística para o marcador proteína plasmática A associada à gravidez, o risco relativo abaixo do percentil 10 foi de 2,41 e abaixo do percentil 3 de 3,41 (p < 0,01). No caso da subunidade β da gonadotrofina coriónica, o odds ratio determinado para percentil inferior a 10 foi de 1,70 (p = 0,03) e para o percentil inferior a 3 foi de 3,22 (p < 0,01). Conclusões: Baixos níveis da proteína plasmática A associada à gravidez e de subunidade β da gonadotrofina coriónica (valores inferiores ao percentil 5 da população estudada) estiveram relacionados com aumento do risco do nascimento de recém- nascidos leves para a idade gestacional na população de grávidas abrangidas pelo

  2. [Multidimensional Strategy Regarding the Reduction of Central-Line Associated Infection in Pediatric Intensive Care].

    PubMed

    Rodrigues, Jorge; Dias, Andrea; Oliveira, Guiomar; Farela Neves, José

    2016-06-01

    Introdução: Determinar a incidência de infeções da corrente sanguínea associadas ao uso de cateter venoso central, após reforço de medidas multidisciplinares de boa prática e a sua comparação com a taxa de incidência de infeções da corrente sanguínea associadas ao uso de cateter venoso central prévia. Material e Métodos: Estudo observacional descritivo, com colheita prospetiva de dados, durante cinco meses, após implementação de medidas multidisciplinares. Foram incluídas todas as crianças admitidas na unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos, submetidas à colocação de cateter venoso central e foi efetuada comparação com controlos históricos.Resultados: Incluíram-se 75 doentes com idade mediana de 23 meses: 22 (29,3%) recém-nascidos, 28 (37,3%) submetidos a cirurgia e 32 (43,8%) com patologia subjacente. Foram colocados 105 cateteres venosos centrais, com tempo médio de permanência de 6,8 ± 6,7 dias. O tipo de cateter venoso central mais comum foi de curta duração (45,7%), sendo os locais de inserção mais frequentes a veia subclávia e da flexura braquial (ambos 25,7%). Não ocorreu nenhuma infeção da corrente sanguínea associada ao uso de cateter venoso central durante o período do estudo. Comparando com os controlos históricos, ambos os grupos eram semelhantes relativamente à idade, género, proveniência dos doentes e local de colocação de cateter venoso central. No estudo atual, a duração mediana de internamento foi superior, com tempo de permanência de cateter venoso central (excluindo epicutâneo-cava) semelhante. Não se verificou diferença em relação ao calibre e número de lumens do cateter venoso central utilizado. A percentagem de crianças que colocou cateter venoso central em relação ao total de crianças admitidas no serviço no mesmo período foi menor no estudo atual, não existindo diferença significativa entre colocação de cateter venoso central único ou múltiplo. Discussão: Ap

  3. [Language comprehension disorders in non-verbal children with autism spectrum disorders and their implications in the family quality of life].

    PubMed

    Garrido, Dunia; Carballo, Gloria; Franco, Vanesa; García-Retamero, Rocío

    2015-03-01

    Introduccion. El nivel de comprension del lenguaje en niños con trastornos del espectro autista (TEA) varia ampliamente. Sin embargo, la evidencia sugiere que estos niños comprenden el lenguaje peor que los de su misma edad con desarrollo tipico, y muestran retraso en el vocabulario receptivo. La investigacion que relaciona calidad de vida y lenguaje es muy escasa. Objetivos. Profundizar en la comprension de aspectos estructurales del lenguaje en niños con TEA y conocer la influencia de los deficits en comprension del lenguaje en niños con TEA en las percepciones sobre calidad de vida en sus familias. Sujetos y metodos. Analizamos la comprension verbal en 26 niños no verbales con TEA (media: 9,8 años) y en 26 niños con desarrollo tipico (media: 3,9 años) igualados en edad de vocabulario, utilizando medidas estandarizadas de lenguaje receptivo. Resultados. Hemos comprobado que el nivel de vocabulario receptivo, comprension auditiva y comprension gramatical en los niños con TEA esta por debajo del que corresponde a su edad, y difiere significativamente de aquel en niños con desarrollo tipico. Asimismo, los padres de niños con TEA informan de graves problemas de comunicacion en sus hijos y falta de apoyo social. La calidad de vida familiar se ve afectada por los problemas linguisticos de los niños con TEA. Conclusiones. Encontramos una importante relacion entre las habilidades de lenguaje receptivo en los niños con TEA y las percepciones sobre la calidad de vida en sus familias. Estos resultados pueden tener importantes implicaciones en el diseño de intervenciones clinicas.

  4. [Cartilage island versus temporalis fascia in high-risk tympanic perforation].

    PubMed

    Durán-Padilla, Carmen Lucía; Martínez-Chávez, Jaime; Amador-Licona, Norma; Pereyra-Nobara, Texar Alfonso

    2017-01-01

    Introducción: la timpanoplastía para la perforación timpánica de alto riesgo es un reto. Es necesario comparar las técnicas más útiles y factibles en nuestro medio para estos pacientes. El objetivo fue comparar la timpanoplastía con cartílago en isla para tratamiento de perforación de membrana timpánica de alto riesgo frente al uso de fascia temporal. Métodos: ensayo clínico aleatorizado y controlado en 69 pacientes mayores de 10 años, con perforación timpánica de alto riesgo en un hospital de tercer nivel. Se estadificó el índice MERI (Middle Ear Risk Index) y se realizó audiometría inicial. A los 7, 30 y 60 días postoperatorios se valoró integración del injerto. La audiometría se repitió solo a los 60 días. Resultados: de los 69 pacientes, 33 recibieron cartílago en isla (grupo 1) y 36 fascia temporal (grupo 2). La tasa de éxito en el grupo 1 fue de 93.9% a los 30 y 60 días y de 83.3% en el grupo 2 (p = 0.17). Tampoco fue diferente la ganancia auditiva entre los grupos: 33.1 frente a 33.6 dB, en los grupos 1 y 2, respectivamente (p = 0.88). Conclusión: no hay diferencia en los resultados morfológicos y audiométricos con timpanoplastía con cartílago en isla frente a fascia temporal en el tratamiento de perforaciones timpánicas de alto riesgo.

  5. Social and behavior change communication in the fight against malaria in Mozambique.

    PubMed

    Arroz, Jorge Alexandre Harrison

    2017-03-23

    Long-lasting insecticide-treated nets and/or indoor residual spraying, associated with case management, are key interventions in the control of malaria in Africa. The objective of this study is to comment on the role of social and behavior change communication as a potential key intervention in the control of malaria in Mozambique. RESUMO As redes mosquiteiras impregnadas com insecticidade de longa duração e/ou pulverização intra-domiciliária, associada ao manejo de casos são intervenções-chave no controlo da malária em África. O objetivo deste estudo foi comentar o papel da comunicação para a mudança social e de comportamento como intervenção potencialmente chave no controlo da malária em Moçambique.

  6. [Health care associated multidrug-resistant bacteria in a pediatric hospital: five year experience].

    PubMed

    Mação, Patrícia; Lopes, João Casalta; Oliveira, Henrique; Oliveira, Guiomar; Rodrigues, Fernanda

    2013-01-01

    Introdução: Nos últimos anos tem-se assistido a um aumento das infeções por bactérias multirresistentes. Os dados pediátricos no global, e em particular em Portugal, são escassos.Objectivos: Avaliar a evolução das infeções por bactérias multirresistentes associadas aos cuidados de saúde num hospital pediátrico.Material e Métodos: Estudo retrospetivo de incidência efetuado nas enfermarias médicas, cirúrgicas e de cuidados intensivos num hospital pediátrico nível III, entre Janeiro de 2005 e Dezembro de 2009. As bactérias multirresistentes estudadas foram Staphylococcus aureus meticilino-resistente (SAMR), bacilos gram negativos produtores de β-lactamases de espectro expandido (ESBL), Enterococcus spp resistentes à vancomicina (ERV), Pseudomonas aeruginosa multirresistentes (PAMR) e Acinetobacter baumanii resistente aos carbapenems. Foram analisados dados demográficos, clínicos, laboratoriais, terapêuticos e presença de fatores de risco.Resultados: Durante o período de estudo foram identificadas 106 bactérias multirresistentes associadas, correspondentes a 72 crianças, com predomínio do sexo masculino (65,3%). As bactérias multirresistentes mais frequentemente identificadas foram SAMR (35,8%), PAMR (29,2%) e bacilos gram negativos com fenótipo ESBL (17,9%). Destas 106 bactérias multirresistentes, 45 (42,5%) foram identificadas em infeção. Ao longo do período de estudo, a proporção anual de infeções por bactérias multirresistentes variou entre 32,0% em 2006 e 55,6% em 2009 (p = 0,376). A taxa de incidência global de infeção por estas bactérias foi de 0,400 por 1 000 dias de internamento, correspondendo a 0,274 infeções por 100 internamentos, valor que se manteve estável ao longo dos cinco anos. Predominaram as infeções da corrente sanguínea (31,1%), intra-abdominais (20,0%), associadas a cateter venoso central (17,8%) e da pele e tecidos moles (11,1%). Todas as crianças tinham fatores de risco e os mais

  7. Pleuroparenchymal fibroelastosis: report of two cases in Brazil.

    PubMed

    Gomes, Paula Silva; Shiang, Christina; Szarf, Gilberto; Coletta, Ester Nei Aparecida Martins; Pereira, Carlos Alberto de Castro

    2017-01-23

    Pleuroparenchymal fibroelastosis (PPFE) is a rare lung disease. It can be idiopathic or associated with any one of various conditions. To our knowledge, this is the first report of two cases of PPFE in Brazil. Our first patient presented with pleural and subpleural fibrosis in the upper lobes; a spiculated nodule in the left upper lobe; and a mild reticular pattern in the lower lobes. Surgical lung biopsy revealed PPFE in the upper lobes, including the nodule, and unclassified interstitial pneumonia in the left lower lobe. Our second patient had a history of exposure to domestic birds, indicating a risk of hypersensitivity pneumonitis, and presented with advanced lung disease, predominantly in the upper lobes, together with subpleural fibrosis.That patient underwent lung transplantation. In the explant specimen, PPFE and granulomas were identified, suggesting hypersensitivity pneumonitis as an associated cause. RESUMO A fibroelastose pleuroparenquimatosa (FEPP) é uma doença pulmonar rara, podendo ser idiopática ou associada a diversas condições. Pelo que sabemos, este é o primeiro relato de dois casos de FEPP no Brasil. Nosso primeiro paciente apresentava fibrose pleural e subpleural nos lobos superiores, um nódulo espiculado no lobo superior esquerdo e um padrão reticular discreto nos lobos inferiores. A biópsia pulmonar cirúrgica demonstrou FEPP nos lobos superiores, incluindo no nódulo, e pneumonia intersticial não classificada no lobo inferior esquerdo. Nosso segundo paciente tinha história de exposição a aves domésticas, indicando um risco de pneumonite de hipersensibilidade, e doença pulmonar avançada predominando em lobos superiores, com fibrose subpleural. Esse paciente foi submetido a transplante pulmonar. No espécime do explante, FEPP e granulomas foram identificados, sugerindo pneumonite de hipersensibilidade como causa associada.

  8. Clinical and Radiological Characterization of Progressive Multifocal Leukoencephalopathy in HIV-Infected Patients: A Retrospective Analysis and Review of the Literature.

    PubMed

    Augusto, Luís; Neves, Nélia; Reis, Carina; Abreu, Cândida; Sarmento, António

    2015-01-01

    Introdução: A leucoencefalopatia multifocal progressiva é uma patologia desmielinizante causada pelo vírus John Cunningham, geralmente associada a estados de imunodepressão, em particular a infeção pelo vírus da imunodeficiência humana. Pode apresentar múltiplas manifestações clínicas e tem habitualmente um padrão imagiológico típico. A evolução clínica é geralmente progressiva, podendo ocorrer uma melhoria do prognóstico associada à recuperação imunológica.Material e Métodos: Foi conduzida uma análise retrospetiva dos dados clínicos e imagiológicos de doentes admitidos no nosso Hospital entre janeiro de 2005 e abril de 2014 com o diagnóstico de leucoencefalopatia multifocal progressiva (ICD10:A81.2) associado a infeção por vírus da imunodeficiência humana.Resultados: Vinte e um doentes foram incluídos, sendo 20 do sexo masculino (95,2%). A idade média na altura do diagnóstico foi 39 anos. A forma de apresentação mais frequente foi défice motor. O vírus John Cunningham foi identificado no líquido cefalorraquidiano em 20 doentes (95,2%). Nos estudos de imagem verificou-se um predomínio de lesões supratentoriais, assimétricas e bilaterais. Quatro doentes (19%) desenvolveram síndrome inflamatória de resposta imunológica. A abordagem terapêutica incluiu início ou otimização de terapêutica anti-retrovirica, associada a corticoterapia em quatro casos. Dezassete (81%) doentes morreram no período do estudo, sendo a sobrevida mediana após diagnóstico de três meses (intervalo 1 a13).Discussão: Os resultados do nosso estudo são concordantes com os dados previamente publicados relativamente à leucoencefalopatia multifocal progressiva, evidenciando a sua associação à infecção pelo vírus da imunodeficiência humana, particularmente nos doentes com imunossupressão grave, o predomínio de sinais e sintomas motores e cognitivos, e a existência de um atingimento bilateral e assimétrico evidente nas sequ

  9. Multifrequency tympanometry in infants.

    PubMed

    de Moraes, Tamyne Ferreira Duarte; Macedo, Camila de Cássia; Feniman, Mariza Ribeiro

    2012-04-01

    Introdução: O uso de uma única frequência na timpanometria não é sensível na detecção de todos os casos de alteração na orelha média, dificultando o diagnóstico preciso.Objetivo: Caracterização das medidas de imitância acústica de lactentes utilizando três tipos de sonda. Estudo prospectivo.Método: Foram avaliados 54 lactentes, com idade entre zero e três meses. Os critérios de inclusão foram ausência de infecções de vias aéreas, presença de emissões otoacústicas evocadas transientes, ausência de indicadores de risco para perda auditiva. Foi realizada entrevista audiológica, inspeção visual do meato acústico externo e medidas de imitância acústica nas frequências de 226Hz, 678Hz e 1000Hz. Foram coletados os registros timpanométricos de efeito de oclusão, curva e pressão de pico timpanométrico, volume equivalente do meato acústico externo e pico compensado da admitância acústica estática.Resultados: Os resultados indicaram presença de efeito de oclusão (2,88% em 226Hz, 4,81% em 678Hz e 3,85% em 1000Hz); predomínio de curva em pico único (65,35% em 226Hz, 81,82% em 678Hz e 77,00% em 1000Hz); pressão de pico variando de -150 a 180daPa; aumento do volume equivalente do meato acústico externo com aumento da frequência da sonda (0,64ml em 226Hz, 1,63mmho em 678Hz e 2,59mmho em 1000Hz); aumento do pico compensado da admitância acústica estática (0,51ml em 226Hz, 0,55mmho em 678Hz e 1,20mmho em 1000Hz). Foram classificados como normais 93,06% dos timpanogramas com 226Hz, 80,81% em 678Hz e 82,00% em 1000Hz.Conclusão: Por meio destas avaliações e resultados foi possível caracterizar as medidas de imitância acústica dos lactentes.

  10. Stroke Prevention in Atrial Fibrillation: Focus on Latin America.

    PubMed

    Massaro, Ayrton R; Lip, Gregory Y H

    2016-08-11

    vascular cerebral (AVC) e a mortalidade associada a ele aumentou dramaticamente na região. Há, portanto, uma clara necessidade de estratégias efetivas de anticoagulação na América Latina. O objetivo desta revisão é oferecer uma visão atual da anticoagulação na prevenção do AVC. O uso de antagonistas da vitamina K (AVKs, ex.: varfarina) e ácido acetilsalicílico (AAS) na prevenção do AVC em pacientes com FA na América Latina permanece frequente, apesar de cerca de um quinto de todos os pacientes com FA não receberem anticoagulação. O uso da varfarina é complicado pela falta de acesso a serviços de monitoramento eficazes, juntamente com um perfil farmacocinético imprevisível. A utilização excessiva do AAS está associada com riscos significativos de sangramento e eficácia reduzida na prevenção do AVC neste grupo de pacientes. Os novos anticoagulantes orais não AVK (NOACs) representam um meio potencial de superar muitas limitações associadas ao uso dos AVKs e do AAS, incluindo uma redução na necessidade de monitoramento e risco reduzido de eventos hemorrágicos. A decisão final sobre qual anticoagulante utilizar em pacientes com FA depende de diversos fatores. Pesquisas adicionais são necessárias para avaliar o impacto desses fatores na população latino-americana e, assim, reduzir o ônus do AVC associado à FA nesta região.

  11. [Intratechal Chemotherapy Treatment Through an Ommaya Reservoir Catheter for Meningeal Carcinomatosis: A Single-Centre Experience].

    PubMed

    Lavrador, José Pedro; Simas, Nuno; Oliveira, Edson; Carvalho, Manuel Herculano

    2016-08-01

    Introdução: A carcinomatose meníngea consiste na infiltração de células tumorais ao longo das leptomeninges e espaço subaracnoideu, encontrando-se associada a uma sobrevida média de 2 - 5 meses. As indicações sobre a modalidade mais adequada de tratamento permanecem tema de discussão, sendo fundamental um correto conhecimento da história natural da doença e da dualidade risco-benefício para uma decisão terapêutica interdisciplinar.Material e Métodos: Análise retrospectiva dos doentes com diagnóstico de carcinomatose meníngea com origem em tumores sólidos submetidos a colocação de catéter reservatório de Ommaya no período entre 2006 a 2014 no Serviço de Neurocirurgia do Hospital Santa Maria.Resultados: Foram operados 23 doentes com carcinomatose meníngea (19 mulheres, quatro homens) com idade média de 56,1 ± 2,2 anos. A origem do tumor primário foi: mama – 16 doentes, pulmão – quatro doentes, estômago, bexiga e colo do útero – um doente cada. Não se verificaram complicações tais como infecção, hematomas intracranianos ou fístula de líquor. A sobrevida média dos 21 doentes falecidos à data foi de 26,4 ± 7,7 semanas (mínimo nove dias, máximo 118 semanas). A análise estatística não ajustada revelou que o sexo masculino esteve associado a pior prognóstico (p value = 0,0032), enquanto a análise ajustada mostrou que a origem na mama esteve associada a melhor prognóstico (p value = 0,036) quando comparada com as outras etiologias (HR: 4,36 ± 3,06; 95% IC: 1,10 - 17,25). Um maior tempo de evolução de doença primária até ao diagnóstico esteve associado a melhor prognóstico, apesar de não ter atingido significado estatístico.Discussão: Apesar da colocação de catéter reservatório de Ommaya ser um procedimento com baixo risco de complicações, a resposta à quimioterapia intratecal é limitada e o prognóstico da doença poderá não justificar um procedimento cirúrgico num doente com mau estado

  12. [Transobturator slings for female stress urinary incontinence].

    PubMed

    Sousa, Ana; Jesus, André; Carvalho, Maria; Carvalho, Giselda; Marques, João; Falcão, Francisco; Torgal, Isabel

    2014-01-01

    Introdução: A incontinência urinária de esforço afeta 20 a 40% das mulheres. Os slings colocados sob a uretra média, aplicados por via transobturadora, são a terapêutica consensualmente aceite na atualidade. O objetivo do estudo foi avaliar a eficácia e possíveis complicações associadas à aplicação dos slings colocados por via transobturadora no tratamento da incontinência urinária de esforço. Material e Métodos: Avaliaram-se retrospetivamente 363 doentes submetidas a cirurgia de incontinência urinária de esforço por via transobturadora, nos Hospitais da Universidade de Coimbra do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, no período de 1 Janeiro de 2008 a 1 Julho de 2010. Resultados: A média das idades das doentes foi de 56 anos [28-86]. Além da correção da incontinência urinária de esforço, em 13,5% das mulheres foi associada outra cirurgia vaginal. A maioria (95,3%) das mulheres apresentou hipermobilidade da uretra. Ocorreram complicações per-operatórias em 0,8%, complicações pós-operatórias imediatas em 5,2% e complicações pós-operatórias tardias em 15,7%. A taxa de sucesso global foi de 93,7%. A taxa de sucesso nas doentes com uretra fixa foi 77,8%, verificando-se melhores resultados (94,5%) naquelas com hipermobilidade da uretra (p = 0,02). A taxa de sucesso foi comparável nas doentes com e sem cirurgias vaginais associadas. Discussão: As técnicas transobturadoras têm taxas de sucesso elevadas, tendo-se tornado o tratamento de primeira linha para as doentes com IUE, independentemente se tratadas pela técnica outside-in (TOT®) ou pela inside-out (TVT-O®). Ambas as técnicas foram concebidas com o intuito de evitar a passagem no espaço retropúbico, reduzindo assim o número de complicações. Conclusão: As taxas de cura para as abordagens transobturadoras oscilam entre 80 e 95%. A taxa de cura aumenta quando o mecanismo responsável pela incontinência urinária de esforço é a hipermobilidade da uretra

  13. [Understanding depressive symptoms after bariatric surgery: the role of weight, eating and body image].

    PubMed

    Sousa, Paula; Bastos, Ana Pinto; Venâncio, Carla; Vaz, Ana Rita; Brandão, Isabel; Costa, José Maia; Machado, Paulo; Conceição, Eva

    2014-01-01

    Introdução: A sintomatologia depressiva tem-se revelado prevalente após a cirurgia bariátrica. Este estudo teve como objetivo compreender o papel do peso, alimentação e imagem corporal na sintomatologia depressiva após realização da cirurgia bariátrica. Material e Métodos: Segue um design transversal e possui uma amostra pós-cirúrgica de 52 indivíduos, com um tempo de follow-up entre os 22 e os 132 meses. A avaliação foi realizada através de duas entrevistas clínicas semiestruturadas, incluindo a perturbação de comportamento alimentar (Eating Disorder Examination), e de três instrumentos de autorrelato: Outcome Questionnaire 45 - comprometimento psicológico geral, Beck Depression Inventory - sintomatologia depressiva e Body Shape Questionnaire - imagem corporal. Resultados: Os resultados mostram que a sintomatologia depressiva está associada à ingestão alimentar compulsiva, à preocupação com a imagem corporal e à percentagem do índice de massa corporal ganho. Segundo os resultados da análise de regressão linear múltipla que incluiu estas variáveis, a percentagem de índice de massa corporal ganho após cirurgia, a ingestão alimentar compulsiva e a preocupação com a imagem corporal são os factores que explicam 50% da variância da sintomatologia depressiva após a cirurgia, sendo a preocupação com a imagem corporal mais significativo, na medida em que uma maior insatisfação com a imagem corporal está associada a mais sintomas depressivos. Discussão: Os resultados deste estudo mostraram que um subgrupo de doentes apresenta um aumento de peso significativo após a cirurgia bariátrica que está associado a episódios de ingestão alimentar compulsiva, a preocupações com a imagem corporal e a sintomatologia depressiva. Conclusão: Estes resultados enfatizam a importância de considerar estas preocupações com a imagem corporal na avaliação psicológica da pessoa que fez cirurgia bariátrica de modo a otimizar o seu

  14. Late stillbirth: a ten year cohort study.

    PubMed

    Robalo, Raquel; Pedroso, Célia; Amaral, Njila; Soares, Clara

    2013-01-01

    Introdução: A morte fetal tardia é um acontecimento que se mantém na prática diária, apesar de protocolos de vigilância pré-natal e intraparto. Objectivo: Análise dos factores que contribuíram para a causa principal ou condições associadas a morte fetal tardia num período de 10 anos Métodos: Coorte retrospectiva de 208 gestações tardias simples, cujo parto em unidade terciária de cuidados perinatais resultou no nascimento de um nado morto, num período de dez anos. Através de consulta de processo clínico foram analisados dados clínicos, laboratoriais e resultados de estudo anatomo-patológico feto-placentário. Resultados: A incidência de morte fetal tardia foi de 3,5 por cada 1000 nascimentos. Não foram encontradas quaisquer tendências na incidência de MF tardia ao longo do tempo de estudo. Em 12 (5,8%) casos a morte fetal foi um acontecimento intraparto e 72 (35%) eram gestações de termo. Em 14% a gravidez não foi vigiada. A IG média de diagnóstico foi 34 semanas. A principal causa de morte associou-se a patologia fetal, tendo sido identificados factores fetais em 59 casos, destes 25% foram considerados leves para a idade gestacional. Em 24.5% dos casos a causa de morte foi inexplicada. Identificaram-se factores de risco materno em 21% dos casos, a patologia hipertensiva foi frequente e foi associada a idade gestacional precoce (p = 0,028). Conclusões: Não houve oscilações na incidência de morte fetal tardia ao longo dos dez anos avaliados. A incidência foi de 3,5‰, idêntica à descrita em países desenvolvidos. Cerca de um quarto das mortes fetais foram inexplicadas. A patologia materna mais frequente foi a hipertensão crónica.

  15. [Successful pregnancies outcomes with the use of in vitro fertilization after Essure® unilateral hydrossalpinx occlusion].

    PubMed

    Guedes-Martins, Luís; Mesquita-Guimarães, Joana; Barreiro, Márcia

    2014-01-01

    Introdução: Desde há duas décadas que assistimos à publicação de vários estudos dedicados à avaliação da influência da hidrossalpinge nos resultados de técnicas de transferência de embriões. O objectivo deste trabalho é apresentar os resultados do tratamento e vigilância gestacional em mulheres com história de infertilidade - associada a hidrossalpinge unilateral, visível no exame ecográfico transvaginal - submetidas a oclusão unilateral com Essure® e tratamento subsequente com fertilização in vitro. Material e Métodos: Análise prospectiva de uma amostra constituída por seis mulheres, com antecedentes de infertilidade e hidrossalpinge unilateral, entre Abril de 2010 e Maio de 2013. Em todos os casos procedemos a exclusão de hidrossalpinge recorrendo à colocação unilateral de um dispositivo Essure® por via histeroscópica antes da realização de um ciclo para fertilização in vitro. Resultados: Das seis doentes submetidas a fertilização in vitro, quatro engravidaram (66,7%). Destas, registaram-se duas gravidezes de termo sem intercorrências até ao parto e duas gravidezes encontram-se em vigilância, sem intercorrências conhecidas até à data. Das doentes que não engravidaram após fertilização in vitro (n = 2, 33,3%), uma engravidou espontaneamente durante a vigilância subsequente. Discussão: O avanço da histeroscopia no tratamento de hidrossalpinge, recorrendo à implantação do dispositivo Essure®, representa uma alternativa válida à abordagem laparoscópica. Conclusão: Este estudo sugere que a oclusão tubar unilateral, induzida pelo dispositivo Essure®, melhora os resultados do tratamento com fertilização in vitro em casos de infertilidade associada a hidrossalpinge unilateral, visível no exame ecográfico transvaginal.

  16. Intraoperative near-infrared fluorescent imaging during robotic operations.

    PubMed

    Macedo, Antonio Luiz de Vasconcellos; Schraibman, Vladimir

    2016-01-01

    The intraoperative identification of certain anatomical structures because they are small or visually occult may be challenging. The development of minimally invasive surgery brought additional difficulties to identify these structures due to the lack of complete tactile sensitivity. A number of different forms of intraoperative mapping have been tried. Recently, the near-infrared fluorescence imaging technology with indocyanine green has been added to robotic platforms. In addition, this technology has been tested in several types of operations, and has advantages such as safety, low cost and good results. Disadvantages are linked to contrast distribution in certain clinical scenarios. The intraoperative near-infrared fluorescent imaging is new and promising addition to robotic surgery. Several reports show the utility of this technology in several different procedures. The ideal dose, time and site for dye injection are not well defined. No high quality evidence-based comparative studies and long-term follow-up outcomes have been published so far. Initial results, however, are good and safe. RESUMO A identificação intraoperatória de certas estruturas anatômicas, por seu tamanho ou por elas serem ocultas à visão, pode ser desafiadora. O desenvolvimento da cirurgia minimamente invasiva trouxe dificuldades adicionais, pela falta da sensibilidade tátil completa. Diversas formas de detecção intraoperatória destas estruturas têm sido tentadas. Recentemente, a tecnologia de fluorescência infravermelha com verde de indocianina foi associada às plataformas robóticas. Além disso, essa tecnologia tem sido testada em uma variedade de cirurgias, e suas vantagens parecem estar ligadas a baixo custo, segurança e bons resultados. As desvantagens estão associadas à má distribuição do contraste em determinados cenários. A imagem intraoperatória por fluorescência infravermelha é uma nova e promissora adição à cirurgia robótica. Diversas séries mostram

  17. [Acute gastroenteritis by Cambylobacter spp: a retrospective study of a paediatric emergency department].

    PubMed

    Soares, Ana Teresa; Couto, Catarina; Romão, Patrícia; Melo, Isabel Saraiva de; Braga, Manuela; Diogo, José; Calhau, Paulo

    2014-01-01

    Introdução: A infeção por Campylobacter é a principal causa de gastroenterite aguda bacteriana pediátrica na União Europeia.Objetivos: Conhecer a prevalência de isolamento deste agente nas crianças admitidas na urgência com gastroenterite aguda que realizaram coprocultura, caracterizando a microbiologia, epidemiologia, clínica, terapêutica e complicações associadas.Material e Métodos: Casuística por consulta dos processos dos doentes admitidos na Urgência Pediátrica dum hospital distrital, durante 30 meses, com o diagnóstico de gastroenterite aguda e isolamento em coprocultura de Campylobacter.Resultados: Das 216 coproculturas efetuadas, 98 (45%) foram positivas. Identificámos Campylobacter spp. em 49 (50%) doentes. Destes, 30 (61%) eram do género feminino. A mediana de idades foi 23 meses. Catorze doentes tinham idade inferior a um ano, 25 entre um e cinco anos e 10 idade superior a cinco anos. Verificámos diarreia aquosa em cinco (10%) doentes, diarreia com sangue em 44 (90%), sangue e muco em 14 (29%), febre em 23 (47%), dor abdominal em 14 (29%) e vómitos em 11 (22%). Registámos um caso de sépsis. Internámos cinco doentes. Oito doentes foram medicados com azitromicina.Discussão: Esta é a maior casuística nacional publicada de gastroenterite aguda a Campylobacter em idade pediátrica e a primeira no sul do país. Campylobacter foi a principal bactéria identificada, associada maioritariamente a doença auto-limitada. Contudo, há a considerar formas de infeção graves. O aumento da resistência às quinolonas é preocupante.Conclusão: A utilização criteriosa da coprocultura permite a identificação etiológica na gastrenterite aguda bacteriana. O crescente aumento dos casos de Campylobacter diagnosticados reforça a necessidade de maior controlo das medidas de higiene na manipulação dos alimentos.

  18. Nebulosas planetárias galácticas: idades e cinemática

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Lago, L. G.; Maciel, W. J.

    2003-08-01

    As nebulosas planetárias são formadas a partir de estrelas com massas entre 0.8 e 8 massas solares na sequência principal, formando um conjunto de objetos com idades e populações diferentes. Esse fato torna as nebulosas interessantes ao estudo da rotação galáctica, uma vez que as populações mais jovens devem estar claramente associadas ao disco fino da Galáxia, enquanto que as populações mais velhas estariam associadas ao disco espesso ou mesmo ao halo galáctico. Neste trabalho, utilizamos uma grande amostra de nebulosas com velocidades radiais conhecidas para determinar a curva de rotação da Galáxia. Para minimizar os erros decorrentes das incertezas nas distâncias, usamos quatro diferentes escalas estatísticas. Para a atribuição da idade dos objetos, utilizamos o método proposto recentemente por Maciel et al. (Astron. Astrophys. 397, 667, 2003), em um estudo da variação temporal dos gradientes de abundâncias. Com esse método, é possível obter uma classificação das nebulosas por grupos de idade, totalmente independente de outros sistemas de classificação, uma vez que as idades são estimadas individualmente, a partir das metalicidades das nebulosas. Nossos resultados são comparados com as previsões dos tipos de Peimbert, e mostram que os desvios médios das curvas obtidas são sensivelmente menores nos casos dos objetos mais jovens, associados ao disco fino, com relação aos objetos mais velhos do disco espesso, levando à determinação de uma curva de rotação semelhante à dos objetos de população I jovem. (CNPq)

  19. Determinação de regiões de órbitas diretas estáveis ao redor da Lua

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    de Melo, C. F.; Winter, O. C.; Vieira Neto, E.

    2003-08-01

    Neste Trabalho estamos investigando regiões do sistema Terra-Lua que contêm órbitas diretas estáveis ao redor da Lua visando a utilização destas órbitas em futuras missões de veículos espaciais como alternativas de trajetórias com baixo custo de manutenção. Adotando-se o problema restrito de três corpos, Terra-Lua-partícula, a localização e a extensão destas regiões de estabilidade foram investigadas numericamente considerando como estável toda órbita que permanece ao redor a Lua por, no mínimo, 1000 dias com energia de dois corpos da partícula em relação à Lua negativa. A estabilidade de tais regiões está associada a duas famílias de órbitas periódicas simples H1 e H2 e a órbitas quase-periódicas associadas a elas. Uma vez identificadas as regiões de estabilidade passamos a analisá-las introduzindo, paulatinamente, outras interações relevantes ao sistema como as perturbações do Sol (via problema restrito de quatro corpos), das marés, da pressão de radiação e do achatamento terrestre. Os resultados encontrados até o momento mostram que a perturbação do Sol é a única que reduz significativamente o tamanho das regiões de estabilidade. Também estamos investigando o comportamento de tais regiões quando características intrínsecas do sistema como as excentricidades das órbitas da Terra e da Lua e a inclinação da órbita Lua são consideradas. Com este estudo estamos reunindo informações que nos permitirão compreender a evolução das regiões de estabilidade no sistema Terra-Lua, bem como estabelecer parâmetros adequados para a utilização das trajetórias estáveis em futuras missões espaciais. Agradecimentos: Este projeto conta com o apoio do CNPq, da Capes e da Fapesp.

  20. Prevalence of Late Preterm and Early Term Birth in Portugal.

    PubMed

    Barros, Joana G; Clode, Nuno; Graça, Luís M

    2016-04-01

    Introdução: Nos últimos anos, vários autores evidenciaram a morbilidade associada aos partos ocorridos entre as 34 e 36 semanas (pré-termo tardio) e entre as 37 e 38 semanas de gestação (termo precoce). Neste sentido, pretendemos realizar um estudo epide-miológico dos partos que ocorrem nestas idades gestacionais, em Portugal. Material e Métodos: Realizámos um inquérito, que foi aplicado a todos os hospitais públicos de Portugal, acerca da prevalência e via de parto nos partos pré-termo tardios e de termo precoce, e morbilidade e mortalidade neonatal associada. As questões referiam-se apenas a gestações de feto único e a partos ocorridos em 2013. Resultados: Incluímos 14 hospitais, correspondendo a 33,5% dos partos ocorridos em Portugal, em 2013. Verificámos que 5,4% dos partos ocorreram no período pré-termo tardio e 27% no termo precoce. Aproximadamente dois terços dos partos pré-termo tardio e três quartos dos partos de termo precoce foram espontâneos. A taxa de cesariana foi mais elevada entre as 34 e 36 semanas de gestação (39,1%) do que entre as 37 e 38 semanas (26,4%). As complicações neonatais foram mais frequentes após um parto pré-termo tardio (34,2%), quando comparadas com os de termo precoce (14,2%). Discussão: Na nossa amostra, a prevalência de parto pré-termo tardio e de termo precoce, ainda que ligeiramente inferior, é comparável à publicada em estudos anteriores. Conclusão: Á importante que a comunidade obstétrica nacional adote atitudes no sentido de limitar os partos antes das 39 semanas de gestação. Assim, nestas idades gestacionais os partos devem possuir uma indicação médica válida.

  1. [Atypical femoral fractures and bisphosphonates treatment: is it a risk factor?].

    PubMed

    Geada, Nuno; Mafra, Inês; Barroso, Rogério; Franco, José

    2014-01-01

    IntroduçÉo: Os bifosfonatos têm eficácia comprovada na prevençÉo das fracturas osteoporóticas. Contudo, têm sido descritas fracturas femorais atípicas associadas à toma prolongada de bifosfonatos com um padrÉo radiológico bem definido. Os objectivos no nosso estudo foram caracterizar os doentes de idade ≥ 65 anos com fracturas femorais (subtrocantéricas/diafisárias) consideradas típicas e atípicas e avaliar a relaçÉo entre a ocorrência das fracturas atípicas e o uso de bifosfonatos.Material e Métodos: Realizámos um estudo caso-controlo com os doentes admitidos no nosso Hospital por fractura subtrocantérica ou diafisária do fémur, num período de cinco anos e meio. Após aplicaçÉo dos critérios de exclusÉo, as 92 fracturas (91 doentes) foram classificadas como atípicas ou típicas. A determinaçÉo do tratamento prévio com bifosfonatos foi obtida através do historial clínico dos doentes.Resultados: Foram encontradas 11 fracturas atípicas (10 doentes) e 81 fracturas típicas (81 doentes). A idade mediana entre os dois grupos foi estatisticamente diferente (72 anos - atípicas vs 80 anos - típicas, p < 0,01). A razÉo do uso de bifosfonatos foi de 0,60 nas fracturas atípicas e de 0,01 nas típicas, traduzindo um odds ratio de 101,1 (p < 0,01).DiscussÉo: Na generalidade, os nossos resultados sÉo apoiados e estÉo de acordo com os estudos publicados referentes à ocorrência de fracturas femorais atípicas associadas à toma de bifosfonatos.ConclusÉo: Apesar do pequeno número de casos foi possível demonstrar a relaçÉo, estatisticamente, significativa entre as fracturas femorais atípicas e a toma de bifosfonatos. De notar que estas fracturas atípicas ocorreram em doentes, significativamente, mais jovens do que os doentes com fracturas típicas.

  2. Vascular access: the impact of ultrasonography.

    PubMed

    Almeida, Carlos Eduardo Saldanha de

    2016-01-01

    Vascular punctures are often necessary in critically ill patients. They are secure, but not free of complications. Ultrasonography enhances safety of the procedure by decreasing puncture attempts, complications and costs. This study reviews important publications and the puncture technique using ultrasound, bringing part of the experience of the intensive care unit of the Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo (SP), Brazil, and discussing issues that should be considered in future studies. RESUMO Punções vasculares são muitas vezes necessárias em pacientes gravemente enfermos. São seguras, mas não isentas de complicações. A ultrassonografia associada à técnica de punção gera diminuição do número de tentativas, de complicações e de custos. O presente artigo revisou importantes publicações sobre o tema, bem como técnicas de punções, trazendo parte da experiência do centro de terapia intensiva de adultos do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP) e discutindo tópicos que devem ser melhor explorados em estudos futuros.

  3. Windows of opportunities and technological innovation in the Brazilian pharmaceutical industry.

    PubMed

    Tigre, Paulo Bastos; Nascimento, Caio Victor Machado França do; Costa, Laís Silveira

    2016-11-03

    The Brazilian pharmaceutical industry is heavily dependent on external sources of inputs, capital, and technology. However, the emergence of technological opportunities and the development of biotechnology and the decline of the patent boom and resulting advances by generic drugs have opened windows of opportunities for the local industry. The article examines the Brazilian industry's innovative behavior vis-à-vis these opportunities, showing that although the industry as a whole invests little in innovation, a few large Brazilian companies have expanded their market share and stepped up their investments in research and development, supported by public policies for innovation. Resumo: A indústria farmacêutica brasileira caracteriza-se pela grande dependência de fontes externas de insumos, capital e tecnologia. O surgimento de oportunidades tecnológicas, associadas ao desenvolvimento da biotecnologia e ao fim do boom das patentes com o consequente avanço dos medicamentos genéricos, entretanto, vem abrindo janelas de oportunidades para a indústria local. Este artigo examina o comportamento inovador da indústria brasileira à luz dessas oportunidades, revelando que, embora o conjunto da indústria mantenha baixos níveis de investimentos em inovação, um pequeno grupo de grandes empresas nacionais vem ampliando sua participação no mercado e intensificando seus investimentos em pesquisa e desenvolvimento, apoiados por políticas públicas de inovação.

  4. Rare case of nephrotic syndrome: Schimke syndrome.

    PubMed

    Pedrosa, Anna Kelly Krislane de Vasconcelos; Torres, Luiz Fernando Oliveira; Silva, Ana Corina Brainer Amorim da; Dantas, Adrianna Barros Leal; Zuntini, Káthia Liliane da Cunha Ribeiro; Aguiar, Lia Cordeiro Bastos

    2016-01-01

    Schimke syndrome corresponds to dysplasia of bone and immunity, associated with progressive renal disease secondary to nephrotic syndrome cortico-resistant, with possible other abnormalities such as hypothyroidism and blond marrow aplasia. It is a rare genetic disorder, with few reports in the literature. The most frequent renal involvement is nephrotic syndrome with focal segmental glomerulosclerosis and progressive renal failure. The objective of this study was to report a case of Schimke syndrome, diagnostic investigation and management of the case. Resumo A síndrome Schimke corresponde à displasia imuno-óssea, associada à doença renal progressiva secundária à síndrome nefrótica córtico-resistente, podendo haver outras anormalidades como hipotireoidismo e aplasia de medula óssea. Trata-se de uma patologia genética rara, com poucos relatos na literatura. O acometimento renal mais frequente é uma síndrome nefrótica por glomeruloesclerose segmentar e focal e falência renal progressiva. O objetivo deste estudo foi relatar um caso de síndrome de Schimke, investigação diagnóstica e condução do caso.

  5. [Rare anatomical variation of absence of the sciatic nerve: completely substituted by the tibial and common fibular nerve].

    PubMed

    Coelho, Paulo; Melo, Catarina; Bernardes, António

    2013-01-01

    Introdução: Existem várias publicações referindo variantes anatómicas do nervo ciático, algumas associadas a síndromes clínicos (como sendo a síndrome do músculo piriforme). Neste contexto, pretendemos apresentar uma variante anatómica rara do nervo ciático.Casos clínicos: Dois cadáveres leucodérmicos, masculinos, com 74 e 78 anos, falecidos de morte natural, sem patologia do membro inferior. Em ambos os casos, observou-se ausência do nervo ciático direito, tendo os nervos tibial e fibular comum origem e trajecto independentes, desde a sua origem nas raízes lombo-sagradas até à região poplítea. O nervo ciático contralateral apresentava a anatomia habitual.Discussão: Analisando a literatura, na Medline, realçamos que apresentamos dois casos raros de ausência do nervo ciático, com origem e trajecto independentes dos nervos tibial e fibular comum. Esta variante poderá ter implicações clínicas, nomeadamente ser um factor de risco para o insucesso de bloqueios anestésicos poplíteos e para a síndrome do músculo piriforme.

  6. [Burnout in Portuguese Healthcare Professionals: An Analysis at the National Level].

    PubMed

    Marôco, João; Marôco, Ana Lúcia; Leite, Ema; Bastos, Cristina; Vazão, Maria José; Campos, Juliana

    2016-01-01

    Introdução: O burnout é uma síndrome psicológica, caracterizada por elevada exaustão emocional, elevada despersonalização e baixa realização profissional, que conduz à erosão dos valores pessoais, profissionais e de saúde. Este estudo reporta a prevalência do burnout em profissionais de saúde Portugueses. Material e Métodos: Os níveis de burnout foram estimados pelo Maslach Burnout Inventory - Human Services Survey numa escala ordinal de zero (nunca) a seis (sempre) pontos. A amostra foi constituída por 1 262 enfermeiros e 466 médicos com médias de idade de 36,8 anos (DP = 12,2) e 38,7 (DP = 11,0), respetivamente. Os participantes foram provenientes de todos os distritos nacionais (35% Lisboa; 18% Porto; 6% Aveiro, 6% Setúbal, 5% Coimbra; 5% regiões autónomas), com atuação em meio hospitalar (54%), centros de saúde (Unidade de Saúde Familiar - 30%; Unidades de Cuidados de Saúde Primários - 8%) e outras instituições públicas/privadas (8%). Resultados: A análise dos níveis de burnout revelou que ambas as categorias profissionais apresentaram níveis moderados a elevados de burnout (M = 3,0; DP = 1,7) não sendo significativas as diferenças entre as duas profissões. Vila Real (M = 3,8; SD = 1,7) e a Madeira (M = 2,5; DP = 1,5) são as regiões onde os níveis de burnout são mais e menos elevados, respetivamente. Os níveisde burnout não diferiram significativamente entre Hospitais, Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados e Unidades de Saúde Familiares. Os profissionais com maior tempo na função são menos acometidos por burnout (r = -0,15) não ocorrendo associação significativa com a duração da jornada de trabalho (r = 0,04). A má qualidade das condições de trabalho foi o melhor preditor do burnout (r = -0,35). Discussão: A ocorrência da síndrome de burnout em profissionais de saúde portugueses é frequente, estando associada à percepção de más condições de trabalho e à menor duração do tempo de servi

  7. [Evaluation of antiangiogenic treatment results in choroidal neovascularization related to pathological myopia].

    PubMed

    Carvalho, Beatriz; Freitas-Costa, Paulo; Pinheiro-Costa, João; Falcão, Manuel; Carneiro, Ângela; Falcão-Reis, Fernando

    2014-01-01

    Introdução: A neovascularização coroideia associada à miopia patológica é uma das principais causas de perda de visão central e irreversível em indivíduos jovens. Os objetivos deste estudo são avaliar os resultados a longo prazo do tratamento antiangiogénico, com ranibizumab e/ou bevacizumab, na neovascularização coroideia associada à miopia patológica e caraterizar os fatores preditivos dos resultados funcionais e anatómicos obtidos.Material e Métodos: Avaliámos os resultados de 84 olhos de 81 doentes com neovascularização coroideia miópica, dos quais 84 (100%) completaram 12 meses de seguimento, 67 (79,8%) 24 meses de seguimento, 54 (64,3%) 36 meses de seguimento, 29 (34,5%) 48 meses de seguimento e 15 (16,7%) 60 meses de seguimento. Procedemos à recolha de dados relativos à melhor acuidade visual corrigida em escala ETDRS, espessura foveal na tomografia de coerência óptica e caraterísticas da angiografia fluoresceínica, inicial e após tratamento.Resultados: As melhorias na melhor acuidade visual corrigida e na espessura foveal foram significativas para todos os tempos de seguimento (p < 0,05). A média da melhor acuidade visual corrigida inicial era de 43,7 ± 20,1 letras e da espessura foveal inicial de 304,8 ± 127,9μm. As médias da melhor acuidade visual corrigida foram de 55,6 ± 18,5, 52,1 ± 22,3, 52,1 ± 22,6, 50,3 ± 23,8 e 47,8 ± 24,5 para os 12, 24, 36, 48 e 60 meses de tratamento, respetivamente. As médias das espessuras foveais foram de 209,7 ± 86,2, 190,6 ± 76,1, 174,7 ± 60,6, 189,8 ± 96,7 e 159,4 ± 73,3 para os mesmos tempos de seguimento. Apenas a melhor acuidade visual corrigida inicial foi preditiva de melhores resultados na melhor acuidade visual corrigida final (p < 0,001).Discussão/Conclusão: As injecções intravítreas de anti-VEGF em doentes com neovascularização coroideia miópica cursam com uma melhoria funcional e anatómica significativa e sustentada no tempo. Ensaios clínicos randomizados com

  8. [The Role of Aspirin in Preeclampsia Prevention: State of the Art].

    PubMed

    Campos, Ana

    2015-01-01

    Introdução: O papel do ácido acetilsalicílico (AAS ou aspirina) na prevenção das complicações associadas à pré-eclâmpsia tem sido objeto de estudos e de controvérsias ao longo de 30 anos. Os primeiros trabalhos de investigação acerca do papel da placenta na génese da pré-eclâmpsia surgiram em finais dos anos 70 e assinalavam um aumento da atividade plaquetária e alteração da síntese das prostaglandinas, como consequência da deficiente adaptação da placenta. Ao longo dos últimos 20 anos do século XX, sucederam-se estudos de investigação acerca do papel profilático da aspirina na redução do risco de pré-eclâmpsia. Material e Métodos: Para analisar os trabalhos publicados sobre o uso da aspirina na prevenção da pré-eclâmpsia, bem como sobre a dose mais adequada e momento de administração, foram consultados apenas estudos prospetivos, revisões sistemáticas e meta-análises através das seguintes fontes pesquisa (PubMed, Cochrane, Embase). Os artigos citados foram considerados os mais relevantes. Os trabalhos foram divididos em dois grupos: no primeiro foram incluídos os trabalhos em que a aspirina era administrada até às 16 semanas e o segundo, com início de administração por um período mais alargado. Resultados e Discussão: No primeiro grupo, com menor número de casos, mas com início mais precoce de administração do fármaco, até às 16 semanas, concluiu-se que a aspirina poderia ter um papel positivo na redução de risco de gravidade da pré-eclâmpsia; o segundo grupo, com maior número de casos nos estudos, mas com condições menos restritas de entrada e de tempo de início do fármaco, teve resultados mais controversos. As meta-análises destes estudos concluíram que os resultados favoráveis estavam associados às condições de e momento da administração. Conclusão: Não existindo ainda alternativas ou fármacos que lhe possam ser associados, a aspirina em baixas doses (80 a 150 mg/ dia) ao deitar

  9. Traumatic brain injury in Portugal: trends in hospital admissions from 2000 to 2010.

    PubMed

    Dias, Celeste; Rocha, João; Pereira, Eduarda; Cerejo, António

    2014-01-01

    Introdução: O traumatismo crânio-encefálico tem um impacto sócio-económico considerável, sendo uma importante causa de mobimortalidade, frequentemente causador de incapacidade permanente. Procuramos caracterizar a utilização dos recursos de saúde de adultos com traumatismo crânio-encefálico em Portugal entre 2000-2010. Material e Métodos: Estudo retrospectivo de registos de adultos com código ICD9 de traumatismo crânio-encefálico incluídos na Base-de-Dados Nacional de Grupos Diagnósticos Homogéneos de 2000-2010. Realizamos uma análise estatística descritiva e avaliamos as tendências durante a década. Resultados: Analisamos 72 865 admissões em 111 hospitais, 64,1% do sexo masculino, idade média de 57,9 ± 21,8 anos (18-107). Encontramos uma diminuição no número de traumatismo crânio-encefálico em pacientes jovens e um aumento nos mais velhos. O número de acidentes de trânsito diminuiu e o número de quedas aumentou. Houve um aumento de traumatismos crânio-encefálicos moderados-graves internados: 47,2% em 2000 / 80% em 2010. O número de admissões em Cuidados Intensivos quase duplicou (15,8% vs 29,5%), assim como o número de procedimentos neurocirúrgicos efectuados (8,2% vs 15,2%). A mortalidade total aumentou de 7,1% para 10,6%. Discussão: A diminuição do traumatismo crânio-encefálico observada pode estar associada com as campanhas de prevenção rodoviária, melhoria da rede rodoviária e políticas de saúde. O aumento da mortalidade poderá ser explicado pelo melhor atendimento pré-hospitalar, permitindo que casos mais graves cheguem ao hospital com vida e, embora tratados com mais frequência em Cuidados Intensivos e exigindo procedimentos neurocirúrgicos, vêm a falecer. Por outo lado, o aumento da idade dos doentes presumivelmente com maiores co-morbilidades associadas ao envelhecimento também estará a contribuir para a maior mortalidade. Conclusão: O traumatismo crânio-encefálico em Portugal está a mudar

  10. Isolated primary amyloidosis of the inferior rectus muscle mimicking Graves' orbitopathy.

    PubMed

    Monteiro, Mário Luiz Ribeiro; Gonçalves, Allan Christian Pieroni; Bezerra, Alanna Mara Pinheiro Sobreira

    2016-01-01

    The diagnosis of Graves' orbitopathy is usually straightforward. However, orbital diseases that mimick some clinical signs of Graves' orbitopathy may cause diagnostic confusion, particularly when associated to some form of thyroid dysfunction. This report describes the rare occurrence of localized inferior rectus muscle amyloidosis in a patient with autoimmune hypothyroidism, who was misdiagnosed as Graves' orbitopathy. A 48-year-old man complained of painless progressive proptosis on the left side and intermittent vertical diplopia for 6 months. The diagnosis of Graves' orbitopathy was entertained after magnetic resonance imaging revealing a markedly enlarged, tendon-sparing inferior rectus enlargement on the left side, and an autoimmune hypothyroidism was disclosed on systemic medical workup. After no clinical improvement with treatment, the patient was referred to an ophthalmologist and further investigation was performed. The presence of calcification in the inferior rectus muscle on computed tomography, associated with the clinical findings led to a diagnostic biopsy, which revealed amyloid deposition. This report emphasizes that a careful evaluation of atypical forms of Graves' orbitopathy may be crucial and should include, yet with rare occurrence, amyloidosis in its differential diagnosis. RESUMO O diagnóstico de orbitopatia de Graves usualmente é fácil de ser estabelecido. No entanto, doenças da órbita que simulam alguns sinais clínicos da orbitopatia de Graves podem levar à confusão diagnóstica, particularmente quando associada à alguma forma de disfunção tireoidiana. Relatamos a ocorrência rara de amiloidose localizada no músculo reto inferior em paciente com hipotireoidismo autoimune, que recebeu inicialmente o diagnóstico errôneo de orbitopatia de Graves. Paciente masculino, 48 anos, com queixa de proptose progressiva e indolor do lado esquerdo e diplopia vertical intermitente há 6 meses. O diagnóstico de orbitopatia de Graves foi

  11. [Vertebral metrics: application of a new mechanical instrument to evaluate the spinal column].

    PubMed

    Quaresma, Cláudia; Dias, Inês; Forjaz Secca, Mário; Goyri-O'Neill, João; Branco, Jorge

    2013-01-01

    Objectivo: Apresentar os resultados da primeira aplicação da nova tecnologia – Métrica Vertebral – na análise da posição 3D do vértice de cada uma das apófises espinhosas, em mulheres grávidas.Material e Métodos: O Métrica Vertebral foi aplicado a mulheres, sem patologia associada, em quatro momentos da gravidez (12, 20, 32, 37 semanas de gestação). Aplicaram-se modelos lineares univariados.Resultados: Observou-se que as diferenças que ocorrem ao longo da gravidez são mais significativas ao nível da posição y (anteroposterior). Verificou-se, igualmente, que existe uma correlação biomecânica positiva entre a posição do vértice de cada uma das vértebras com a posição homóloga das restantes.Discussão/Conclusão: Através do Métrica Vertebral foi possível obter resultados inovadores na análise biomecânica da colunavertebral. É um dispositivo que tem diferentes aplicações podendo ser facilmente adoptado em áreas como ortopedia, neurocirurgia, pediatria e reabilitação. É de realçar ainda que este instrumento não se esgota na amostra da presente investigação pois pode ser futuramente aplicada à população em geral.

  12. Eventos de Desconexao na Cauda de Plasma do Cometa P/Halley

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Voelzke, M. R.; Fahr, H. J.

    2001-08-01

    Observacoes cometárias e de vento solar sao comparadas com o propósito de determinar-se as condicoes do vento solar associadas aos eventos de desconexao (DEs) observados em caudas de plasma cometárias. Os dados cometários sao provenientes do The International Halley Watch Atlas of Large-Scale Phenomena. A análise visual sistemática das imagens do atlas revelou, entre outras estruturas morfológicas, 47 DEs ao longo da cauda de plasma do P/Halley. Estes 47 DEs registrados em 47 imagens distintas permitiram a descoberta de 19 origens de DEs, ou seja, o tempo em que as desconexoes iniciaram foi calculado. Os dados do vento solar sao provenientes de medidas feitas in situ pela sonda espacial IMP-8, as quais foram usadas para elaborar a variacao da velocidade do vento solar, densidade e pressao dinâmica durante o intervalo analisado. O presente trabalho compara as atuais teorias conflitantes, baseadas nos mecanismos de formacao, com o intuito de explicar o fenômeno cíclico dos DEs, ou seja, os efeitos de producao iônica, os efeitos de pressao e os efeitos de reconexao magnética sao analisados. Para cada uma das 19 origens de DEs comparou-se a densidade com a respectiva velocidade do vento solar com o intuito de determinar-se uma possível correlacao entre estas origens e os efeitos de pressao dinâmica. Quando da ocorrência de 6 origens de DEs o IMP-8 nao realizou medidas, nos outros 13 casos 10 origens (77%) mostraram uma anticorrelacao entre velocidade e densidade e apenas 3 (23%) revelaram uma tendência similar entre velocidade e densidade. Portanto, a análise inicial demonstra uma fraca correlacao entre as origens dos DEs e os efeitos de pressao.

  13. Hypertriglyceridemia: Is there a role for prophylactic apheresis? A case report.

    PubMed

    Francisco, Ana Rita; Gonçalves, Inês; Veiga, Fátima; Pedro, Mónica Mendes; Pinto, Fausto J; Brito, Dulce

    2016-01-01

    Severe hypertriglyceridemia has been consistently associated with an increased risk of cardiovascular disease and other complications, namely acute pancreatitis. We report a case of a 64 year-old woman with hypertrophic cardiomyopathy and metabolic syndrome with triglyceride level of 3260 mg/dL. Plasma exchange was performed with simultaneous medical treatment to achieve a rapid and effective lowering of triglycerides in order to prevent clinical complications. After three plasmapheresis sessions a marked reduction in triglyceride and total cholesterol levels was observed. Several cases have shown the importance of plasmapheresis in the treatment of acute pancreatitis. We intend to demonstrate the applicability of this technique as primary prophylaxis in the presence of extremely high serum triglyceridemia levels. Resumo A hipertrigliceridemia grave tem sido associada de forma consistente ao aumento do risco cardiovascular e a outras complicações, nomeadamente, pancreatite aguda. Descrevemos um caso de uma mulher de 64 anos, com miocardiopatia hipertrófica e síndrome metabólica com valor sérico de triglicerídeos de 3260 mg/dL. Foi efectuada plasmaferese e optimizado o tratamento médico para alcançar uma redução rápida e efectiva dos níveis dos triglicerídeos, prevenindo complicações clínicas. Após três sessões de plasmaferese, verificou-se uma redução marcada dos triglicerídeos e do colesterol total. Existem alguns casos descritos na literatura demonstrado a importância da plasmaferese no tratamento da pancreatite aguda em contexto de hipertrigliceridemia grave. Os autores pretendem com este caso demonstrar a aplicabilidade desta técnica em contexto de prevenção primária em doentes com níveis de triglicerídeos extremamente aumentados.

  14. Taxas de eventos para as fontes astrofísicas do detector Mario Schenberg

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Castro, C. S.; Araujo, J. C. N.; Miranda, O. D.; Aguiar, O. D.

    2003-08-01

    O detector de ondas gravitacionais Mario Schenberg será sensível a sinais que cheguem à Terra com amplitude h~10-21 e dentro da faixa em frequências que varia de 3,0 a 3,4 kHz. As principais fontes astrofísicas em condições de gerar um sinal detectável pela antena Schenberg são: colapsos estelares que produzam eventos do tipo supernova; instabilidades hidrodinâmicas em estrelas de nêutrons; excitação dos modos fluído (modos f) de estrelas de nêutrons; excitação dos primeiros modos quadrupolares de buracos negros com massa ~ 3,8 M¤; coalescências de estrelas de nêutrons e buracos negros em sistemas binários e, ainda, espiralações de mini-buracos negros. Neste trabalho nós determinamos as taxas de eventos para o Schenberg associadas a dois tipos de fontes: através da de-excitação dos modos f de estrelas de nêutrons e através da coalescência de mini-buracos negros de 0,5 M¤ (que atualmente têm sido colocados como possíveis candidatos a objetos massivos do halo Galáctico). Nós mostramos que esses tipos de fontes poderão produzir sinais em ondas gravitacionais com uma taxa em torno de um evento por ano dentro da banda do Schenberg.

  15. Analysis of the stability of housekeeping gene expression in the left cardiac ventricle of rats submitted to chronic intermittent hypoxia.

    PubMed

    Julian, Guilherme Silva; Oliveira, Renato Watanabe de; Tufik, Sergio; Chagas, Jair Ribeiro

    2016-01-01

    Obstructive sleep apnea (OSA) has been associated with oxidative stress and various cardiovascular consequences, such as increased cardiovascular disease risk. Quantitative real-time PCR is frequently employed to assess changes in gene expression in experimental models. In this study, we analyzed the effects of chronic intermittent hypoxia (an experimental model of OSA) on housekeeping gene expression in the left cardiac ventricle of rats. Analyses via four different approaches-use of the geNorm, BestKeeper, and NormFinder algorithms; and 2-ΔCt (threshold cycle) data analysis-produced similar results: all genes were found to be suitable for use, glyceraldehyde-3-phosphate dehydrogenase and 18S being classified as the most and the least stable, respectively. The use of more than one housekeeping gene is strongly advised. RESUMO A apneia obstrutiva do sono (AOS) tem sido associada ao estresse oxidativo e a várias consequências cardiovasculares, tais como risco aumentado de doença cardiovascular. A PCR quantitativa em tempo real é frequentemente empregada para avaliar alterações na expressão gênica em modelos experimentais. Neste estudo, analisamos os efeitos da hipóxia intermitente crônica (um modelo experimental de AOS) na expressão de genes de referência no ventrículo cardíaco esquerdo de ratos. Análises a partir de quatro abordagens - uso dos algoritmos geNorm, BestKeeper e NormFinder e análise de dados 2-ΔCt (ciclo limiar) - produziram resultados semelhantes: todos os genes mostraram-se adequados para uso, sendo que gliceraldeído-3-fosfato desidrogenase e 18S foram classificados como o mais e o menos estável, respectivamente. A utilização de mais de um gene de referência é altamente recomendada.

  16. Screening for BK virus nephropathy in kidney transplant recipients: comparison of diagnostic tests.

    PubMed

    Pinto, Gabriel Godinho; Poloni, Jose Antonio T; Rotta, Liane N; Razonable, Raymund R; Pasqualotto, Alessandro C

    2016-01-01

    Urine cytology and qPCR in blood and urine are commonly used to screen renal transplant recipients for polyomavirus-associated nephropathy (PVAN). Few studies, however, have directly compared these two diagnostic tests, in terms of their performance to predict PVAN. This was a systematic review in which adult (≥ 18 years old) renal transplant recipients were studied. A structured Pubmed search was used to identify studies comparing urine cytology and/or qPCR in urine and plasma samples for detecting PVAN with renal biopsy as the gold standard for diagnosis. From 707 potential papers, there were only twelve articles that matched the inclusion criteria and were analyzed in detail. Among 1694 renal transplant recipients that were included in the review, there were 115 (6.8%) patients with presumptive PVAN and 57 (3.4%) PVAN confirmed. In this systematic review, the qPCR in plasma had better performance for PVAN compared to urine cytopathology. Resumo A citologia urinária e a reação da cadeia da polimerase em tempo real (qPCR) em amostras de sangue e/ou urina são comumente utilizados para rastrear nefropatia associada ao polyomavirus (PVAN), em pacientes transplantados renais. Entretanto, poucos estudos comparam diretamente esses testes diagnósticos quanto ao desempenho para predizer esta complicação. Aqui realizamos uma revisão sistemática na qual foram estudados pacientes transplantados renais adultos (≥ 18 anos). Uma pesquisa estruturada Pubmed foi utilizada para identificar estudos comparando citologia urinária e/ou qPCR em amostras de urina e plasma para detectar PVAN, utilizando a biópsia renal como padrão-ouro para o diagnóstico. Dentre os 707 artigos em potencial, apenas 12 atendiam aos critérios de inclusão e foram analisados em maior detalhe. Foram incluídos 1694 pacientes transplantados renais, entre os quais 115 (6,8%) classificados com PVAN presuntivo e 57 (3,4%) PVAN confirmado. Nessa revisão sistemática, o qPCR no plasma tive melhor

  17. [The Importance of Early Referral in Pediatric Acute Liver Failure].

    PubMed

    Jerónimo, Mónica; Moinho, Rita; Pinto, Carla; Carvalho, Leonor; Gonçalves, Isabel; Furtado, Emanuel; Farela Neves, José

    2015-01-01

    Introdução: A falência hepática aguda é uma doença rara associada a elevada morbilidade e mortalidade apesar do aumento da sobrevida devido ao transplante hepático. Em 2008, decorreu em Portugal uma reunião sobre esta patologia em pediatria, resultando num consenso de atuação que salientou a importância da abordagem multidisciplinar e referenciação precoce para um centro de transplantação hepática. Objetivos: Caracterizar as admissões por falência hepática aguda no Serviço de Cuidados Intensivos Pediátricos do centro português com transplante hepático pediátrico. Comparar resultados antes (A) e depois de 2008 (B). Material e Métodos: Estudo observacional retrospetivo de 20 anos (1994-2014). Critérios de inclusão: idade < 18 anos e falência hepática aguda (INR ≥ 2 sem resposta à vitamina K e necrose hepatocelular). Excluíram-se as crianças com doença hepática crónica. Resultados: Incluíram-se 50 crianças com idade mediana de 24,5 meses. A causa mais comum de falência hepática aguda abaixo dos 2 anos foi metabólica (34,6%) e acima infeciosa (29,2%). Foram submetidos a transplante hepático 46%, tendo sobrevivido 78%. A mortalidade global foi 34%. A mediana do tempo de referenciação foi 7 dias no período A (n = 35) e 2 no B (n = 15; p = 0,006). A mediana do risco de mortalidade prevista pelo PRISM foi 14,7% no período A e 6,5% no B (p = 0,019). A mortalidade foi 37% vs 26% no período A e B respetivamente (p = 0,474).Discussão e Conclusões: A mortalidade global foi sobreponível à de outros centros europeus, sendo o transplante hepático a opção terapêutica mais eficaz. Após 2008 o tempo de referenciação e a gravidade dos casos na admissão reduziram, ainda sem tradução significativa na mortalidade.

  18. Foreign body ingestion: rare cause of cervical abscess.

    PubMed

    Costa, Liliana; Larangeiro, João; Pinto Moura, Carla; Santos, Margarida

    2014-01-01

    IntroduçÉo: A ingestÉo de corpo estranho é um motivo frequente de recurso à urgência hospitalar. As complicações graves, embora raras, incluem perfuraçÉo faringo-esofágica, fistula aorto-esofágica e infecçÉo cervical profunda.Material e Métodos: Foram analisados, retrospectivamente, os casos de ingestÉo de corpo estranho com internamento num hospital terciário, entre 1989 e 2011. Seleccionaram-se os casos complicados por abcesso cervical profundo, descrevendo-se a semiótica, resultados de meios complementares de diagnóstico, terapêutica efectuada e evoluçÉo clínica.Resultados: Dos 1679 casos, 319 referentes a crianças e 1360 a adultos, reportam-se dois casos (0,12%): uma criança, 13 meses, com abcesso retrofaríngeo após ingestÉo de osso de frango e um adulto, 41 anos, com abcesso parafaríngeo após ingestÉo de espinha de peixe. As complicações manifestaram-se quatro e três dias após remoçÉo do corpo estranho, respectivamente. Em ambos foram efectuadas Tomografias Computorizadas cervicais com contraste e drenagem cirúrgica dos abcessos; a criança foi ainda submetida a esofagoscopia rígida para remoçÉo de corpo estranho residual e encerramento da perfuraçÉo esofágica associada.DiscussÉo: Os abcessos cervicais sÉo uma complicaçÉo possível da ingestÉo de corpo estranho e constituem um desafio diagnóstico, principalmente em idade pediátrica. A manipulaçÉo esofágica prévia por fibroscopia poderá ser considerada um factor de risco. A imagiologia (Tomografia Computorizada cervical com contraste ou Resson'ncia Magnética Cervical) foi essencial para o diagnóstico e o planeamento cirúrgico.ConclusÉo: Embora raros, perante a história recente de ingestÉo/remoçÉo de corpo estranho esofágico e a presença de sintomas compatíveis, os abcessos cervicais devem ser tidos em consideraçÉo, dado o potencial de morbilidade e mortalidade na ausência de uma abordagem terapêutica adequada.

  19. Correlação de longo alcance em sistemas binários de raios-x usando remoção de flutuações

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pereira, M. G.; Moret, M. A.; Zebende, G. F.; Nogueira, E., Jr.

    2003-08-01

    Neste trabalho é proposta uma metodologia de analise de series temporais de fontes astrofísicas, baseada no método proposto por Peng et al. (1994) e Liu et al. (1999), o qual consiste na idéia de que uma série temporal correlacionada pode ser mapeada por um processo de busca de auto-similaridades em diversas escalas de tempo n. Removendo as eventuais tendências e integrando o sinal observado, é obtida uma medida do desvio médio quadrático das flutuações do sinal integrado F(n)~na, onde a representa o fator de escala associado com a auto-similaridade da correlação de longo alcance do sinal. Baseado nos valores obtidos de a, é possível distinguir entre os casos de sinais não-correlacionados, tipo ruído branco (a = 0,5), sinal anti-persistentes (a < 0,5) e sinal persistente (a > 0,5). Usando esta metodologia, foram analisadas 129 curvas de luz de sistemas binários de raios-X, provenientes do banco de dados públicos de observações feitas pelo instrumento All Sky Monitor, a bordo do satélite Rossi X-Ray Timing Explorer (ASM-RXTE). Foram identificadas a presença de a'0,5 em mais de 90% dos sistemas estudados, implicando em dizer que as flutuações de intensidade observadas apresentam correlação de auto-similaridade, sem entretanto, indícios de apresentarem uma escala de tempo característica das flutuações de intensidade. Sistemas onde são observadas erupções (flares), apresentam sistematicamente a > 0,5, característica esta, possivelmente associada com persistência das flutuações de densidade de disco ou taxa de acréscimo de massa. Os sistemas com curvas de luz onde nao são observadas as erupções apresentam uma distribuição normal centrada em a~0,62+/-0,10. Referências ¾ Peng, C.-K., Buldyrev, S.V., Havlin, S., Simons, M., Stanley, H.E., e Goldberg, A.L., Phys. Rev. E, (49), 1685 (1994). ¾ Liu, Y., Gopikrishnan, P., Cizeau, P., Meyer, M., Peng,C.-K., e Stanley, H.E., Phys. Rev. E, (60), 1390 (1999).

  20. [Total laparoscopic hysterectomy: retrospective analysis of 262 cases].

    PubMed

    Nogueira-Silva, Cristina; Santos-Ribeiro, Samuel; Barata, Sónia; Alho, Conceição; Osório, Filipa; Calhaz-Jorge, Carlos

    2014-01-01

    Introdução: A histerectomia é a cirurgia ginecológica major mais frequentemente realizada nos países desenvolvidos, considerando-se três principais vias de abordagem: vaginal, abdominal e laparoscópica. Apesar de múltiplas vantagens, a histerectomia totalmente laparoscópica tem-se associado a controvérsia relativamente à taxa de complicações.Objectivos: Análise da nossa casuística de histerectomia totalmente laparoscópica e avaliação da taxa de complicações.Material e Métodos: Análise retrospetiva dos processos clínicos das doentes submetidas a histerectomia totalmente laparoscópica no nosso departamento, pela mesma equipa cirúrgica, entre abril de 2009 e março de 2013 (n = 262).Resultados: As doentes tinham em média 48,9 ± 9 anos e 49,2% tinha antecedentes de cirurgia abdomino-pélvica. O índice de massa corporal médio era 26,5 ± 4,5 kg/m2, sendo que 42% eram obesas ou tinham excesso de peso. O tempo operatório médio para realização da histerectomia totalmente laparoscópica foi 77,7 ± 27,5 minutos, diminuindo significativamente com o aumento da experiência da equipa cirúrgica. O peso médio da peça operatória foi 241 ± 168,4g e a duração média do internamento após a cirurgia foi 1,49 ±0,9 dias. A diferença entre a hemoglobina pré e pós-operatória foi 1,5 ± 0,8g/dL. A morbilidade major foi 1,5% (n = 4) e a minor 11,5% (n = 30). Salienta-se um caso de conversão para laparotomia e dois casos de deiscência da cúpula vaginal. Não ocorreu nenhuma lesão urinária ou gastrointestinal grave.Conclusões: Esta série demonstra que, se realizada por uma equipa cirúrgica adequadamente treinada, a histerectomia totalmente laparoscópica é segura e associada a baixa taxa de complicações.

  1. Scientific and technological capabilities in health-related areas: opportunities, challenges, and interactions with the industrial sector.

    PubMed

    Vargas, Marco Antonio; Britto, Jorge

    2016-11-03

    Characterization of the scientific and technological infrastructure in health and its interactions with the industrial sector provides key elements for understanding the dynamics of innovation in health. This study conducts an exploratory analysis of the potentialities and limitations associated with scientific and technological capabilities in the health area in Brazil and the different links between the scientific and industrial sectors in health. The analysis points to important growth in internationally indexed research output, especially in certain areas such as pharmaceutics, public health, genetics, morphology, physiology, and microbiology. There has also been important growth in research groups that interact with the industrial sector in selected areas of health. The study highlights the importance of building more solid and permanent bridges between companies, research institutions, and the health system, linking the knowledge developed in research institutions to the dynamics of the industrial sector in health. Resumo: A caracterização da infraestrutura científica e tecnológica na área da saúde e das suas formas de articulação com a base produtiva representam elementos centrais na compreensão da dinâmica de inovação em saúde. Este estudo faz uma análise exploratória sobre as potencialidades e limitações associadas às capacitações científicas e tecnológicas na área da saúde no Brasil e as formas de articulação entre a base científica e a base produtiva em saúde. A análise aponta para o crescimento expressivo da produção bibliográfica com circulação internacional no campo da saúde, particularmente em determinadas áreas como farmácia, saúde coletiva, genética, morfologia, fisiologia e microbiologia. Além disso, observa-se um crescimento expressivo dos grupos de pesquisa com relacionamentos com o setor produtivo em áreas selecionadas da saúde. Destaca-se a importância da construção de pontes mais sólidas e

  2. [Hypertension Control at the Primary Health Care: A Comparison Among Portuguese Natives and Portuguese Speaking African Coutries Immigrants].

    PubMed

    Lopes, Elisa; Alarcão, Violeta; Simões, Rui; Fernandes, Milene; Gómez, Verónica; Souto, Diana; Nogueira, Paulo; J Nicola, Paulo J; Rocha, Evangelista

    2016-03-01

    Introdução: Em Portugal, a percentagem de hipertensos tratados e controlados é relativamente baixa. Desconhece-se a relação dos determinantes socioeconómicos com o controlo tensional, particularmente nos imigrantes africanos. Objetivo: Comparar a frequência de controlo nos hipertensos tratados e identificar características associadas à hipertensão tratada não controlada, entre nativos portugueses (caucasianos) e imigrantes dos PALOP (negros). Material e Métodos: Estudo transversal de hipertensos tratados, com 40-80 anos, aleatorizados dos Cuidados de Saúde Primários da região de Lisboa. Recolheram-se dados sociodemográficos, clínicos e cuidados de saúde por entrevistas estruturadas. Comparou-se a frequência de hipertensos não controlados nos dois grupos, identificando-se fatores relacionados por análise univariada e multi-variada. Resultados: Participaram 786 hipertensos tratados (taxa de participação: 71%): 449 nativos e 337 imigrantes. Destes, 46% tinham a hipertensão controlada. A pressão arterial diastólica foi mais elevada nos imigrantes mais novos. Nos nativos, o não controlo associou--se a: sexo masculino, menor grau de escolaridade, ida aos serviços de urgência e/ou enfermagem e não ida ao médico de família; nos imigrantes, ser solteiro, recorrer ao farmacêutico, número de anos de doença e não adesão intencional à terapêutica. Discussão: O controlo da hipertensão tratada tem vindo a aumentar nos últimos anos. Nativos e imigrantes diferenciam-se no controlo tensional relativamente à frequência do recurso a consulta do médico de família, e de outros serviços e profissionais de saúde. Estas diferenças não se refletiram em taxas de controlo estatisticamente significativas. Conclusões: Será necessário definir estratégias para o controlo da hipertensão nos cuidados de saúde primários diferenciadas para os grupos étnicos.

  3. [Prevalence of chromosomal abnormalities in spontaneous abortions or fetal deaths].

    PubMed

    Bastos, Raquel; Ramalho, Carla; Dória, Sofia

    2014-01-01

    Introdução: O abortamento espontâneo é um dos problemas mais frequentes da gravidez, estimando-se que afete, pelo menos, 25% das mulheres que tentam engravidar. O objetivo principal deste trabalho foi o estudo da prevalência das anomalias cromossómicas em perdas gestacionais, analisando a sua relação com a idade materna, idade gestacional e história de abortamentos prévios.Material e Métodos: Realizou-se um estudo retrospetivo em 401 casos de perdas de gravidez que efetuaram análise citogenética e anátomo-patológica, entre janeiro de 2008 e junho de 2012, no Centro Hospitalar de S. João.Resultados: Dos 401 casos enviados para estudo citogenético foi possível obter informação sobre o complemento cromossómico em 333 casos, dos quais 72,7% apresentaram cariótipo normal e 27,3% cariótipo anormal. As aneuploidias representaram 92,3% das cromossomopatias identificadas, sendo as trissomias as mais frequentes, associadas a uma idade materna avançada e a uma idade gestacional precoce. Não se verificou concordância entre os resultados da análise anátomo-patológica e citogenética.Discussão e Conclusão: A prevalência de anomalias cromossómicas, no primeiro trimestre, foi semelhante entre os casos de abortamento esporádico e recorrente. Com o aumento da idade materna observou-se um aumento das trissomias, com um incremento médio de 7,4% no risco de ocorrência por ano. Não foi estabelecida uma correlação cariótipo-patológica significativa. A contaminação materna da amostra foi o principal entrave à determinação exata da prevalência de anomalias cromossómicas. As técnicas de citogenética molecular já disponíveis podem colmatar esta e outras limitações da técnica convencional.

  4. Evolução temporal da explosão solar de 06 de junho de 2000 apresentando estruturas finas em rádio freqüências

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Fernandes, F. C. R.; Sawant, H. S.; Cecatto, J. R.; Caracini, A. G.; Vats, H. O.; Karlický, M.; Meszarosova, H.

    2003-08-01

    Em 06 de junho de 2000 (~15: 00-17: 00 UT), o Brazilian Solar Spectroscope (BSS) registrou uma explosão solar intensa no intervalo de freqüência de (1000-2000) MHz, com alta resolução temporal (100 ms) e espectral (5 MHz). A atividade solar relacionada a esta explosão associada à região ativa (AR) 9026 e classificada como X2.3 foi grande. O Ondrejov Observatory registrou rádio emissões até 4,5 GHz. O satélite SOHO registrou uma série de erupções solares, incluindo uma Ejeção de Massa Coronal (CME) tipo "full-halo" (~15: 54 UT). Explosões tipo II/IV também foram registradas. Na faixa de ondas decimétricas, este evento apresentou dois picos distintos (~15: 21 UT e ~16: 42 UT). O primeiro pico coincide com a explosão registrada em raios-X moles (GOES) e em raios-X duros (Yohkoh). Os espectros dinâmicos com alta resolução do BSS revelaram várias estruturas finas, principalmente emissões tipo "zebra" e "fibra", rádio pulsações, emissões tipo III e do único caso de emissões "zebra" harmônicas observado na faixa decimétrica. Neste trabalho, analisamos a evolução temporal e o comportamento global do evento de 06 de junho de 2000, com ênfase na identificação e associação da ocorrência de cada tipo de estrutura fina registrada em rádio com cada etapa da explosão. Resultados preliminares mostraram que, na fase pré-flare, as estruturas finas apresentaram taxa de deriva negativa (~ 70-190 MHz/s). As emissões tipo "zebra" concentram-se na fase de descida do primeiro pico impulsivo e na de subida do segundo pico. Enquanto que as emissões tipo "fibra" ocorrem em ambas fases, mas preferivelmente durante a fase de descida. Os resultados serão apresentados e discutidos.

  5. Innovation in healthcare services: notes on the limits of field research.

    PubMed

    Costa, Laís Silveira

    2016-11-03

    The contemporary context of population aging, itsthe population's different health and disease characteristics, and the growing incorporation of technologies by healthcare systems have highlighted the need to adjust the healthcare structure as a whole. The defense of a democratic and sustainable system reveals the importance of understanding how changes in healthcare take place. The current article aims to contribute to the understanding of innovation in healthcare services. The study's results indicate that the existence of certain knowledge gaps means that public policies tend to overlook a whole rangeseries of innovations normally associated with social changes, with a consequentwith an impact on human development, social cohesion, equality, and equity, allcentral issues that are central toin the field of collective public healthcare field. The article concludes that the lack of a mature theoretical framework negatively impacts the formulation of such policies, further aggravated in Brazil by growing differences in quality and access between population segments that depend on the public and private healthcare systems. Resumo: O contexto contemporâneo de envelhecimento e as características de saúde e doença da população, aliados à crescente incorporação tecnológica nos sistemas de saúde têm pontuado a necessidade de adequação da estrutura de atenção. A defesa de um sistema democrático e sustentável evidencia a importância de entender como são estabelecidos os processos relacionados às mudanças na saúde. Neste cenário, o presente artigo visa aprofundar o entendimento sobre inovação nos serviços de saúde. Os resultados da pesquisa indicaram que lacunas no conhecimento levam políticas públicas a negligenciarem uma série de inovações normalmente associadas a mudanças sociais com impacto no desenvolvimento humano, coesão social, igualdade e equidade, temas centrais ao campo da saúde coletiva. E conclui que a falta de um referencial

  6. Espectroscopia infravermelha de núcleos ativos de galáxias: resultados adicionais

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rodríguez Ardila, A.; Viegas, S.; Pastoria, M. G.

    2003-08-01

    Apresentamos resultados parciais de um levantamento espectroscópico na região do infravermelho próximo (NIR) realizado em 30 núcleos ativos de galáxias (AGN), incluindo vários objetos selecionados do catálogo PG com z de até 0.55. O objetivo é estudar a natureza do contínuo observado e as condições físicas do gas emissor. Todas as fontes de tipo 1 apresentam uma mudança na inclinação do contínuo na região de 1.2mm, associada ao término da contribuição do contínuo emitido pelo AGN e ao início da contribuição do contínuo emitido pela poeira quente atribuída ao tórus que rodeia a fonte central. O índice espectral associado à segunda contribuição varia apreciavelmente de objeto para objeto. Este resultado é comparado com distribuições espectrais de energia preditas por modelos de toroides para testar a validez do modelo unificado. A partir das linhas de FeII observado nos espectros deriva-se, pela primeira vez nessa região espectral, um template empírico de FeII para estudar a intensidade e a origem dessa emissão. A intensidade do FeII é estudada em conjunto com aquela da região visível e comparada às predições de modelos teóricos que incluem fluorescência de Lya, excitação colisional e auto-fluorescência como mecanismos dominantes de exitação. Encontra-se que os dois primeiros processos dominam na formação do espectro de FeII observado. Indicadores de avermelhamento, entre eles Brg/Pab, Pab/Pag, Pab/Pad e [FeII] 1.257/1.644 mm são utilizados para mapear a distribuição de poeira nas regiões emissoras de linhas. Encontra-se valores de extinção Av~3 associados ao último indicador e valores significativamente menores (Av~1.5) para os restantes, o que sugere que o [FeII] se forma em uma região separada da maior parte do gás emissor de linhas estreitas.

  7. [Ovarian hyperstimulation syndrome: experience of a reproductive medicine center 2005-2011].

    PubMed

    Lima, Mariana; Sousa, Mário; Oliveira, Cristiano; Silva, Joaquina; Teixeira Da Silva, José; Cunha, Mariana; Viana, Paulo; Barros, Alberto

    2013-01-01

    Introdução: A Síndrome de Hiperestimulação Ovárica é uma complicação da hiperestimulação controlada do ovário realizada nos ciclos de reprodução medicamente assistida . O objetivo deste trabalho foi efetuar uma análise desses ciclos, para melhor compreensão daquela patologia, nomeadamente fatores de risco, formas de prevenção e tratamento da mesma e suas consequências. Materiais e Métodos: Análise retrospetiva de 4870 ciclos de reprodução medicamente assistida (2005 - 2011) com Síndrome de Hiperestimulação moderado (27) e grave (24). Foram estudados, os dados das características dos doentes, protocolos de estimulação, resultados embriológicos e clínicos, e tratamento efetuado. Resultados: No grupo com Síndrome de Hiperestimulação Ovárica a idade média foi inferior, a dose de rFSH + HMG foi mais baixa e os níveis de estradiol foram mais elevados. Nos grupos com Síndrome de Hiperestimulação, as taxas foram significativamente superiores para o número médio de ovócitos e blastocistos obtidos, de gravidez bioquímica e clínica, de implantação e de recém-nascidos. O parto muito pré-termo e a proporção de recém-nascidos com peso baixo e muito baixo foram superiores no grupo com Síndrome de Hiperestimulação Ovárica. As doentes com Síndrome de Hiperestimulação Ovárica grave foram hospitalizadas tendo apenas sido necessária medicação de suporte. Discussão: A Síndrome de Hiperestimulação Ovárica foi associada a condições de risco para o feto, nomeadamente prematuridade e baixo peso ao nascimento, devendo manter-se uma vigilância apertada da gravidez nestes casos. Conclusão: A idade jovem constitui um fator de risco de Síndrome de Hiperestimulação Ovárica e o nível de estradiol elevado foi preditor do mesmo, devendo levar à adoção de estratégias de prevenção.

  8. Cytomegalovirus infection and cervical cancer: from past doubts to present questions.

    PubMed

    Marinho-Dias, Joana; Sousa, Hugo

    2013-01-01

    Introdução: Desde os anos 60 que o Citomegalovírus tem sido estudado pelo potencial papel no desenvolvimento de cancro do colo do útero. Após várias décadas de estudos e relatos da presença de DNA viral em amostras cervico-vaginais, ainda permanecem dúvidas sobre qual a prevalência do Citomegalovírus no cólo do útero e se este pode ser um cofator da carcinogénese. Métodos: Nesta Revisão Sistemática pretendemos descrever a prevalência de Citomegalovírus em amostras cervicais, revendo todos os estudos publicados entre 1980 e 2011 que descrevem a infecção por Citomegalovírus em amostras cervicais e o desenvolvimento de lesões/carcinoma invasor. As frequências da infecção por Citomegalovírus foram calculadas de acordo com a região no mundo. Resultados: Este estudo revelou que a frequência bruta da infecção por Citomegalovírus no cólo do útero foi de 18,9% em todas as amostras e 36,5% em mulheres HPV positivas. A infecção por Citomegalovírus está presente em todas as diferentes lesões: 17,4% em normais/cervicite, 28,0% em LSIL, 19,7% em HSIL e 44,4% em CIS/ICC. A frequência global variou de 1,58% a 61,0%, com uma maior incidência em países menos desenvolvidos. Conclusão: Neste estudo, verificou-se uma elevada frequência de casos positivos para Citomegalovírus em todos os tipos de amostras cervico-vaginais, com maior incidência em mulheres infectadas por HPV e em casos de cancro. Assim, são necessários mais estudos para esclarecer se a infecção por Citomegalovírus é uma infecção oportunista ou se contribui para a imunossupressão favorecendo a carcinogénese associada ao HPV.

  9. Ovarian hyperstimulation syndrome in a spontaneous singleton pregnancy.

    PubMed

    Cabar, Fábio Roberto

    2016-05-24

    The ovarian hyperstimulation syndrome is the combination of increased ovarian volume, due to the presence of multiple cysts and vascular hyperpermeability, with subsequent hypovolemia and hemoconcentration. We report a case of spontaneous syndrome in a singleton pregnancy. This was a spontaneous pregnancy with 12 weeks of gestational age. The pregnancy was uneventful until 11 weeks of gestational age. After that, the pregnant woman complained of progressive abdominal distention associated with abdominal discomfort. She did not report other symptoms. In the first trimester, a routine ultrasonography showed enlarged ovaries, multiples cysts and ascites. Upon admission, the patient was hemodynamically stable, her serum β-hCG was 24,487mIU/mL, thyroid-stimulating hormone was 2.2µUI/mL and free T4 was 1.8ng/dL. All results were within normal parameters. However, levels of estradiol were high (10,562pg/mL). During hospitalization, she received albumin, furosemide and prophylactic dose of enoxaparin. The patient was discharged on the sixth hospital day. RESUMO A síndrome de hiperestimulação ovariana é a combinação do aumento dos ovários, devido à presença de múltiplos cistos e de hiperpermeabilidade vascular, com subsequente hipovolemia e hemoconcentração. Relata-se um caso de síndrome espontânea em uma gestação única. Trata-se de gravidez espontânea com 12 semanas de idade gestacional. A gravidez ocorreu sem intercorrências até 11 semanas de idade gestacional. Após, a gestante passou a se queixar de distensão abdominal progressiva, associada com desconforto abdominal. A paciente não relatava outros sintomas. A ultrassonografia de rotina no primeiro trimestre mostrou ovários aumentados com múltiplos cistos e ascite. No momento da internação, a paciente apresentava-se hemodinamicamente estável, com β-hCG sérico de 24.487mUI/mL, hormônio estimulante da tireoide de 2,2µUI/m e T4 livre de 1,8ng/dL, ou seja, valores dentro dos par

  10. [Ectopic Decidualization: A Forgotten Entity].

    PubMed

    Mendes, Joana; Costa, Antónia

    2016-01-01

    Introdução: Apesar da decidualização ectópica ser uma entidade frequentemente subdiagnosticada, pode ter impacto clínico adverso na morbimortalidade materno-fetal. O objetivo deste trabalho foi rever a evidência científica relativa a etiopatogenia, clínica, abordagem diagnóstica e terapêutica sobre esta temática. Material e Métodos: A pesquisa bibliográfica foi realizada na PubMed, Web of Science e Scopus, através da query ('deciduosis' OR 'ectopic decidualization' OR 'ectopic decidua' OR 'ectopic decidua reaction'), incluindo-se artigos publicados até 31/6/2014 e de todos os níveis de evidência. Resultados: A decidualização ectópica, geralmente, representa uma condição benigna, assintomática e sem necessidade de intervenção terapêutica. Encontra-se, maioritariamente, associada à gravidez, com regressão completa no período pós-parto. A frequência do seu diagnóstico depende da suspeição clínica, bem como do local onde surge, sendo o omento e o ovário os locais mais comuns. Quando sintomática, as principais manifestações clínicas são quadros hemorrágicos, nomeadamente hemorragia genital e hemoperitoneu. Os diagnósticos diferenciais incluem patologia maligna, sendo essencial, nestas situações, a confirmação histopatológica. O baixo índice de suspeição clínica pode levar à realização de biópsia, que pode acarretar impacto adverso grave devido à elevada friabilidade destas lesões. Discussão e Conclusão: O reconhecimento desta entidade e das suas características clínicas torna-se essencial na conduta destas doentes. Tal permite por um lado a abordagem médica precoce e adequada nos casos graves, e por outro lado (na maioria dos casos) manter a atitude expectante minimizando a iatrogenia, mantendo o desfecho favorável da decidualização ectópica.

  11. [Molecular Mechanisms for Adhesion and Colonization of Human Gastric Mucosa by Helicobacter pylori and its Clinical Implications].

    PubMed

    Coelho, Elisabete; Magalhães, Ana; Dinis-Ribeiro, Mário; Reis, Celso A

    2016-08-01

    Introdução: A infeção por Helicobacter pylori é muito prevalente mundialmente, e está associada à progressão da cascata de carcinogénese gástrica, sendo um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de carcinoma gástrico. São vários os fatores determinantes para a infeção e desenvolvimento de patologia gástrica, incluindo fatores ambientais, fatores genéticos do hospedeiro, e fatores de virulência da bactéria.Material e Métodos: Neste trabalho, é apresentada uma revisão do estado da arte sobre os fatores determinantes da infeção e sobre os mecanismos moleculares de adesão da Helicobacter pylori à mucosa gástrica recentemente descritos e a sua possível aplicação terapêutica.Resultados: A adesão da Helicobacter pylori ao epitélio gástrico é uma etapa fundamental da patogénese gástrica, permitindo o acesso da bactéria a nutrientes, e a ação de diversos fatores de virulência da bactéria, promovendo, desta forma, a recorrência da infeção e a progressão na cascata de carcinogénese gástrica.Discussão: A erradicação da infeção por Helicobacter pylori é a melhor estratégia preventiva disponível contra o carcinoma gástrico, principalmente quando feita antes do aparecimento de lesões pré-neoplásicas. O aumento da resistência aos antibacterianos e as taxas de erradicação, por vezes aquém do esperado, contribuem para a procura de alternativas de tratamento.Conclusão: O desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas focadas nos mecanismos moleculares de adesão da Helicobacter pylori é muito promissor, no entanto são necessários estudos futuros sobre a sua eficácia in vivo e toxicidade.

  12. Osteoporosis: from bone biology to individual treatment decision.

    PubMed

    Gonçalves, Maria João; Rodrigues, Ana Maria; Canhão, Helena; Fonseca, João Eurico

    2013-01-01

    Introdução: A Osteoporose é uma doença óssea metabólica sistémica de prevalência crescente. Nesta revisão, abordamos os mais recentes estudos epidemiológicos e o seu impacto no tratamento individual dos doentes, assim como os mecanismos moleculares desta doença que levaram à descoberta de novos alvos terapêuticos.Material e Métodos: Usando os MeSH terms (osteoporose, epidemiologia, Portugal, Europa, patogenia, osteoblastos, osteoclastos, osteócitos, obesidade, sistema imune, terapia, ensaio randomizado e controlado, eficácia e segurança) como palavras-chave. Foram revistos artigos originais, revisões e position papers indexados na PubMed.Resultados: A osteoporose apresenta uma prevalência crescente, mas recentemente foi atingido um plateau na taxa ajustada à idade. Uma nova ferramenta, o FRAX™, foi desenvolvida para a estimativa do risco de fratura, a partir da contribuição de fatores de risco clínicos associados a fraturas de fragilidade. O tratamento da osteoporose é oferecido a uma baixa percentagem de doentes com osteoporose. O tratamento em 40% dos casos inicia-se já em doença estabelecida (na presença de fratura de fragilidade prévia). As questões de segurança associadas a medicamentos para tratamento da Osteoporose, após aprovação para comercialização, têm sidoalvo de debate. Por último, os avanços no entendimento da biologia molecular do metabolismo ósseo levaram ao desenvolvimento de novas drogas.Discussão e Conclusão: Apesar da existência de novas ferramentas diagnósticas e tratamento eficaz, o tratamento para osteoporose é oferecido a uma minoria dos doentes, muitas vezes a indivíduos com doença avançada. A mudança deste cenário poderá ser alcançada com novos e mais eficazes tratamentos.

  13. Policies for control and prevention of infections related to healthcare assistance in Brazil: a conceptual analysis.

    PubMed

    Oliveira, Hadelândia Milon de; Silva, Cristiane Pavanello Rodrigues; Lacerda, Rúbia Aparecida

    2016-01-01

    This article is a theoretical-reflexive study that aims to discuss the development and changes in the quality of healthcare assistance to the patient over the years in Brazil, in light of the policies of control and prevention of Healthcare-associated Infection (HAI). Aspects of HAI and the process of change in health policy in Brazil, as well as the quality of assistance associated with its control, are approached in relation to policies of patient safety. There are various new theoretical and practical proposals created in Brazil. In spite of the difficulty of measuring patient safety, directed to the prevention and control of HAI, we emphasize that to only create policies and establish norms, guidelines, and indicators is not sufficient. If no structural support or conditions exist for interventions in the practices of healthcare professionals, aiming at results in acceptable levels, the control of HAI will not be achieved. Resumo Trata-se um estudo teórico-reflexivo, que objetiva discutir a evolução e as mudanças na qualidade da assistência ao paciente, ao longo dos anos no Brasil, à luz das políticas de controle e prevenção da Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS). Aspectos sobre IRAS e o processo de mudança nas políticas de saúde no Brasil, bem como a qualidade da assistência associada ao seu controle, são abordados em relação às políticas de segurança do paciente. Há novas e várias propostas teóricas e práticas criadas no Brasil. Apesar da dificuldade de medir a segurança do paciente, direcionada à prevenção e controle das IRAS, enfatiza-se que somente criar políticas, estabelecer normas, diretrizes e indicadores não são suficientes. Se não houver suporte de estrutura e condições para as intervenções nas práticas dos profissionais na assistência prestada ao paciente, visando resultados em níveis aceitáveis, o controle das IRAS não será alcançado.

  14. A distribuição de velocidades na linha de visada em galáxias barradas vistas de face

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Gadotti, D. A.; de Souza, R. E.

    2003-08-01

    Com o objetivo de realizar um estudo cinemático da componente vertical de barras em galáxias, obtivemos espectros de fenda longa de alta razão S/N ao longo dos eixos maior e menor de 14 galáxias barradas vistas de face, nos telescópios de 1.52m do ESO em La Silla, Chile, e de 2.3m do Steward Observatory em Kitt Peak, Arizona. Estes dados nos permitiram determinar a distribuição de velocidades das estrelas ao longo do eixo vertical das barras e discos destes sistemas, tanto no centro como em pontos que distam cerca de 5 e 20 segundos de arco do núcleo, correspondendo a distâncias de cerca de 0.7 e 2.8 kpc, respectivamente. Desta forma, a variação radial da distribuição de velocidades também pôde ser avaliada. Este tipo de análise tem raros exemplos na literatura por ser caro em termos de tempo de telescópio. Entretanto, é de fácil justificativa, considerando que traz novas informações que podem ser utilizadas para aperfeiçoar modelos teóricos acerca da formação e evolução de galáxias. Um algoritmo por nós desenvolvido foi utilizado para obter as distribuições de velocidades como Gaussianas generalizadas (polinômios de Gauss-Hermite), o que traz um ingrediente a mais neste tipo de estudo que, tradicionalmente, se utiliza de Gaussianas puras, uma hipótese nem sempre razoável. Apresentaremos os resultados deste trabalho, que incluem um diagnóstico para a identificação de barras recém formadas, e testes para o modelo isotérmico de discos. Mostraremos que: (i) a escolha das estrelas padrão em velocidade, e dos parâmetros da Gaussiana, deve ser muito bem justificada já que tem influência significativa nos resultados; (ii) muitas galáxias apresentam uma depressão na dispersão de velocidades na região central, que pode estar associada a um disco interno; e (iii) a dispersão de velocidades é constante ao longo da barra, nos eixos maior e menor, mas cai substancialmente quando se passa da barra para o disco.

  15. [Hospital readmissions in Portugal over the last decade].

    PubMed

    Sousa-Pinto, Bernardo; Gomes, Ana Rita; Oliveira, Andreia; Ivo, Carlos; Costa, Gustavo; Ramos, João; Silva, Joel; Carneiro, Maria Carolina; Domingues, Maria João; Cunha, Maria João; Costa-Pereira, Altamiro Da; Freitas, Alberto

    2013-01-01

    Introdução: Os reinternamentos hospitalares estão associados a um incremento das despesas com a saúde e da mortalidade intrahospitalar. Neste trabalho, pretende-se caracterizar os reinternamentos hospitalares não-planeados, ocorridos num período de 30 dias após alta, de acordo com a sua Grande Categoria Diagnóstica, contexto hospitalar e características demográficas dos utentes, bem como estimar as taxas de mortalidade associadas. Pretende-se também estudar a evolução da taxa de reinternamentos na última década (2000-2008). Procurar-se-á ainda caracterizar os reinternamentos por insuficiência cardíaca.Material e Métodos: Procedeu-se à análise estatística da base de dados de internamentos hospitalares públicos fornecida pelaAutoridade Central do Sistema de Saúde. Recorreu-se aos testes do qui-quadrado e de tendência para comparação de taxas dereinternamentos.Resultados: Das 5 514 331 hospitalizações não-planeadas no período em estudo, 4,1% corresponderam a reinternamentos hospitalares. Entre 2000 e 2008, a taxa de reinternamentos hospitalares aumentou continuamente de 3,0% para 4,7%. A mortalidade hospitalar foi significativamente maior entre os episódios de reinternamento (9,5%) do que nos restantes episódios (5,6%), p < 0,001. A taxa de reinternamentos foi significativamente maior em homens (4,5% versus 3,9% nas mulheres, p < 0,001) e doentes mais velhos (2,6% nas crianças e 5,3% nos idosos), sendo menor na região de Lisboa (2,7%) e nos hospitais centrais (3,0%, p < 0,001). Para os episódios de insuficiência cardíaca, foi obtida uma taxa de reinternamentos de 6,7%.Discussão e Conclusão: Em termos gerais, as diferenças encontradas são similares às descritas noutros Países Ocidentais. Os episódios de reinternamento, cujas taxas têm vindo a aumentar em Portugal, estão associados a maior mortalidade intra-hospitalar.

  16. Hospital admissions for herpes zoster in Portugal between 2000 and 2010.

    PubMed

    Mesquita, Margarida; Froes, Filipe

    2013-01-01

    Introdução e Objectivos: O aumento da incidência de herpes zoster e da nevralgia pós-herpética estão associados ao envelhecimento da população. Estas patologias podem ser francamente debilitantes e ter um grande impacto na qualidade de vida dos doentes. Numa população envelhecida como a portuguesa, é esperado que o impacto do herpes zoster e da post-herpetic neuralgia aumentem. No entanto, não existe no país nenhum sistema específico de monitorização da doença e não foram encontrados dados epidemiológicos portugueses nas últimas décadas. A vacina contra o herpes zoster, já recomendada noutros países europeus, ainda não se encontra disponível em Portugal. Conhecer o impacto do herpes zoster é importante para fundamentar medidas de saúde pública relacionadas com a vacinação.Material e Métodos: Procedeu-se a uma análise retrospetiva da base de dados da Administração Central dos Sistemas de Saúde com a informação clínica codificada dos internamentos hospitalares de todos os indivíduos com o diagnóstico principal de herpes zoster (ICD-9-CM 053) e que tiveram alta entre 2000 e 2010.Resultados: Em Portugal, entre 2000 e 2010, ocorreram 1 706 internamentos hospitalares com o diagnóstico principal de herpes zoster. A maioria dos doentes era idosa. Do total de internados, 10,6% tinham formas potencialmente graves de imunocompromisso. A doença predominante de herpes zoster sem complicações, seguido de herpes zoster do sistema nervoso e oftálmico. A duração média dos internamentos foi de 9,3 dias, aumentando com a idade. A letalidade intra-hospitalar foi de 1%. Considerando o período de 2000-2009 e apenas a população adulta, a média anual da incidência dos internamentos hospitalares com o diagnóstico principal deherpes zoster foi de 1,9 por 100 000 habitantes, aumentando com a idade.Conclusão: Este estudo confirma que, em Portugal, as formas graves de herpes zoster estão relacionadas com a idade e associadas a

  17. Sciatic nerve high division: two different anatomical variants.

    PubMed

    Pais, Diogo; Casal, Diogo; Bettencourt Pires, Maria Alexandre; Furtado, Andrea; Bilhim, Tiago; Angélica-Almeida, Maria; Goyri-O'Neill, João

    2013-01-01

    Introdução: As variações do nervo isquiático são relativamente comuns e frequentemente muito significativas clinicamente. O objetivo deste trabalho é apresentar duas destas variações e discutir algumas das suas implicações clínicas.Material e Métodos: Três cadáveres caucasianos sem história prévia de trauma ou cirurgia no membro inferior foram dissecados, apresentando variações anatómicas do nervo isquiático.Resultados: Em todos os casos o nervo isquiático dividia-se acima da fossa poplítea.Em dois casos (cadáveres1 e 2) a terminação deste nervo ocorria na porção inferior da região glútea nos seus dois ramos terminais: os nervos fibular comum e tibial. Num outro caso (cadáver 3), o nervo isquiático dividia-se ainda dentro da bacia antes de percorrer a incisura isquiática maior. Neste caso, o nervo fibular comum saía da pelve acima do músculo piriforme, passando em seguida ao longo de sua face posterior, enquanto que o nervo tibial corria profundamente ao músculo piriforme.Discussão: De acordo com a literatura, a variante anatómica descrita no cadáver 3 é considerada relativamente rara. Esta variante poderá predispor a síndromes compressivos do nervo isquiático. A divisão alta do nervo isquiático, de que são exemplos os cadáveres 1 e 2, pode comprometer a eficácia dos bloqueios anestésicos ao nível da fossa poplítea.Conclusão: As variantes anatómicas associadas à divisão alta do nervo isquiático devem sempre ser tidas em consideração porserem relativamente comuns e terem importantes implicações clínicas, nomeadamente nas áreas de Anestesiologia, Neurologia, Medicina do Desporto e Cirurgia.

  18. Establishing the Role of Unlinked Total Elbow Arthroplasty in Low Demand Patients: A Long-Term Follow-up Study.

    PubMed

    Machado, Sara; Almeida Pinto, Isabel; Pinto, Rui; Ribeiro de Oliveira, Paulo

    2016-06-01

    Introdução: Na maioria dos centros a experiência com a artroplastia total do cotovelo é escassa, parecendo existir taxas significativas de complicações associadas. A maioria dos estudos realizados até à data baseia-se em scores não validades e em resultados a curto prazo. Material e Métodos: Selecionamos doentes submetidos a artroplastia total do cotovelo, com uma amostra resultante de treze artroplastias, recorrendo ao mesmo tipo de prótese - não restritiva, de baixa demanda física, com seguimento médio pós-operatório de 72 meses. Aplicamos o score de Mayo e efetuamos um estudo radiográfico pré operatoriamente e durante o período de seguimento. Resultados: Todos os doentes possuem uma patologia inflamatória sistémica. O score de Mayo médio evoluiu de 43 pontos préoperatoriamente para 70 e 80 pontos no período de seguimento intermédio (em média 15 meses após a artroplastia) e no momento da última avaliação (em média 72 meses após a artroplastia) respetivamente. Registamos um aumento na amplitude de movimentos em todos os casos. Registamos um caso de falência mecânica e dois de neuropatia cubital transitória. Discussão: A disfunção do cotovelo acarreta grande perda na qualidade de vida do doente, incapacitando-o para atividades simples da sua vida diária. Pequenas melhorias na amplitude de movimentos e alívio da dor resultam em alterações significativas na capacidade funcional. Este estude surgiu da necessidade de esclarecer o resultado dos implantes existentes nos diferentes grupos populacionais. Conclusão: Bons resultados no alívio da dor e na capacidade funcional são obtidos a longo prazo com a artroplastia total do cotovelo não restritiva, que assim demonstra ser uma excelente opção terapêutica nos doentes de baixa demanda física com artropatia do cotovelo, nomeadamente na artrite reumatoide, condição comum e limitante na nossa população.

  19. Body Mass Index assessment of health care professionals in a primary care setting in Portugal: a cross sectional study.

    PubMed

    Campos-Matos, Inês; Peralta-Santos, André; Gomes, Bernardo; Borges, Gustavo; Aguiar, Pedro

    2014-01-01

    Introdução: A obesidade é um importante problema de saúde pública por ser fator de risco para numerosas doenças e estar associada a maior risco de morte. A evidência sobre a prevalência de excesso de peso em profissionais de saúde é escassa e este grupo é frequentemente esquecido em programas de intervenção. Este trabalho tem como objetivo estimar a prevalência de obesidade e excesso de peso entre os profissionais nos cuidados de saúde primários portugueses e descrever diferenças entre os grupos profissionais.Material e Métodos: Estudo descritivo transversal em contexto de cuidados de saúde primários em Portugal em 2011. Foram recolhidos dados sobre a ocupação, idade, sexo e altura de profissionais de quatro agrupamentos de centros de saúde. Fizemos uma análise descritiva das principais variáveis e uma análise de covariância para comparar o índice de Massa Corporal.Resultados: O grupo de conveniência representou 52,8% do total da população dos quatro agrupamentos de centros de saúde, sendo que 38,6% tinham excesso de peso e 16,9% eram obesos. Após ajustamento por idade e sexo, os assistentes técnicos e operacionais tiveram a média mais elevada de índice de Massa Corporal.Discussão: Apesar de não se poder garantir a generalização dos resultados nem excluir a possibilidade de viés de amostragem, estes resultados sugerem uma elevada prevalência de obesidade e excesso de peso nos profissionais dos cuidados primários de saúde em Portugal.Conclusão: Neste contexto de cuidados de saúde primários mais de metade dos profissionais de saúde apresentavam excesso de peso ou obesidade. ɉ possível que sejam necessárias intervenções específicas.

  20. Effects of large pressure amplitude low frequency noise in the parotid gland perivasculo-ductal connective tissue.

    PubMed

    Oliveira, Pedro; Brito, José; Mendes, João; da Fonseca, Jorge; Águas, Artur; Martins dos Santos, José

    2013-01-01

    Introdução: Em tecidos e órgãos expostos a ruído de baixa frequência de alta amplitude ocorre fibrose na ausência de sinais inflamatórios, que se pensa ser uma resposta protetora. No tecido conjuntivo perivasculo-ductal da glândula parótida seguem artérias, veias e a árvore ductal. Crê-se que o tecido conjuntivo perivasculo-ductal funcione como um estabilizador mecânico do tecido glandular.Material e Métodos: Para quantificar a proliferação de tecido conjuntivo perivasculo-ductal em ratos expostos a ruído de baixafrequência de alta amplitude foram utilizados 60 ratos Wistar igualmente divididos em seis grupos. Um grupo mantido em silêncio, e os restantes 5 expostos a ruído de baixa frequência de alta amplitude continuamente: g1-168h (1 semana); g2-504h (3 semanas); g3-840h (5semanas); g4-1512h (9 semanas) e g5-2184h (13 semanas). Após a exposição, as parótidas foram removidas e o tecido conjuntivo perivasculo-ductal foi medido em todos os grupos. Foi efectuada análise estatística com ANOVA por SPSS 13.0.Resultados: A tendência é um aumento global das áreas do tecido conjuntivo perivasculo-ductal, que se desenvolve de forma linear e significativa com o tempo de exposição (p < 0,001).Discussão: Tem sido sugerido que a resposta biológica à exposição ao ruído de baixa frequência de alta amplitude está associada à necessidade de manter a integridade estrutural. O reforço estrutural seria conseguido através do aumento do tecido conjuntivo perivasculo-ductal.Conclusões: Assim, estes resultados mostram que o tecido conjuntivo perivasculo-ductal aumenta em resposta à exposição ao ruído de baixa frequência de alta amplitude.

  1. [Pain Intensity and Time to Death of Cancer Patients Referred to Palliative Care].

    PubMed

    Barata, Pedro; Santos, Filipa; Mesquita, Graça; Cardoso, Alice; Custódio, Maria Paula; Alves, Marta; Papoila, Ana Luísa; Barbosa, António; Lawlor, Peter

    2016-11-01

    Introdução: A dor é uma experiência frequente nos doentes com cancro, especialmente naqueles em fase final de vida. Com este estudo, pretendemos estudar a intensidade de dor nos doentes com cancro avançado, referenciados aos cuidados paliativos, analisar os factores associados à ocorrência de dor moderada ou intensa e avaliar a sua relação com o tempo até à morte destes doentes. Material e Métodos: Estudo prospectivo observacional que incluiu consecutivamente todos os doentes referenciados aos cuidados paliativos com tumores sólidos metastizados e sem tratamento oncológico específico. Foi considerada a intensidade de dor da escala de Edmonton, de acordo com a graduação zero a 10, onde 0 = ausência de dor e 10 = máxima dor possível. Resultados: Entre outubro de 2012 e junho de 2015, foram incluídos 301 doentes, com idade mediana de 69 anos (37 - 94), 57% homens e 64,8% dos doentes com performance status 3/4. Aproximadamente 42% dos doentes apresentaram dor ≥ 4 e cerca de 74,4% estavam medicados com analgesia opióide. A intensidade de dor esteve associada ao performance status dos doentes, de acordo com a análise multivariável (OR: 1,7; IC 95%: 1,0 - 2,7; p = 0,045). A mediana do tempo de sobrevivência foi de 37 dias (IC 95%: 28 - 46), tendo os doentes com dor moderada ou intensa (intensidade de dor ≥ 4) uma mediana de sobrevivência de 29 dias (IC 95%: 21 - 37), comparada com os 49 dias (IC 95%: 35 - 63) para os doentes sem dor ou dor ligeira (p = 0,022). Discussão: O performance status, para além de ter estado associado a uma maior intensidade de dor, esteve associado a um menor tempo até à morte dos doentes com cancro avançado referenciados aos cuidados paliativos. Também o internamento, a presença de metastização intra-abdominal e a analgesia opióide estiveram associados de forma negativa ao tempo até à morte destes doentes. Conclusão: A dor oncológica continua a ser um problema clinicamente relevante nos

  2. Adults with Down syndrome: characterization of a Portuguese sample.

    PubMed

    Breia, Paula; Mendes, Rosário; Silvestre, Ana; Gonçalves, Maria Joao; Figueira, Maria Joao; Bispo, Regina

    2014-01-01

    Introdução: A síndrome de Down ou Trissomia 21 afeta o desenvolvimento físico, comportamental e cognitivo. No decurso do envelhecimento, a ocorrência de comorbilidades aumenta nesta população, sendo a sua deteção e tratamento precoces determinantes na sua qualidade de vida. Objetivo: Analisar numa amostra de adultos com síndrome de Down a existência de doenças médicas comuns, uso regular de medicação, eventual disfunção cognitiva e capacidades de comunicação oral. Material e Métodos: Foram coletados os dados sociodemográficos e clínicos de 209 adultos portugueses (20 - 58 anos), com síndrome de Down. Vinte e seis indivíduos foram avaliados com a WAIS-III. Os dados foram analisados estatisticamente - SPSS (v.19). Resultados: Quase metade da amostra (47,36%) sofre de comorbilidades, sendo as doenças cardíacas, psiquiátricas, epilepsia e hipotiroidismo as mais prevalentes. Setenta e dois indivíduos (34,45%) tomam medicação com ação no sistema nervoso central. Na WAIS-III, os valores de QI situam-se entre 45-61 (m = 49,65, dp = 4,93) existindo 141 indivíduos (67,5%) capazes de se expressar através de linguagem oral básica. Discussão: Os indivíduos desta amostra são vulneráveis a várias comorbilidades. A maioria tem linguagem oral básica, mas os valores de QI situam-se na faixa ‘extremamente baixo’, sendo melhor o desempenho em tarefas verbais. Conclusão: As limitações cognitivas e dificuldades comunicacionais na população com síndrome de Down podem condicionar o reconhecimento clínico precoce de comorbilidades que lhe estão associadas no decurso do envelhecimento. A valorização semiológica, com apoio do cuidador, é essencial para garantir que os cuidados de saúde adequados são prestados a esta população.

  3. Economic analysis of rivaroxaban for the treatment and long-term prevention of venous thromboembolism in Portugal.

    PubMed

    Santos, Isabel Fonseca; Pereira, Sónia; McLeod, Euan; Guillermin, Anne-Laure; Chatzitheofilou, Ismini

    2014-01-01

    Introdução: O tromboembolismo venoso representa uma carga substancial para os sistemas de saúde. O objectivo foi estimar os resultados clínicos e económicos a longo-prazo associados a rivaroxabano relativamente à prática clínica (enoxaparina/varfarina) no tratamento e prevenção secundária de tromboembolismo venoso em Portugal.Material e Métodos: Foi desenvolvido um modelo de Markov baseado nos ensaios clínicos EINSTEIN e dados da literatura para complicações a longo-prazo. Foram avaliados custos e anos de vida ajustados pela qualidade de vida totais e incrementais e rácio custo-efectividade incremental. As indicações trombose venosa profunda e embolismo pulmonar foram analisados separadamente. Adoptou-se a perspectiva da sociedade portuguesa e um horizonte temporal de cinco anos. Aplicou-se uma taxa de actualização de cinco por cento para custos e consequências. Foram desenvolvidas análises de sensibilidade e diversas análises de cenário para avaliação da variação dos resultados em função de determinados pressupostos.Resultados: Rivaroxabano está associado a menores custos na trombose venosa profunda e constitui uma alternativa associada a menores custos e a maior eficácia no tratamento de embolismo pulmonar, relativamente a enoxaparina/varfarina.Discussão: O recurso a um painel de peritos para identificação de alguns recursos e a ausência de utilidades específicas para Portugal constituem as principais limitações.Conclusão: Rivaroxabano constitui uma alternativa eficaz, estando associado a menores custos (para ambas as indicações) e a mais anos de vida ajustados pela qualidade de vida (para embolismo pulmonar) relativamente a enoxaparina/varfarina em Portugal.

  4. Hepcidin: an important iron metabolism regulator in chronic kidney disease.

    PubMed

    Antunes, Sandra Azevedo; Canziani, Maria Eugênia Fernandes

    2016-01-01

    Anemia is a common complication and its impact on morbimortality in patients with chronic kidney disease (CKD) is well known. The discovery of hepcidin and its functions has contributed to a better understanding of iron metabolism disorders in CKD anemia. Hepcidin is a peptide mainly produced by hepatocytes and, through a connection with ferroportin, it regulates iron absorption in the duodenum and its release of stock cells. High hepcidin concentrations described in patients with CKD, especially in more advanced stages are attributed to decreased renal excretion and increased production. The elevation of hepcidin has been associated with infection, inflammation, atherosclerosis, insulin resistance and oxidative stress. Some strategies were tested to reduce the effects of hepcidin in patients with CKD, however more studies are necessary to assess the impact of its modulation in the management of anemia in this population. Resumo Anemia é uma complicação frequente e seu impacto na morbimortalidade é bem conhecido em pacientes com doença renal crônica (DRC). A descoberta da hepcidina e de suas funções contribuíram para melhor compreensão dos distúrbios do metabolismo de ferro na anemia da DRC. Hepcidina é um peptídeo produzido principalmente pelos hepatócitos, e através de sua ligação com a ferroportina, regula a absorção de ferro no duodeno e sua liberação das células de estoque. Altas concentrações de hepcidina descritas em pacientes com DRC, principalmente em estádios mais avançados, são atribuídas à diminuição da excreção renal e ao aumento de sua produção. Elevação de hepcidina tem sido associada à ocorrência de infecção, inflamação, aterosclerose, resistência à insulina e estresse oxidativo. Algumas estratégias foram testadas para diminuir os efeitos da hepcidina em pacientes com DRC, entretanto, serão necessários mais estudos para avaliar o impacto de sua modulação no manejo da anemia nessa população.

  5. [How xenon works: neuro and cardioprotection mechanisms].

    PubMed

    Morais, Ricardo; Andrade, Luísa; Lourenço, André; Tavares, Jorge

    2014-01-01

    Introdução: O xénon, um gás nobre, possui qualidades anestésicas, associadas a uma notável estabilidade hemodinâmica assim como propriedades cardioprotectoras e neuroprotectoras. As suas características físico-químicas conferem-lhe uma rápida indução e emergência anestésica, estando livre de efeitos deletérios importantes nos diversos orgãos e não apresentando teratogenicidade; o que suscitou um recente recrudescimento no interesse de aprofundar o conhecimento sobre este gás nobre, afim de compreender osseus mecanismos de acção e determinar as várias indicações que possui para a prática clínica.Material e Métodos: Revisão da literatura dos artigos considerados relevantes sobre o tema, com recurso à pesquisa de artigos indexados na Medline, com as palavras-chaves: xénon, xénon anestesia, xénon neuroproteção, xénon cardioproteção.Resultados: A aprovação do uso do xénon em doentes ASA I-II, ocorreu em Março 2007, após a realização de dois ensaios clínicos aleatorizados multicêntricos. No entanto, o seu uso na prática clínica, tem sido limitado pelo seu preço elevado. Parece pouco provável que as vantagens que oferece em relação aos restantes anestésicos justifique o seu uso em doentes ASA I-II. No entanto, poderá ser uma preciosa ajuda para a redução das co-morbilidades e mortalidade na anestesia de doentes ASA III-IV. As suas propriedades neuro e cardio-protectoras, são também alvo de intensa investigação, com resultados promissores.Discussão: Infelizmente, ainda não existem estudos de aleatorizados e multicêntricos que comprovem um perfil favorável do custobenefício do xénon em doentes ASA III-IV, em relação aos demais anestésicos.Conclusão: O lugar do xénon na Anestesiologia ainda se encontra por definir.

  6. Prevendo a atividade solar através de redes neurais nebulosas

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Martin, V. A. F.; Poppe, P. C. R.

    2003-08-01

    Atualmente, a integração de redes neurais com técnicas da Matemática Nebulosa (Fuzzy Sets), tem sido usada robustamente para fazer previsões em vários sistemas físicos. Este trabalho representa uma continuidade da contribuição apresentada anteriormente durante a XXVIIa Reunião Anual da SAB, onde exploramos a aplicação de redes neurais para previsões futuras de séries temporais. Para este, enfatizamos o uso da técnica ANFIS (Adaptative Neuro-Fuzzy Inference System), que consiste em uma rede do tipo back-propagation, onde os dados são processados em uma camada intermediária, tendo numa camada de saída, os dados numéricos. Para que a previsão seja feita com sucesso utilizando-se técnicas matemáticas adequadas, é fundamental a existência de uma série razoavelmente longa de modo que a dinâmica contida nesta possa ser melhor extraída pela rede neural. Nesse sentido, foram utilizados novamente os dados históricos das manchas do Sol (1818-2002) afim de verificar o comportamento futuro da atividade solar (Ciclos de Schawbe) a partir da técnica descrita acima. Previsões realizadas para o ciclo anterior (n.22, máximo de 158,5 em julho de 1989), bem como para o atual (n.23, máximo de 153 em setembro de 2000), apontam valores bastante coerentes com os publicados na literatura, levando em consideração, respectivamente, as barras de erros associadas: 166+/-18 e 160+/-14. Para o próximo ciclo de Schawbe (2006-2017), nossa previsão aponta o valor de 172+/-23 como máximo para o primeiro semestre de 2011 (Abril +/- 3 meses). A ANFIS acompanha de maneira satisfatória o movimento das séries estudadas durante o treinamento e durante a verificação (menor dispersão das funções de pertinência), com erro absoluto inferior a 20 por cento.

  7. The impact of the Lisbon Football Derby on the profile of emergency department admissions.

    PubMed

    Almeida, André; Eusébio, Mónica; Almeida, Jaime; Boattini, Matteo

    2014-01-01

    IntroduçÉo: Está descrita a ocorrência de variações nas admissões ao serviço de urgência como resultado de eventos desportivos importantes. O estudo que apresentamos avaliou mudanças no volume e tipo de visitas a um serviço de urgência central de Lisboa durante e após o derby futebolístico da cidade.Material e Métodos: Analisámos retrospectivamente o volume de admissões e a categoria de urgência atribuída pela Triagem de Manchester, de 2008 a 2011. Recolhemos dados relativos a períodos de 24 horas com início 45 minutos antes dos jogos, assim como dados relativos a períodos semelhantes nos dias da semana correspondentes dos anos anteriores, para controlo. Organizaram-se os dados por espaços temporais (durante e pós-jogo) e categoria de urgência, após o que se emparelharam.Resultados: Analisaram-se 14 períodos (sete com jogo e sete sem jogo) e um total de 5861 admissões. Durante o jogo verificou-se uma reduçÉo de 20,6% (p = 0,06) no número total de admissões face aos dias controlo. Na sub-análise das categorias da Triagem de Manchester a reduçÉo foi estatisticamente significativa (26,5%; p = 0,05) apenas nas admissões menos urgentes (categorias verdeazul). Comparado com o controlo, o pós-jogo mostrou um aumento global do número de admissões (5,6%; p = 0,45), significativo somente quando consideradas as menos urgentes (18,9%; p = 0,05).DiscussÉo: Durante os jogos o número total de admissões ao serviço de urgência sofreu um decréscimo, ocorrendo nas horas subsequentes um aumento das mesmas. Estas variações só foram significativas nas categorias de triagem verde-azul.ConclusÉo: Durante eventos desportivos importantes parece dar-se uma reduçÉo nas admissões ao serviço de urgência, sobretudo devido a uma diminuiçÉo das visitas associadas a situações menos graves.

  8. Hyperbaric Oxygen Therapy for the Treatment of Fournier's Gangrene: A Review of 34 Cases.

    PubMed

    Rosa, Isabel; Guerreiro, Francisco

    2015-01-01

    Introdução: A gangrena de Fournier é uma infecção necrotizante grave, que pode levar à morte se não for tratada rapidamente. O tratamento baseia-se na combinação do desbridamento cirúrgico, antibioterapia e terapêutica de suporte. A oxigenoterapia hiperbárica surge como adjuvante quer na optimização da oxigenação dos tecidos infetados, quer através da ação bactericida e bacteriostática. Material e Métodos: Foi feita uma revisão dos processos clínicos dos doentes com gangrena de Fournier referenciados ao Centro de Medicina Subaquática e Hiperbárica da Marinha para realizar oxigenoterapia hiperbárica num período de 25 anos. Resultados: Foram tratados 34 doentes. A maioria dos doentes era do género masculino (94,1%) com idade média de 53,7 anos. A diabetes foi a comorbilidade mais frequentemente associada. O foco de infeção mais frequente foi o trato urinário. A taxa de mortalidade foi de 20,8%. Discussão: A diabetes é a comorbilidade mais frequente, sugerindo a diabetes como factor predisponente. A maioria dos doentes falecidos tinham diabetes, todavia não se conseguiu estabelecer correlação entre diabetes e morte. A área de residência dos doentes parece limitar a referenciação ao centro. Conclusões: A gangrena de Fournier, apesar de rara, é uma doença potencialmente fatal, nomeadamente em doentes com comorbilidades como a diabetes. A oxigenoterapia hiperbárica está recomendada como adjuvante à terapêutica convencional e, quando este recurso está disponível, deve ser considerado. São necessários mais estudos para melhor aferir o papel da oxigenoterapia hiperbárica no tratamento desta entidade.

  9. Aquisição de Estreptococos Mutans e Desenvolvimento de Cárie Dental em Primogênitos

    PubMed Central

    NOCE, Erica; RUBIRA, Cassia Maria Fischer; da Silva ROSA, Odila Pereira; da SILVA, Salete Moura Bonifácio; BRETZ, Walter Antonio

    2011-01-01

    Objetivo Avaliar o momento de aquisição de estreptococos mutans (EM), desenvolvimento de cárie dental e as variáveis a eles associadas no decorrer de 23 meses, em primogênitos de famílias de baixo nível socioeconômico, desde os sete meses de idade. Método A amostra foi selecionada com base em mães densamente colonizadas por EM, incluindo todos os membros de 14 famílias que conviviam na mesma casa. Foram envolvidos no estudo 14 mães, pais e primogênitos e 8 parentes, na maioria avós. Exames clínicos e radiográficos iniciais determinaram os índices de cárie e condição periodontal dos adultos. Contagens de EM foram feitas em todos os adultos nas duas primeiras visitas. Nas crianças foram avaliados os níveis de EM, o número de dentes e de cáries, em quatro visitas. Resultados A prevalência de EM nos adultos foi alta, estando ausente em apenas um dos pais. EM foram detectados em 1, 2, 3 e 10 crianças, respectivamente nas visitas #1, 2, 3 e 4. A cárie dental foi detectada em apenas três crianças na última visita (aos 30 meses de idade), as quais apresentaram escores de EM significantemente maiores que as crianças sem cárie, na mesma visita. Conclusão Exclusivamente a condição social de baixa renda e mães densamente colonizadas por EM não são sinônimo de colonização precoce e alta atividade de cárie em crianças cuidadas em casa. O desenvolvimento de cárie está significantemente associado a escores elevados de EM nas crianças. PMID:22022218

  10. Modality effect in false recognition: evidence from Chinese characters.

    PubMed

    Mao, Wei Bin; Yang, Zhi Liang; Wang, Lin Song

    2010-02-01

    ó varias explicaciones que compiten entre sí. En el presente trabajo, los autores estudiaron el efecto de la modalidad en el falso reconocimiento utilizando una condición de presentación en bloques y otra condición de presentación de forma aleatoria. El presente experimento encontró un efecto de la modalidad diferente de los resultados de los estudios anteriores. En concreto, el reconocimiento falso ha resultado ser mayor después del estudio visual que después del estudio auditivo, especialmente en caso de la presentación en bloques en comparación con la condición de presentación aleatoria. Los autores argumentan que este efecto inverso de la modalidad puede ser causado por diferentes características de codificación y procesamiento entre caracteres chinos y palabras inglesas. En comparación con las palabras inglesas, los grafemas visuales de las palabras críticas en chino tienen probabilidad de ser activadas y codificadas en las mentes de los participantes, por tanto, es más difícil discriminar posteriores grafemas internos de los que fueron presentados en la modalidad visual. Por tanto, la presentación visual podría conducir a más falsos reconocimientos que la presentación auditiva en los listados de palabras chinas. Los resultados del presente experimento demostraron que la activación semántica durante las fases de codificación y recuperación jugó un rol importante en el efecto de falso reconocimiento según modalidad y que nuestros resultados se pueden explicar teniendo en cuenta la activación y la vigilancia.

  11. [Secondary Alveolar Bone Grafting in Orofacial Cleft: A Survey of a Portuguese Tertiary Hospital].

    PubMed

    Costa, Ana Isabel; Morgado, Hélder; Mariz, Carlos; Estevão-Costa, José Manuel

    2016-03-01

    Introdução: A fenda lábio-palatina é a malformação congénita craniofacial mais frequente. Na presença de defeito ósseo, a técnica de enxerto ósseo alveolar secundário é o método de correção mais consensual entre os autores. Neste estudo avalia-se o resultado da aplicação desta técnica num hospital terciário. Material e Métodos: Análise dos enxertos ósseos alveolares secundários realizados entre 2007 e 2014, sendo incluídos os casos em que a crista ilíaca foi a região dadora e em que a informação clínica e imagiológica estava completa. A eficácia da intervenção foi avaliada radiologicamente com recurso à escala de Bergland (tipo I-IV), e correlacionada com variáveis associadas à patologia e/ou correção cirúrgica. Resultados: Dos 32 enxertos ósseos alveolares secundários realizados, 29 cumpriam os critérios de inclusão: 13 casos (44,8%) correspondiam a fendas pré-forâmen unilaterais completas; quatro (13,8%) a fendas pré-forâmen bilaterais completas; oito (27,6%) a fendas transforâmen unilaterais e quatro (13,8%) a fendas transforâmen bilaterais. Pela escala de Bergland (aplicada com um seguimento médio de 8 ± 5 meses), seis eram do tipo I, 15 do tipo II, cinco de tipo III e três do tipo IV. Não foi encontrada associação entre a eficácia da intervenção cirúrgica e o tipo de fenda lábio-palatina, presença do incisivo e fase de erupção do canino. Cinco doentes foram submetidos a novo enxerto ósseo alveolar (três tipo II e dois tipo III na avaliação inicial). Discussão: Na presente série, o enxerto ósseo alveolar foi eficaz na maioria dos doentes (72%, tipo I e II), independentemente do tipo de fenda lábio-palatina. A proporção de falências (10,3%) e a necessidade ulterior de reintervenção (17%) foram relativamente altas justificando o seguimento a longo-prazo e a continuação deste estudo. Conclusão: Importa realçar o envolvimento multidisciplinar para identificação atempada do momento

  12. [Peritoneal Dialysis in the First Two Years of Life: Experience of a Nephrology and Renal Transplantation Pediatric Unit].

    PubMed

    Deuchande, Sofia; Mano, Tânia; Novais, Cristina; Machado, Rute; Stone, Rosário; Almeida, Margarida

    2016-09-01

    Introdução: A diálise peritoneal é o método dialítico de eleição perante doença renal crónica terminal em idade pediátrica. O objetivo deste estudo foi caracterizar a sobrevivência a longo prazo de uma população de crianças, que iniciou diálise peritoneal nos dois primeiros anos de vida. Material e Métodos: Estudo descritivo e retrospetivo, realizado numa unidade de nefrologia e transplantação renal pediátrica portuguesa, no período de janeiro de 1991 a agosto de 2014. Avaliou-se etiologia da doença renal crónica terminal, mortalidade, comorbilidades e complicações da diálise peritoneal e da doença renal crónica terminal, crescimento e desenvolvimento psicomotor.Resultados: Vinte crianças iniciaram diálise peritoneal antes dos dois anos. Ocorreram seis óbitos; não houve mortalidade em crianças com doença renal primária nos últimos 10 anos. Caracterizaram-se os 14 sobreviventes, 13 do sexo masculino. As anomalias congénitas do rim e do trato urinário constituíram a principal causa de doença renal crónica terminal (45%).O início de diálise peritoneal ocorreu em média aos 6,1 meses, em seis casos antes dos 30 dias de vida. A peritonite foi o motivo mais frequente de internamento. Dez crianças foram transplantadas, com idade média de 5,3 anos. Em relação ao crescimento, as quatro crianças que se mantêm em diálise peritoneal têm baixa estatura, mas nove dos transplantados têm uma estatura final dentro do esperado para a sua estatura-alvo familiar. Nove (64%) tiveram alterações no desenvolvimento psicomotor. Discussão: A diálise peritoneal é uma técnica possível e exequível desde o nascimento, tal como evidenciado nesta amostra, em que se iniciou com sucesso em mais de metade das crianças antes dos seis meses de vida. Permite uma sobrevivência a longo prazo até à possibilidade do transplante renal apesar da morbilidade associada, nomeadamente as peritonites e as complicações da doença renal

  13. Low Adherence to Mediterranean Diet in Portugal: Pregnant Women Nutrition in Portugal and its Repercussions.

    PubMed

    Pereira-da-Silva, Luis; Pinto, Elisabete

    2016-10-01

    Introdução: Tem havido baixa adesão ao padrão da dieta mediterrânica na população portuguesa. Nesta perspectiva, procedemos à revisão crítica do estado de nutrição das mulheres em idade fértil, grávidas e recém-nascidos, em Portugal. Material e Métodos: Realizámos uma revisão narrativa crítica de estudos recentes com qualidade e inquéritos nacionais oficiais, que tivessem avaliado a dieta e estado de nutrição de mulheres em idade fértil e de grávidas portuguesas e sua influência no estado de nutrição dos respetivos fetos e recém-nascidos. Resultados: Foram selecionados e analisados cinco estudos ecológicos multinacionais que incluíram Portugal, dois inquéritos oficiais nacionais sobre disponibilidade de alimentos, sete estudos nacionais sobre dieta e estado de nutrição de mulheres em idade fértil e grávidas e cinco estudos nacionais sobre a influência de fatores nutricionais maternos no crescimento dos fetos. A prevalência de excesso de peso/obesidade em mulheres em idade fértil e grávidas aumentou substancialmente associada à diminuição da adesão à dieta mediterrânica. As variações no consumo de energia e macronutrientes na gravidez parecem não ter impacto significativo no estado de nutrição dos fetos. Pelo contrário, o excesso de peso/obesidade pré-concecional associa-se a aumento de adiposidade ao nascer e o excessivo aumento de peso na gravidez associa-se ao excesso ponderal na infância. Os fatores potencialmente relacionados com a baixa adesão à dieta mediterrânica, merecendo futura investigação, incluem políticas agrícolas da União Europeia que promoveram a produção de grupos alimentares não tipicamente mediterrânicos a baixo preço e a pouca capacidade financeira referida pela população portuguesa para aquisição de alimentos de qualidade. Conclusão: A recuperação dos hábitos dietéticos mediterrânicos tradicionais deve ser incluída em estratégias de prevenção e tratamento do

  14. Hyperplastic polyp? Look again... the impact of the new classification for serrated polyps.

    PubMed

    Fidalgo, Catarina; Santos, Liliana; Rosa, Isadora; Fonseca, Ricardo; Lage, Pedro; Claro, Isabel; Chaves, Paula; Dias Pereira, António

    2014-01-01

    Introdução: A Organização Mundial de Saúde reviu a classificação para os pólipos serreados do cólon em 2010. Uma nova entidade, o adenoma serreado séssil, foi incluída com duas variantes: com e sem displasia citológica. O potencial de malignização desta lesão foi reconhecido e, de acordo com a nova classificação, muitos pólipos poderão ser reclassificados. O impacto desta mudança ainda não foi aferido. Objectivo: Analisar a proporção de lesões reclassificadas de acordo com a nova classificação da Organização Mundial de Saúde e as variáveis que a influenciaram. Material e Métodos: Todos os doentes com pelo menos um adenoma serreado séssil diagnosticado num período de cinco anos foram incluídos. Todos os pólipos (independentemente do tipo histológico) ressecados durante o período considerado foram revistos. Recolhidas variáveis dos pólipos e dados dos doentes. Incluídos 40 doentes consecutivos [13 mulheres, idade média no diagnóstico do 1º adenoma serreado séssil - 59 anos (34-80)]. Resultados: Revistos 247 pólipos: hiperplásicos - 42%; adenomas convencionais - 29%; adenoma serreado séssil - 24%; adenomas serreados-5%. Reclassificados 63 pólipos: 43 hiperplásicos, 12 adenomas serreados, 7 adenoma serreado séssil e 1 adenoma convencional com displasia de baixo brau. A reclassificação foi significativamente mais provável para os pólipos hiperplásicos em relação aos outros subtipos. 41% (43/104) dos pólipos hiperplásicos foram reclassificados como adenoma serreado séssil. Para estes pólipos a probabilidade de reclassificação foi independente da localização mas maior se a dimensão ≥ 5 mm. Discussão: Este é um estudo rectrospectivo que foi conduzido num único Centro Oncológico de Referenciação com uma Clínica de Risco Familiar associada, o que pode ter influenciado os resultados. No entanto, a elevada taxa de reclassificação para os pólipos hiperplásicos e o facto de estes terem sido

  15. [Metallosis: A Rare Cause of Autoimmune Hemolytic Anemia].

    PubMed

    Duarte, Joana; Correia, Lurdes; Simão, Adélia; Figueiredo, António; Carvalho, Armando

    2015-01-01

    Introdução: A anemia hemolítica pode estar associada a múltiplas etiologias, nomeadamente a tóxicos, como os metais, sendo esta uma causa rara.Caso Clínico: Homem de 55 anos de idade, sujeito a artroplastia total da anca direita (prótese não cimentada com articulação cerâmica-cerâmica, cujo componente acetabular era constituído por uma cúpula metálica composta por uma liga de titânio, vanádio e alumínio na qual encaixava um insert cerâmico). Cerca de quatro anos após esta intervenção cirúrgica referia ruídos na prótese com os movimentos. Foi sujeito a revisão cirúrgica tendo-se constatado a presença de líquido espesso intracapsular de cor escura, fractura do insert acetabular cerâmico e sinais de desgaste da cúpula metálica acetabular. Procedeu-se a lavagem abundante e substituição do insert cerâmico fracturado por um insert de polietileno. Dois meses depois recorreu ao Serviço de Urgência por degradação do estado geral, flutuação na anca direita e icterícia muco-cutânea. Analiticamente evidenciava valores compatíveis com anemia hemolítica autoimune. Foi feita punção articular com saída de abundante líquido metalótico. A tomografia computorizada revelou extensa colecção heterogénea quística intrapélvica com múltiplos fragmentos de prótese no seu interior, sugestivos de metalose. A anemia hemolítica foi interpretada como consequência da toxicidade das partículas e iões metálicos oriundos do desgaste da prótese. Iniciou corticoterapia em altas doses e posteriormente quando houve condições procedeu-se à substituição de todos os componentes da prótese e drenagem do material acumulado intra-pélvico.Discussão: Após a fractura do insert cerâmico a cabeça cerâmica passou a articular directamente com o componente acetabular metálico, originando os ruídos e desgaste com libertação de partículas e iões. Este material formou uma coleção quística intrapélvica, que passou despercebida na

  16. Impact of long-term treatment with inhaled corticosteroids and bronchodilators on lung function in a patient with post-infectious bronchiolitis obliterans.

    PubMed

    Calabrese, Cecilia; Corcione, Nadia; Rea, Gaetano; Stefanelli, Francesco; Meoli, Ilernando; Vatrella, Alessandro

    2016-01-01

    ós terapia de curto e de longo prazo com uma combinação de corticosteroide/2-agonista de longa duração inalatórios, associada a um agente antimuscarínico de longa duração inalatório, o paciente apresentou uma melhora relevante da obstrução das vias aéreas, a qual fora irreversível durante o teste de broncodilatação. A função pulmonar do paciente piorou quando ele interrompeu a terapia inalatória tripla. Além disso, um programa de reabilitação pulmonar de três semanas significativamente melhorou seu desempenho físico.

  17. Impact of Compliance with a Sepsis Resuscitation Bundle in a Portuguese Emergency Department.

    PubMed

    Carvas, Joao Miguel; Canelas, Cátia; Montanha, Gustavo; Silva, Carlos; Esteves, Francisco

    2016-02-01

    Introdução: A sépsis severa e o choque sético são entidades clínicas frequentes com elevada morbi-mortalidade que superam os da doença cardíaca coronária ou do acidente vascular cerebral. A realidade da sépsis tratada no hospital fora das unidades de cuidados intensivos é amplamente desconhecida. Pretende-se neste trabalho estimar o cumprimento da bundle das 6-horas da Surviving Sepsis Campaign num serviço de urgência português e os resultados clínicos dos doentes. Material e Métodos: Estudo retrospetivo, observacional de coorte com 178 pacientes com sépsis severa/choque sético internados na unidade de cuidados intensivos e intermédios entre 1 de Janeiro de 2012 e 31 de Dezembro de 2012. Resultados: Durante o período estudado foi diagnosticado choque sético em 100 pacientes (56,2%) e sépsis severa em 78 pacientes (43,8%). O cumprimento com a bundle foi: (1) 62,9% para a medição de lactatos; (2) 62,9% para a colheita hemoculturas antes da antibioterapia; (3) 41,6% para a administração de antibióticos nas primeiras 3 horas; (4) 76,4% para a administração de fluidos; (5) 25% para a administração de vasopressores; (6) 37% for medição da pressão venosa central; (7) 39% para a medição da saturação venosa central de oxigénio. O cumprimento de todas as medidas foi observado em 22% dos pacientes. A medida 'colheita hemoculturas antes da antibioterapia' esteve significativamente associada a um menor risco de mortalidade na unidade de cuidados intensivos e aos 28 dias. Também se verificou uma tendência para uma correlação inversa entre cumprimento crescente da bundle e a mortalidade na unidade de cuidados intensivos e aos 28 dias. Discussão: A baixa adesão à bundle das 6-horas da Surviving Sepsis Campaign é um resultado que replica o de estudos internacionais semelhantes. A explicação para este fenómeno é complexa mas pode incluir a falta de monitorização da qualidade dos cuidados no serviço de urgência. Conclusões: O

  18. Attachment Strategies and Neuroendocrine Biomarkers in Obese Children.

    PubMed

    Pinto, Inês; Wilkinson, Simon; Virella, Daniel; Alves, Marta; Calhau, Conceição; Coelho, Rui

    2016-05-01

    Introdução: A qualidade da relação pais-filho influencia o desenvolvimento do sistema fisiológico de regulação do stress da criança. Exploraram-se eventuais associações entre estratégias de vinculação e o cortisol e a hormona estimulante da tiróide, respectivamente como possíveis mediador e variável interveniente na relação mãe-filho, na criança obesa. Material e Métodos: Foi recrutada na Consulta de Obesidade uma amostra de conveniência de 83 crianças obesas com 10,9 (1,8) anos de idade (46 rapazes). A obesidade foi definida pelo percentil do índice de massa corporal para idade e género e os biomarcadores neuroendócrinos foram medidos pelos métodos de rotina. As estratégias de vinculação foram avaliadas através dos questionários (IACA) para pais e crianças. O funcionamento familiar foi classificado através do preenchimento pelos pais do FACES-III. Foram analisados modelos multivariáveis de regressão linear. Resultados: As estratégias de vinculação insegura do tipo evitante (tipo A) apresentaram uma associação significativa positiva com os níveis de hormona estimulante da tiróide e negativa com os níveis de cortisol (R2 = 0,352). As estratégias de vinculação segura (tipo B) associaram-se positivamente ao hipotiroidismo e ao percentil de índice de massa corporal, ambas com significado estatístico (R2 = 0,541). As estratégias de vinculação insegura apresentaram alguma evidência de associação positiva com a hormona estimulante da tiróide (R2 = 0,250). Discussão: Estes achados sugerem a existência de factores comuns na regulação dos eixos hipotálamo-hipófise-adrenal e hipotálamo-hipófise-tiróide. Os processos envolvidos no desenvolvimento das estratégias de vinculação do tipo A parecem associar-se aos mecanismos regulatórios do eixo HPA. Conclusão: Diferentes estratégias de vinculação estão associadas a diferentes padrões metabólicos em crianças obesas. Desconhece-se qual a sua contribui

  19. [Acute respiratory distress syndrome: case series, two years at an intensive care unit].

    PubMed

    Taborda, Lúcia; Barros, Filipa; Fonseca, Vitor; Irimia, Manuel; Carvalho, Ramiro; Diogo, Cláudia; Ramos, Armindo

    2014-01-01

    Introdução: A Síndrome de Dificuldade Respiratória Aguda apresenta incidência e mortalidade significativas em Cuidados Intensivos, justificando estudos adicionais, nomeadamente para definição de novas abordagens terapêuticas. Os autores propuseram-se caracterizaros casos duma Unidade de Cuidados Intensivos em dois anos.Material e Métodos: Procedeu-se a um estudo observacional retrospectivo dos casos admitidos numa Unidade de Cuidados Intensivos, cumprindo os critérios diagnósticos da American-European Consensus Conference on ARDS, tendo sido excluídos os não ventilados invasivamente. Pesquisados e submetidos a tratamento estatístico: dados demográficos, etiologia do Síndrome de Dificuldade Respiratória Aguda, comorbilidades, Índices de Gravidade, PaO2/FiO2, modalidades e parâmetros ventilatórios, compliance pulmonar, dias de ventilação mecânica invasiva, corticoterapia, terapêuticas de resgate, complicações, duração do internamento, óbitos.Resultados: Obtiveram-se 40 doentes, com uma mediana de 72,5 anos (amplitude interquartil 22) e um ratio feminino:masculino ≈1:1,86. Cinquenta e cinco por cento dos Síndrome de Dificuldade Respiratória Aguda tiveram etiologia pulmonar. A média do PaO2/ FiO2 mínimo foi 88mm Hg (IC 95%: 78,5-97,6). A média da PEEP máxima aplicada foi 12,4 cmH2O (Desvio Padrão 4,12) e a médiado Volume Corrente máximo utilizado foi 8,2 mL/Kg peso ideal (IC 95%: 7,7-8,6). A mediana dos dias de ventilação mecânica invasiva foi 10. Em 47,5% dos doentes foram administrados corticóides. Em 52,5% foi executado recrutamento alveolar. A complicação mais frequente foi a Pneumonia Associada a Ventilação (20%). A mediana da duração do internamento foi 10,7 dias (amplitude interquartil10,85). Faleceram 60% dos doentes. A probabilidade de outcome favorável ‘não óbito na Unidade de Cuidados Intensivos’ foi 4,4x superior nos doentes sob corticoterapia e 11x superior nos doentes com idade < 65 anos

  20. Association between Obstructive Sleep Apnea and Myocardial Infarction: A Systematic Review.

    PubMed

    Porto, Fernanda; Sakamoto, Yuri Saho; Salles, Cristina

    2017-03-30

    Obstructive sleep apnea (OSA) has been associated to cardiovascular risk factors. However, the association between OSA and cardiovascular disease is still controversial. The objective of the present study was to verify the association between OSA and myocardial infarction (MI). This is a systematic review of the literature performed through electronic data sources MEDLINE/PubMed, PubMed Central, Web of Science and BVS -Biblioteca Virtual em Saúde (Virtual Health Library). The descriptors used were: 'obstructive sleep apnea' AND 'polysomnography' AND 'myocardial infarction' AND 'adults NOT 'treatment.' The present work analysed three prospective studies, selected from 142 articles. The studies followed a total sample of 5,067 OSA patients, mostly composed by male participants. All patients underwent night polysomnography, and all studies found an association between OSA and fatal and non-fatal cardiovascular outcomes. Thus, we were able to observe that 644 (12.7%) of the 5,067 patients suffered MI or stroke, or required a revascularization procedure, and 25.6% of these cardiovascular events were fatal. MI was responsible for 29.5% of all 644 analysed outcomes. There is an association between OSA and MI, in male patients, and apnea and hypopnea index (AHI) are the most reliable markers. Resumo A apneia obstrutiva do sono (AOS) tem sido associada a fatores de risco cardiovascular, porém a relação entre a AOS e doença cardiovascular ainda é controversa. O objetivo do presente estudo foi verificar a associação entre AOS e infarto do miocárdio (IM). Revisão sistemática de literatura por meio das fontes de dados eletrônicas MEDLINE/PubMed, PubMed Central, Web of Science e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Os descritores utilizados foram: "obstructive sleep apnea" AND "polysomnography" AND "myocardial infarction" AND "adults" NOT "treatment".O presente trabalho analisou três estudos prospectivos, selecionados dentre 142 artigos encontrados. Os estudos

  1. [Hospital Mortality in Parkinson's Disease: Retrospective Analysis in a Portuguese Tertiary Centre].

    PubMed

    Martins, Joana; Rua, Adriana; Vila Chã, Nuno

    2016-05-01

    Introdução: A doença de Parkinson está associada a elevada mortalidade hospitalar. O sexo masculino, o início tardio da doença, o grau de incapacidade e a coexistência de deterioração cognitiva ou de depressão têm sido apontados como fatores de risco. A pneumonia e as doenças cardiovasculares são as principais causas de morte. Objetivo: Explorar a mortalidade hospitalar (motivo de internamento e de óbito) dos doentes com doença de Parkinson num hospital terciário, assim como as características demográficas e clínicas. Material e Métodos: Identificação das admissões hospitalares dos doentes com o diagnóstico de doença de Parkinson entre 2008 e 2014 e seleção dos doentes falecidos. Revisão retrospetiva dos processos clínicos e inclusão dos doentes com doença confirmada clinicamente por um neurologista. Avaliação das causas de óbito, características demográficas e clínicas. Resultados: Identificámos 1 525 admissões hospitalares de doentes com diagnóstico de doença de Parkinson, das quais 150 resultaram em óbito. Destes, 52 cumpriam critérios de inclusão. A idade média do início dos sintomas de doença foi 66,8 anos (± 8,7) e a duração média da doença foi 12,5 anos (± 7,9). Sessenta e cinco por cento dos doentes encontravam-se no estádio 4-5 na escala de Hoehn e Yahr. Trinta e três doentes (63%) apresentavam demência e onze depressão. As infeções foram a principal causa de morte (respiratória em 63% dos casos). Discussão: Ã semelhança da literatura, a pneumonia foi a principal causa de morte hospitalar e a maioria dos doentes apresentava estádio avançado de doença e demência. Contrastando com outros estudos, não se verificou diminuição da esperança média de vida e as doenças cardiovasculares e o traumatismo não foram causas de morte na nossa população. Conclusões: Apresentamos o primeiro estudo português de mortalidade na doença de Parkinson. A pneumonia é a principal causa de morte

  2. Chronic Stress Improves NO- and Ca2+ Flux-Dependent Vascular Function: A Pharmacological Study.

    PubMed

    Bruder-Nascimento, Thiago; Campos, Dijon Henrique Salome

    2015-01-23

    avaliada em anéis aórticos. Curvas de concentração-efeito foram realizadas para noradrenalina, na presença de L-NAME ou prazosina, cloreto de potássio (KCl), acetilcolina e nitroprussiato de sódio. Também foi efetuado um estudo para avaliação para fluxo de Ca2+. Resultados: Estresse crônico induziu hipertensão e resposta vascular diminuída para noradrenalina e KCl e aumentada para acetilcolina. A pré-incubação com L-NAME eliminou a diferença para noradrenalina. A resposta contrátil vascular para Ca2+ foi reduzida em animais estressados. Conclusão: Nossos dados sugerem que a resposta vascular ao estresse crônico seria uma adaptação aos efeitos deletérios do estresse, incluindo a hipertensão. Além disso, esses mecanismos adaptativos dependem de liberação de NO e fluxo de Ca2+. Esses resultados ajudam a esclarecer os mecanismos envolvidos nas alterações cardiovasculares associadas ao estresse. Entretanto, mais estudos são necessários para a melhor compreensão desses mecanismos.

  3. Phenotypic Heterogeneity by Germline Mismatch Repair Gene Defect in Lynch Syndrome Patients.

    PubMed

    Hernâni-Eusébio, Jorge; Barbosa, Elisabete

    2016-10-01

    Introdução: A síndrome de Lynch é a forma hereditária mais comum de cancro colo-rectal, sendo também responsável por cancro do endométrio e de outros tipos. Associa-se a mutações germinativas nos genes de mismatch repair do ADN e a instabilidade de microssatélites. As mutações MLH1 e MSH2 têm um fenótipo de síndrome de Lynch ‘clássico’, sendo o MSH2 mais associado a cancro extra-cólico. Mutações do MSH6 e PMS2 têm um fenótipo atípico. A expressão clínica é heterogénea, existindo uma correlação entre o gene mismatch repair mutado e o padrão fenotípico. Material e Métodos: Análise retrospetiva dos dados clínicos de doentes que cumpriam os critérios de Amesterdão ou que tinha mutações nos genes mismatch repair, entre setembro de 2012 e outubro de 2015. Resultados: Identificámos 28 doentes. Dezassete tinham cancro colo-rectal sendo a localização no cólon direito predominante. Cinco tiveram cancro do endométrio (mediana da idade de diagnóstico – 53), sem qualquer mutação no MSH6. Cinco desenvolveram outros cancros. Todos os casos com mutações mismatch repair estudados tinham instabilidade de microssatélites. Discussão: Na maioria dos casos foi encontrada mutação no MSH2 apesar de o MLH1 ser descrito na literatura como o gene mais frequentemente mutado. Interessa dizer que os doentes com cancro colo-rectal não evidenciam uma tendência para ter muito infiltrado inflamatório. Na maioria dos casos foi realizada colectomia parcial apesar da incidência elevada de lesões síncronas e metácronas associadas. Histerectomia e anexectomia profilática foi realizada em doentes em menopausa/perimenopausa. Conclusão: O registo standardizado dos dados dos doentes poderá levar a um melhor acompanhamento e conhecimento desta síndrome. O uso das Guidelines de Bethesda poderá identificar novos casos que escapam aos critérios de Amesterdão. A pesquisa de instabilidade de microssatélites deve ser feita em muito maior n

  4. [Biomarkers of cervical carcinogenesis associated with genital human papillomavirus infection].

    PubMed

    Oliveira, Ana; Delgado, Candida; Verdasca, Nuno; Pista, Angela

    2013-01-01

    dos oncogenes E6 e E7 está associada à progressão das lesões do colo do útero e apresenta maior especificidade no diagnóstico precoce das lesões pré-malignas. A quantificação do DNA dos HPVar pode ser um indicador promissor de prognóstico das lesões pré-neoplásicas do colo do útero.

  5. Estudo em microondas do aprisionamento e precipitação de elétrons em explosões solares

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rosal, A. C.; Costa, J. E. R.

    2003-08-01

    Uma explosão solar é uma variação rápida e intensa do brilho que ocorre nas chamadas regiões ativas da atmosfera, constituídas por um plasma magnetizado com intensa indução magnética. Os modelos de explosões solares atuais, discutidos na literatura, apresentam características de aprisionamento e precipitação de elétrons em ambientes magnéticos simplificados. Neste trabalho, nos propusemos a separar a emissão dos elétrons aprisionados da emissão dos elétrons em precipitação apenas a partir da emissão em microondas, melhorando portanto o controle sobre o conjunto de parâmetros inferidos. A emissão em microondas da população em precipitação é bastante fraca e portanto da nossa base de dados de 130 explosões observadas pelo Rádio Polarímetro de Nobeyama, em sete freqüências, apenas para 32 foi possível separar as duas componentes de emissão com uma boa razão sinal/ruído. A partir de estudos das escalas de tempo das emissões devidas à variação gradual da emissão no aprisionamento e da variação rápida da emissão dos elétrons em precipitação foi possível obter a separação utilizando um filtro temporal nas emissões resultantes. Em nossa análise destas explosões estudamos os espectros girossincrotrônicos da emissão gradual, a qual associamos provir do topo dos arcos magnéticos e da emissão de variação rápida associada aos elétrons em precipitação. Estes espectros foram calculados e dos quais inferimos que a indução magnética efetiva do topo e dos pés foi em média, Btopo = 236 G e Bpés = 577 G, inferidas das freqüências de pico dos espectros em ntopo = 11,8 GHz e npés = 14,6 GHz com leve anisotropia (pequeno alargamento espectral). O índice espectral da distribuição não-térmica de elétrons d, inferido do índice espectral de fótons da emissão em regime opticamente fino, foi de dtopo = 3,3 e dpés = 3,9. Estes parâmetros são típicos da maioria das análises realizadas em ambiente único de

  6. [The geography of diabetes mellitus in Portugal: how context influence the risk of dying].

    PubMed

    Santana, Paula; Costa, Cláudia; Loureiro, Adriana; Raposo, João; Boavida, José Manuel

    2014-01-01

    Introdução: A Diabetes Mellitus é um problema de saúde pública em crescimento em todo o mundo e também em Portugal. Pretendemos identificar a evolução do padrão geográfico desta causa de morte e a associação com a privação sociomaterial, em Portugal. Material e Métodos: Estudo ecológico transversal dos óbitos por Diabetes Mellitus ocorridos nos municípios portugueses em três períodos (1989-1993, 1999-2003 e 2006-2010). Aplicámos um modelo hierárquico bayesiano, de modo a obter a Razão Padronizada de Mortalidade Suavizada e o Risco Relativo, de mortalidade por diabetes associado à privação sociomaterial. Resultados: Observámos os valores da Razão Padronizada de Mortalidade Suavizada mais elevados, em 1989-1993, nos municípios urbanos do litoral (80% dos municípios com Razão Padronizada de Mortalidade Suavizada ≥ 161, sendo 60% urbanos); em 2006-2010 verificámos o oposto, destacando-se, pelos valores de Razão Padronizada de Mortalidade Suavizada elevados, as áreas rurais localizadas no interior sul do país (76,9% dos municípios com Razão Padronizada de Mortalidade Suavizada ≥ 161 sendo 69,2% rurais), principalmente no Alentejo. O Risco Relativo de mortalidade por Diabetes Mellitus aumenta com o aumento da vulnerabilidade associada às condições sociais e económicas da área de residência, principalmente nos dois últimos períodos (Risco Relativo: 1,00; IC95%: 0,98-1,02). Discussão: A Diabetes Mellitus apresenta um padrão geográfico marcado pela assimetria litoral-interior e urbano-rural, que tem vindo a alterar-se ao longo dos últimos vinte anos, verificando-se uma transição geográfica: 48% da população reside em municípios em que a Razão Padronizada de Mortalidade Suavizada aumentou nos últimos vinte anos, com destaque para as áreas rurais do interior de Portugal. Conclusão: As Razões Padronizadas de Mortalidade Suavizada mais elevadas verificam-se, actualmente, em municípios rurais, com índice de priva

  7. [Pulmonary Embolism in Portugal: Epidemiology and In-Hospital Mortality].

    PubMed

    Gouveia, Miguel; Pinheiro, Luís; Costa, João; Borges, Margarida

    2016-08-01

    incrementalmente menores, pela maior capacidade de diagnóstico de casos menos graves. Outra explicação possível é uma maior efetividade dos cuidados de saúde hospitalares. De acordo com a análise deregressão logística, as melhorias na efetividade dos cuidados hospitalares nos últimos anos são o principal responsável pela redução da mortalidade.Conclusão: Cerca de 79% da redução da mortalidade intra-hospitalar da embolia pulmonar entre 2003 e 2013 pode-se atribuir à maior efetividade dos cuidados de saúde hospitalares e o restante à alteração favorável nas características dos doentes associadas ao risco de morte.

  8. Effects of Acute Sleep Deprivation Resulting from Night Shift Work on Young Doctors.

    PubMed

    Sanches, Inês; Teixeira, Fátima; dos Santos, José Moutinho; Ferreira, António Jorge

    2015-01-01

    Introdução: Avaliar a privação do sono e seus efeitos sobre os jovens médicos relativamente à capacidade de concentração e desempenho psicomotor. Material e Métodos: Dezoito médicos, com idades entre 26 - 33 anos, divididos em dois grupos: grupo sem privação de sono (sem trabalho nocturno) e grupo com privação de sono (no mínimo 12 horas de trabalho nocturno / semana). Aplicámos o Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh para rastrear a presença de patologia do sono e a Escala de Sonolência Epworth para avaliar subjectivamente a sonolência diurna; usamos actigrafia e o diário de sono para avaliar a higiene do sono e os ciclos de sono-vigília. Para demonstrar os efeitos da privação do sono, foi aplicado o teste de Toulouse-Piéron (teste de concentração) e uma bateria de trêstestes de tempo de reação após o período de trabalho nocturno. Resultados: O grupo com privação de sono apresentou maior sonolência diurna na Escala de Sonolência Epworth (p < 0,05) e durante a semana a privação de sono foi maior (p < 0,010). A duração média do sono durante o período de trabalho nocturno foi de 184,2 minutos para o grupo com privação de sono e 397,7 minutos para grupo sem privação de sono (p < 0,001). No teste Toulouse-Piéron o grupo com privação de sono apresentou maior número de omissões (p < 0,05) com um pior resultado no índice de concentração (p < 0,05). Os testes psicomotores que avaliaram a resposta a estímulos simples revelaram maior latência na resposta (p < 0,05) e mais erros (p < 0,05) no grupo com privação de sono; no teste de reacção a instrução o e grupo com privação de sono apresentou pior índice de perfeição (p < 0,05); no teste de movimentos finos não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos. Discussão: A privação de sono aguda resultante do trabalho nocturno em profissões médicas está associada a uma diminuição da atenção e concentração e no atraso de resposta

  9. Detection and Intervention Strategies by Primary Health Care Professionals in Suspected Elder Abuse.

    PubMed

    Ferreira, Mafalda; dos Santos, César Lares; Vieira, Duarte Nuno

    2015-01-01

    preparar adequadamente os profissionais para lidar com este tipo de situações.Conclusão: Existe uma consciencialização dos profissionais de saúde sobre a relev'ncia do problema e sobre o papel que podem desempenhar na prevenção e diagnóstico do abuso. A abordagem do tema durante a sua formação associada ao desenvolvimento de normas de orientação clínica daria uma maior segurança aos profissionais na gestão destes casos.

  10. Birds and people in semiarid northeastern Brazil: symbolic and medicinal relationships

    PubMed Central

    2013-01-01

    Abstract Background At least 511 species of birds occur in the semiarid region of northeastern Brazil and many of them interact with human populations in a number of different ways, including their use in zootherapeutics and their links with local beliefs. Objective The present work examined these types of birds/human interactions (use in zootherapeutics and their links with local beliefs) in the semiarid region of Rio Grande do Norte State in northeastern Brazil. Methods Information was obtained through semi-structured interviews with 120 local residents. Results A total of 16 wild bird species distributed among 11 families were found to interact directly with humans, with Columbidae being the best represented family. Seven species were identified in the medicinal category, five were related to symbolic aspects, while four species were identified as being related to both categories (medicinal and symbolic). Conclusion The accumulated folk knowledge, beliefs, and practices involving the avifauna in the semiarid region of Brazil, whether symbolic or medicinal, demonstrated the cultural importance of this vertebrate group to local human populations and revealed a belief system intrinsically related to cynegetic practices in the region. Portuguese abstract Introdução No semiárido do Brasil ocorrem 511 espécies de aves, algumas das quais interagem frequentemente com as populações humanas locais de diferentes formas, incluindo o uso como zooterápico e a inserção em crenças. Objetivo Esta pesquisa registrou as aves diretamente associadas a essas formas de interação (o uso como zooterápico e a inserção em crenças) na região semiárida do Estado do Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil. Métodos As informações foram obtidas através de entrevistas semiestruturadas aplicadas a 120 moradores locais. Resultados Foram registradas 16 espécies de aves silvestres distribuídas em 11 famílias, sendo Columbidae a que apresentou o maior número de

  11. [Juvenile Pompe disease: retrospective clinical study].

    PubMed

    Loureiro Neves, Filipa; Garcia, Paula Cristina; Madureira, Núria; Araújo, Henriqueta; Rodrigues, Fidjy; Estêvão, Maria Helena; Lacerda, Lúcia; Diogo Matos, Luísa Maria

    2013-01-01

    Introdução: A doença de Pompe ou glicogenose tipo II é uma doença autossómica recessiva por deficiência de maltase ácida. É uma entidade rara, com prevalência de 1/40.000 nas populações holandesa e afro-americana e 1/46000 na população australiana. Embora se distingam três formas de apresentação (infantil, juvenil e do adulto), observa-se um amplo espectro clínico. Em Portugal está disponível terapêutica enzimática de substituição desde 2006.Material e Métodos: Fez-se o estudo retrospetivo de quatro doentes (duas das quais irmãs), baseado na revisão dos processos clínicos.Resultados: Em todas, a doença manifestou-se no segundo ano de vida. O tempo até ao diagnóstico variou entre dois e onze anos. Aquando do diagnóstico, todas apresentavam miopatia com atraso de aquisições motoras e em duas havia hipertrofia miocárdica. A suspeita clínica surgiu por insuficiência respiratória em contexto infeccioso em duas doentes. Em todas havia elevação da creatina quinase e das aminotransferases. Todas evoluíram com insuficiência respiratória crónica por síndrome restritiva. O diagnóstico foi baseado na diminuição da atividade da maltase ácida em fibroblastos (0 a 1,5% do limite inferior do normal). Na biópsia muscular, realizada em três doentes, demonstrou-se acumulação lisossómica de glicogénio. Todas apresentavam a mutação c.1064T > C no exão 6 do gene GAA (glucosidase-alpha-acid), em homozigotia numa delas, associada às mutações c.1666A > G no exão 12 e c.2065G > A no exão 15 nas duas irmãs e à mutação c.380G > T no exão 2 na doente mais nova. Todas iniciaram terapia enzimática de substituiçãologo que disponível, com boa tolerância. A doente mais jovem faleceu pouco depois. As outras mantêm medidas de suporteventilatório e fisioterapia, deslocando-se a mais velha, em cadeira de rodas, mantendo a irmã marcha independente e necessitando a mais nova de andarilho.Conclusão: Os nossos casos incluem

  12. [Strategy to control methicillin-resistant Staphylococcus aureus: the 5 year experience of a hospital].

    PubMed

    Peres, David; Neves, Isabel; Vieira, Fernanda; Devesa, Ilda

    2014-01-01

    Introdução: O Staphylococcus aureus resistente à meticilina é um dos microrganismos multirresistentes mais frequentemente implicados em infeções associadas a cuidados de saúde. Definiu-se como objetivo implementar uma estratégia multimodal para controlar este microrganismo num hospital.Material e Métodos: Procedimento baseado em rastreio ativo e medidas de isolamento numa população selecionada (doentes provenientes de outras instituições de saúde e lares ou com historial de internamento/ staphylococcus aureus resistente à meticilina; doentes dos cuidados intensivos e intermédios e, nos restantes serviços, rastreio aos contactos diretos se detetado um novo caso de staphylococcus aureus resistente à meticilina e, desde 2012, hemodialisados). Outras ações paralelas: (1) revisão das normas Precauções Básicas e Isolamento; (2) reforço dos pontos de desinfeção alcoólica das mãos; (3) sessões de esclarecimento aos profissionais de saúde; (4) folha ‘Alerta de staphylococcus aureus resistente à meticilina’ no processo dos doentes; (5) panfleto de informação aos doentes/ visitas; (6) monitorização do procedimento através de auditoria e (7) descolonização de doentes nos cuidados intensivos e intermédios, com rastreios de follow-up.Resultados: Entre 2007 e 2012 registou-se um decréscimo da proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina de 66% para 57% e da densidade de incidência de 1,80 para 0,68 casos por mil dias de internamento (p < 0,001; RR 0,38; IC95%: 0,29-0,49).Discussão/Conclusão: De acordo com dados europeus publicados, referentes a isolados no sangue e líquor, Portugal foi o país com maior proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina em 2011. Utilizando este critério de inclusão, o nosso hospital revelou uma proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina inferior à média nacional (34% versus 55%). A estratégia multimodal demonstrou ser eficaz na diminuição dos

  13. [Prevalence of Dental Caries in Type 1 Diabetic Patients Treated with Insulin Pump].

    PubMed

    Garcia, Rosana; Coelho, Ana; Paula, Anabela; Marques Ferreira, Manuel; Caramelo, Francisco; Barros, Luísa; Batista, Carla; Melo, Miguel; Silva, Mário Jorge; Carrilho, Eunice

    2016-08-01

    numa melhoria global do seu nível de saúde oral, o que poderá justificar os resultados obtidos.Conclusão: A presença de diabetes mellitus tipo 1 em doentes tratados com bomba de insulina não está associada a um aumento da prevalência de lesões de cárie dentária.

  14. [Professional Satisfaction within Family Health Units of Central Region].

    PubMed

    Passadouro, Rui; Ferreira, Pedro Lopes

    2016-11-01

    Introdução: A satisfação profissional, indicador de clima organizacional, é um fenómeno complexo e subjetivo, sujeito a variação individual e à conjetura social, existindo múltiplas teorias explicativas. Pode ter impacto na produtividade e no absentismo e ser fator preditor do bem-estar, por estar associada à saúde mental, à autoestima e à perceção da saúde física. A sua avaliação é um dos critérios de avaliação do Serviço Nacional de Saúde. O presente estudo teve como objetivo avaliar o nível de satisfação profissional nas unidades de saúde familiar da Região Centro. Material e Métodos: Tratou-se de um estudo observacional, transversal, com um modelo de análise descritivo e com uma componentecorrelacional. Utilizou-se, para colheita de dados, o Instrumento de Avaliação da Satisfação Profissional do Centro de Estudos e Investigação em Saúde da Universidade de Coimbra. O universo foi de 809 profissionais de saúde, sendo a população em estudo constituída por 774 profissionais. Resultados: A taxa de resposta ao Instrumento de Avaliação da Satisfação Profissional foi de 66,4%, sendo a amostra constituída por 514 profissionais, 82% dos quais do sexo feminino. Trabalhavam em unidades de saúde familiar modelo A 64,8% e em modelo B 35,2%, sendo que 34,2% eram enfermeiros, 39,8% médicos e 26,0% secretários clínicos. O nível de satisfação global foi de 71,5%, sendo de 67,4% com a qualidade do local de trabalho, 78,3% com a qualidade da prestação de cuidados e 80,7% com a melhoria contínua da qualidade. Discussão: A amostra, predominantemente do sexo feminino (82%), está de acordo com a distribuição real dos profissionais e o nível de satisfação profissional de 71,5% é inferior em 5,4% ao verificado em 2009. Conclusão: Recomenda-se a contratualização do indicador satisfação profissional à semelhança do que acontece com a satisfação dos utilizadores.

  15. Treatment of Dyslipidemia with Statins and Physical Exercises: Recent Findings of Skeletal Muscle Responses.

    PubMed

    Bonfim, Mariana Rotta; Oliveira, Acary Souza Bulle; Amaral, Sandra Lia do; Monteiro, Henrique Luiz

    2015-02-13

    Statin treatment in association with physical exercise practice can substantially reduce cardiovascular mortality risk of dyslipidemic individuals, but this practice is associated with myopathic event exacerbation. This study aimed to present the most recent results of specific literature about the effects of statins and its association with physical exercise on skeletal musculature. Thus, a literature review was performed using PubMed and SciELO databases, through the combination of the keywords "statin" AND "exercise" AND "muscle", restricting the selection to original studies published between January 1990 and November 2013. Sixteen studies evaluating the effects of statins in association with acute or chronic exercises on skeletal muscle were analyzed. Study results indicate that athletes using statins can experience deleterious effects on skeletal muscle, as the exacerbation of skeletal muscle injuries are more frequent with intense training or acute eccentric and strenuous exercises. Moderate physical training, in turn, when associated to statins does not increase creatine kinase levels or pain reports, but improves muscle and metabolic functions as a consequence of training. Therefore, it is suggested that dyslipidemic patients undergoing statin treatment should be exposed to moderate aerobic training in combination to resistance exercises three times a week, and the provision of physical training prior to drug administration is desirable, whenever possible.A associação do tratamento medicamentoso por estatinas com a prática de exercícios físicos pode reduzir substancialmente o risco de mortalidade cardiovascular de indivíduos dislipidêmicos, porém sua realização vem sendo associada à exacerbação de quadros miopáticos. O presente trabalho teve como objetivo apresentar os resultados mais recentes da literatura específica sobre os efeitos da associação de estatinas ao exercício físico na musculatura esquelética. Para tanto, realizou

  16. [Restraints to anticoagulation prescription in atrial fibrillation and attitude towards the new oral anticoagulants].

    PubMed

    Pereira-Da-Silva, Tiago; Souto Moura, Teresa; Azevedo, Luísa; Sá Pereira, Margarida; Virella, Daniel; Alves, Marta; Borges, Luís

    2013-01-01

    Introdução e Objetivos: Avaliar a taxa de prescrição de anticoagulantes orais na fibrilhação auricular, os fatores associados à não prescrição, os motivos referidos pelos clínicos para não prescrição de anticoagulantes incluindo os de nova geração e realizar estudo evolutivo a médio prazo. Material e Métodos: Estudo prospetivo sobre casos consecutivos de doentes com fibrilhação auricular com alta hospitalar. Registaram- se os scores CHA2DS2VASc e HASBLED, comorbilidades associadas e a medicação prévia e à data de alta. Na alta hospitalar, o médico assistente indicou em questionário o motivo de não prescrição de anticoagulantes orais e dos novos anticoagulantes orais. Exclusão: contra-indicação absoluta para anticoagulação, CHA2DS2VASc ≤ 1 e doença valvular. Os doentes foram reavaliados um ano após o recrutamento do primeiro doente. Resultados: Identificaram-se 103 candidatos a anticoagulação oral (79,6 ± 8,0 anos; CHA2DS2VASc 5,8 ± 1,4; HASBLED 2,6 ± 1,0; HASBLED ≥ 3 em 55,3%); os anticoagulantes foram prescritos em 34,0%. Fatores associados à não prescrição por ordem decrescente de relevância: uso prévio de antiagregantes, doente acamado e/ou demente, ausência de insuficiência cardíaca e número de fatores de risco hemorrágico. Razões invocadas para não prescrição por ordem decrescente de frequência: risco hemorrágico elevado, pequeno benefício, incapacidade de seguir o esquema terapêutico e dificuldade na monitorização da razão normalizada internacional (INR). Os novos anticoagulantes não foram prescritos e as razões invocadas foram, por ordem decrescente de frequência: informação insuficiente sobre estes fármacos, risco hemorrágico elevado, custo elevado e pequeno benefício. Aos 8,2 ± 2,5 meses de estudo evolutivo 33,3% dos doentes encontravam-se sob anticoagulação sem que os novos anticoagulantes tivessem sido prescritos. Conclusões: Nesta amostra, a taxa de prescrição de

  17. The role of physical exercise in obstructive sleep apnea.

    PubMed

    Andrade, Flávio Maciel Dias de; Pedrosa, Rodrigo Pinto

    2016-01-01

    Obstructive sleep apnea (OSA) is a common clinical condition, with a variable and underestimated prevalence. OSA is the main condition associated with secondary systemic arterial hypertension, as well as with atrial fibrillation, stroke, and coronary artery disease, greatly increasing cardiovascular morbidity and mortality. Treatment with continuous positive airway pressure is not tolerated by all OSA patients and is often not suitable in cases of mild OSA. Hence, alternative methods to treat OSA and its cardiovascular consequences are needed. In OSA patients, regular physical exercise has beneficial effects other than weight loss, although the mechanisms of those effects remain unclear. In this population, physiological adaptations due to physical exercise include increases in upper airway dilator muscle tone and in slow-wave sleep time; and decreases in fluid accumulation in the neck, systemic inflammatory response, and body weight. The major benefits of exercise programs for OSA patients include reducing the severity of the condition and daytime sleepiness, as well as increasing sleep efficiency and maximum oxygen consumption. There are few studies that evaluated the role of physical exercise alone for OSA treatment, and their protocols are quite diverse. However, aerobic exercise, alone or combined with resistance training, is a common point among the studies. In this review, the major studies and mechanisms involved in OSA treatment by means of physical exercise are presented. In addition to systemic clinical benefits provided by physical exercise, OSA patients involved in a regular, predominantly aerobic, exercise program have shown a reduction in disease severity and in daytime sleepiness, as well as an increase in sleep efficiency and in peak oxygen consumption, regardless of weight loss. RESUMO A apneia obstrutiva do sono (AOS) é uma condição clínica comum, possuindo prevalência variável e subestimada. Principal condição associada à hipertens

  18. [Complications of pediatric renal transplantation].

    PubMed

    Gonçalves, Cristina; Sandes, Ana Rita; Azevedo, Sara; Stone, Rosário; Almeida, Margarida

    2013-01-01

    ,7%. No primeiro mês após transplantação renal as complicações maisfrequentes foram as infecções bacterianas que ocorreram em 15,4% dos doentes e as complicações associadas à cirurgia que ocorreram em 11,5%; entre 1º e 6º mês prevaleceram as infecções bacterianas (em 34,6%) e virais (em 17,9%) e a partir do sexto mês os factores de risco cardiovascular (hipertensão arterial em 85,9% e dislipidémia em 16,7%). Registou-se um óbito.Conclusões: As infecções mais frequentes foram as virais, nomeadamente a infecção citomegalovírus. A disfunção aguda do enxerto permanece uma complicação frequente. Com a evolução de novas estratégias diagnósticas, profilácticas e terapêuticas, assistiu-se a emergência de novas morbilidades, nomeadamente os factores de risco cardiovascular.