Science.gov

Sample records for esterol hemicetal isolado

  1. [LOW-FAT, FERMENTED MILK ENRICHED WITH PLANT STEROLS, A STRATEGY TO REDUCE HYPERTRIGLYCERIDEMA IN CHILDREN, A DOUBLE-BLIND, RANDOMIZED PLACEBO-COTROLLED TRIAL].

    PubMed

    Blumenfeld Olivares, Javier Andrés; San Mauro Martín, Ismael; Calle, Maria Elisa; Bischofberger Valdés, Cornelia; Perez Arruche, Eva; Arce Delgado, Esperanza; Ciudad, María Jose; Hernández Cabría, Marta; Collado Yurita, Luis

    2015-09-01

    Introducción: en estos últimos años, paralelamente a la epidemia de obesidad, se ha producido un aumento de las dislipemias en la población pediátrica. En estas dislipemias es posible que los triglicéridos sanguíneos también tengan un papel importante. Los esteroles vegetales se han mostrado eficaces en el tratamiento de la hipercolesterolemia, pero no de la hipertrigliceridemia. Nuestro objetivo en este estudio es determinar la eficacia de la leche enriquecida en fitoesteroles para la disminución de la hipertrigliceridemia en la población infantil. Población y método: se diseñó un ensayo clínico, controlado, aleatorizado, y doble ciego, con leche desnatada enriquecida con esteroles vegetales y leche desnatada no enriquecida. Se incluyeron 67 pacientes pediátricos. Resultados: tras la ingesta observamos diferencias en la trigliceridemia final entre la leche desnatada enriquecida con esteroles vegetales y la leche desnatada no enriquecida con esteroles. El efecto atribuible a la ingesta de la leche enriquecida con fitosteroles vegetales fue de una disminución de 5,88 mg/dl. Conclusión: concluimos que la leche enriquecida con esteroles vegetales (2,24 gr de esteroles vegetales al día) podría constituir una estrategia adecuada para el tratamiento de la hipertrigliceridemia en pacientes pediátricos.

  2. [Risk management of cardiovascular disease through milk enriched with sterols in a young-adult population; randomized controlled clinical trial].

    PubMed

    San Mauro Martín, Ismael; Collado Yurrita, Luis; Ciudad Cabañas, María José; Cuadrado Cenzual, María Ángeles; Hernández Cabria, Marta; Calle Purón, María Elisa

    2014-10-01

    Introducción: La hipercolesterolemia es uno de los factores de riesgo relevantes en la enfermedad cardiovascular, siendo el uso de esteroles vegetales una de las estrategias con mayor evidencia. Objetivos: Determinar la eficacia de una leche enriquecida en fitoesteroles para la disminución de marcadores de enfermedad cardiovascular en población joven adulta. Métodos: Ensayo clínico, controlado, aletorizado, doble ciego y cruzado. Los esteroles (2,24 g diarios) fueron ingeridos a través de una leche comercial, administrada en dos fases de 3 semanas respectivamente y separadas por un periodo de lavado de 2 semanas, para aquellos sujetos durante la fase de “leche de estudio”, y la misma cantidad de leche desnatada, sin esteroles, para el placebo. Al inicio y al final de cada fase se realizaron extracciones de sangre. Se recopilaron datos antropométricos, hábitos de salud y marcadores analíticos sanguíneos: perfil lipídico, hematológico, inflamación, etc. Resultados: Diecinueve personas culminaron el estudio de con una edad media de 34,68 años (±6,91). La diferencia entre los marcadores basales y finales para el colesterol- LDL, el Colesterol total y Triglicéridos fueron de 19,47 (±29,10) mg/dl, 24,47 (±30,68) mg/dl, 14,36 (±44,16) mg/dl, respectivamente. Sin cambios considerables en las fracciones de colesterol-HDL. Existen diferencias significativas, entre el placebo y la leche con esteroles para colesterol-LDL (p=0,009) y Colesterol total (p=0,003). Conclusiones: Los esteroles vegetales suministrados en un alimento de consumo habitual, como la leche, pueden ser una estrategia terapéutica no farmacológica de la hipoercolesterolemia y, por ello, una herramienta en la prevención del riesgo cardiovascular a nivel global.

  3. [Not Available].

    PubMed

    San Mauro-Martín, Ismael; Collado-Yurrita, Luis; Blumenfeld-Olivares, Javier Andrés; Cuadrado-Cenzual, María Ángeles; Calle-Purón, María Elisa; Hernández-Cabria, Marta; Garicano-Vilar, Elena; Pérez-Arruche, Eva; Arce-Delgado, Esperanza; CiudadCabañas, María José

    2016-06-30

    Introducción: la hipercolesterolemia es uno de los principales factores de riesgo en la enfermedad cardiovascular. Los esteroles vegetales se han postulado como agentes reguladores y beneficiosos para el control de esta.Objetivo: analizar el efecto de los esteroles vegetales añadidos en una leche en la reducción del colesterol plasmático en adultos jóvenes.Métodos: ensayo clínico, controlado, aleatorizado, doble ciego y cruzado. Los esteroles (2,24 g diarios) fueron administrados en dos tomas de 350 ml de una leche comercial desnatada, durante dos periodos de 3 semanas, separados por una "fase de lavado" de 2 semanas, en el grupo experimental. Al grupo control se le administró la misma cantidad de leche desnatada, sin esteroles. Tanto al inicio como al final de cadaperiodo de intervención se extrajeron muestras sanguíneas. Se analizaron la composición corporal, hábitos de salud y los siguientes marcadores sanguíneos: perfil lipídico, hematológico, inflamación, etc.Resultados: se incluyeron 54 personas en el estudio con una edad media de 38,8 ± 7,3 años. La diferencia porcentual entre los marcadores basales y finales para el colesterol total, colesterol-LDL, colesterol-HDL, triglicéridos y colesterol no-HDL fueron del 9,73%, 12,5%, 1,9%, 3,15% y 13,2%, respectivamente. Se obtuvieron diferencias estadísticamente significativas entre el grupo experimental y el grupo control, para todos los marcadores analizados excepto para los triglicéridos.Conclusión: los esteroles vegetales suministrados en un alimento de consumo habitual, como la leche, pueden ser una estrategia terapéutica no farmacológica para el control de la hipercolesterolemia de alto interés sanitario.

  4. Role of ApoA1 on high-density lipoprotein: an intervention with plant sterols in patients with hypercholesterolemia.

    PubMed

    San Mauro Martín, Ismael; Collado Yurrita, Luis; Cuadrado Cenzual, María Ángeles; Ciudad Cabañas, María José; Mendive Dubourdieu, Paula

    2014-10-03

    Antecedentes: Numerosos estudios han demostrado una asociación inversa entre la concentración de colesterol asociado a lipoproteínas de alta densidad de colesterol (HDL-c) y el riesgo cardiovascular. El presente estudio investigo la posible relación entre la apolipoproteína A (ApoA1) y el HDL-C como una nueva estrategia para reducir el riesgo cardiovascular. Objetivo: determinar el efecto de ApoA1 en el metabolismo del colesterol a través de su influencia sobre el HDL-c en la población adulta joven. Métodos: ensayo clínico, controlado, aleatorizado, doble ciego, proporcionando una leche comercial con esteroles, “Naturcol”, durante 3 semanas (n = 19) y placebo (n = 16). Se diseñó un cuestionario Ad Hoc y se realizó un estudio antropométrico completo. Se utilizó el programa SPSS 21.0 para analizar los datos estadísticos. Resultados: Se observaron diferencias significativas entre la leche de esterol y el placebo únicamente en un solo marcador, en las lipoproteínas de baja densidad del colesterol (LDL-c). Se encontró una dispersión lineal de datos entre HDL-C y ApoA1, tanto al principio y al final de la intervención (correlación de Person = 0,846 y 0,903, respectivamente). Se observó alta dependencia en la regresión lineal (R2 = 0,715 y 0,816, respectivamente). Conclusión: Una relación significativa entre el HDL-c y ApoA1 fue comprobada. Teniendo en cuenta la importancia que los niveles de HDL-c parecen tener en la salud cardiovascular, la ApoA1 se presenta como un importante marcador clínico para mejorar la función del corazón, así como para reducir el riesgo cardiovascular.

  5. Fatty acid alcohol ester-synthesizing activity of lipoprotein lipase.

    PubMed

    Tsujita, T; Sumiyoshi, M; Okuda, H

    1999-12-01

    The fatty acid alcohol ester-synthesizing activity of lipoprotein lipase (LPL) was characterized using bovine milk LPL. Synthesizing activities were determined in an aqueous medium using oleic acid or trioleylglycerol as the acyl donor and equimolar amounts of long-chain alcohols as the acyl acceptor. When oleic acid and hexadecanol emulsified with gum arabic were incubated with LPL, palmityl oleate was synthesized, in a time- and dose-dependent manner. Apo-very low density lipoprotein (apoVLDL) stimulated LPL-catalyzed palmityl oleate synthesis. The apparent equilibrium ratio of fatty acid alcohol ester/oleic acid was estimated using a high concentration of LPL and a long (20 h) incubation period. The equilibrium ratio was affected by the incubation pH and the alcohol chain length. When the incubation pH was below pH 7.0 and long chain fatty acyl alcohols were used as substrates, the fatty acid alcohol ester/free fatty acid equilibrium ratio favored ester formation, with an apparent equilibrium ratio of fatty acid alcohol ester/fatty acid of about 0.9/0.1. The equilibrium ratio decreased sharply at alkaline pH (above pH 8.0). The ratio also decreased when fatty alcohols with acyl chains shorter than dodecanol were used. When a trioleoylglycerol/fatty acyl alcohol emulsion was incubated with LPL, fatty acid alcohol esters were synthesized in a dose- and time-dependent fashion. Fatty acid alcohol esters were easily synthesized from trioleoylglycerol when fatty alcohols with acyl chains longer than dodecanol were used, but synthesis was decreased with fatty alcohols with acyl chain lengths shorter than decanol, and little synthesizing activity was detected with shorter-chain fatty alcohols such as butanol or ethanol.

  6. Major diet-drug interactions affecting the kinetic characteristics and hypolipidaemic properties of statins.

    PubMed

    Vaquero, M P; Sánchez Muniz, F J; Jiménez Redondo, S; Prats Oliván, P; Higueras, F J; Bastida, S

    2010-01-01

    Concomitant administration of statins with food may alter statin pharmacokinetics or pharmacodynamics, increasing the risk of adverse reactions such as myopathy or rhabdomyolysis or reducing their pharmacological action. This paper reviews major interactions between statins and dietary compounds. Consumption of pectin or oat bran together with Lovastatin reduces absorption of the drug, while alcohol intake does not appear to affect the efficacy and safety of Fluvastatin treatment. Grapefruit juice components inhibit cytochrome P-4503A4, reducing the presystemic metabolism of drugs such as Simvastatin, Lovastatin and Atorvastatin. Follow-up studies on the therapeutic effect of statins in patients consuming a Mediterranean-style diet are necessary to assure the correct prescription because the oil-statin and minor oil compound-statin possible interactions have been only briefly studied. Preliminary study suggests that olive oil can increase the hypolipaemiant effect of Simvastatin with respect sunflower oil. The consumption of polyunsaturated rich oils, throughout the cytochrome P- 450 activation could decrease the half-life of some statins and therefore their hypolipaemic effects. The statins and n-3 fatty acids combined therapy gives rise to pharmacodinamic interaction that improves the lipid profile and leads greater cardioprotection. Although statins are more effective in high endogenous cholesterol production subjects and plant sterols are more effective in high cholesterol absorption efficacy subjects, plant esterols-statins combined therapy generates very positive complementary effects. This review ends suggesting possible diet-stain interactions that require further investigations (e.g. types of olive oils, fruit juices other than grapefruit, fibre or consumption of alcoholic beverages rich in polyphenols or ethanol).

  7. From rumors to genetic isolates

    PubMed Central

    Castilla, Eduardo E.; Schuler-Faccini, Lavinia

    2014-01-01

    Here we propose a registration process for population genetic isolates, usually geographic clusters of genetic disorders, based on the systematic search of rumors, defined as any type of account regardless of its reliability. Systematically ascertained rumors are recorded, and validated through a progressive process of pre-established steps. This paper outlines the conceptual basis for this approach and presents the preliminary results from a rumor-based nationwide registry of genetically isolated populations, named CENISO (Censo Nacional de Isolados), operating in Brazil since 2009. During the first four years of its existence (2009–2013), a total of 191 Rumors were registered and validated, resulting in a prevalence rate of one per million inhabitants of Brazil. When the five statutory geographic regions of Brazil were considered, more Rumors were registered for the Northeast (2.11; 1.74–2.54 per 106) than for the remaining four regions, North, Center-West, Southeast, and South, which did not differ among themselves. About half (86/191) of the recorded rumors were proven to be geographic clusters; of these disorders, 58 were autosomal recessive, 17 autosomal dominant, 5 X-linked, 3 multifactorial, and one environmental (thalidomide embryopathy). PMID:24764753

  8. Recent transmission of drug-resistant Mycobacterium tuberculosis in a prison population in southern Brazil.

    PubMed

    Reis, Ana Julia; David, Simone Maria Martini de; Nunes, Luciana de Souza; Valim, Andreia Rosane de Moura; Possuelo, Lia Gonçalves

    2016-01-01

    We conducted a cross-sectional, retrospective study, characterized by classical and molecular epidemiology, involving M. tuberculosis isolates from a regional prison in southern Brazil. Between January of 2011 and August of 2014, 379 prisoners underwent sputum smear microscopy and culture; 53 (13.9%) were diagnosed with active tuberculosis. Of those, 8 (22.9%) presented with isoniazid-resistant tuberculosis. Strain genotyping was carried out by 15-locus mycobacterial interspersed repetitive unit-variable-number tandem-repeat analysis; 68.6% of the patients were distributed into five clusters, and 87.5% of the resistant cases were in the same cluster. The frequency of drug-resistant tuberculosis cases and the rate of recent transmission were high. Our data suggest the need to implement an effective tuberculosis control program within the prison system. RESUMO Estudo transversal, retrospectivo, com isolados de M. tuberculosis de pacientes de um presídio regional no sul do Brasil, caracterizado através de epidemiologia clássica e molecular. Entre janeiro de 2011 e agosto de 2014, 379 detentos foram submetidos a baciloscopia e cultura, sendo 53 (13,9%) diagnosticados com tuberculose ativa. Desses, 8 (22,9%) apresentavam tuberculose resistente a isoniazida. A genotipagem das cepas foi realizada por 15-locus mycobacterial interspersed repetitive units-variable number of tandem repeat analysis; 68,6% dos pacientes estavam distribuídos em cinco clusters, e 87,5% dos casos resistentes estavam em um mesmo cluster. Verificou-se uma frequência elevada de casos de resistência e alta taxa de transmissão recente. Estes dados sugerem a necessidade da implantação de um programa efetivo de controle da tuberculose no sistema prisional.

  9. Continuing education in health from the perspective of Augustine of Hippo.

    PubMed

    Fernandes, Fabíola Chaves; Cortez, Elaine Antunes; Laprovita, Daniel; Almeida, Lidiane Peixoto de; Ferreira, Aline Figueiredo; Corvino, Marcos Paulo Fonseca

    2017-01-01

    To reflect about continuing education from the perspective of Augustine of Hippo and his theories based on the construction of knowledge and the learning process. This is a theoretical reflection study whose aim is to propose dimensions of analysis, emphasizing the history and challenges of continuing education. Such dimensions analyze the production of knowledge in Augustinian pedagogy, its historical aspects and its close relationship with lifelong education in health professions. The results show the difficulty of continuing education to reach adequate importance in health services, and that of academia in appropriating the thoughts of renowned philosophers such as Augustine. This is a result of ignorance about the convergence of these principles and their relevance. Continuing education and Augustinian pedagogy walk hand in hand in terms of care, meeting the needs that originate from practice and that are reflected in it, challenging isolated knowledge and putting different areas of knowledge to work together. Refletir sobre a educação permanente na perspectiva de Agostinho de Hipona e suas teorias pautadas na construção do conhecimento e no processo de aprendizagem. Trata-se de uma reflexão teórica cujo intuito é propor dimensões de análise, enfatizando a história e os desafios da educação permanente. Tais dimensões analisam a produção do conhecimento na pedagogia agostiniana, seus aspectos históricos e sua relação próxima com a educação permanente em saúde. Revela a dificuldade da educação permanente em ter sua dimensão alcançada noserviço de saúde, tal qual a da academia de apropriar-se do pensamento de filósofos renomados como Agostinho, fruto do desconhecimento da convergência desses pressupostos e de sua relevância. Considera-se que a educação permanente e a pedagogia agostiniana caminham juntas no cuidar, atendendo às necessidades advindas da prática e nela refletida, confrontando os saberes isolados e com eles operando

  10. [Identification and preservation of parathyroid glands in cadaver parts].

    PubMed

    Melo, Catarina; Bernardes, António; Carvalho, Lina

    2013-01-01

    Introdução: É indispensável ter um conhecimento profundo da morfologia da glândula tiróide e das estruturas com ela relacionadas no compartimento anterior do pescoço, para minimizar a morbilidade decorrente da cirurgia da tiróide, nomeadamente a lesão das glândulas paratiróides e dos nervos laríngeos. Este estudo pretendeu identificar glândulas paratiróides em peças de cadáver, confirmando-as histologicamente.Material e Métodos: Foram usadas 20 peças de cadáver para simular tiroidectomias. Durante a dissecção, foram isoladas as glândulas tiróides e eventuais glândulas paratiróides, que foram submetidas a estudo histológico.Discussão: Foram dissecadas 20 peças de cadáver (regiões cervicais anteriores), sendo isolados 48 fragmentos que correspondiam a eventuais glândulas paratiróides, dos quais 35 foram confirmados histologicamente como sendo efectivamente paratiróides. Os 20 casos foram, então, divididos em três grupos, de acordo com o número de paratiróides confirmadas histologicamente. No primeiro grupo, constituído por 11 casos, todas as eventuais paratiróides foram confirmadas. No segundo grupo, constituído por seis casos, apenas algumas paratiróides foram confirmadas. No terceiro grupo, constituído por três casos, nenhuma das eventuais paratiróides isoladas era efectivamente paratiróide. Em sete das 20 glândulas tiróides isoladas, foram identificadas oito paratiróides no estudo histológico: quatro sub-capsulares; três extra-capsulares e uma intra-tiróideia. As dimensões das paratiróides não tinham relação estatisticamente significativa.Conclusão: O conhecimento da anatomia das estruturas do compartimento central do pescoço e das suas variações mais frequentes diminui, mas não elimina a morbilidade da cirurgia da tiróide, nomeadamente a excisão iatrogénica das paratiróides, cuja dificuldade de identificação foi evidenciada nas peças dissecadas.

  11. Performance of the dipstick screening test as a predictor of negative urine culture.

    PubMed

    Marques, Alexandre Gimenes; Doi, André Mario; Pasternak, Jacyr; Damascena, Márcio Dos Santos; França, Carolina Nunes; Martino, Marinês Dalla Valle

    2017-01-01

    predicted by negative dipstick test results. Therefore, this test may be a reliable predictor of negative urine culture. Verificar se a triagem de urina por fitas reativas é capaz de predizer a cultura de urina. Métodos Estudo retrospectivo realizado entre janeiro e dezembro de 2014 com 8.587 pacientes, com solicitação médica de triagem de urina (fita), sedimento urinário e cultura de urina. sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo e curva ROC. Foram positivas 17,5% das culturas. O nitrito apresentou sensibilidade de 28% e especificidade de 99%. O valor preditivo positivo foi de 89% e o valor preditivo negativo de 87%. Esterase apresentou sensibilidade de 79% e especificidade de 84%. Valor preditivo positivo e valor preditivo negativo foram de 51% e 95%, respectivamente. A combinação de nitrito ou esterase positivos apresentou sensibilidade de 85% e especificidade de 84%. Valor preditivo positivo e valor preditivo negativo foram, respectivamente, 53% e 96%. O sedimento positivo (mais de dez leucócitos por microlitro) apresentou sensibilidade de 92% e especificidade de 71%. O valor preditivo positivo foi 40% e o negativo, 98%. A combinação de nitrito e sedimento urinário positivos apresentou sensibilidade de 82% e especificidade de 99%. Os valores preditivos positivo e negativo foram 91% e 98%, respectivamente. Para o nitrito ou esterase positivos mais os leucócitos positivos, a sensibilidade foi de 94% e a especificidade de 84%. O valor preditivo positivo foi de 58% e o negativo foi de 99%. Com base na curva ROC, o melhor indicador de urocultura positiva foi a associação entre a esterase ou nitrito positivos na fita mais os leucócitos positivos no sedimento, seguido por nitrito e esterase positivos, sedimento urinário positivo isolado, esterase positiva isolada, nitrito positivo isolado e, finalmente, pela associação entre nitrito e sedimento urinário positivos (AUC: 0,845, 0,844, 0,817, 0,814, 0,635 e 0

  12. [Strategy to control methicillin-resistant Staphylococcus aureus: the 5 year experience of a hospital].

    PubMed

    Peres, David; Neves, Isabel; Vieira, Fernanda; Devesa, Ilda

    2014-01-01

    Introdução: O Staphylococcus aureus resistente à meticilina é um dos microrganismos multirresistentes mais frequentemente implicados em infeções associadas a cuidados de saúde. Definiu-se como objetivo implementar uma estratégia multimodal para controlar este microrganismo num hospital.Material e Métodos: Procedimento baseado em rastreio ativo e medidas de isolamento numa população selecionada (doentes provenientes de outras instituições de saúde e lares ou com historial de internamento/ staphylococcus aureus resistente à meticilina; doentes dos cuidados intensivos e intermédios e, nos restantes serviços, rastreio aos contactos diretos se detetado um novo caso de staphylococcus aureus resistente à meticilina e, desde 2012, hemodialisados). Outras ações paralelas: (1) revisão das normas Precauções Básicas e Isolamento; (2) reforço dos pontos de desinfeção alcoólica das mãos; (3) sessões de esclarecimento aos profissionais de saúde; (4) folha ‘Alerta de staphylococcus aureus resistente à meticilina’ no processo dos doentes; (5) panfleto de informação aos doentes/ visitas; (6) monitorização do procedimento através de auditoria e (7) descolonização de doentes nos cuidados intensivos e intermédios, com rastreios de follow-up.Resultados: Entre 2007 e 2012 registou-se um decréscimo da proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina de 66% para 57% e da densidade de incidência de 1,80 para 0,68 casos por mil dias de internamento (p < 0,001; RR 0,38; IC95%: 0,29-0,49).Discussão/Conclusão: De acordo com dados europeus publicados, referentes a isolados no sangue e líquor, Portugal foi o país com maior proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina em 2011. Utilizando este critério de inclusão, o nosso hospital revelou uma proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina inferior à média nacional (34% versus 55%). A estratégia multimodal demonstrou ser eficaz na diminuição dos

  13. Comparison of enterovirus detection in cerebrospinal fluid with Bacterial Meningitis Score in children.

    PubMed

    Pires, Frederico Ribeiro; Franco, Andréia Christine Bonotto Farias; Gilio, Alfredo Elias; Troster, Eduardo Juan

    2017-01-01

    ção ventricular ou neurocirurgia recente, imunossupressão, outra infecção bacteriana concomitante que necessitasse de antibioticoterapia parenteral e aqueles que receberam antibiótico 72 horas antes da punção lombar. Foram incluídos no estudo 503 pacientes. Destes, 64 foram excluídos e 94 não realizaram todos os exames para análise. Dos 345 pacientes restantes, 7 ficaram no Grupo de Meningite Bacteriana e 338 no Grupo de Meningite Asséptica. Não houve diferença estatística entre os grupos. Na análise do Escore de Meningite Bacteriana, dos 338 pacientes com possível meningite asséptica (culturas negativas), 121 deles tiveram um ou mais pontos para o Escore de Meningite Bacteriana, com valor de sensibilidade de 100%, especificidade de 64,2% e valor preditivo negativo de 100%. Dos 121 pacientes com Escore de Meningite Bacteriana positivo, 71% (86 pacientes) tiveram a pesquisa de enterovírus positiva no líquido cefalorraquidiano. A pesquisa de enterovírus no líquido cefalorraquidiano mostrou-se eficaz em diferenciar a meningite bacteriana da viral. Analisada junto com o Escore de Meningite Bacteriana, a especificidade foi maior em comparação ao Escore de Meningite Bacteriana isolado.

  14. THE ROLE OF METABOLIC SURGERY FOR PATIENTS WITH OBESITY GRADE I ANDCLINICALLY UNCONTROLLED TYPE 2 DIABETES.

    PubMed

    Campos, Josemberg; Ramos, Almino; Szego, Thomaz; Zilberstein, Bruno; Feitosa, Heládio; Cohen, Ricardo

    2016-07-07

    Metabolic Risk Score defined by the surgical societies. Roux-en-Y gastric bypass (RYGB), because of its well known safety and efficacy and longer follow-up studies, is the main surgical technique indicated for patients eligible for surgery through the Metabolic Risk Score. The vertical sleeve gastrectomy may be considered if there is an absolute contraindication for the RYGB. T2DM patients should be evaluated by the multiprofessional team that will assess surgical eligibility, preoperative work up, follow up and long term monitoring for micro and macrovascular complications. Mesmo considerando o avanço do tratamento clínico ocorrido nos últimos 20 anos, com novos e mais eficientes medicamentos, os dados ainda são desanimadores quanto ao controle da obesidade e da diabete melito tipo 2(DMT2),com grande parcela de doentes em tratamento clínico ficando fora da meta desejada de controle. Apresentar proposta de Escore de Risco Metabólico para melhor orientar a indicação cirúrgica do diabete em pacientes com índice de massa corpórea (IMC) mais baixo nos quais o uso de procedimento cirúrgico para obesidade ainda é controverso. Foi realizada pesquisa nas bases de dados PubMed, Medline, PubMed Central, Scielo e Lilacs entre 2003-2015 correlacionando os descritores:cirurgia metabólica, obesidade e diabete melito tipo 2. Adicionalmente, representantes das sociedades envolvidas emitiram opiniões em pontos nos quais não existia na literatura trabalhos com graus de evidência elevados. Foram encontrados 45 artigos relacionadosque foram analisados pelos critérios da medicina baseada em evidências.As opiniões agrupadas procuraram responder as seguintes questões: Porque cirurgia metabólica e não bariátrica?;Mecanismos envolvidos no controle glicêmico; IMC como critério isolado de indicação cirúrgica para o DMT2 não controlado; Resultados de estudos de cirurgia metabólica em IMC<35 kg/m2; Segurança da cirurgia metabólica em pacientes com IMC<35 kg/m2; Efeitos

  15. THE ROLE OF METABOLIC SURGERY FOR PATIENTS WITH OBESITY GRADE I AND TYPE 2 DIABETES NOT CONTROLLED CLINICALLY.

    PubMed

    Campos, Josemberg; Ramos, Almino; Szego, Thomaz; Zilberstein, Bruno; Feitosa, Heládio; Cohen, Ricardo

    Metabolic Risk Score defined by the surgical societies. Roux-en-Y gastric bypass (RYGB), because of its well known safety and efficacy and longer follow-up studies, is the main surgical technique indicated for patients eligible for surgery through the Metabolic Risk Score. The vertical sleeve gastrectomy may be considered if there is an absolute contraindication for the RYGB. T2DM patients should be evaluated by the multiprofessional team that will assess surgical eligibility, preoperative work up, follow up and long term monitoring for micro and macrovascular complications. Mesmo considerando o avanço do tratamento clínico ocorrido nos últimos 20 anos, com novos e mais eficientes medicamentos, os dados ainda são desanimadores quanto ao controle da obesidade e da diabete melito tipo 2 (DMT2),com grande parcela de doentes em tratamento clínico ficando fora da meta desejada de controle. Apresentar proposta de Escore de Risco Metabólico para melhor orientar a indicação cirúrgica do diabete em pacientes com índice de massa corpórea (IMC) mais baixo nos quais o uso de procedimento cirúrgico para obesidade ainda é controverso. Foi realizada pesquisa nas bases de dados Pubmed, Medline, Pubmed Central, Scielo e Lilacs entre 2003-2015 correlacionando os descritores:cirurgia metabólica, obesidade e diabete melito tipo 2. Adicionalmente, representantes das sociedades envolvidas emitiram opiniões em pontos nos quais não existia na literatura trabalhos com graus de evidência elevados. Foram encontrados 45 artigos relacionados que foram analisados pelos critérios da medicina baseada em evidências. As opiniões agrupadas procuraram responder as seguintes questões: Porque cirurgia metabólica e não bariátrica?; Mecanismos envolvidos no controle glicêmico; IMC como critério isolado de indicação cirúrgica para o DMT2 não controlado; Resultados de estudos de cirurgia metabólica em IMC<35 kg/m2; Segurança da cirurgia metabólica em pacientes com IMC<35 kg/m2

  16. The role of physical exercise in obstructive sleep apnea.

    PubMed

    Andrade, Flávio Maciel Dias de; Pedrosa, Rodrigo Pinto

    2016-01-01

    ão arterial sistêmica secundária, associa-se ainda à fibrilação atrial, acidente vascular encefálico e doença arterial coronariana, aumentando a morbidade e mortalidade cardiovascular. O tratamento da AOS com pressão positiva contínua em vias aéreas não é tolerado por todos os pacientes e, muitas vezes, não é indicado para formas leves. Daí, métodos alternativos de tratamento da AOS e de suas consequências cardiovasculares são necessários. A prática usual de exercícios físicos promove benefícios adicionais à redução do peso em pacientes com AOS; contudo, os mecanismos ainda são incertos. Entre as adaptações fisiológicas proporcionadas pelo exercício físico nessa população destacam-se o aumento do tônus da musculatura dilatadora das vias aéreas superiores e do tempo do estágio do sono de ondas lentas e a redução do acúmulo cervical de líquido, da resposta inflamatória sistêmica e do peso corpóreo. Os principais benefícios de programas de exercício físico para essa população incluem a redução da gravidade da AOS e da sonolência diurna e o aumento da eficiência do sono e consumo máximo de oxigênio. Poucos estudos avaliaram o papel do exercício físico realizado de forma isolada no tratamento da AOS, além de existirem muitas diferenças relacionadas aos protocolos de exercício utilizados. Entretanto, o emprego de exercícios aeróbios isolados ou combinados aos exercícios resistidos é um ponto comum entre os estudos. Nessa revisão, os principais estudos e mecanismos envolvidos no tratamento da AOS por meio da realização de exercícios físicos são apresentados. Além dos benefícios clínicos sistêmicos proporcionados pelo exercício físico, pacientes com AOS submetidos a um programa regular de exercícios predominantemente aeróbicos, apresentam redução da gravidade da doença e da sonolência diurna, aumento da eficiência do sono e do pico de consumo de oxigênio, independentemente da perda de peso.

  17. LONG TERM RESULTS AFTER STAPLED HEMORRHOIDOPEXY ALONE AND COMPLEMENTED BY EXCISIONAL HEMORRHOIDECTOMY: A RETROSPECTIVE COHORT STUDY.

    PubMed

    Araujo, Sergio Eduardo Alonso; Horcel, Lucas de Araujo; Seid, Victor Edmond; Bertoncini, Alexandre Bruno; Klajner, Sidney

    2016-01-01

    ós grampeamento isolado e 2 (9,6%), após grampeamento complementado por técnica excisional (p=0,78). O grau de satisfação pós-operatória foi semelhante entre as técnicas (p=0,97). A hemorroidopexia por grampeamento combinada com técnica excisional foi eficaz para a doença hemorróida mais avançada. A combinação pode ter impedido a recorrência sintomática associada a hemorroidopexia isolada.