Science.gov

Sample records for nativa melhorada submetida

  1. Polymerase chain reaction - restriction fragment length polymorphism analysis for the differentiation of Trichinella nativa and Trichinella britovi.

    PubMed

    Mayer-Scholl, A; Broglia, A; Reckinger, S; Nöckler, K

    2014-06-16

    Recently, Trichinella nativa was identified in foxes in Germany and Poland, indicating that the geographical distribution of T. nativa is not restricted to areas north of the isotherm -4°C in January. In the European Union, legislation requires that a regular monitoring of the occurrence of Trichinella spp. in indicator animals such as foxes or raccoon dogs be carried out. The Trichinella isolates must also be identified on a species level. The multiplex PCR recommended by the Community Reference Laboratory for Trichinella allows species identification, yet the differentiation of T. nativa and Trichinella britovi, a widespread Trichinella species in the temperate regions of Europe, is unstable. We therefore describe an easy and reliable method for the differentiation of the two species, which can be utilised to monitor a potential spread of T. nativa in Central Europe.

  2. Prevalence of Trichinella spp. in black bears, grizzly bears, and wolves in the Dehcho Region, Northwest Territories, Canada, including the first report of T. nativa in a grizzly bear from Canada.

    PubMed

    Larter, Nicholas C; Forbes, Lorry B; Elkin, Brett T; Allaire, Danny G

    2011-07-01

    Samples of muscle from 120 black bears (Ursus americanus), 11 grizzly bears (Ursus arctos), and 27 wolves (Canis lupus) collected in the Dehcho Region of the Northwest Territories from 2001 to 2010 were examined for the presence of Trichinella spp. larvae using a pepsin-HCl digestion assay. Trichinella spp. larvae were found in eight of 11 (73%) grizzly bears, 14 of 27 (52%) wolves, and seven of 120 (5.8%) black bears. The average age of positive grizzly bears, black bears, and wolves was 13.5, 9.9, and approximately 4 yr, respectively. Larvae from 11 wolves, six black bears, and seven grizzly bears were genotyped. Six wolves were infected with T. nativa and five with Trichinella T6, four black bears were infected with T. nativa and two with Trichinella T6, and all seven grizzly bears were infected with Trichinella T6 and one of them had a coinfection with T. nativa. This is the first report of T. nativa in a grizzly bear from Canada. Bears have been linked to trichinellosis outbreaks in humans in Canada, and black bears are a subsistence food source for residents of the Dehcho region. In order to assess food safety risk it is important to monitor the prevalence of Trichinella spp. in both species of bear and their cohabiting mammalian food sources.

  3. Prevalence of Trichinella spp. in black bears, grizzly bears, and wolves in the Dehcho Region, Northwest Territories, Canada, including the first report of T. nativa in a grizzly bear from Canada.

    PubMed

    Larter, Nicholas C; Forbes, Lorry B; Elkin, Brett T; Allaire, Danny G

    2011-07-01

    Samples of muscle from 120 black bears (Ursus americanus), 11 grizzly bears (Ursus arctos), and 27 wolves (Canis lupus) collected in the Dehcho Region of the Northwest Territories from 2001 to 2010 were examined for the presence of Trichinella spp. larvae using a pepsin-HCl digestion assay. Trichinella spp. larvae were found in eight of 11 (73%) grizzly bears, 14 of 27 (52%) wolves, and seven of 120 (5.8%) black bears. The average age of positive grizzly bears, black bears, and wolves was 13.5, 9.9, and approximately 4 yr, respectively. Larvae from 11 wolves, six black bears, and seven grizzly bears were genotyped. Six wolves were infected with T. nativa and five with Trichinella T6, four black bears were infected with T. nativa and two with Trichinella T6, and all seven grizzly bears were infected with Trichinella T6 and one of them had a coinfection with T. nativa. This is the first report of T. nativa in a grizzly bear from Canada. Bears have been linked to trichinellosis outbreaks in humans in Canada, and black bears are a subsistence food source for residents of the Dehcho region. In order to assess food safety risk it is important to monitor the prevalence of Trichinella spp. in both species of bear and their cohabiting mammalian food sources. PMID:21719845

  4. Testing the model for a dominant resistance gene expresed on leaves of Phaseolus vulgaris F2 (0313-58 X Rosada Nativa) to the common bacterial blight pathogen, Xanthomonas axonopodis pv. Phaseoli

    Technology Transfer Automated Retrieval System (TEKTRAN)

    The common bean bacterial blight pathogen, Xanthomonas axonopodis pv. phaseoli, is a limiting factor for bean, Phaseolus vulgaris, production worldwide and resistance to the pathogen in commercial varieties is inadequate. To test the hypothesis of the presence of strain specific genes for resistance...

  5. Hybridization is limited between two lineages of freeze-resistant Trichinella during coinfection in a mouse model.

    PubMed

    Hecht, Luke B B; Thompson, Peter C; Lavin, Elizabeth S; Zarlenga, Dante S; Rosenthal, Benjamin M

    2016-03-01

    Hybridization between two closely related but distinct genetic lineages may lead to homogenization of the two lineages with potentially novel phenotypes, or selective pressure to avoid hybridization if the two lineages are truly distinct. Trichinella nativa and Trichinella T6 are zoonotic nematode parasites which can be distinguished genetically despite occasional hybridization. Here, using an experimental murine model, we attempt to determine whether there are barriers to hybridization when sizeable numbers of each lineage are allowed to coinfect a host. Two mice were independently infected with equal numbers of T. nativa and T6. The offspring of these coinfections were genotyped at two microsatellite loci and one mitochondrial locus capable of distinguishing T. nativa from T6 genotypes. Among larvae in the F1 generation, offspring of every possible mating were encountered. Most larvae (63.6%) derived from T. nativa×T. nativa matings, while 21.1% of offspring were the product of T6×T6 matings, and only 15.3% were hybrid offspring of T. nativa×T6 crosses, differing markedly from null expectations. In this experimental model, T. nativa and Trichinella T6 were able to mate, but ratios of offspring indicated pre- or post-zygotic barriers to hybridization that may include assortative mating, genetic incompatibilities, and/or differences in the fitness of offspring. These barriers would limit gene flow between these two lineages in a natural setting, serving as a barrier to their homogenization and promoting their persistence as distinct and separate entities. PMID:26721624

  6. USDA-ARS and EMBRAPA Scientists Build Bridges With Strawberries

    Technology Transfer Automated Retrieval System (TEKTRAN)

    At the '3rd Simposio Nacional do Morango'and '2nd Encontro de Pequenas Frutas e Frutas Nativas do Mercosul' at Pelotas, Rio Grande Do Sul, Brazil, held 7 - 10 November 2006, I was invited to describe strawberry breeding in the United States and also my own USDA-ARS strawberry breeding program at Bel...

  7. Genetic evidence of interspecies introgression of mitochondrial genomes between Trichinella spiralis and Trichinella britovi under natural conditions

    Technology Transfer Automated Retrieval System (TEKTRAN)

    Trichinellosis is a zoonotic disease caused by Trichinella larvae through ingestion of raw or undercooked meat. To date, 12 morphologically indistinguishable taxa are recognized in this genus, of which four are circulating in Europe (Trichinella spiralis, Trichinella nativa, Trichinella britovi and...

  8. A preliminary investigation on the infectivity of Trichinella larvae in traditional preparations of walrus meat.

    PubMed

    Leclair, Daniel; Forbes, Lorry B; Suppa, Sandy; Proulx, Jean-François; Gajadhar, Alvin A

    2004-08-01

    This study evaluated the infectivity of Trichinella nativa in freshly frozen walrus meat and traditionally aged walrus meat (igunaq) associated with two human outbreaks of trichinellosis in the Canadian Arctic. Trichinella larvae recovered from walrus meat stored at -20 degrees C for up to 20 months remained infective for guinea pigs inoculated with 135 or 716 larval doses. However, none of the 4-5 and 10-month-old igunaq preparations contained infective T. nativa larvae as measured by bioassays using mice and guinea pigs at inoculation doses ranging from 6 to 500 larvae. This indicates that the degradation process that occurred in the field can be sufficient to either kill Trichinella larvae or render them non-infective for mice and guinea pigs. Further research is needed to evaluate the food safety risk of traditional walrus igunaq aged under different field conditions and storage times.

  9. Global geographic distribution of Trichinella species and genotypes.

    PubMed

    Feidas, Haralambos; Kouam, Marc K; Kantzoura, Vaia; Theodoropoulos, Georgios

    2014-08-01

    Maximum entropy ecological niche modeling was utilized to describe the global geographic distribution of Trichinella species and genotypes and to assess their invasive risk in new areas other than the ones currently known. Also, space-time scan statistic was utilized to identify global spatiotemporal clusters of infection. A database containing 3209 records for 12 species and genotypes identified at the International Trichinella Reference Center (ITRC) as well as climate, elevation, and land cover data extracted from various databases were used. Ecological niche modeling implemented in the Maxent program indicated new potential ranges for T. spiralis (T1), T. nativa (T2), T. britovi (T3), T. pseudospiralis (T4), T. murrelli (T5), T6, T. papuae (T10), and T. zimbabwensis (T11). The area under the curve values for the test data of the models ranged from 0.901 to 0.998, indicating that the models were very good to excellent. The most important bioclimatic factor in modeling the ranges for T. spiralis (T1), T. nativa (T2), T. britovi (T3), T6, and T. zimbabwensis (T11) was temperature, for T. pseudospiralis (T4) and T. papuae (T10) was precipitation, and for T. murrelli (T5) was land cover. T. spiralis (T1), T. britovi (T3), and T. pseudospiralis (T4) had the same primary land cover which was "Grass Crops". The primary land covers were "Conifer Boreal Forest" for T. nativa (T2), "Cool Fields and Woods" for T. murrelli (T5), "Upland Tundra" for T6, "Tropical Rainforest" for T. papuae (T10), and "Crops and Town" for T. zimbabwensis (T11). The scan statistic analyses revealed the presence of significant spatiotemporal clusters (p<0.05) for T. spiralis (T1), T. nativa (T2), T. britovi (T3), T. pseudospiralis (T4), T. murrelli (T5), T6, and T. nelsoni (T7). No significant clusters were found for T. papuae (T10) and T. zimbabwensis (T11).

  10. Occurrence and genotypic analysis of Trichinella species in Alaska marine-associated mammals of the Bering and Chukchi seas.

    PubMed

    Seymour, J; Horstmann-Dehn, L; Rosa, C; Lopez, J A

    2014-02-24

    The zoonotic parasite Trichinella is the causative agent of trichinellosis outbreaks in the circumpolar Arctic. Subsistence communities are particularly prone to trichinellosis due to traditional meat preparation methods and regional presence of a freeze-tolerant Trichinella species (Trichinella nativa). This study is the first application of a validated artificial digestion method in determining incidence of Trichinella sp. in Alaskan mammals. Infection incidence in pinniped species (Erignathus barbatus, Eumetopias jubatus, Odobenus rosmarus divergens, and Pusa hispida) was low, with only 1/57 ringed seals infected. Polymerase Chain Reaction assays indicate T. nativa as the only species present in northern Alaska. Analysis of an archived polar bear (Ursus maritimus) muscle sample shows freeze-tolerance and longevity for T. nativa to -20°C for 10 years and short-term freeze resistance to -80°C when morphology was used to determine presence of live larvae. However, larval motility suggests 0% survival. An approach that combines artificial digestion with PCR based species identification has excellent potential for Trichinella sp. detection and identification of archived tissues. Overall, Trichinella in Alaskan mammals, particularly marine mammals of subsistence importance, appears to be a minor problem. These modern diagnostic techniques provide accurate insight into the presence of Trichinella in the Alaskan marine environment. PMID:24373515

  11. Defining the Impact of Non-Native Species

    PubMed Central

    Jeschke, Jonathan M; Bacher, Sven; Blackburn, Tim M; Dick, Jaimie T A; Essl, Franz; Evans, Thomas; Gaertner, Mirijam; Hulme, Philip E; Kühn, Ingolf; Mrugała, Agata; Pergl, Jan; Pyšek, Petr; Rabitsch, Wolfgang; Ricciardi, Anthony; Richardson, David M; Sendek, Agnieszka; VilÀ, Montserrat; Winter, Marten; Kumschick, Sabrina

    2014-01-01

    Non-native species cause changes in the ecosystems to which they are introduced. These changes, or some of them, are usually termed impacts; they can be manifold and potentially damaging to ecosystems and biodiversity. However, the impacts of most non-native species are poorly understood, and a synthesis of available information is being hindered because authors often do not clearly define impact. We argue that explicitly defining the impact of non-native species will promote progress toward a better understanding of the implications of changes to biodiversity and ecosystems caused by non-native species; help disentangle which aspects of scientific debates about non-native species are due to disparate definitions and which represent true scientific discord; and improve communication between scientists from different research disciplines and between scientists, managers, and policy makers. For these reasons and based on examples from the literature, we devised seven key questions that fall into 4 categories: directionality, classification and measurement, ecological or socio-economic changes, and scale. These questions should help in formulating clear and practical definitions of impact to suit specific scientific, stakeholder, or legislative contexts. Definiendo el Impacto de las Especies No-Nativas Resumen Las especies no-nativas pueden causar cambios en los ecosistemas donde son introducidas. Estos cambios, o algunos de ellos, usualmente se denominan como impactos; estos pueden ser variados y potencialmente dañinos para los ecosistemas y la biodiversidad. Sin embargo, los impactos de la mayoría de las especies no-nativas están pobremente entendidos y una síntesis de información disponible se ve obstaculizada porque los autores continuamente no definen claramente impacto. Discutimos que definir explícitamente el impacto de las especies no-nativas promoverá el progreso hacia un mejor entendimiento de las implicaciones de los cambios a la biodiversidad y los

  12. [Molecular taxonomic identification of Trichinella spp. from the Arctic coasts of the Russian Federation].

    PubMed

    Odoevskaia, I M; Bukina, L A; Khiliuta, N V; Spiridonov, S É

    2013-01-01

    Epizootological surveys on the Arctic coasts of the Russian Federation revealed 8 terrestrial andmarine mammal species that were Trichinella carriers. The infection rate varied with the animal species from 1.6 to 92.8%. Analysis of the taxonomic affiliation of Trichinella isolated from the muscles of the terrestrial and marine mammals indicated that the Trichinella species T. nativa was widespread in the arctic areas of the Russian Federation. Analysis of sequences in the Cob gene of mtDNA revealed nucleotide differences between several isolates of this species. PMID:25924274

  13. [Molecular taxonomic identification of Trichinella spp. from the Arctic coasts of the Russian Federation].

    PubMed

    Odoevskaia, I M; Bukina, L A; Khiliuta, N V; Spiridonov, S É

    2013-01-01

    Epizootological surveys on the Arctic coasts of the Russian Federation revealed 8 terrestrial andmarine mammal species that were Trichinella carriers. The infection rate varied with the animal species from 1.6 to 92.8%. Analysis of the taxonomic affiliation of Trichinella isolated from the muscles of the terrestrial and marine mammals indicated that the Trichinella species T. nativa was widespread in the arctic areas of the Russian Federation. Analysis of sequences in the Cob gene of mtDNA revealed nucleotide differences between several isolates of this species.

  14. Characterization of a noncyst-forming isolate of Trichinella from a wild boar in Yugoslavia.

    PubMed

    Marinculic, A; Gamble, H R; Zarlenga, D S; Rapic, D; Kozaric, Z; Imamovic, V; Murrell, K D

    1991-04-01

    An isolate of Trichinella obtained from a wild boar in Yugoslavia did not form cysts in the musculature of its natural host. Subsequent inoculation into experimental hosts demonstrated that some larvae became encysted only after extended time periods, whereas others remained unencapsulated. Histological staining of larvae in the musculature demonstrated no deposition of collagen typically seen for Trichinella spiralis spiralis, Trichinella spiralis nativa, or Trichinella spiralis nelsoni. The Yugoslavian isolate, given the name of Zagreb isolate after the University where it was first studied, had low infectivity for pigs and mice. Isozyme analysis demonstrated greater homology with T. s. nelsoni than with other subspecies of Trichinella. Restriction fragment length polymorphisms and dot blot analyses further demonstrated the distinctive nature of this isolate. These results suggest that lack of cyst formation might be characteristic of isolates other than those designated Trichinella pseudospiralis and that this character might be important in the classification of Trichinella.

  15. Ultrastructural characteristics of nurse cell-larva complex of four species of Trichinella in several hosts.

    PubMed

    Sacchi, L; Corona, S; Gajadhar, A A; Pozio, E

    2001-06-01

    The nurse cell-larva complex of nematodes of the genus Trichinella plays an important role in the survival of the larva in decaying muscles, frequently favouring the transmission of the parasite in extreme environmental conditions. The ultrastructure of the nurse cell-larva complex in muscles from different hosts infected with T. nativa (a walrus and a polar bear), T. spiralis (horses and humans), T. pseudospiralis (a laboratory mouse) and T. papuae (a laboratory mouse) were examined. Analysis with transmission electron microscope showed that the typical nurse cell structure was present in all examined samples, irrespective of the species of larva, of the presence of a collagen capsule, of the age of infection and of the host species, suggesting that there exists a molecular mechanism that in the first stage of larva invasion is similar for encapsulated and non-encapsulated species.

  16. [The susceptibility of different animal species to synanthropic and natural populations of Trichinella].

    PubMed

    Artemenko, Iu G; Artemenko, L P

    1997-01-01

    Pigs have been found to be highly susceptible to the synanthropic (domestic) population of Trichinella [correction of Trachina] and weakly susceptible to the natural (native) one. Fur-bearing animals (polar foxes and foxes) are more susceptible to the natural population of Trichinella [correction of Trachina], but minks are equally sensible to the two variants of T. spiralis. In the host's body, synanthropic Trichinella [correction of Trachinas] form capsules of lemon-like, less frequently, oval shape, but the native population do round capsules. There is larval adaptation when Trichinella [correction of Trachina] larvae enter the nonspecific host's body after their prepassage through the organism of domestic carnivorous animals (cats, dogs). The pig is successfully infected with T. spiralis nativa via the cat or dog; the infection rate is approximately close to that observed during control infection of pigs with synanthropic Trichinella [correction of Trachina]. PMID:9182187

  17. [The disclosed DSM-5: what impact will it have on forensic psychiatry?].

    PubMed

    Fernandes, Susana; Leite, Edna; Vieira, Fernando; Costa Santos, Jorge

    2014-01-01

    Introdução: Em 10 de Fevereiro de 2010, a American Psychiatric Association publicou online a versão preliminar (draft) da quinta edição do Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders), que, à semelhança das edições anteriores, depois de ter acolhido comentários e contribuições diversas, esteve sujeita, durante os dois anos seguintes, a um escrutínio técnico e científico, e, naturalmente, a alterações e revisões suscetíveis de conduzirem a uma versão final melhorada.Material e Métodos: Este artigo visa analisar as alterações propostas por esta nova revisão, averiguar se estas têm implicações no domínio da Psiquiatria Forense e discutir as implicações identificadas.Discussão: Nesta perspetiva, constituem objeto de análise as questões relacionadas com a classificação e estruturação das entidades nosológicas, com especial enfoque nas perturbações da personalidade, perturbações de abuso de substâncias, perturbações sexuais e da identidade de género, perturbações de ansiedade, perturbações dissociativas, perturbações psicóticas e, ainda, perturbações sugeridas por fontes externas.Conclusão: As principais alterações propostas têm a ver essencialmente com os critérios de diagnóstico, que, relativamente a algumas das entidades nosológicas, poderão dificultar o resultado da avaliação pericial, enquanto em relação a outras poderá verificar-se o contrário, uma vez que a introdução de novos modelos de aproximação à realidade parece oferecer uma maior objetividade e rigor diagnósticos.

  18. A 10-year wildlife survey of 15 species of Canadian carnivores identifies new hosts or geographic locations for Trichinella genotypes T2, T4, T5, and T6.

    PubMed

    Gajadhar, Alvin A; Forbes, Lorry B

    2010-02-26

    A survey of wild carnivores in Canada was conducted over a 10-year period to determine the prevalence and genotypes of Trichinella. Muscle samples collected from 1409 animals representing 15 hosts species were enzymatically digested to recover Trichinella larvae. Larvae were recovered from a total of 287 (20.4%) animals and PCR identified four genotypes of Trichinella. Trichinella nativa was found in 5 host species and was the most commonly found genotype. Trichinella T6 was present in 7 species of carnivores, and coyote and badger are new host records for this genotype. The recovery of T. pseudospiralis and T. murrelli from cougars is the first documentation of these species in Canada and in cougars. The cougar was also the only host species in which all four genotypes of Trichinella were identified. Black bears and walruses had the highest tissue levels of larvae in this study and are also the species most frequently associated with human trichinellosis in Canada. This work identifies additional host species and expanded geographic ranges for 4 genotypes of Trichinella in North America. Failure to demonstrate T. spiralis in wildlife and continued negative results from ongoing surveillance activities in swine provide additional evidence that T. spiralis is not present in Canada. PMID:19926223

  19. A 10-year wildlife survey of 15 species of Canadian carnivores identifies new hosts or geographic locations for Trichinella genotypes T2, T4, T5, and T6.

    PubMed

    Gajadhar, Alvin A; Forbes, Lorry B

    2010-02-26

    A survey of wild carnivores in Canada was conducted over a 10-year period to determine the prevalence and genotypes of Trichinella. Muscle samples collected from 1409 animals representing 15 hosts species were enzymatically digested to recover Trichinella larvae. Larvae were recovered from a total of 287 (20.4%) animals and PCR identified four genotypes of Trichinella. Trichinella nativa was found in 5 host species and was the most commonly found genotype. Trichinella T6 was present in 7 species of carnivores, and coyote and badger are new host records for this genotype. The recovery of T. pseudospiralis and T. murrelli from cougars is the first documentation of these species in Canada and in cougars. The cougar was also the only host species in which all four genotypes of Trichinella were identified. Black bears and walruses had the highest tissue levels of larvae in this study and are also the species most frequently associated with human trichinellosis in Canada. This work identifies additional host species and expanded geographic ranges for 4 genotypes of Trichinella in North America. Failure to demonstrate T. spiralis in wildlife and continued negative results from ongoing surveillance activities in swine provide additional evidence that T. spiralis is not present in Canada.

  20. Distribution of sylvatic species of Trichinella in Estonia according to climate zones.

    PubMed

    Pozio, E; Miller, I; Järvis, T; Kapel, C M; La Rosa, G

    1998-02-01

    A survey on trichinellosis among sylvatic and domestic animals from Estonia revealed the presence of Trichinella nativa (Tn), Trichinella britovi (Tb), and Trichinella spiralis (Ts). Muscle samples were collected from 776 sylvatic and 1,086 domestic animals. Muscle larvae from 52 of the 74 positive samples were identified, using random-amplified polymorphic DNA analysis; 19 samples showed Tn, 27 samples Tb, and 4 samples Ts. A raccoon dog (Nyctereutes procyonoides) and a red fox (Vulpes vulpes) were infected with both Tn and Tb. Of the 19 animals infected with Tn, 16 (84%) were collected from the central-eastern regions of the country, east of the isotherm -5 C in January. Of the 27 animals infected with Tb, 22 (81%) were collected from the western regions of the country, west of the isotherm -4 C in January. Trichinella spiralis seemed to be present only in a focus (a fur-bearing animal farm) on Hiiumaa Island. These results can be used to support the hypothesis of a relationship between the distribution of Tn and Tb and the environmental temperature; they are also indicative of the importance of long-term survival of muscle larvae in host carcasses in the life cycle of these 2 species. In Estonia, the isotherms -4 and -6 C in January could be considered a thermic barrier for the distribution of Tn and Tb, respectively. PMID:9488368

  1. From science to action and from action to science: the Nunavik Trichinellosis Prevention Program

    PubMed Central

    Larrat, Sylvain; Simard, Manon; Lair, Stéphane; Bélanger, Denise; Proulx, Jean-François

    2012-01-01

    Objectives During the 1980s, walrus-meat consumption caused infections with the parasite Trichinella nativa in Nunavik inhabitants. In response to these events, stakeholders set up the community-based Nunavik Trichinellosis Prevention Program (NTPP). The objectives of the present communication are to review the NTPP, describe how science and action were interwoven in its development and identify its assets and limitations. Study design Descriptive study. Methods The NTPP relies on a pooled digestion assay of tongue samples taken from each harvested walrus. The public health recommendations depend on the results of the analyses: infected walrus meat should be destroyed; parasite-free meat may be eaten raw or cooked. Results All communities involved in the walrus hunt participate in the NTPP and a high percentage of harvested walruses are included in the NTPP. Infected animals account for 2.9% of the walruses tested (20/694) since 1992. The NTPP permitted the early management of a trichinellosis event in 1997. Since then, it prevented the new occurrence of outbreaks related to walruses hunted by Nunavimmiut. Conclusions The absence of recent major outbreaks of trichinellosis in Nunavik may reasonably be attributed to the NTPP. The success of the program stands on many facilitating factors such as the nature of the disease and its source, the existence of an efficient analytic method, the strong involvement of the different partners including direct resource users, as well as the comprehensive bidirectional science-to-action approach that has been followed. PMID:22789519

  2. [Infective endocarditis. 5-years experience in a third-level reference center in Yucatan, Mexico].

    PubMed

    Vega-Sánchez, Angel Emmanuel; Santaularia-Tomas, Miguel; Pérez-Román, Diana Isabel; Cortés-Telles, Arturo

    2016-01-01

    Introducción: la endocarditis infecciosa es una enfermedad con elevada morbilidad y mortalidad. La expresión clínica es variable en diferentes poblaciones, por lo que es imperativo conocer las características de la enfermedad en nuestra región. Métodos: estudio observacional que incluyo la totalidad de los pacientes diagnosticados con endocarditis bacteriana entre el 1 de enero de 2009 hasta el 31 de diciembre de 2014. Los datos se presentan como frecuencias con porcentajes y medianas con rango intercuartílico, según sea el caso. Resultados: se incluyen 10 casos. La mediana de edad fue 34 años (RIC 26-41). Los factores de riesgo identificados fueron: enfermedad valvular previa, enfermedad renal crónica con acceso vascular y enfermedad inmunológica. La válvula mitral nativa fue la más afectada. La mediana de longitud de las vegetaciones fue de 14 mm (RIC 9.3-16). El estreptococo alfa hemolítico fue el microorganismo más común. La tasa de mortalidad intrahospitalaria fue del 10 %. Conclusiones: el comportamiento de la enfermedad es similar a otras series nacionales. Identificamos factores de riesgo que pueden circunscribirse a las morbilidades en la región.

  3. Fotometria diferencial de estrelas T Tauri

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Pereira, P. C. R.; Santos-Júnior, J. M.; Cruz, W. S.

    2003-08-01

    Neste trabalho apresentamos os resultados preliminares de um monitoramento de estrelas jovens, que pretende ser de longa duração. As estrelas estão em sua maioria localizadas no complexo Lupus-Scorpius. Nosso objetivo principal é o estudo da variabilidade em escalas de tempo de minutos até vários dias para estrelas cujos períodos não estão determinados ou apresentam discrepâncias entre diferentes publicações. A técnica utilizada foi a fotometria diferencial, com exposições de 60s e 90s, com as câmaras CCD SBIG ST7E e ST8E acopladas aos telescópios Schmidt-Cassegrain LX200 (10 e 12 polegadas), instalados na Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro. Os primeiros resultados indicam que a técnica é bastante sólida com relação à instabilidade na transparência do céu, mesmo com o uso de telescópios de pequeno porte. Objetos de magnitude 14, no telescópio de 10 polegadas, apresentam dispersões na diferença de magnitudes das comparações, em torno de 0,008mag nas exposições de 60s. Note-se, ainda, que a dispersão pode ser melhorada utilizando-se a técnica de soma de imagens. Destacamos AK Sco, GW Lup, GQ Lup e TW Hya. AK Sco é uma binária que, apesar de ter a sua órbita e período cobertos espectroscopicamente (13,6dias), nunca teve seus eclipses estudados por meio de fotometria. GW Lup não tem período determinado na literatura. Temos acompanhado este objeto há alguns anos, e sugestões de períodos entre 5 e 6 dias têm sido encontradas. O objeto que mereceu maior atenção foi TW Hya por apresentar vários trabalhos fotométricos e espectroscópicos com resultados discrepantes quanto ao período rotacional, que varia de 1,8 a 4,4 dias (Rucinsky & Krautter 1983, A&A 121, 217; Herbst & Koret 1988, AJ 96, 1949; Mekkaden 1988, A&A 340, 135; Batalha et al. 2002, ApJ 580, 343). Dedicamos 13 noites para essa estrela, totalizando cerca de 2.000 pontos na curva de luz. Nossos dados indicam a presença de uma modulação com dois

  4. [Attitudes and beliefs regarding opioid maintenance treatment in Portugal: a survey to physicians, patients and opioid users].

    PubMed

    Goulão, João

    2013-01-01

    Introdução: Existem poucos estudos pan-europeus sobre programas terapêuticos com agonistas opiáceos, tanto da perspectiva dos prescritores, como dos doentes que os recebem e dos utilizadores de opióides que se mantêm fora do sistema de tratamento. O projecto ACCESS, um estudo europeu realizado em 11 países, explorou as atitudes e percepções dos médicos, doentes e utilizadores de opióides quanto à qualidade e ao acesso aos programas terapêuticos com agonistas opiáceos. O presente artigo descreve os principais resultados para Portugal.Material e Métodos: Os médicos que tratam doentes dependentes de opióides com recurso a programas terapêuticos com agonistas opiáceos foram inquiridos por entrevista directa; os doentes em programas terapêuticos com agonistas opiáceos, os doentes que não se encontravam em programas terapêuticos com agonistas opiáceos (em tratamento não farmacológico), e os utilizadores activos (pessoas dependentes de opióides que não se encontram actualmente em tratamento) receberam questionários de auto-preenchimento.Resultados: Verificou-se que, tanto os médicos como os doentes avaliam como ‘Bom’ o tratamento dos dependentes de opióides, em Portugal. O acesso ao tratamento foi considerado ‘Fácil’ pela maioria dos doentes e dos médicos, registando-se um elevado nível de satisfação entre os doentes. Contudo, o conhecimento dos doentes quanto às opções dos programas terapêuticos com agonistas opiáceos em Portugal encontra-se ainda abaixo do nível óptimo e as doses dos fármacos dos programas terapêuticos com agonistas opiáceos são frequentemente baixas.Discussão: Os resultados do projecto ACCESS, no que diz respeito a PTAO, são encorajadores e evidenciam quer as áreas de sucesso, quer as áreas que podem ser melhoradas no futuro, no que diz respeito ao sistema de tratamento de dependências de opióides em Portugal.Conclusões: O projecto ACCESS faz uma avaliação importante das atitudes e percep

  5. Retained Textile Foreign Bodies: Experience of 27 Years.

    PubMed

    Arikan, Soykan; Kocakusak, Ahmet

    2015-01-01

    Introdução e Objetivos: A retenção de materiais têxteis após a cirurgia é uma situação indesejada, tanto para o doente como para o cirurgião. Frequentemente são subnotificados por questões de natureza médico-legal. Apresentamos 14 casos de textilomas (compressoma) que foram tratados ou seguidos pessoalmente por dois cirurgiões gerais num período de 27 anos para descrever e definir as características clínicas e patológicas. Material e Métodos: Foram avaliados retrospectivamente os dados relativos a uma serie de casos, nomeadamente: características dos doentes (sexo e idade), localização anatómica do corpo estranho, intervalo de tempo até ao diagnóstico, apresentação clínica, queixas, abordagem diagnóstica, motivo de cirurgia, tipo de tratamento cirúrgico e complicações. Resultados: Foram identificados nove doentes do sexo feminino e cinco do sexo masculino, com uma média de idades de 43,07 ± 15,23 (mediano: 45) anos para o momento do diagnóstico. Em três doentes a cirurgia prévia foi cesariana, em quatro casos herniorrafia inguinal, um doente submetido a laparotomia exploradora por abdome agudo, um doente no qual foi realizado uma sigmoidectomia, uma doente submetida a apendicectomia e salpingooforectomia direita, uma doente na qual a cirurgia anterior tinha sido para corrigir uma hérnia incisional após laparotomia por neoplasia do ovário, um caso de tiroidectomia total, uma herniorrafia por hérnia epigástricae uma doente submetida cirurgia conservadora bilateral da mama com pesquisa de gânglio sentinela. A localização mais frequente dos compressomas foi intra-abdominal em sete casos, em quatro doentes a localização foi inguinal, um caso localizado na incisão da correcção da hérnia epigástrica, um doente com textiloma na loca de tiroidectomia, e no caso da doente submetida a cirurgia conservadora da mama em ambas regiões axilares se encontraram corpos estranhos/compressomas. O intervalo de tempo foi em média14

  6. Medicinal ethnobotany in Huacareta (Chuquisaca, Bolivia)

    PubMed Central

    2012-01-01

    used as a base for subsequent work related to traditional medicine and its contribution to allopathic medicine in San Pablo de Huacareta. Resumen Introducción El objetivo del presente estudio fue documentar los tipos de enfermedades tratadas mediante el uso de plantas medicinales, sus aplicaciones principales y también tener un reporte de las enfermedades mayormente atendidas en el Hospital de San Pablo de Huacareta (Chuquisaca, Bolivia). Métodos Se realizaron encuestas semiestructuradas a 10 informantes locales anotando los usos atribuidos a sus plantas medicinales, se agruparon las plantas por categorías de enfermedades tratadas en la medicina tradicional. Se obtuvieron reportes de casos tratados en el Hospital de Huacareta para poder relacionar el tratamiento de enfermedades recurrentes en la zona entre la medicina tradicional y la medicina occidental. Resultados Se reportaron 91 especies nativas y exóticas, además de un espécimen indeterminado exótico que intervienen en un total de 258 aplicaciones medicinales, las cuales son empleadas en un total de 13 categorías de enfermedades. Los desórdenes gastrointestinales (55%) son mayormente tratados mediante plantas medicinales, seguidas de las afecciones al sistema esqueleto-muscular (25%) y enfermedades dermatológicas (24%). La información del Hospital indica que las enfermedades más frecuentes son Infecciones Respiratorias Agudas (47%) y Enfermedades Diarreicas Agudas (37%). Los remedios vegetales se emplean en forma de infusiones y cocciones principalmente. Se emplean mayormente plantas nativas, también se introdujo en la farmacopea médica el uso de plantas exóticas al lugar. Conclusiones El tratamiento de trastornos gastrointestinales constituye el objetivo primordial de la etnobotánica médica de los habitantes de Huacareta, las enfermedades del sistema respiratorio, son mayormente tratadas en el Hospital. Observando los datos del libro de consultas del Hospital, se puede inferir que los des

  7. Trend analysis of Trichinella in a red fox population from a low endemic area using a validated artificial digestion and sequential sieving technique.

    PubMed

    Franssen, Frits; Deksne, Gunita; Esíte, Zanda; Havelaar, Arie; Swart, Arno; van der Giessen, Joke

    2014-01-01

    Freezing of fox carcasses to minimize professional hazard of infection with Echinococcus multilocularis is recommended in endemic areas, but this could influence the detection of Trichinella larvae in the same host species. A method based on artificial digestion of frozen fox muscle, combined with larva isolation by a sequential sieving method (SSM), was validated using naturally infected foxes from Latvia. The validated SSM was used to detect dead Trichinella muscle larvae (ML) in frozen muscle samples of 369 red foxes from the Netherlands, of which one fox was positive (0.067 larvae per gram). This result was compared with historical Trichinella findings in Dutch red foxes. Molecular analysis using 5S PCR showed that both T. britovi and T. nativa were present in the Latvian foxes, without mixed infections. Of 96 non-frozen T. britovi ML, 94% was successfully sequenced, whereas this was the case for only 8.3% of 72 frozen T. britovi ML. The single Trichinella sp. larva that was recovered from the positive Dutch fox did not yield PCR product, probably due to severe freeze-damage. In conclusion, the SSM presented in this study is a fast and effective method to detect dead Trichinella larvae in frozen meat. We showed that the Trichinella prevalence in Dutch red fox was 0.27% (95% CI 0.065-1.5%), in contrast to 3.9% in the same study area fifteen years ago. Moreover, this study demonstrated that the efficacy of 5S PCR for identification of Trichinella britovi single larvae from frozen meat is not more than 8.3%. PMID:25431178

  8. Angioqueratomas de fordyce múltiplos de vulva associados à cirrose hepática.

    PubMed

    Souza Teixeira, Marcelo; Dos Santos Lima, Caren; De Abreu Neves Salles1, Simone; Luz, Flávio Barbosa; Roberta Duarte Bezerra Pinto, Roberta; Pantaleão, Luciana

    2016-01-01

    Fordyce angiokeratoma is a benign skin neoplasm, characterized by erythematous-violet keratotic papules with mamillated surface, which follows a chronic and minimally symptomatic course. However, symptoms can be related such as itching, burning, bleeding, dyspareunia; aesthetic and social concerns may prompt request for treatment. The condition mainly affects men and usually occurs in the scrotum, but rarely may occur in women. A 30-year-old woman with liver cirrhosis and portal hypertension is described. Over a period of two years she developed multiple angiokeratomas of the vulva, complicated by frequent bleeding. Histopathologic analysis of the lesion confirmed the diagnosis of angiokeratoma and all lesions were surgically removed. The results of the treatment were very satisfactory, with no relapses or complications.Angioqueratoma de Fordyce é uma dermatose incomum que compõe o grupo das neoplasias cutâneas benignas, caracterizando-se pelo aparecimento de lesões papuloceratósicas, eritemato-violáceas de superfície mamilonada, que apresentam curso crônico e oligossintomático. No entanto, outros sintomas podem estar associados, como prurido, ardência, sangramento e dispareunia, além de problemas estéticos e de ordem social. Afeta principalmente homens, acometendo a região escrotal, sendo raro seu surgimento em mulheres. Relata-se caso de uma paciente com 30 anos de idade, portadora de cirrose hepática e hipertensão portal evoluindo há 2 anos com múltiplos angioqueratomas na vulva de sangramento frequente. A análise histopatológica confirmou o diagnóstico de angioqueratoma e a paciente foi submetida à exérese cirúrgica das lesões. Os resultados terapêuticos foram satisfatórios, sem recidivas ou complicações. PMID:27617531

  9. [Atypical femoral fractures associated with long-term treatment with bisphosphonates].

    PubMed

    Flores Santos, Francisco; Pinheiro da Silva, José; Felicíssimo, Paulo

    2013-01-01

    Introdução: A terapêutica prolongada com bisfosfonatos tem sido associada a fraturas atípicas do fémur cujas características estão neste momento definidas.Casos Clínicos: Apresentam-se dois casos clínicos de doentes do género feminino sob terapêutica com bisfosfonatos há mais de 10 anos e que foram admitidas na nossa instituição por fraturas dos fémures resultantes de traumatismos de baixa energia. Estas fraturas localizavam-se na região subtrocantérica e mediodiafisária do fémur apresentando, respectivamente, traço simples transversal e oblíquo curto, com espessamento da cortical externa. Ambas foram submetidas a tratamento cirúrgico com bom resultado clínico e radiológico.Discussão: Os casos apresentados cumprem os critérios aceites para o diagnóstico de fratura atípica do fémur, ilustrando um efeito adverso grave da terapêutica prolongada com bisfosfonatos. A evidência científica ainda não estabeleceu esta associação de forma inequívoca. Por outro lado, a eficácia destes fármacos na prevenção de fraturas osteoporóticas está comprovada.Conclusão: A fratura atípica do fémur pode constituir um efeito adverso grave da terapêutica prolongada com bisfosfonatos. A evidência científica continua a suportar a sua utilização, mas o clínico deverá estar alerta e acompanhar atentamente estes doentes.

  10. Angioqueratomas de fordyce múltiplos de vulva associados à cirrose hepática.

    PubMed

    Souza Teixeira, Marcelo; Dos Santos Lima, Caren; De Abreu Neves Salles1, Simone; Luz, Flávio Barbosa; Roberta Duarte Bezerra Pinto, Roberta; Pantaleão, Luciana

    2016-05-15

    Fordyce angiokeratoma is a benign skin neoplasm, characterized by erythematous-violet keratotic papules with mamillated surface, which follows a chronic and minimally symptomatic course. However, symptoms can be related such as itching, burning, bleeding, dyspareunia; aesthetic and social concerns may prompt request for treatment. The condition mainly affects men and usually occurs in the scrotum, but rarely may occur in women. A 30-year-old woman with liver cirrhosis and portal hypertension is described. Over a period of two years she developed multiple angiokeratomas of the vulva, complicated by frequent bleeding. Histopathologic analysis of the lesion confirmed the diagnosis of angiokeratoma and all lesions were surgically removed. The results of the treatment were very satisfactory, with no relapses or complications.Angioqueratoma de Fordyce é uma dermatose incomum que compõe o grupo das neoplasias cutâneas benignas, caracterizando-se pelo aparecimento de lesões papuloceratósicas, eritemato-violáceas de superfície mamilonada, que apresentam curso crônico e oligossintomático. No entanto, outros sintomas podem estar associados, como prurido, ardência, sangramento e dispareunia, além de problemas estéticos e de ordem social. Afeta principalmente homens, acometendo a região escrotal, sendo raro seu surgimento em mulheres. Relata-se caso de uma paciente com 30 anos de idade, portadora de cirrose hepática e hipertensão portal evoluindo há 2 anos com múltiplos angioqueratomas na vulva de sangramento frequente. A análise histopatológica confirmou o diagnóstico de angioqueratoma e a paciente foi submetida à exérese cirúrgica das lesões. Os resultados terapêuticos foram satisfatórios, sem recidivas ou complicações.

  11. Trait differences between naturalized and invasive plant species independent of residence time and phylogeny

    PubMed Central

    Gallagher, R V; Randall, R P; Leishman, M R

    2015-01-01

    inclusion of quantitative traits, in particular SLA, into the WRA schemes. Diferencia de Características entre Especies de Plantas Naturalizadas e Invasoras Independientes del Tiempo de Residencia y de la Filogenia Resumen La habilidad para predecir cuáles plantas exóticas harán la transición de naturalizadas a invasoras antes de su introducción a regiones nuevas es un objetivo clave para la conservación y tiene el potencial de incrementar la eficiencia de la evaluación de riesgo de hierbas (ERH). Sin embargo, múltiples factores contribuyen al éxito invasor de las plantas (p. ej.: características funcionales, características de cobertura, tiempo de residencia, filogenia) y todos deben considerarse simultáneamente para poder identificar correlaciones significativas del éxito invasor. Recopilamos en Australia 146 parejas de especies de plantas invasoras y naturalizadas emparejadas filogenéticamente (congéneres) y con tiempos de residencia mínima similares (es decir, el tiempo transcurrido desde su introducción en años). Estas parejas se usaron para probar diferencias en cinco características funcionales (duración de la floración, tamaño de la hoja, altura máxima, área específica de la hoja [AEH], masa de la semilla) y en tres características de cobertura nativa de las especies (ocupación de bioma, temperatura media anual y amplitud de pluviosidad) entre especies invasoras y naturalizadas. Las especies invasoras, en promedio, tuvieron una mayor AEH, periodos de floración más largos y fueron más altas que sus parientes congéneres naturalizadas. Las invasoras también exhibieron una mayor tolerancia a diferentes condiciones ambientales en su cobertura nativa, donde ocuparon más biomas y una mayor amplitud de pluviosidad y condiciones de temperatura que sus congéneres naturalizadas. Sin embargo, ni la masa de la semilla ni el tamaño de hoja difirieron entre las parejas de especies naturalizadas e invasoras. Un hallazgo relevante fue el papel de

  12. Medicinal ethnobotany in Huacareta (Chuquisaca, Bolivia)

    PubMed Central

    2012-01-01

    used as a base for subsequent work related to traditional medicine and its contribution to allopathic medicine in San Pablo de Huacareta. Resumen Introducción El objetivo del presente estudio fue documentar los tipos de enfermedades tratadas mediante el uso de plantas medicinales, sus aplicaciones principales y también tener un reporte de las enfermedades mayormente atendidas en el Hospital de San Pablo de Huacareta (Chuquisaca, Bolivia). Métodos Se realizaron encuestas semiestructuradas a 10 informantes locales anotando los usos atribuidos a sus plantas medicinales, se agruparon las plantas por categorías de enfermedades tratadas en la medicina tradicional. Se obtuvieron reportes de casos tratados en el Hospital de Huacareta para poder relacionar el tratamiento de enfermedades recurrentes en la zona entre la medicina tradicional y la medicina occidental. Resultados Se reportaron 91 especies nativas y exóticas, además de un espécimen indeterminado exótico que intervienen en un total de 258 aplicaciones medicinales, las cuales son empleadas en un total de 13 categorías de enfermedades. Los desórdenes gastrointestinales (55%) son mayormente tratados mediante plantas medicinales, seguidas de las afecciones al sistema esqueleto-muscular (25%) y enfermedades dermatológicas (24%). La información del Hospital indica que las enfermedades más frecuentes son Infecciones Respiratorias Agudas (47%) y Enfermedades Diarreicas Agudas (37%). Los remedios vegetales se emplean en forma de infusiones y cocciones principalmente. Se emplean mayormente plantas nativas, también se introdujo en la farmacopea médica el uso de plantas exóticas al lugar. Conclusiones El tratamiento de trastornos gastrointestinales constituye el objetivo primordial de la etnobotánica médica de los habitantes de Huacareta, las enfermedades del sistema respiratorio, son mayormente tratadas en el Hospital. Observando los datos del libro de consultas del Hospital, se puede inferir que los des

  13. Trait differences between naturalized and invasive plant species independent of residence time and phylogeny

    PubMed Central

    Gallagher, R V; Randall, R P; Leishman, M R

    2015-01-01

    inclusion of quantitative traits, in particular SLA, into the WRA schemes. Diferencia de Características entre Especies de Plantas Naturalizadas e Invasoras Independientes del Tiempo de Residencia y de la Filogenia Resumen La habilidad para predecir cuáles plantas exóticas harán la transición de naturalizadas a invasoras antes de su introducción a regiones nuevas es un objetivo clave para la conservación y tiene el potencial de incrementar la eficiencia de la evaluación de riesgo de hierbas (ERH). Sin embargo, múltiples factores contribuyen al éxito invasor de las plantas (p. ej.: características funcionales, características de cobertura, tiempo de residencia, filogenia) y todos deben considerarse simultáneamente para poder identificar correlaciones significativas del éxito invasor. Recopilamos en Australia 146 parejas de especies de plantas invasoras y naturalizadas emparejadas filogenéticamente (congéneres) y con tiempos de residencia mínima similares (es decir, el tiempo transcurrido desde su introducción en años). Estas parejas se usaron para probar diferencias en cinco características funcionales (duración de la floración, tamaño de la hoja, altura máxima, área específica de la hoja [AEH], masa de la semilla) y en tres características de cobertura nativa de las especies (ocupación de bioma, temperatura media anual y amplitud de pluviosidad) entre especies invasoras y naturalizadas. Las especies invasoras, en promedio, tuvieron una mayor AEH, periodos de floración más largos y fueron más altas que sus parientes congéneres naturalizadas. Las invasoras también exhibieron una mayor tolerancia a diferentes condiciones ambientales en su cobertura nativa, donde ocuparon más biomas y una mayor amplitud de pluviosidad y condiciones de temperatura que sus congéneres naturalizadas. Sin embargo, ni la masa de la semilla ni el tamaño de hoja difirieron entre las parejas de especies naturalizadas

  14. Correlation between nasopharyngoscopy and cephalometry in the diagnosis of hyperplasia of the pharyngeal tonsils.

    PubMed

    Ritzel, Rodrigo Agne; Berwig, Luana Cristina; da Silva, Ana Maria Toniolo; Corrêa, Eliane Castilhos Rodrigues; Serpa, Eliane Oliveira

    2012-04-01

    Introdução: A hiperplasia de tonsila faríngea é uma das principais causas da respiração oral. O diagnóstico preciso desta alteração é importante para o correto planejamento terapêutico. Em vista disso, estudos têm sido desenvolvidos a fim de fornecer subsídios quanto aos procedimentos que podem ser utilizados para o diagnóstico de obstrução faríngea.Objetivo: Verificar a correlação entre os exames de nasofibrofaringoscopia e cefalometria no diagnóstico de hiperplasia de tonsila faríngea.Método: Estudo transversal, clínico e experimental. Participaram deste estudo 55 crianças, 30 meninas e 25 meninos, com idades entre 7 e 11 anos. As crianças foram submetidas à avaliação nasofibrofaringoscópica e cefalométrica para a determinação do grau de obstrução da nasofaringe. Para verificar a correlação entre esses exames foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman ao nível de significância de 5%.Resultados: Na nasofibrofaringoscopia a maioria das crianças apresentou hiperplasia de tonsila faríngea graus 2 e 3, seguidas de grau 1. Na cefalometria a maior parte das crianças apresentou hiperplasia de tonsilas faríngeas grau 1, seguida de grau 2. Na correlação entre os exames, evidenciou-se correlação regular e positiva.Conclusão: A avaliação da hiperplasia de tonsilas faríngeas pode ser realizada pela nasofibrofaringoscopia e pela cefalometria, pois estes exames apresentam uma relação regular e positiva. No entanto, verificou-se que a cefalometria tende a subestimar o tamanho da tonsila faríngea em relação à nasofibrofaringoscopia.

  15. [Total laparoscopic hysterectomy: retrospective analysis of 262 cases].

    PubMed

    Nogueira-Silva, Cristina; Santos-Ribeiro, Samuel; Barata, Sónia; Alho, Conceição; Osório, Filipa; Calhaz-Jorge, Carlos

    2014-01-01

    Introdução: A histerectomia é a cirurgia ginecológica major mais frequentemente realizada nos países desenvolvidos, considerando-se três principais vias de abordagem: vaginal, abdominal e laparoscópica. Apesar de múltiplas vantagens, a histerectomia totalmente laparoscópica tem-se associado a controvérsia relativamente à taxa de complicações.Objectivos: Análise da nossa casuística de histerectomia totalmente laparoscópica e avaliação da taxa de complicações.Material e Métodos: Análise retrospetiva dos processos clínicos das doentes submetidas a histerectomia totalmente laparoscópica no nosso departamento, pela mesma equipa cirúrgica, entre abril de 2009 e março de 2013 (n = 262).Resultados: As doentes tinham em média 48,9 ± 9 anos e 49,2% tinha antecedentes de cirurgia abdomino-pélvica. O índice de massa corporal médio era 26,5 ± 4,5 kg/m2, sendo que 42% eram obesas ou tinham excesso de peso. O tempo operatório médio para realização da histerectomia totalmente laparoscópica foi 77,7 ± 27,5 minutos, diminuindo significativamente com o aumento da experiência da equipa cirúrgica. O peso médio da peça operatória foi 241 ± 168,4g e a duração média do internamento após a cirurgia foi 1,49 ±0,9 dias. A diferença entre a hemoglobina pré e pós-operatória foi 1,5 ± 0,8g/dL. A morbilidade major foi 1,5% (n = 4) e a minor 11,5% (n = 30). Salienta-se um caso de conversão para laparotomia e dois casos de deiscência da cúpula vaginal. Não ocorreu nenhuma lesão urinária ou gastrointestinal grave.Conclusões: Esta série demonstra que, se realizada por uma equipa cirúrgica adequadamente treinada, a histerectomia totalmente laparoscópica é segura e associada a baixa taxa de complicações.

  16. Indications for cesarean deliveries during a 7-year period in a tertiary hospital.

    PubMed

    Costa, Ana; Policiano, Catarina; Clode, Nuno; Graça, Luís M

    2013-01-01

    Introdução: Analisar a evolução da taxa de cesarianas e as principais indicações para cesariana num centro terciário.Material e Métodos: Estudo retrospectivo conduzido num hospital universitário que incluiu 5751 grávidas submetidas a cesariana entre 2005 e 2011. Analisaram-se as taxas de cesarianas, incluindo a taxa de primeiras cesarianas e de cesarianas repetidas. Para avaliar a contribuição relativa de cada uma das indicações na variação da taxa de primeiras cesarianas recorreu-se à regressão linear e determinou-se o valor do r2 ajustado.Resultados: Durante o período do estudo a taxa de cesarianas diminuiu de 30,9% para 27,6%. Esta descida deveu-se à diminuição da taxa de primeiras cesarianas (21,9% para 18,2%), apesar de se ter constatado um ligeiro aumento da taxa de cesarianas repetidas (9,0 para 9,4%). Entre as indicações para primeiras cesarianas, as causas materno-fetais e de apresentação anómala foram as que diminuiram mais, com valores de r2 ajustado de 0,70 e 0,55, respectivamente.Discussão: Os dados coligidos permitiram identificar a hipótese de que a diminuição da taxa de cesarianas se deveria a uma retração detectada sobretudo a nível das primeiras cesarianas, em particular as decorrentes de causas materno-fetais e apresentação anómala.Conclusão: A diminuição da taxa de primeiras cesarianas pode ser atribuída a várias modificações na prática clínica do Departamento, como a implementação da versão cefálica externa, a indução do trabalho de parto a partir das 41 semanas de gestação, em gravidezes de baixo risco e da realização de provas de trabalho de parto em casos de patologia materno-fetal. No entanto, indicações subjectivas, como a paragem de progressão do trabalho de parto e a suspeita de sofrimento fetal são ainda causas major de primeiras cesarianas.

  17. Complete Ureteral Duplication: Outcome of Different Surgical Approaches.

    PubMed

    Rodrigues, Isabel; Estevão-Costa, José; Fragoso, Ana Catarina

    2016-04-01

    Introdução: O tratamento cirúrgico das duplicações ureterais completas não é consensual. Objetivos: Caraterizar a população pediátrica submetida a cirurgia para tratamento de duplicações ureterais completas e avaliar resultados de diferentes abordagens. Material e Métodos: Processos clínicos de doentes tratados entre janeiro de 2008 e junho de 2014 foram retrospetivamente revistos. Dados acerca de epidemiologia, diagnóstico, manifestações clínicas e procedimentos cirúrgicos foram recolhidos. As unidades ureterais foram divididas em dois grupos: A, com ureterocelo; e B, sem ureterocelo. Resultados: Quarenta e uma unidades ureterais de 32 doentes com duplicação completa foram intervencionados. No grupo A (n = 18), o procedimento primário selecionado foi: punção de ureterocelo (12); reimplantação de ureter (3); pielopielostomia (2) e heminefrectomia (1). Foi necessário reintervir em três dos 12 casos submetidos a punção: heminefrectomia (1), ureteroureterostomia (1) e reimplantação (1). No grupo B (n = 23), foi efetuado STING em 10 unidades, reimplantação ureteral em três, pielopielostomia em três, ureteroureterostomia em um, e heminefrectomia em seis; dois casos necessitaram de reintervenção. Discussão: Foi favorecida uma abordagem primária conservadora para tratamento de ureterocelo ou refluxo em hemissistemas a preservar (53,7%; n = 22/41), tendo sido eficaz per se em 75% (n = 9/12) unidades do grupo A e 80% (n = 8/10) do grupo B. Uma abordagem ablativa primária foi adotada em 17% (n = 7/14) casos, 5,6% do grupo A (n = 1/18) e 26,1% do grupo B (n = 6/23). Conclusão: Uma abordagem conservadora é eficaz como procedimento primário isolado na maioria dos casos com ureterocelo ou refluxo. Mais estudos são necessários para estabelecer as suas vantagens sobre abordagens primárias invasivas ou ablativas.

  18. [Identification and preservation of parathyroid glands in cadaver parts].

    PubMed

    Melo, Catarina; Bernardes, António; Carvalho, Lina

    2013-01-01

    Introdução: É indispensável ter um conhecimento profundo da morfologia da glândula tiróide e das estruturas com ela relacionadas no compartimento anterior do pescoço, para minimizar a morbilidade decorrente da cirurgia da tiróide, nomeadamente a lesão das glândulas paratiróides e dos nervos laríngeos. Este estudo pretendeu identificar glândulas paratiróides em peças de cadáver, confirmando-as histologicamente.Material e Métodos: Foram usadas 20 peças de cadáver para simular tiroidectomias. Durante a dissecção, foram isoladas as glândulas tiróides e eventuais glândulas paratiróides, que foram submetidas a estudo histológico.Discussão: Foram dissecadas 20 peças de cadáver (regiões cervicais anteriores), sendo isolados 48 fragmentos que correspondiam a eventuais glândulas paratiróides, dos quais 35 foram confirmados histologicamente como sendo efectivamente paratiróides. Os 20 casos foram, então, divididos em três grupos, de acordo com o número de paratiróides confirmadas histologicamente. No primeiro grupo, constituído por 11 casos, todas as eventuais paratiróides foram confirmadas. No segundo grupo, constituído por seis casos, apenas algumas paratiróides foram confirmadas. No terceiro grupo, constituído por três casos, nenhuma das eventuais paratiróides isoladas era efectivamente paratiróide. Em sete das 20 glândulas tiróides isoladas, foram identificadas oito paratiróides no estudo histológico: quatro sub-capsulares; três extra-capsulares e uma intra-tiróideia. As dimensões das paratiróides não tinham relação estatisticamente significativa.Conclusão: O conhecimento da anatomia das estruturas do compartimento central do pescoço e das suas variações mais frequentes diminui, mas não elimina a morbilidade da cirurgia da tiróide, nomeadamente a excisão iatrogénica das paratiróides, cuja dificuldade de identificação foi evidenciada nas peças dissecadas.

  19. [Normative Database of Optical Coherence Tomography Parameters in Childhood].

    PubMed

    Queirós, Tatiana; Freitas, Cristina; Guimarães, Sandra

    2015-01-01

    Introdução: A tomografia de coerência óptica é um exame que permite obter imagens de alta resolução dos tecidos in vivo, possibilitando a medição das estruturas oculares, nomeadamente a camada de fibras nervosas da retina e a espessura macular. Como método não invasivo torna-se particularmente útil em crianças, contudo a sua aplicabilidade está limitada pela existência de valores normativos apenas para adultos.Objetivo: Estabelecer na idade pediátrica valores normativos para a espessura da camada de fibras nervosas da retina e espessura macular, averiguando a sua influência com o género, idade, refração, lateralidade e dominância ocular.Material e Métodos: Foram submetidas a exame oftalmológico e a Cirrus HD-tomografia de coerência óptica (Carl Zeiss Meditec) 153 crianças dos quatro aos 17 anos.Resultados: Obtiveram-se valores da espessura média global da camada de fibras nervosas da retina de 97,90 μm. Não se detectaram diferenças entre géneros e com a idade, mas sim consoante a lateralidade e dominância ocular. Verificou-se um aumento da espessura com refrações positivas. Com o protocolo Macular Cube 512 x 128 verificou-se que o campo central apresentou a menor espessura (250,35 μm), apresentando os rapazes maior espessura macular.Discussão: Os valores da espessura da camada de fibras nervosas da retina e da espessura macular obtidos são comparáveis a estudos recentes. A distribuição da espessura por quadrantes respeita a distribuição normal da camada de fibras nervosas da retina. A espessura macular revelou-se superior no género masculino (campo central e anel interno), dados estes também concordantes com estudos prévios.Conclusão: Estabelecemos as normativas da espessura da camada de fibras nervosas da retina e espessura macular em crianças portuguesas saudáveis, dados estes que reestruturam a avaliação e interpretação dos parâmetros obtidos pela tomografia de coerência óptica no diagnóstico de

  20. [Accidental Dural Puncture and Post-dural Puncture Headache in the Obstetric Population: Eight Years of Experience].

    PubMed

    Antunes, Maria Vaz; Moreira, Adriano; Sampaio, Catarina; Faria, Aida

    2016-04-01

    Introdução: A punção acidental da dura é uma importante complicação da anestesia regional e a cefaleia pós-punção continua a ser causa de morbilidade na população obstétrica. O objetivo do nosso estudo foi calcular a incidência de punção acidental e cefaleia pós-punção no nosso Centro Hospitalar e avaliar a sua abordagem entre os anestesiologistas obstétricos. Material e Métodos: Realizámos uma auditoria retrospetiva, entre janeiro de 2007 e dezembro de 2014. Revimos as folhas de registo das doentes em que ocorreu punção inadvertida da dura ou cefaleia pós-punção. Excluímos as doentes submetidas a bloqueio subaracnoideu. Utilizámos o SPSS 22.0 no tratamento estatístico dos dados. Resultados: Obtivémos 18 497 bloqueios neuro-axiais e 58 punções acidentais da dura (0,3%). Após punção detetada, em 71,4% o cateter epidural foi re-posicionado e 21,4% tiveram cateteres intra-tecais. Quarenta e cinco (77,6%) desenvolveram cefaleia e a instituição de medidas profiláticas ocorreu em 76,1%. O tratamento conservador foi efetuado em todas as doentes. O blood patch epidural foi realizado em 32,8% com um sucesso de 84,2%. Discussão: A incidência de cefaleia pós-punção não está relacionada com o tipo de parto ou a inserção do cateter intra-tecal. A re-colocação do cateter epidural mantém-se a abordagem de eleição após punção. A instituição de medidas profiláticas é uma prática comum, apesar do baixo grau de eficácia. Realizámos blood patch epidural após falência do tratamento conservador. Conclusão: A incidência de punção inadvertida e cefaleia pós-punção foi semelhante à da literatura. Apesar de ser uma complicação comum, existe falta de consenso na sua abordagem.

  1. Foreign body ingestion: rare cause of cervical abscess.

    PubMed

    Costa, Liliana; Larangeiro, João; Pinto Moura, Carla; Santos, Margarida

    2014-01-01

    IntroduçÉo: A ingestÉo de corpo estranho é um motivo frequente de recurso à urgência hospitalar. As complicações graves, embora raras, incluem perfuraçÉo faringo-esofágica, fistula aorto-esofágica e infecçÉo cervical profunda.Material e Métodos: Foram analisados, retrospectivamente, os casos de ingestÉo de corpo estranho com internamento num hospital terciário, entre 1989 e 2011. Seleccionaram-se os casos complicados por abcesso cervical profundo, descrevendo-se a semiótica, resultados de meios complementares de diagnóstico, terapêutica efectuada e evoluçÉo clínica.Resultados: Dos 1679 casos, 319 referentes a crianças e 1360 a adultos, reportam-se dois casos (0,12%): uma criança, 13 meses, com abcesso retrofaríngeo após ingestÉo de osso de frango e um adulto, 41 anos, com abcesso parafaríngeo após ingestÉo de espinha de peixe. As complicações manifestaram-se quatro e três dias após remoçÉo do corpo estranho, respectivamente. Em ambos foram efectuadas Tomografias Computorizadas cervicais com contraste e drenagem cirúrgica dos abcessos; a criança foi ainda submetida a esofagoscopia rígida para remoçÉo de corpo estranho residual e encerramento da perfuraçÉo esofágica associada.DiscussÉo: Os abcessos cervicais sÉo uma complicaçÉo possível da ingestÉo de corpo estranho e constituem um desafio diagnóstico, principalmente em idade pediátrica. A manipulaçÉo esofágica prévia por fibroscopia poderá ser considerada um factor de risco. A imagiologia (Tomografia Computorizada cervical com contraste ou Resson'ncia Magnética Cervical) foi essencial para o diagnóstico e o planeamento cirúrgico.ConclusÉo: Embora raros, perante a história recente de ingestÉo/remoçÉo de corpo estranho esofágico e a presença de sintomas compatíveis, os abcessos cervicais devem ser tidos em consideraçÉo, dado o potencial de morbilidade e mortalidade na ausência de uma abordagem terapêutica adequada.

  2. [Transobturator slings for female stress urinary incontinence].

    PubMed

    Sousa, Ana; Jesus, André; Carvalho, Maria; Carvalho, Giselda; Marques, João; Falcão, Francisco; Torgal, Isabel

    2014-01-01

    Introdução: A incontinência urinária de esforço afeta 20 a 40% das mulheres. Os slings colocados sob a uretra média, aplicados por via transobturadora, são a terapêutica consensualmente aceite na atualidade. O objetivo do estudo foi avaliar a eficácia e possíveis complicações associadas à aplicação dos slings colocados por via transobturadora no tratamento da incontinência urinária de esforço. Material e Métodos: Avaliaram-se retrospetivamente 363 doentes submetidas a cirurgia de incontinência urinária de esforço por via transobturadora, nos Hospitais da Universidade de Coimbra do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, no período de 1 Janeiro de 2008 a 1 Julho de 2010. Resultados: A média das idades das doentes foi de 56 anos [28-86]. Além da correção da incontinência urinária de esforço, em 13,5% das mulheres foi associada outra cirurgia vaginal. A maioria (95,3%) das mulheres apresentou hipermobilidade da uretra. Ocorreram complicações per-operatórias em 0,8%, complicações pós-operatórias imediatas em 5,2% e complicações pós-operatórias tardias em 15,7%. A taxa de sucesso global foi de 93,7%. A taxa de sucesso nas doentes com uretra fixa foi 77,8%, verificando-se melhores resultados (94,5%) naquelas com hipermobilidade da uretra (p = 0,02). A taxa de sucesso foi comparável nas doentes com e sem cirurgias vaginais associadas. Discussão: As técnicas transobturadoras têm taxas de sucesso elevadas, tendo-se tornado o tratamento de primeira linha para as doentes com IUE, independentemente se tratadas pela técnica outside-in (TOT®) ou pela inside-out (TVT-O®). Ambas as técnicas foram concebidas com o intuito de evitar a passagem no espaço retropúbico, reduzindo assim o número de complicações. Conclusão: As taxas de cura para as abordagens transobturadoras oscilam entre 80 e 95%. A taxa de cura aumenta quando o mecanismo responsável pela incontinência urinária de esforço é a hipermobilidade da uretra

  3. Teaching astronomy mediated by information and communication technologies: a preliminary approach

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Rosa, R. H. L.; Voelzke, M. R.

    2014-08-01

    O presente trabalho é parte preliminar de um estudo mais amplo em nível de doutorado sobre o ensino de astronomia mediado pelas tecnologias da informação e comunicação, utilizando dispositivos compactos, móveis e pessoais. Este estudo também faz parte do projeto institucional do CEFETMG sobre ambientes diversificados de aprendizagem sob fomento da agência estadual FAPEMIG (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais). Esta apresentação aborda o resultado das concepções prévias de estudantes em relação a conhecimentos básicos de astronomia, ligados à percepção e observação direta do céu. Três turmas de estudantes de 1ª série e uma turma de 3ª série do ensino integrado médio técnico da Educação Básica, Técnica e Tecnológica (EBTT) do CEFETMG Campus II - Belo Horizonte/MG foram submetidas a uma avaliação prévia através de questionário estruturado. Este questionário foi elaborado de forma a abordar a percepção dos estudantes em relação aos recursos gráficos (figuras e desenhos) representativos de conhecimentos básicos de astronomia, comuns em livros didáticos. Após a análise dos resultados desta avaliação, organizou-se uma estratégia de intervenção didática em sala de aula sobre o conteúdo de astronomia, utilizando-se de recursos de mediação baseados nas tecnologias da informação e comunicação. Os temas selecionados para esta estratégia didática foram relacionados aos assuntos básicos de astronomia em que ocorreu maior nível de desconhecimento dos estudantes. Os estudantes foram submetidos a avaliação posterior elaborada com os mesmos pressupostos da avaliação prévia. A análise dos resultados foi realizada a partir dos pressupostos da aprendizagem significativa (Ausubel; Novak e Hanesian, 1983). O ensino de astronomia por mediação das tecnologias da informação e comunicação indica uma alternativa preliminar aos trabalhos de campo usuais orientados na prática escolar, tais

  4. Hydrodynamic characteristics of the western Doñana Region (area of El Abalario), Huelva, Spain

    NASA Astrophysics Data System (ADS)

    Trick, Thomas; Custodio, Emilio

    espacialmente y juega un papel importante; disminuye el valor neto de la recarga al acuífero para dejarlo en 0,4 a 0,6 de lo que se calcula mediante un balance de agua en el suelo. La sección modelada sirve para estudiar el efecto de la extracción de agua subterránea sobre la profundidad del nivel freático mediante la substracción del flujo vertical, que se calcula mediante una fórmula de hidráulica de pozos para el acuífero semiconfinado profundo. El resultado es una disminución de la evapotranspiración freática, del flujo al arroyo de la Rocina y de la frecuencia de inundación de las lagunas. La substitución del bosque de eucaliptus por vegetación nativa puede elevar los niveles freáticos e incluso reactivar antiguos "caños" tributarios al arroyo de La Rocina.